30 dias depois da vitória absoluta o país continua sem governo legítimo

São Tomé e Príncipe assiste duplo facto histórico. Pela primeira vez um partido conseguiu eleger 33 deputados a Assembleia Nacional de 55 assentos. Mas a maioria absoluta não acontece pela primeira vez na democracia são-tomense, como apregoam alguns círculos. Em 1991 aconteceu uma com o PCD com a conquista de 31 assentos e em 1998 o MLSTP conquistou 32 assentos na Assembleia Nacional.

ADI entrou na história com a sua maioria absoluta, que o povo ordenou nas urnas de 12 de Outubro de 2014. No entanto produziu outro facto inédito na democracia são-tomense.

O partido vencedor das eleições, preferiu que em primeiro lugar fosse investida a sua maioria parlamentar de 33 deputados, e os demais 22 dos 3 partidos da oposição, para só depois constituir governo. Tudo porque o Governo é uma emanação da Assembleia Nacional, e assim diz a Constituição Política, segundo os argumentos da ADI.

Uma posição que contraria a prática habitual desde 1991, em que os governos entram em funções, assumem a gestão do país, para depois duas ou três semanas seguintes,  a Assembleia Nacional dar posse aos novos deputados.

A lei parlamentar impõe que os deputados sejam investidos no trigésimo dia após a publicação dos resultados definitivos das eleições. Assim só no dia 22 de Novembro a casa parlamentar fica renovada, e a data de tomada de posse do novo governo constitucional, é uma incógnita.

O líder da ADI Patrice Trovoada que depois de 2 anos de ausência, regressou a São Tomé na última semana de campanha eleitoral, chegou e ganhou com maioria absoluta. Logo a seguir a divulgação dos resultados definitivos das eleições, deu uma conferência de imprensa, traçou as ideias e políticas do partido ADI, que vai governar São Tomé e Príncipe nos próximos 4 anos, e de seguida voltou a deixar o país.

Semi-paralisado está o arquipélago, sem hipóteses de se reanimar em 2014, depois de umas eleições de resultado claro, mas que no entanto, quem ganhou tarda em segurar as rédeas da governação, ainda neste ano de vitória histórica.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Bruno F. Responder

    Corrijam me se estiver errado.
    Até onde eu sei, PCD em 1991 ganhou com maioria absoluta tendo 33 deputados, MLSTP teve 21, e CODO teve 1 deputado.
    Em 1998 MLST ganhou com 31 deputados, ADI teve 16 e PCD teve 8 deputados.

    • img
      Atento ao Dossier Responder

      Mas este não é o Pais do “LEVE_LEVE”???

  2. img
    zeme almeida Responder

    Tudo vai com calma,será que querem culpar o ADI desta tamanha desgraca em o governo da troika impos STP?Houve um alerta por parte do ADI,que as eleicoes,deveriam ter lugar entre os meses julho e Agosto,agora de quem a culpa?Eu acho que está tudo a correr normalmente,evitem ansiedades porque as coisas nao podem ser resolvidas de um dia para o outro.O pior disto é porque estamos a chegar a quadro festiva nao temos dinheiro,tudo por vossa teimosia e quem está a pagar as faturas, sao os Zés Povinhos.A bala saiu pela colatra e preferem acusar os da oposicao como os maiores culpados desta desgraca?Deixem de tretas,assumiram a governo com objetivo de eliminarem o ADI, viram o que vos aconteceu?Aqui se deve e aqui se paga.O nosso povo está mais que calmo,por favor nao atirem mais gasolina para fogueira.

    • img
      Antonio Responder

      Zeme Almeida és um(a) sem vergonha…cruel e sem senso de consciência ou melhor és um(a) alienado.

    • img
      Francis Mekano Responder

      Zeme de Almeida,digo-te simplesmente isso: Cala Boca,voce calado é gente.

  3. img
    MÉ SOLO Responder

    De facto duplo caso histórico mas com objectivos diferentes. Desta vez o ADI que ganhou bem demonstrando a vontade popular tema a não formar governo, parando o país. Creio que o povo que os escolheu não esperava tamanha surpresa dai que é preciso que o ADI não se iluda porque o povo de hoje não é o de ontém e já disse, o POVO PÕE o POVO TIRA. È preciso que o ADI não se esqueça que prometeu e o povo esta a espera e essa espera poderá não durar muito tempo, é preciso que o ADI cumpra as suas promessas para que em STP não aconteça o mesmo que aconteceu no norte de àfrica.

    O ADI não formando o governo como tem sido hábito, prefirindo parar o país, preferindo primeiro a tomada de posse dos deputados, dá sinal claro de que têm algo a temer e o rabo deve ter algum comprimento. Agindo desta forma, o ADI esta a desrespeitar o povo que lhes deu a maioria absoluta, agindo assim não esta a pensar no povo, agindo assim é um sinal claro que estão pensando primeiro neles.

    Já havia dito que o povo não sabe e nem quer dançar o TANGO que o lider do ADI promoteu, o par para TANGO já foi identificado,o povo nada tem a ver com a dança dos gigantes, o povo quer arroz de treze Mil Dobras, quer melhor saúde, educação, água, energia, empregos, DUBAI nem vou falar porque é um sonho que tardará a ser realizado.

    No dia em que povo acordar, os governantes não conseguirão dormir e creio o povo que não tardará em acordar.

  4. img
    A realidade Responder

    A letargia nossa, não é da responsabilidade do partido vencedor das eleições, mas, sim de alguns indivíduos armados de entendedores da constituição.
    Fazem interpretações para defender os seus mais altos interesses. Caso quisessem já os parlamentares teriam tomado posse, e assim o governo o seguiria.
    Porquê enfatizam, sempre as viagens do Patrice Trovoada? Quantos não viajam?
    A culpa de tudo isto, começou com a marcação da data das eleições foi marcada para o mês de Outubro de 2014.

  5. img
    Homem do campo Responder

    Em 1991 o PCD teve 33 e não 31 deputados

  6. img
    Trovoao Responder

    Meus senhores não tenham tanta pressa, não vão com tanta sede ao pote.O país está em boas mãos, o grande ADI e o nosso líder (quer queiram quer não) sabem o que fazem.

  7. img
    peixe podre Responder

    tudo indica que já temos o documentário, brevemente teremos o inicio do filme. Adeus Salva STP

  8. img
    Eterno Madiba Responder

    Eu nunca li nenhum artigo de opinião neste jornal a reclamar data da realização das eleições de 12 de Outubro. Porque entenderam que o jogo político estava à favor das simpatias de cada um. Agora o jogo virou. Não gostam de PT e obviamente não gostam das suas posições políticas. O feiticio virou contra feiticeiro. Agora aguentam. Explique-me por favor Sr. Abel Viegas, que lei consagre que o governo já deveria tomar posse? E mesmo que o governo tivesse tomado posse, o que teria resolvido nesta altura do ano? Reflictam profunda e desapaixonadamente por favor! Quem vedadeiramente tem culpa! Quem de facto começou com a interpretação de que não se deve fazer como se tem feito até à data. E tem que se cumprir escrupolosamente a Lei. Afinal de contas, a cor política muda e a lei já não é para cumprir? Porquê tanta hipocresia! Todos santomenses têm que entender uma coisa e definitivamente: ADI ganhou eleições e cabe ao ADI e somente ADI decidir a governação do país. Porquê que não reclamaram a realiação das eleiões a tempo; se estavam a pensar de facto no país! Mas que absurdo!! E porquê tanta pressa? Só agora reparam que o país está parado? Mas que olho grosso!

  9. img
    Espirito Santo Responder

    Abel Veigas, da mesma forma que dizes que esta na lei a data que os Deputados devem tomar posse. tambem esta na Constituição da República no seu art. 110.1, quando e como deve o Primeiro-Ministro tomar posse.
    É a constituição quem determina e não, o entender do Partido ADI.
    Vamos ser insentos, ja chega de propaganda contra o ADI.

  10. img
    manuel soares Responder

    Bom dia meus caros compatriotas, sejamos sensatos, já agora vamos aguardar e cumprir a lei que sempre se quis cumprir nesta legislatura. Então o que se passa, os deputados tomam posse no dia 22 , logo a seguir o governo toma possse, temos um presidente da república, temos os tribunais, temos um governo em gestão, não temos nenhuma situação de conflito de agitação social, militar ou coisa parecida, temos estabilidade e vida normnal, o que se passa? Vamos ter calma e cumprir a lei. Então, porquê que se marc ou as eleições para esta data de 12 de outubro, esqueceram do orçamento, do 13º mês, da tomada de posse e outros? Então custava o Alcino Pinto também facilitar, custava sua Exa sr presidente da república Pinto da Costa facilitar as coisa? Então nada de choro e lamentações deixemos de lamúrias vamos cumprir a lei e preparar o futuro! Tenho dito.

  11. img
    Adair Ribeiro Responder

    Decerto que a posição de ADI contraria a prática habitual. Mas também é importante realçar que o Presidente da República não pode estar imune as criticas. O presidente deveria marcar as eleições em Agosto ou em Setembro. A matéria de facto apresentada pelo partido ADI é a forma como fizeram a interpretação da constituição. O nº2 do artigo 116 da Constituição da República diz que “não havendo Assembleia validamente constituída, um novo Governo nomeado, não poderá submeter o seu programa à apreciação da Assembleia Nacional cessante…”
    Penso que ADI deveria ser mais solidario,deveria manter a tradição habitual em detrimento da sua matéria de facto. O país precisa urgente de um governo e está morosidade só prejudica o País. Se o presidente marcasse as eleições mais sedo já teríamos um novo governo.

  12. img
    Felisberro .Bandeira Responder

    Esta e a vontade do Povo que ADI ganha se ,mas esta atitude do Patrice nos faz compreender que ele nao esta ai para satisfazer as fundamentais necessidade basica da populacao como havia prometido ,o jogo ja comecou a sua ambicao o seu interesse pessoal esta acima ,a de tudo a ver vamos lhe conhecer

  13. img
    Carlos Afonso Responder

    Esclarecimentos:
    1. As maiorias de 91 e 98 foram antes da revisão constitucional. Vivíamos num regime semi-presidencial de pendor presidencial. Após a revisão o nosso regime passou a semi-presidencial de pendor parlamentar. Antes mandava o presidente, agora manda o Parlamento e o Governo. Não é possível comparar as maiorias de 91 e 98 com a de 2014 do ADI. Antes mandava o PR, agora manda o Povo.
    2. Para quem não sabe mas ainda assim não se importa de escrever a sua ignorância: a nossa constituição diz que o Governo responde perante a Ass. Nacional. Ora, se o Governo ADI tomasse posse iria responder perante a AN com maioria da troika?!
    3. Que um cidadão são-tomense não especializado não esteja bem informado é normal. Mas uma pessoa que se diz jornalista como o sr. Abel Veiga tem a obrigação de saber do que fala. Mais uma vez, Abel Veiga veio passar os recados do Pinto da Costa, a principal força de oposição e instabilidade em STP. Não deverá ser durante muito tempo porque consta que em Portugal já está a ser preparado um processo disciplinar ao sr. Abel por violar os mais básicos preceitos da profissão de jornalista.

  14. img
    CHORÁ DEMAIS Responder

    Parem de chorar sobre o leite derramado. O ADI ganhou e bem, tem a confiança do povo e vai governar! Nada de choro. Estão a chorar muito cedo!! Quando a chupeta sair totalmente vai haver grito!!!
    Nós, o povo que votamos massivamente não estamos preocupados e vocês (Ébola), que votaram contra a maioria do povo é que está a chorar. Deixa o nosso partido de coração em paz de Deus por favor. (un uá , dôcu, nhê pê)!

  15. img
    INTRUSO Responder

    Sr Felisberto Bandeira não está autorizado a falar nestes termos, pois é um daqueles que votou contra a maioria do povo. Vá lá reclamar no seu partido! ADI ganhou sem o seu voto. Não precisamos da sua opinião!!

  16. img
    Artilharia Pesada.. Responder

    Aos perdedores, doa a quem doer, chora quem quiser chorar lagrimas de sangue, os deputados eleitos do partido vencedor vão tomar posse no dia 22 de Novembro e posteriormente o governo será empossado.
    Esse é o desejo expresso de todos os militantes, adeptos e simpatizantes, ou mesmo daqueles q não eram do ADI mas que votaram nesse partido e contribuíram para a maioria esmagadora de 33 deputados no dia 12 de Outubro.
    Os invejosos, caluniadores, politiqueiros que criticam Patrice Trovoada, Levy, entre outros, enxergam e tirão a mascara, aceitam a vossa estrondosa e vergonhosa derrota pq desta vez a governação será de 4 anos sem margens para assalto ao poder.
    Estão todos frustrados, doidos, loucos porque a partir da data do empossamento do governo vida fácil acabou, esquemas acabou, interesses de grupos e mafia organizada vai acabar, quem tem 3 ou 4 catorzinhas, boquitas vai perder pq não terá como sustenta-las, entre outras coisas..
    Bem haja a todos..

    • img
      Manuel Vicente Sousa Responder

      Essa amei, meu amigo. Vão acabar os esquemas realmente.

  17. img
    Wê Béto Responder

    Quem foi que aprovou a lei que concede a imunidade parlamentar aos deputados ? Provavelemente o ADI não teve grande influência na aprovação desta lei. Sei que muitos deputados (do MLSTP , PCD ,etc)já usufruíram desta lei. Se o ADI agora quiser agora tirar proveito da lei que foi aprovada na Assembleia, que mal há nisso ? Quem mandou aprovar a lei ? Aprovaram pra quê e porquê ? É pra saber !!!

    • img
      marta Responder

      ADI tem 26 depudo na assembleia ele estava aonde . todo depudo conhecer as leis .rera q advogado deutado Levy Nanzare ñ conhece lei. conta aotra . ele estava aonde .nosso representante .ADI voto a favor a esta leis

  18. img
    Nitócris Silva Responder

    Boa tarde STP,

    O que anda a fazer P.T. é o que muitos querem saber, para quem não sabe o Homem que vai ser o nosso Primeiro Ministro está a ser embaixador da nossa nação em diversos cantos do mundo. Tentado concentrar interesses de diversas nações e empresários, para resolver os problemas da nossa pequena nação STP.
    Todo o resto é puro desespero, dos que não sabem como vão sobreviver nos próximos quatro anos.
    Mas afinal porque não falam com a besta que marcou as eleições para esta data?

    Cumprimentos,

    Garra de Urso

  19. img
    arelitex Responder

    na minha análise politica , está tudo correcto . porque o partido ADI utiza um sistema parlamentarista . ou seja o parlamento têm que obrigatoriamente estar constituído antes da constituição do governo . porque o chefe do governo ou seja o primeiro ministro vai trabalhar directamente com o parlamento . neste caso todos sabemos que o primeiro ministro vai ser Patrice Trovoada . antes de ele formar governo oficialmente , ele vai querer saber com quem vai trabalhar directamente no parlamento . neste sistema o primeiro ministro , vai estar muito em cima de tudo e todos os acontecimentos do país . e vai ser mais facil implantar regras para o país se desenvolver .
    quanto a estes dias até ficar tudo resolvido , nâo existe nada incorrecto . por outro lado o país ficou 40 anos parado e nâo só retrocedeu . nâo é mais meia dúzia de dias que vai alterar seja o que for . compatriotas tenham calma . mais uns dias o ADI vai começar a trabalhar .

  20. img
    Fernando Castanheira Responder

    Eu acho que e uma hipocresia profunda vir aqui estabelecer assuntos para fazer boi dormir. O Patrice Trovoada quer imunidade para fugir os contornos com a justica.Uma coisa e certa o tempo ira levar Patrice a pagar os seus fardos pelo proprio Povo que o elegeu. Haver vamos…….

  21. img
    lima Responder

    Uma coisa eh certa esta attitude nao eh de quem preocupa com o Pais. Mas para ter ganho maioria so se conclui que o povo tem o que merece. Nao ha direitos a reclamacoes, e dao gracas porque se fosse anos atras este character arrogante daria lugar a uma sangrienta ditadura…calei me

  22. img
    Leonel Pinto Responder

    Que coisa estranha
    Muito estranho essa atitude
    Chama-se humiliacao profunda
    Hipocresia da Democracia em Sao Tome Principe
    Coisa mais besta que posso imaginar
    Espera-se pra ver

  23. img
    Dia Responder

    Vocês que conhecem todo crime do mundo diz-me que crime P.T. praticou que lesou os estado e que é acusado?. Quem delapidou, quem cometeu atentado contra saúde, quem usou o nome do Povo da republica Democrática de S. Tomé e Príncipe para comprar arroz podre o que é? Tudo isso é crime ou não? Diz-me o que PT roubou do Estado, para hoje ser visto como maior criminoso desse país, quando os maiores criminosos de bens públicos andam impunes e a solta.

  24. img
    Flalhou Comeu Responder

    Olha meus senhores deixem de suprimir os comentarios dos leitores.

    Ficaremos muito grato.

    Um bem haja.

  25. img
    Artimizio Mendes Responder

    O pior é o que este homem quer fazer de S. Tomé e Principe. Um Neocolonismo português de novo para todo dinheiro de petróleo ir parar a Portugal? Seja feita Patrice.

  26. img
    Sum Chaga Responder

    Quem ganha as eleições q não quererá assumir a governação o mais rápida/te q possível? Só pode ser o Patrice Trovoada! Só pode estar a escudar-se atrás da tomada de posse da Assembleia devido o caso crime de Branqueamento do capital. Sr. fez tantas promessas à este povo “coitado” q n MERECE as suas TRAIÇÕES, mas dpois de conseguir o q queria, o sr continua a sua vida no estrangeiro como sempre nos habituou, choramingando q n há dinheiro! O povo esta a espera de DUBAI prometido, problemas de agua e saneamento, saude, emprego e formação pra os jovens resolvidos, salario aumentado, condições pra os carenciados e velhos criados! Nada de lagrimas de crocodilo!

  27. img
    Jailson P. Responder

    ” O Povo tem o que Merece”.

  28. img
    Jailson P. Responder

    ESCOLHEMOS,então nós não temos que RECLAMAR nada.
    Seja o que for É NOSSA ESCOLHA e ponto final.

  29. img
    Paracetamol 500mg Responder

    O caixeiro viajante regressou para retomar os velhos hábitos…ser aeromoço/assistente de bordo, porque na terra do Senhor São Tomé, ninguém o vê. Faz calor cá e não é uma cidade cosmopolita…”C`est lá petit afrique, une ilhote”

    Será que o Rafael Branco viverá sem o poder, directa ou indirectamente? Perdeu o microfone, mas não perdeu a veia politica..!
    Engendrando a politica do culto da imagem, não restará espaço para os partidos da oposição “flectirem” as suas opiniões…cerradas de queixumes habituais…

    Agora é o momento. O momento para, quem andou criticando negativamente e sugerindo sugestões “A” e “B” para o bem do povo e do país, fazerem o mesmo no parlamento.
    Ciente dos desafios, espero que os jovens (de realçar que os senhores, lombá, levy, baluba não são jovens) do ADI com assento parlamentar que outrora, tinham “ideias” sem fins, perfilhadas em debates de bares regadas de cevada nacional e internacional, as apresente na casa magna. Será que o futuro líder aceitará de ânimo leve as ditas inovações ou será o chefe é quem manda e todos obedecem?

  30. img
    EX Responder

    Gente STP as coisas sao como sao.
    Ninguem ai tem culpa nem tem razao, o povo aguenta um pouco mais eainda vai aguentar muito mais.
    Existe lei que protege o Deputado e existe tambem leis que os manda cumprir certa normas e os determinam a ter etica.
    Mas quem sabe o k se passou na cabeça do PR quando marcou as eleiçoes e quem tambem sabe o k se esta a passar na cabeça do lider de ADI, vamos esperar cerenamente pk paciencia nao falta os Sao-tomenses

  31. img
    Fuba Cu Bicho Responder

    Prevenindo as consequências o ADI sempre quis que a eleição fosse realizada em Junho ou Julho de modo que desse o tempo para preparar as coisas em tempo oportuno. Mas a prepotência de “eu mando e posso# tentou bloquear tudo. Agora vamos esperar. O homem manda com tempo e Deus manda para sempre. Força ADI, força PATRICE. Povo tenha calma que vai ser difícil, mas os melhores dias virão.

  32. img
    FRUSTRAÇÃO Responder

    Sr SUN CHAGA não tens o direito de reclamar nada ao ADI, porque votou nos Ébolas! Aguenta só! Agora quem vai mandar e bem é o ADI e o seu grande líder Patrice. Pare de chorar sobre o leite derramado. Percebo que a derrota deixou-lhe sequelas, mas fazer o quê??!! Vá descansar um pouco e espera daqui a 12 anos, se tiver vida, ok?

  33. img
    Ilha do Princepe Responder

    Patrice Trovoada tem São Tomé e princepe pior que as suas roças

  34. img
    arelitex Responder

    vamos ver uma coisa . esta notícia de o país estar á trinta dias sem governo . quase que está a atirar as culpas todas desta situaçâo para cima do partido ADI . o partido que venceu estas eleições está a fazer tudo dentro dos prazos do cumprimento da lei . o ADI nâo têm culpa ,que a lei existente seja assim , com dias marcados para cada situação . também nâo têm culpa do senhor Gabriel Costa ter ficado assustado e de ter apresentado a sua demissão ao Pinto da Costa , logo de um momento para o outro , perante isto tudo o senhor Pinto da Costa também têm culpas no cartório . as culpas de ficarmos 30 dias sem primeiro ministro , na pratica o ADI é o menos culpado ,porque está a cumprir a lei . esta é a minha análise politica .

Deixe um comentario

*