Destaques

Mais uma vez não houve passagem de pastas na transição de governos

Os dossiers do Estado são-tomense, parecem estar condenados a andar de mãos em mãos nos serviços ministeriais. A passagem de pastas que é um processo importante para a continuidade do Estado, deixou de ser prática desde 2012.

O décimo XIV Governo Constitucional de Patrice Trovoada, deixou o poder sem passar pastas ao XV Governo Constitucional, o que gerou muita polémica, com denúncias dos membros do XIV Governo Constitucional de que dossiers do Estado estavam em parte incerta.

Desta vez o XVI Governo Constitucional que foi investido no último sábado, assumiu o controlo do poder sem receber informações do XV Governo Constitucional, sobre os documentos e outros dossiers do Estado.

Gabriel Costa ex-Primeiro Ministro, confirmou esta segunda – feira para o Téla Nón, que «não houve passagem de pasta, porque o actual primeiro-ministro não se prestou a isso», afirmou Gabriel Costa.

Segundo Gabriel Costa, logo a seguir a investidura do XVI Governo Constitucional, pediu ao protocolo do Palácio do Governo, que informasse o novo Primeiro-ministro, sobre a sua disponibilidade para passar ao mesmo os documentos de Estado, e as informações complementares.

Gabriel costa disse que mais tarde recebeu indicação, que deveria apenas deixar as chaves do Gabinete, nas instalações do Palácio do Governo.

Os outros ex-ministros do XV Governo Constitucional, apo solicitarem a possibilidade de transferir os dossiers aos seus sucessores receberam a mesma orientação. «Deixe as chaves com o Director de Gabinete».

Na conversa com o Téla Nón, Gabriel Costa, fez questão de dizer que em situação nenhuma, abandonará o seu país. «Cá vou ficar como sempre».

Abel Veiga

 

    26 comentários

26 comentários

  1. bem ní wê mali ni tlachi

    1 de Dezembro de 2014 as 10:36

    Por favor diz-me a onde esta bom exemplo que esses político dar a esse povo?

  2. PO QUIMI

    1 de Dezembro de 2014 as 10:43

    Ainda agora chegaram e ja comecaram com a arrogancia que os define!!! E depois dizem que querem bem do estado…..acham-se mais esperto que todos.. isso só pode ser brincadeira!!!! a começar assim vao acabar mal!!!!

  3. Caça as bruchas

    1 de Dezembro de 2014 as 11:40

    O Patrice Trovoada no seu discurso disse que iria trabalhar com pessoas competentes.No fundo foi uma hipocrezia. Iniciou a sua governação com caça as bruchas. Isto é apenas a ponta do “ICE BERGUE” Muita gente ainda vai ser afastada. Por exemplo subistituir o Raul Cravid por Helder Paquete? Isto revela competência? Substituir o Afonso da cadeia por Anastácio? Isto revela competência? A ver vamos.

    • Filho da Terra

      1 de Dezembro de 2014 as 18:24

      Onde se escreveu “hipocrezia” escreve-se “hipocrisia”.

    • Atropelamento do Estatuto da Função Pública

      1 de Dezembro de 2014 as 21:21

      Concordo com caças às bruxas! Vamos ter um novo inspetor geral de finanças sem requisitos mínimos para assumir este cargo, ou seja, o individuo que vai substituir o Dr. Virgílio Neto não é licenciado. Viva o XVI Governo Constitucional!

    • Atropelamento da Lei 5/97

      1 de Dezembro de 2014 as 21:34

      Concordo plenamente com caças as bruxas! O inspetor geral Antero Oliveira não é titular de uma licenciatura, assim sendo, não preenche os requisitos imposta pela Lei de Funcionalismo Público.
      Coitado no jovem quadro. Fui…

  4. dlakama

    1 de Dezembro de 2014 as 12:08

    Mais este Helder Paquete não é DEPUTADO? Icompatibilidade MORREU?
    O que este Helder Paquete entende de GESTÃO para gerir uma empresa como enasa?
    Voces não são culpados.
    Culpado,eu sou um deles que dei meu voto.

    • Tentado a Ler

      2 de Dezembro de 2014 as 7:19

      Enfim! Aquela instituição ja teve de mestres à proponentes de doutoramento como diretores. No entanto, foi gerida como é de conhecimento publico. Se atual diretor é ou não competente, nao sei, pois manda a regra que se julge pelos atos.

      Em STP duvido que haja, nas condições em que o pais se encontra, haja algum servidor publico, com ou sem mestrias ao qual se possa atribuir o titulo de competente. Fica a duvida que bata o peito quem puder provar o contrario

  5. santomense

    1 de Dezembro de 2014 as 12:12

    Única coisa que consigo sentir do novo governo é nojo.Mal chegaram já demonstraram que são uma cambada de incompetentes. Onde já se viu uma coisa desta, chegar e retirar directores que já demonstraram competência para o cargo. Será que este governo quer mesmo ajudar o país e o povo. Já que estão nessa onda demissã, aproveitem para demitir alguns incompetentes que estão como delegados nas áreas de saúde, como é o caso de Lembá.

  6. Maria de Fatima Santos

    1 de Dezembro de 2014 as 14:37

    O povo tem os dirigentes que merece. Haja estomago! Agora é que vai…

  7. fernando

    1 de Dezembro de 2014 as 14:49

    Enfim ja assim ficamos desde inicio sabendo k os Hipócritas se escondem na Toca e deixam RABO… vamos ver os Incompetentes fazerem das suas os Agronomos fazendo Gestão e o veremos… coisas k até o governo se recusa receber pasta q é a transferência de jnformações pra continuidade do estado…

    S. Tomé..

  8. Nitócris Silva

    1 de Dezembro de 2014 as 15:46

    Boa tarde STP,

    Não vale apena gritar, nem vale a pena chorar, porque o que temos de fazer é ir a missa rezar que as coisas corram bem e que a vigilância do Patrice, seja contínua e rigorosa para os militantes que não cumpra como os objetivos definidos.
    No entanto é de admirar, que numa estrutura governativa não haja diretores competentes em toda a sua estrutura.
    Por isso espero pelas mudanças, na tenda do vinho do Flávio, no talho do Manuel, na carpintaria do Zico, da associação dos Biscateiros, do banco central e do BISTP.
    Boa sorte Senhor Patrice Trovoada.

    Cumprimentos,

    Garra de Urso

  9. Teresa

    1 de Dezembro de 2014 as 15:49

    Apontar o dedo aos que votaram. Não queriam mudanca?

  10. Jorceley Afonso

    1 de Dezembro de 2014 as 20:14

    Costuma-se a dizer que no fim de conta é que se tira a prova,não vamos tirar conclusões precipitadas ,de informações que muitas das vezes nem é fiável.. Caso não dêem resultado esperado dai a quatro ano coloquemos outros, não a como justificar que a oposição não deixou trabalhar……….

  11. Coelho bravo

    1 de Dezembro de 2014 as 20:52

    Quando Pinto disse que o povo só manda nas urnas, muitos foram contra e agora? Aqui está o exemplo bem claro. O povo já escolheu. Pode gritar, pode chorar pode lamentar é só aguentar porque dai a frente o povo já não manda ééééé´! Quem quiser, que espere dai a quatro anos!

  12. Tchuka

    1 de Dezembro de 2014 as 21:05

    É com muita satisfação que li os comentarios…é o príncipio que anuncia a cor do que está pra ser,com o PT /ADI e os seus numerosos Ali Babá. A bomba do livro sobre o arrogante da 4a classe, o Trovoada Júnior, que foi escrito em França pelo Dominique G. e J.Campbell, acrescentou-se a última baixaria dele sobre a colaboração dos ex amigos TUGAS do J. Savimbi,deputados e mercenarios tugas…
    ex colonos ! O efeito deste livro vai ter o efeito de uma bomba, quando menos se espera estará em venda pública (com direito de debate e de resposta, face aos franceses com quem ele fez negociatas á espera).
    Creio que a CPI terá um grande prazer de recebê-Lo na “Cour”, os juristas A.Varela,Agostinho e Levy, irão assisti-lo…teremos a ocasiao de ver o talento e a arrogância do P.T. !
    Há mau presagio como começou o imbecil, continuando a nao respeitar as leis de STP…pela primeira vez é que vejo um fugitivo, com queixa na justiça etc, etc, ocupar um posto importante e de responsAbilidade. Porquê ? E ninguém reage. Enfim, o caminho está espinhoso e minado, pode explodir a todo o momento, porque há muitas razões para tal…

  13. caça as bruchas

    1 de Dezembro de 2014 as 21:59

    Antero Oliveira é um oportunista. Ele tem consciência que não tem licenciatura como exige o estatuto para ocupar o lugar actual. Mas como PT pediu auditoria a vários serviços ele é o Pau mandado para encobrir as
    analisa da câmara de água
    grande. Devias ter vergonha na cara. Mas o tempo dirá sobre ti Antero.

  14. Sonhador

    1 de Dezembro de 2014 as 23:04

    Antes mesmo de iniciar as campanhas eleitorais foram distribuídas t-shirts bonés baralhos de catas, etc. com uma frase que dizia o seguinte: ” Está a chegar a hora”… o povo infelizmente não entendeu a mensagem, pois é. Eis que chegou a hora da vingança, da arrogância, de retaliações e de pessoas incompetentes ocupando lugares do qual n entendem nada. Para aqueles q n votaram no ADI só tenho a dizer que terão que viver com a situação engolindo sapos e mais sapos e para aqueles que votaram espero que estes episódios lhes sirvam de lição!

  15. Maria silva

    2 de Dezembro de 2014 as 2:17

    Senhor Tchuka , o Senhor disse no seu comentario que nunca viu ninguem que seja ou é fugitivo da justiça ou com queixa na justiça a ocupar cargo de tamanha responssabilidade numa sociedade ? Eu tambem nunca vi! Mas estamos a ver agora!!
    Eu so sei que este tipo ” Patrice trovoada ” a esta altura sertamente está a RIR e com grandas gargalhadas da nossa estupidez !!

  16. Ady Santos

    2 de Dezembro de 2014 as 7:12

    É com essas pessoas que o povo deu maioria absoluta,já começou assim,sinceramente não sei qual é o futuro do meu País,seja o que Deus quiser

  17. Tito

    2 de Dezembro de 2014 as 16:42

    Exmo. Sr, 1º Ministro e o seu elenco.

    Felicitação pela curagem, pelo pragmatismo e pelo facto de assumirem as vossas decisões, informando o povo do que decidiram.

    vai a frente! O Povo que votou em ADI, estão satisfeito e estão a espera de mudanças e que essas mudanças produzem, os frutos esperados.

    Do resto, é inveja, dor de cutelo por terem perdido tachos. Esses amargurados vão todos emagrecer de raiva e ódio.

    Para se saber se alguém é competente ou não, devem dar-lhe oportunidades para demonstra-lo.

    Para vocês, os militantes do partido que se diz “competentes” o povo mandou-vos para casa, sem possibilidade de fazer cabulas e voltarem e isto durante 4 anos. Durante este tempo vocês deverão revisar o vosso conceito de competência, isto porque o povo chumbou-vos todos, pois considera esse vosso conceito de competência muito errado. Pois a vossa “competência” só serve para ficar rico a custa do povo.

    Não começam a gritar isto porque isso só é o começo. STP vai ter que mudar, para o nosso bem a todos.

  18. Tito

    2 de Dezembro de 2014 as 16:44

    Força Dr. Patricio e todo o XVI Governo. Continua em frente.

    Ahhhhhhhhhhh.

    Os amarguurados vão todos emagrecer!!!!!!!!!!!!!

    Viva a democracia
    Viva o XVI Governo

  19. Dr GI

    2 de Dezembro de 2014 as 19:09

    De facto se vê que a Democracia em S. Tomé e Príncipe.
    Bom, avisou se que haveria mudanças em S.T.P e que isso traria melhorias. Quanto a melhorias nada a dizer ainda. Mas as mudanças não devem por de lado a massa competente do país. Mas se o Governo acha que dessa forma irá atingir os objectivos proposto vamos ter que esperar para ver e não vai ser preciso muito tempo.

  20. Trovoão

    3 de Dezembro de 2014 as 15:12

    O novo Governo não fez nada que os anteriores não tenham feito, portanto deixem o Governo trabalhar e julguem daqui ha 4 anos.A Substituição dos directores tem sido pratica de todos o Governos de todos os partidos da cena politica Santomense.Por isso não sejam hipocritas com os vossos comentarios.

    • Sena Leitao

      6 de Dezembro de 2014 as 0:55

      Ô homem, Trovão, qual é a sua posição, sobre o novo governo?
      Ora diz branco, ora diz preto…Li o seu comentário, onde diz que já viu o prometido Dubai do pm, referindo-se a uma falsa promessa, noutros comentários faz grandes elogios ao novo governo e até felicita o pm, que nada fez ainda
      É assim que foram aos VOTOS…ás cegas e graças a alguns tee-shirts e poucas DOBRAS, preço de 4 garrafas cacharrama. É simplesmente lamentável!

  21. Blaga-pena

    11 de Dezembro de 2014 as 11:16

    Se Patrice Trovoada orientou os seus Diretores para n aceitarem receber os dossiers dos distintos Diretores abatidos, como se pode esperar q os elementos do seu Governos recebam os dossiers do Estado. Estado está de “TANGA” com esse tipo de atitude d PT. Culpado é o povo q votou no “Arroz- 13 conto”. Povo quis matar os “GATOS”, pra deixar os espaços aos “RATOS”! Agora tem q suportar os estragos dos “ROEDORES”!

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo