Medidas do Governo para provocar “MUDANÇA”

A partir desta semana a hora de trabalho mudou na função pública em São Tomé e Príncipe. 7H30 começa a actividade laboral em toda a administração pública. Há um intervalo para descanso e almoço, entre as 12H e as 14H, para depois prosseguir até as 17H aproximadamente.

Uma medida anunciada 24 horas após a tomada de posse do Governo, e que ao que tudo indica pretende impor mudança na função pública, até agora com elevado índice de ociosidade e pouco produtiva. O novo Governo anunciou que vai exigir também a avaliação de desempenho no país inteiro.

Viaturas do Estado, já não circulam mais, fora das horas normais de serviço. Excepção feita segundo o Governo, para as viaturas dos serviços de protecção civil, ambulâncias, e outras ligadas as forças armadas e aos titulares de órgãos de soberania.

Nas últimas 48 horas, o executivo avançou com medidas de limpeza nas direcções da Função Pública. Quase duas dezenas de directores foram demitidos das suas funções, alguns de competência provada no exercício das suas funções. Em simultâneo foram nomeados novos directores, muitos de capacidade duvidosa, deixando para o tempo, a missão de provar se são competentes e destros para gerar a “MUDANÇA” pretendida.

Destaque para a Polícia Nacional que tem um novo comandante. O comissário Samuel António, foi nomeado pelo Governo, novo Chefe Máximo da Polícia Nacional, em substituição do Superintendente Roldão Boa Morte, que por sinal é uma das figuras são-tomenses, que foi alvo de uma queixa-crime que Patrice Trovoada e o ADI interpuseram no Tribunal Penal Internacional.

A Comunicação Social, é um dos sectores que foi varrido. Na Rádio Nacional o jovem Braçanan Santos é o novo director. Na TVS o jovem João Ramos subiu, e na STP-Press o jovem Ricardo Neto substituiu o decano Manuel Dendê.

Por sua vez os novos directores dos órgãos Estatais de Comunicação Social, já realizaram as limpezas internas nas chefias dos departamentos. Tudo limpo agora espera-se pela MUDANÇA que tais medidas sugerem.

O arroz ofertado pelo Japão, que mata-fome e ajuda a decidir as eleições em São Tomé e Príncipe, chegou desde Novembro último, no quadro do acordo tradicional com o Estado são-tomense. Vai ser vendido a 13 mil dobras o quilo.

Decisão do Governo de Patrice Trovoada, que em conselho de ministros orientou o Ministro da Economia e Cooperação Internacional, Agostinho Fernandes, a agir no sentido de desalfandegar o produto e assegurar a sua distribuição no mercado.

O XVI Governo Constitucional, orientou também o Ministério das Finanças, a realizar auditoria as contas de uma série de direcções da administração pública, incluindo as câmaras distritais.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Manuel Vicente Fernandes de Sousa Responder

    Excelente começo. Viva Patrício Trovoada.

  2. img
    SEABRA Responder

    ….é muito curioso que o “ditador do governo”(novo titulo do pm),imponha horàrios matinais, sendo ele o primeiro a nao respeità-los, porque é um grande preguiçoso.
    Fico à espera que ele và pôr uma queixa contra mim, junto do CPI ( o meu irmao là intervem como advogado). Como se este tribunal existe para as baixarias de certos politicos de mà indola, que nada têm de exemplar. So podem é enganar aos mais imbecis, com estas grandes palavreados, utilisados para intimidar.
    O télé Non, é um site democràta, que tem todo o direito de publicar todos os comentàrios, sem contragimento de seja que posiçao politica, como se tem vindo a notar desde que este vadio do PT entrou de novo na cena politica, ora que o primeiro que devia calar-se pelo grande tamanho de rabo de palha que tem, é bem ele o PT…qual é a delen de vir impôr o que se deve ou nao dizer sobre tal assunto?Com que direito,vem ele dar liçao?
    Jà é um milagre que lhe tenham aceite como pm…porque é STP. Nenhum outro pais aceitaria tal, começando pelos lusofonos.Se fosse na Guiné Bissau, jà hà muito é que ele estaria na GAIOLA!
    Se nao publicarem o meu comentàrio, lamento, mas ,ao terà importância, pois que vou publicà-lo noutros sites africanos e mesmo de leitura mundial….farei emissao sobre este bandido e convidà-lo-ei para responder às questoes dos auditores, para ele exercer no seu péssimo português!

    • img
      Maria Não Da Responder

      SEABRA,os amargurados vão emagrecer de tanto ódio?

      Viva o nosso PM, S.E.Sr. Dr. Patrício Trovoada. Homem de acção e não de “fla soooooooooooooooo”
      Viva o XVI Governo.

      A onde já se viu, as horas extraordinários, ultrapassarem o salário e o tempo normal de trabalho. Isso significava que o tempo de trabalho na Função Publica não era suficiente para concluir as tarefas normais do dia a dia. Por isso a decisão de voltar ao horário normal é justa.

    • img
      O Revolucionário Responder

      Olá caro Seabra. De certo que deves ser um dos tais que veio a sentir o calor das acções do Ex. Sr.º Primeiro Ministro – Patrice Trovoada. É no seu legítimo direito e dever realizar as tais reformas, pois de certo que tens notado mas os órgãos da Administração Pública não trabalhavam. Apenas andavam a gastar o dinheiro do Estado que é nosso dinheiro e mais nada. Agora deixemos que o digníssimo PM PT trabalhe em paz, não haverá mais moção de censura por parte dos deputados. O povo deu o seu voto de confiança e espera os resultados. Como tal caro Seabra, se abra para a sociedade e faça algo de interessante, para que o teu nome também seja lembrado ao invés de criticar e falar barrrrrraaaaaattttooo… Passar bem

  3. img
    Lôçô tlêze (13) conto Responder

    O ADI ou seja, LÔÇÔ TLÊZÊ CONTO começou mal.
    1º: Diz que quer resultado, mas infelizmente no primeiro ataque sofre um contra-ataque que resulta em 0-1 ao recorrer ao modelo antigo, que faz-nos lembrar o HUGO CHAVE de vir à comunicação social anunciar as demissões e nomeações.

    2º Nomea incompetentes que paralém de ausência de competência não têm qualificações académicas exigidas por lei. Infelizmente ADI ou seja lôço 13 conto no seu segundo ataque sofre um contra-ataque que resulta em 0-2 ao recorrer ao modelo só visto nos países ditadores.

    3º Falou da inclusão mas faz discurso ferido de rancor, ódio, populismo, falta de lealdade, falta de civismo, perseguições, discurso sem sentido de Estado, de verdade e transparência, etc…mas infelizmente no seu terceiro ataque sofre um contra-ataque que resulta em 0-3 ao recorrer ao modelo francófono ali do continente, que faz-nos Mobutu, Kumba Yalá, Kadaffi, etc…

    4º Não tem cortesia de Estado, ao trazer a moda de banalizar e não aceitar o protocolo de entrega de pasta. Não aceitou fazer a troca de pasta e encaminhou todos os seus ministros a fazer o mesmo. Com esta atitude, acabou de sair mal fita por mostrar má educação e transmitir o mau habito ao nosso povo, jovens em particular. Infelizmente no seu quarto ataque sofre um contra-ataque que resulta em 0-4, o que faz-nos lembrar o velho ditado ” flá só”.

    5º É um governo que diz defender as questões dos Direitos Humanos, e para tal efeito, criou um ministério que se cuida destas questões. Mas do espanto de toda gente, o ADI ou seja, lôçô 13 conto, não defende e nem promove igualdade de oportunidades entre homem e mulher. Cria um governo com apenas uma figura feminina. Agora, pergunto. Isso é defender Direitos Humanos o primado da justiça? Infelizmente no seu quinto ataque sofre um contra-ataque que resulta em 0-5, o que faz-nos precaver que coisas nunca vistas estão pra vir.

    Resumindo, o LÔÇÔ TLÊZÊ CONTO (ADI) está a arrasar, 0-5. O povo pôe, o povo tira. Ele não aguenta, ele morre….

    • img
      Amoroso de STP Responder

      “Lôçô tlêze (13) conto”, os amargurados vão emagrecer de odio e inveja!!!!!!!!!!!! Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh! Kiklkliiiiiiiiiiiiii !

      Pena muito p’ra voces eeeeeeeeeeeeeeeee. Hummmmmmmmmmmm! Como? Toma vosso mal em paciencia!!!!!!!!!!!!! Queia ahhhhhh! Hummmmmmmmmm voces vão ficar muito tempo na bancada a assistir ~eeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!

      • img
        Kakwe Responder

        Amoroso de STP, Maria chora, Revolucionario e +, é a mesma pessoa que passa a graxa ao novo pm ,com grandes títulos de “sua excia, dignissimo sr., dr. PT”, para daqui há uns meses trata-lo de cambalacheiro, mentiroso etc…isto é, se não tirarem beneficio pessoal. Como pode STP avançar com gentalha oportunista, ignorante e por cima pretenciosa!? Como?
        Falta-lhes esclarecimentos …

    • img
      Teresa Responder

      Lôçô tlêze (13) conto… Será que o Patrice é que tomou a medida?

  4. img
    NK Responder

    Este mal tomou place já começou com desparates.A mudança é coisa que se faz paulatinamente.´Só mesmo nesse pais, que os dirigentes na suma maioria são politiqueiros.

    • img
      O Revolucionário Responder

      NK está calado que farás bem a sociedade…

  5. img
    paparazzi Responder

    Maioria absoluta. Novas musicas e so dancar

  6. img
    sociedade civil Responder

    Três factos importantes a considerar:1_ As pessoas tomam conhecimento da exoneração pela TV ou radio (estamos a semear o respeito?); 2_ muitos dos que foram “nomeados” não preenchem os requisitos legais para o efeito ( somos todos iguais perante as leis, ou agora apagamos as letras que não nos convêm ?); 3_ A substituição do responsável pelos concursos públicos, o responsável pelas inspeções de finanças, da PIC, e PSP ( façam as vossas próprias leituras).

    • img
      Amoroso de STP Responder

      “sociedade civil”, os amargurados vão emagrecer de ódio e inveja!!!!!!!!!!!! Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh! Kiklkliiiiiiiiiiiiii !

      Pena muito p’ra vocês eeeeeeeeeeeeeeeee. Hummmmmmmmmmmm! Como? Toma vosso mal em paciência!!!!!!!!!!!!! Queiaahhhhhh! Hummmmmmmmmm vocês vão ficar muito tempo na bancada a assistir ~eeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!

    • img
      Salvadora da Pátria Responder

      Lamento, aquilo que está acontecer, meu caro compatriota “Sociedade Civil”.
      Sou de opinião que o poder deve ser exercido, mas não da maneira que atual governo legítimo tem estado a proceder.
      Eles têm demitido as pessoas sem respeitar os bons costumes, que caracterizam um verdadeiro Estado do Direito, ou seja, não é admissível demitir as pessoas sem prévio conhecimento do mesmo e através da comunicação social. Deve-se respeitar a dignidade da pessoa humana, independentemente da sua crença, cor, ração e da cor partidária.
      E mais engraçado que parece, talvez devido excesso de rancor que o PT sente do governo anterior, demitiram do cargo da IGF o seu próprio quadro, porque o mesmo fui nomeado na altura pelo governo da Troica.
      Assim, não vamos ao lado nenhum.
      Bem haja a todos!

      • img
        Visão Responder

        Estão Todos, a reclamar, porque o XVI Governo está a fazer coisas indevidas, mas foi mesmo ele quem começou? o Governo que o antecedeu, que não foi eleito pelo povo fez o quê?
        “Quem semeia Vento, colhe Tempestade” Quantos não foram demitidos e substituidos as escondidas por pertencerem ao ADI?!!! Não que esteja defendo o ADI ou o Governo, mas se tivessem sido honestos receberiam honestidade em ba medida. Portanto ele está a fazer o que ao seu ver lhe permitirá governar bem. o certo que é o povo que está cansadissímo da pobreza, da miséria e da corrupção votou nele e em maioria. os incomodados que se retirem, quanto não aguentem e sigam o baile. Este é o ano inicio da mudança…

        ~e

        • img
          farina Responder

          Se formos por aí(quem semeia vento colhe tempestade) não sei aonde iremos parar.
          Acho que devia ser diferente e mostrar bons exemplos.
          Afinal quando teremos bons exemplos ara seguir?
          Deixa de ser idiota e tira as palas da vista.
          cabeça foi feita para pensar.
          O Povo votou na mudança, mas não na ignorância e na injustiça.
          Não acredito que STP vinha sido dirigido só por incompetentes, portanto devemos respeitar a dignidade dos outros. STP precisa sim de homens humildes.

  7. img
    Nelson Ibrain Responder

    Téla nón esta foi uma operação furacão.
    O povo mudou de mentalidade, então o Governo tem que mudar de mentalidade.
    São Tomé e Príncipe não pode ser só de meia dúzia de pessoas.
    Quanto a capacidade, os que saíram também não tinham capacidade, porque se avaliamos, qual das empresas ou instituições que mudaram para melhor, quer capacidade financeira quer institucional.
    Falta ainda operação vulcão.

  8. img
    Pico Papagaio Responder

    Acredito que o Governo de P Trovoada irá governar com pessoas da sua confiança e creio que analfabrutos e inqualificados não seram nomeados. Desejo união em STP e que quem for exonerado ou demitido dos cargos abitue vivendo sem estar ligado ao Estado ou Governo. Há mais vida paralêm do Estado ou do Governo. Unidos Venceremos.

    • img
      Amoroso de STP Responder

      Falou e disse!!!!!! Muito bem! Que se habituem a viver sem estra no Poder!
      Aprendam também a apertar a cintura, como nós sabemos fazer em épocas de vaca magra. Não vale a pena espernear, gritar: Esse é o curso normal das coisas.

      O que é certo é que os amargurados vão emagrecer de ódio e inveja.

  9. img
    oragnização e gestão Responder

    as vezes é preciso tratamento de choque para o doente conseguir sair do coma, o nosso país estava prestes a entrar em coma e vamos ver se este é o tratamento ideal, vamos dar tempo ao tempo e beneficio da duvida aos novos quadros…

  10. img
    Ilha do Princepe Responder

    Estas são medidas que o País precisa para avançar, vamos deixar de leve leve… agora é trabalhar e trabalhar.

  11. img
    Nitócris Silva Responder

    Bom dia povo,

    Espero que netas danças de cadeiras ninguém se magoe, porque no meio de tantas meninas ofendidas, alguém pode tirar a adeira ainda à outros.
    No entanto, embora seja tradição, sempre que ganhe um partido haver danças das cadeiras, esperemos que estas mudanças não sejam apenas para satisfazer os boys do ADI.
    Portando aguardemos pela apresentação dos famosos inventários que se pediu aos Senhores Ministro, e bem como o anuncio da apresentação destas mesmas invenções, no parlamento.
    Aproveito para deixar um desafio ao Senhor Primeiro Ministro, para que abra a porta do parlamento a TVS.
    O povo precisa de saber como vai o tempo, e as………..

    Cumprimentos,

    Garra de Urso

  12. img
    Eusebio Neto Responder

    A mudança do frasco mas o perfume parece ser o mesmo. Tudo leva a crer que a tao propalada reconciliação nacional e cooperação institucional esta a ser agredida ainda no ventre.Os primeiros sinais que estão a sair ao publico não poderiam ser mais desanimadores e perigosos para o desenvolvimento do nosso pais, pois sem o entendimento entre os nossos políticos, jamais a nação santomense atingira as metas que as “varias independências” nos foram prometendo. Por mais esforço que tento fazer, não consigo me afastar da conclusão de que estamos perante UM VERDADEIRO AJUSTE DE CONTAS com tendencia a uma campanha de “CACA AS BRUXAS”. Sera muito mau para o pais e para a paz a que o povo santomense esta habituado. Como se explica o afastamento de tantos responsáveis da administração publica ao mesmo tempo!? De entre eles, gente que realmente nos poderia ser bastante útil! Não seria mais sensato e inteligente deixar os novos ministros se inteirarem das realidades dos seus pelouros e das possíveis competências neles existentes, geri-las calma e sabiamente e também sabiamente proceder as substituições de forma a garantir a continuidade do normal e talvez melhor funcionamento dos serviços? Com essa debandada de gestores públicos provocada pelo novo governo não deixara de ter resultados complicados e ate embaraçosos para o próprio governo.

    Importa alertar o governo para o facto de que, inevitavelmente, mais cedo ou mais tarde terá a necessidade do “apoio” dos directores e chefes hoje abandalhados demitidos. Infelizmente continuamos a ser incapazes de copiar as boas medidas. Mas para os maus exemplos somos grandes especialistas. Diversas referencias temos para ponderar as nossas accoes mas continuamos a desvaloriza-las. Foi assim aquando da independência, foi assim na implantação da democracia plural, foi assim com vários governos e parece assim na terceira volta do Dr Patrice Trovoada. A nossa agricultura morreu quando desordenadamente expulsamos os colonialistas das rocas, foi assim quando o PCD ganhou as eleições, etc.

    Meus senhores temos que ser mais sérios e verdadeiros políticos, temos que ser realmente quem deseja e luta para o desenvolvimento deste pais. Se a ADI e o governo são diferentes, façam diferente, contratem as pessoas mediante CONCURSO PUBLICO! De forma imparcial e sem ver as cores partidárias, naturalidades, afinidades religiosas, contratem os mais competentes para juntos vencermos a miséria que nos assaltou. Lembrem-se o Governo jamais conseguira desenvolver S Tome e Príncipe contando só com os militantes da ADI porque alias, este pais e de todos os cidadãos santomense e muitos eles são militantes de outras formações e mais, de entre os militantes da ADI também incompetentes, oportunistas e desonestos que deverão ser substituídos quando forem detectados. Jobs for the boys, nunca deu bons resultados!

    Para reflexão, deixo o seguinte conselho:

    PARA MUDAR S TOME E PRÍNCIPE, CADA UM DE NOS INDIVIDUALMENTE E TODOS NOS COLECTIVAMENTE DEVEMOS MUDAR! GARANTO-VOS, SE MUDARMOS, S TOME E PRÍNCIPE MUDARA CONNOSCO!

    • img
      Seabra Responder

      Eis um EXCELENTE comentário. Os meus sinceros cumprimentos, a minha mais alta consideração, pelo ser saber, pela sua inteligente mensagem para a concórdia nacional…você pode ocupar um cargo importante, se continua com estes sábios conselhos de unidade e de paz social.
      Li, reli…apreciei “bwe”. Felicitacoes, Eusébio Neto. Sería maravilhosa de ler mais comentários bons, inteligentes….bonitos ! Continúe….força!!!

  13. img
    António Silva Responder

    Bons sinais, para começar. Uma coisa que se deve ter em conta é tomar em conta as capacidades das pessoas; não é exonerar ou tirar por tirar porque não é da mesma cor política. Se assim for é muito grave.
    Outra coisa que espero que ponham cobro, é a procura exagerada e descontrolada por parte dos dirigentes e directores por uma viagem para o exterior do país. É com base nestas saídas que “sacam” dos cofres do estado o dinheiro que deveria ser para resolverem os problemas do país e que são convertidos em proveitos próprios. Devem receber no mínimo cinco mil euros (5.000 euros) para as despesas e é por estas e outras que se nota tanta procura. Verbas proibitivas.

  14. img
    Nitócris Silva Responder

    Bom dia Povo,

    No meio desta dança das cadeiras, esperemos que ninguém pregue partida um ao outro, porque no meio de tantas meninas ofendidas, algumas delas podem perder à cabeça.
    Mas como a minha dança é o tango, espero que os boys do ADI que entulharam os serviços do estado Santomense, estejam à altura dos desafios que os senhor P.M. os lançou, de modo que o feitiço não se vire contra o feiticeiro.
    Por isso esperemos tranquilamente, pelos inventários exigidos aos senhores Ministros, bem como alguma auditoria caso tenha-se pedido.
    O povo precisa saber quando vai ser revelado os resultados destes mapas, quais as suas razões, bem como as medidas a ser aplicadas de hora em diante, para que os mesmo erros não se repitam.

    Cumprimentos,

    Garra de Urso

  15. img
    gdgrdhrdh Responder

    Pais de iresponsaveis. Arroz a 13 mil dobras ? Isso so pode ser brincadeira ? Entao porque o actual governo nao chama o governo cessante para prestar contas ? Sera que de Economia o senhor Patricio Trovoada realmente entende ? Hora Sao Tome e Prinpe,,, muita pena , muita pena…. Morro no Estrangeiro vi no youtube os candidatos a presidentes de camara e so queria chorrar . E com esses que vamos desenvolver o nosso Pais, e transformalo em Dubai ? aaaaaaaaaa……. O Patrice Trovoada e mesmo um brincalhao , meteu pessoas para estar submetidos a ele. Isso e mesmo hilariante

  16. img
    Jacinto Novaes Responder

    Desejo muita força e coragem aos novos ministros e aos novos diretores.

    Bem haja.

  17. img
    Vai ou racha Responder

    Desta vez, se este país não se transformar em DUBAI DA ÁFRICA nunca mais podemos aspirar mudança ou melhorias nesta terra Santa.

    Agora sim! Como alguma vez disse alguém, “ou vai ou racha”.

  18. img
    tin tin Responder

    “Viaturas do Estado, já não circulam mais, fora das horas normais de serviço” … quando não se usa bem as pontuações nas frases, elas ganham outro sentido .. o correcto deve ser:
    “Viaturas do Estado já não circulam mais fora das horas normais de serviço” .. simples

  19. img
    Carlos Fonseca Responder

    Estavão no hotel agora forão tofos para restourante de baraca q ñ tem conforto já começão achorar porque ñ a mama que andava a chupar.Mal comessou o jogo? A tuna esta vai comessar estão a finar o istrumento
    Quem ñ deve ñ teme ok amigo bey bey!!!!!!!!

  20. img
    Manuel de Assuncao Afonso Fernandes Responder

    Este e o resultado da maioria absoluta o povo quis. Estamos a espera que este governo tire estes jovens motoqueiros na via publica sem carta de conducao e arranjar-lhes trabalho no campo de cultivo de cacau e cafe porque isto e que esta a dar no mundo . Forca ai Teodorico campo sempre foste bom professor por isso has-de ser bom ministro . Esta a comecar bem este pais esta muito desorganizado. Hora de almoco deviaria ser das 12h00 as 13h00 temos que levantar o pais por isso que demos a maioria absoluta.Da-lhe Patrice.

  21. img
    trovão Responder

    Hoje já sei o que afinal significa Dubai em 4 anos!
    De facto, nem precisamos dos 4 anos. bastou 24 horas! Em Dubai, a lei é o que o rei ( sultão)e a sua família decidirem; a democracia não existe no dicionário; ele é o poder executivo, legislativo e judicial. Faz-se “julgamentos” e executa-se as vitimas na praça publica, para que os outros aprendam a lição e não rebelem. Toda a gente lhe beija os pés! A imprensa diz o que ele quer.
    Patrice, estás a apanhar o fogo com palha de milho. Melhor, Patrice não, os que estão a volta dele, que hão de ficar aqui quando isso explodir e ele fugir como fez o Mobutu em Zaire.

  22. img
    trovão Responder

    Gente será que o PT hipnotizou os lideres dos partidos da oposição? A sociedade civil que nos tempos passados eram tão “patriotas”? Uma senhora jurista que sabia de todas questões, tinha opinião sobre tudo . Ela tomou chá de sumiço? O Bastonário dos advogados, etc, etc, cadê todo esse mundo. Ninguém fala?

    • img
      Gust Responder

      Como o amor está forte e fresco, por mais k digamos k o marido não serve, jamais a mulher aceitará, por mais digam algo agora n terá impacto na opinião pública por esta estar “OBCECADA”. Foi algo k aconteceu durante os 2 anos, a oposição “fez” campanha p PT, e o resultado está a vista d todos. Em ultima instância, se bem k será tarde pk o mal estará feito, será decidido nas urnas. Assim sendo, deixem k faça o k entender.

  23. img
    Kuá cú non goló nón scá belé za Responder

    Agora é a vez do povo santomense chorar , na campanha disseram o POVO MANDA NAS URNAS , agora guenta só.Procurou controu…..

  24. img
    João Rosário Responder

    Limpeza na função pública, novo horário para a função pública, menos oportunidades para as mulheres para os cargos de chefia,restrição a circulação de viaturas do estado,grande tempestade,trovoada que impõe alerta máxima. É preciso que o governo ao estabelecer medidas radicais saiba ser exemplar para as poder exigir.Os ventos fortes poderão causar danos a árvores úteis e as consideradas de daninhas ou parasitas.De referir que a reflorestação leva seu tempo enquanto a esperança prevalece mas poderá provocar algum constrangimento ao longo do tempo que se espera pelas novas colheitas.Perante as divergências,as exibições de forças,as perseguições,a insensatez.o rancor,o ódio…tudo isso visa um alvo,o povo que tem sido martirizado pelas políticas incoerentes de vários governos que desgovernaram enquanto puderam,salvaguardando os seus(elite de corruptos),uma vez mais esse povo de mãos estendidas clama por uma vida com dignidade.”Luta de buê,aliba só cu ca pagá”( luta entre os bois,as ervas,a vegetação é que sofrem) A política de terra queimada não se justifica e é contraproducente. Governar sob princípios que contrariam a democracia,na base do clientilismo político gera descontentamentos e desvaloriza ,humilha aquele que em consciência profissional pura cumpre com brio e profissionalismo a função que lhe é incumbida.Deixar de fora mulheres com capacidades profissionais reconhecidas,poderá abrir caminho para o crescimento de tendências machistas e consequentemente a desvalorização da mulher.O ideal seria a congregação de forças para a governação,sem exclusão.Cidadão são-tomense honesto,equilibrado com competências seja de partido A ou B,independente disponíveis a servir ST e P merecem participar no processo de desenvolvimento da nossa terra.Com ironia se exprime as nossas ideias,no bom sentido mas governar com hipocrisia ou governação formatada única e exclusiva nas cores políticas,pela desconfiança penso que deixa suspeição.Será o reforço da fortaleza,do império Trovadista preparando-se para a impunidade.O tempo dirá e eu com muitos outros aguardarão.A desconfiança passou ao comportamento normal do cidadão que vem assistindo a desgovernação sucessiva,a justiça que não funciona, a educação mal estruturada,a saúde mais enferma e as culpas a morrerem solteiras ,causam o pessimismo nas pessoas.Espero que esta trovoada que inicia a sua varredura venha provar o contrário ,que seja a hora da virada para o bem de STP.Bem haja.

  25. img
    Eduardo Numba dos Santos Responder

    Sim Senhor, gostei imenso do comentário do senhor Eusébio Neto. Não obstante não ter nacionalidade santomense, mas ser um descendente de santomenses, acompanho muito modesta e introvertidamente(minha maneira de estar na vida) o que se passa em São Tomé e Príncipe.Adorei a vitória do ADI, com a maioria absoluta,pois o povo decidiu assim, É A DEMOCRACIA PLENA, mas o ADI tem que se mostrar maduro, adulto e responsavel.
    Porquê? Paço a explicar:
    A maioria absoluta,não significa medidas desta natureza. Esta atitude só demonstra inicitaivas demasiadamente populistas, prejudiciais e muito irresponsaveis para o mandato do partido. Eu pergunto;pessoas como o senhor Varela, senhor Salvador, senhor Carlos Vila Nova, senhor Olinto Daio, senhor Carlos Gomes, a senhora Ju Trovoada, gentes que nos parecem reunir postura reconhecida, terão contibuido nesta decisão? Acho sim, que qualquer governo que se preze em unir 180.000 pessoas deve ter cuidados acrescidos nas decisões do tipo. Estou de acordo que se mude o País, e porque não? Mas mudar o país não é assim! Mudar o país é fazê-lo calmamente, com tempo, com maturidade, com sentido de responsabilidade e muita destreza. Acho que o ADI assim, mostrou muita precipitação e sentido de vingança, o que não é nada abonatório para um partido que diz querer unir os santomenses e promover uma política de inclusão e de respeito às leis em vigor.
    Porque não demitir os tais directores? Estou de acordo sim senhor que se o fizesse; mas que se fizesse com elevação, com respeito às pessoas, chamando-as e informando-as da decisão,para que elas se preparassem para deixar o cargo, porque afinal não são menos santomenses e têem responsabilidades…defacto estas coisas só se passam em STP, e quando é criado um ministério que pelos sinais do tempo salvaguarda OS DIREITOS HUMANOS. Acho que houve aqui da parte
    do ADI uma tamanha falta de educação e violação dos direitos das pessoas com essa atitude.O ADI tem todo o direito de trabalhar com quem lhe convém,e de reconhecida competência, mas tem de começar a ser menos populista. Se eu chego de novo à empresa, devo conhecer de perto as pessoas, ter um tempo ainda que curto, mas rezoavel para julgar as suas competências e aceita-las ou demiti-las.
    Este povo, com as atrocidades dos sucessivos governos, e o ADI não foge à regra, é um povo sofredor e CARENTE, por isso é preciso saber lidar com ele, e não tirar proveito dele…para que o povo diga “ACHEN MÉ”. Peço encarecidamente o partido ADI que seja idóneo e adulto.Vocês teem quatro anos para governarem com sabedoria, mestria, e levarem todos os santomenses convosco, porque estou a crer que todos querem o melhor do vosso país.
    Espero não haver sinais de ditadura dentro do partido! Por isso me referi àcima à algumas figuras que considero dotadas de certa postura de raciocínio, coerência e intelectualiade reconhecidas. Repito, elas concordaram com a iniciativa? Não acredito, devem ter votado contra.
    Viva o ADI, para que viva STP nos proximos quatro anos.
    Peço-vos que estejam unidos e trabalhem todos juntos por STP.
    Todos somos precisos, e os que nesse ou naquele sector não o forem, afastem-nos com dignidade e respeito.
    Por um STP melhor.

    • img
      Espirito Santo Responder

      Gostaria que fizesse esse comentário na altura que derrubaram o governo de ADI usando mentiras.
      Naquela altura porque que não tiveram elevação. O Senhor Oscarito até mandou prender um ex ministro. Lembras?

  26. img
    João Rosário Responder

    a corrigir

  27. img
    esperança perdida Responder

    Caro Eduardo Numba dos Santos
    -eu também fazia a mesma apreciação sobre os Ministros que referistes.
    Mas meu caro hoje o dinheiro fala mais forte. Compra toda a consciencia.É o que esta a acontecer com esses senhores. Ja nao tem dignidade. Veja só para a cara e o comportamento do Padre Daio. O tipo esta mais que uma gula. Desaprendeu tudo que aprendeu de bom quando era padre. Agora está como um terrorista a procura de dinheiro sujo. Que pena,

  28. img
    Espirito Snato Responder

    Os que criticam a medida do governo, tiram curso de Directores? Quando foram para directores tenham experiência? Foram onesto par com a governação do ADI? Ja não coseguem trabalhar como tecnico? Querem ficar uma vida na Direcção?

  29. img
    Credo Responder

    todos voces que estao criticar esse governo nao tem o que fazer? Porque que nao falam mal do governos anteriores seus filhos da mae…
    se governos cessantes nao prestaram serviços a favor do povo e o povo elegeu seu no representante entao deixa ser feita a vontade do povo que é a maioria…

    • img
      Fokoto Responder

      Coitado do povo. Quando não se consegue decifrar qual a mão direita e qual a mão esquerda. Acontece destas . Este povo vai ser usado até aos ossos por sua ingenuidade.
      Que pena . Não há nada a fazer

  30. img
    trote Responder

    estou à espera da «Interrneti grrátis parra todos»!!!!!!

  31. img
    mako Responder

    Invejosos

  32. img
    sonhador Responder

    Minha gente, não vale mais a pena lamentar. Enquanto os cães ladram a caravana vai passando. teremos 4 anos para aturar o trovoada fazer das suas. 4 anos de vingança, de desrespeito a dignidade da pessoa humana, de retaliações de arrogância… mas uma coisa vos digo: AS PESSOAS PASSAM E AS INSTITUIÇÕES FICAM, a regra é essa meus senhores e é a única garantia que temos de que nada dura para sempre.

  33. img
    Maria de Fatima Santos Responder

    Esta medidas tontas só me fazem rir! Grande governacao! Em nome de quê? Do progresso? Parece-me ser mais para satisfazer a euforia do poder de TODOS os seus clientes. Nao tem nada a ver com o povo ou com Sao TOme e Principe. Em quê vao mudar se têm todos mais necessidades básicas que os que saem? Entreter/enganar o eleitorado é bom e muito fácil! E quando este tem as carateristicas do nosso…

    Estes santinhos/anjinhos nao vao abusar dos cargos, nem dos carros nem de nada! Aranjemm outra para me enganar!

  34. img
    orlando vaz Responder

    Este é sol de pouca dura.
    Normalmente o comerciante quando inicia a actividade vem com muita pompa e paleio. No fim chapéu na mão e cabeça vergada.
    Quem semeia vento só espeera….
    Isto não passa de populismo barato.
    Este senhor não sabe que o horário de serviço é feito na sede da Consertação Socil entre Governo, representante do patronato e Sindicato?
    Voltamos agora sim para DITADURA.
    Queixam-se que o Pinto é Ditador.
    Já imaginaram se fosse o pai dele o 1º presidente?
    Deus sabe o que faz.Deu-lhe a maioria agora para impedir que ele possa dar outros saltos.O povo saberá até as presidenciais quem é este dito democrata.
    S. tomé Poderoso e Bom Despacho não deixará o seu povo.

  35. img
    Belíssima Responder

    O próximo passo vai ser o “Orçamento do Cidadão”
    1- 1 tonelada de cabeça de fruta para Diogo Vaz”

    2 – 50 0000 morcegos para refeições escolares

    3 – 1000 chapas de zinco para Mezochi

    4 – 10 Mercedes para renovar a frota automóvel dos ministros

  36. img
    Zé Faneca Responder

    Quais são as prioridades do Governo afinal?

    A propósito desta notícia e sobre a concorrente a Miss Mundo, vêm-nos à memória os milhões de palavras e palavrões que quase somos obrigados a ver e ouvir quase diariamente, seja dum lado seja doutro.
    Quando não metem água na língua que adotaram como sendo a principal, pouco mais dizem. Falam, falam e as decisões que tomam, quer queiram quer não, têm só que ver com aquilo a que por aí, de Norte a Sul, se vai chamando vingança. Tira este, que era contra e põe aquele que é porreiro e fiel.
    Porém, o que se gostava de ouvir e ver era algo a que se pudesse chamar um Plano de acção, com as necessárias explicações de maneira a que o povo santomense soubesse o que o espera.
    Quem ouviu concretamente falar de saneamento, de água potável canalizada (nunca viram os grupos de sequiosos a fazer quilómetros e quilómetros para carregar um garrafãozito de líquido que não faça mal à tripa?) e de esgotos (já agora, latrinas que poupem os filmes da malta a mijar encostada às árvores)? Quem ouviu falar do restauro e construção das miseráveis habitações em que a maioria dos santomenses vive?
    Qué dele o tal plano de acção que dizem ir ser o tal Dubai (onde também há pobreza e até miséria, não sabiam? Pois não porque está escondida a alimentar os senhores dos dólares que nem sequer sabem como existe tão maravilhoso mundo de turismo – porque está escondido.
    E o santomense também não sabe, a não ser esperar por algo que nunca viu nem espera ver tão cedo, só porque, por motivos de que não vale a pena falar ainda, votou e pronto, sem saber bem porquê, além do boné e da camisola.
    Quais são as prioridades do Governo afinal?
    Consegue fazer de tudo um pouco, ou vai passo a passo enchendo a mula às organizações corruptas que dão 5 para receber 10? Se calha a pensar no petróleo que não chega sem se saber bem porquê. Diga, senhor governante e acólitos e amigos políticos.
    Encheu a boca com Dubai, mas esqueceu, com toda a certeza que, como dizem os livros, ele começa pela própria população, pelo povo. È tão bom viver num local bonito, com todos os requisitos e não fazer ideia da miséria e da pobreza do seu povo, do estado social, da saúde, da educação e do salto que tem de ar para sair do dito 3º Mundo. Porquê? porque sabe que eles ainda serão “obedientes” e incultos e por muito tempo.
    Eles não se apercebem da riqueza e do mar que é a costa marítima das ilhas do seu País. Da flora de causar inveja seja a que país for e da própria fauna, ainda com tanto para descobrir e mostrar ao Mundo, metendo o Dubai a um canto. Fazendo em São Tomé, sim, um sítio único no Mundo.
    E no tal plano de acção onde cabem as prioridades correspondentes? É com as estradas, ruas e caminhos esburacados? Com lixo pelas ruas da Capital e na maioria das localidades? É sem um Porto de Mar onde atracam os grandes navios, cheios de curiosos? É com um Aeroporto onde mal cabem dois aviões dos grandes e os passageiros têm de se acotovelar para dar um passo? Onde a água das torneiras é imprópria para beber?
    E que dizer de todo o equipamento necessário e em falta para estas duas portas de entrada? Não há! Mas pior ainda, senhor Chefe dos governantes futuros, quem o aconselhou a “correr” com técnicos já bem formados e prontos a encarar o futuro Dubai? Preferiu “escolher” quem levará ainda anos a perceber simplesmente o que é um Aeroporto e os problemas de segurança envolvidos?
    Pois é, governar a todo o custo sem se aperceber verdadeiramente dos problemas e prioridades envolvidos. Boa sorte (quando não souber paga aos de fora coiro e cabelo, e o que eles disserem que é o que deve fazer, não é?)
    Daqui a uns anos ainda cá estarei para fugir dos carros que mesmo com buracos mal me deixam caminhar ao longo das estradas onde devia haver passeios.

  37. img
    cacau Responder

    Ao habitar uma casa nova, a ornamentação deve ser de acordo com as necessidades e gosto do proprietário. Mas onde existe a lei a mesma deve ser respeitada. Das 7.30 as 17.30 excede as 8hrs de trabalho diário. Deve se impor sim, exigir mais, o país tem que crescer. Mas não escravizar o cidadão.
    Senhor ministro faça a mudança mas não haja na impugnação. Não seja recalcado, perdoa os que lhe provocaram calo óssea. Use o bom senso e pense no bem estar do povo
    Tudo cua na sa blu blu blu fa.

  38. img
    Martinho de Ceita Stock Responder

    Depois das eleições livres e democráticas realizadas no nosso país e após a tomada de posse do partido vencedor e de forma inequívoca, estão criadas as condições para um novo rumo num país completamente delacerado pelas sucessivas más governações e incompetências dos respectivos governos.

    Ora, a questão quanto a mim pertinente que se coloca é, saber se o actual governo fará a diferença relativamente aos anteriores.

    Não sou daqueles que faz comentários gratuitos,sem dados consistentes, daí o meu benefício da dúvida quanto ao novo governo, embora nele conste algumas pessoas de competência duvidosa. Mas como sempre na vida, não é meu apanágio fazer juízo de valores insustentados. Até porque muitos dos que nos governaram até então e que aparentemente se supunha pelos seus conhecimentos académicos políticos e profissionais, algo de básico e estrutural para uma sociedade pudessem fazer, mais não fizeram do que se inscreverem na lista dos incompetentes e corruptos.

    Posto isso acho que o actual governo já começa a dar alguns sinais de alguma seriedade governativa e isto é salutar. Refiro-me as primeiras medidas adoptadas recentemente pelo actual governo. Há-de agradar a pessoas sérias, que sabem o que é o trabalho como eu e desagradar a muitos preguiçosos e corruptos do nosso país.

    Por isso a governação faz-se com alternância política e democrática, por isso espero que os partidos da oposição se juntem as reformas necessárias de que o país precisa, para que possamos ter um país mais decente e com gentes decentes e garantir melhor futuro para todos os santomenses,não descorando óbviamente os seus direitos legítimos e democráticos de fazer críticas construtivas quando necessário for.E ao partido no poder cabe ouvir os seus opositores e acatar quando necessário as ideias e as propostas, que contribuam para o desenvolvimento do nosso país e não apenas proceder a política de terra queimada e caça as bruchas, porque quem caça hoje manhã ser caçado. O povo santomense já abriu os olhos e estará atento a todas as manobras gratuitas e demagógicas de exercício de poder.

    Força ao novo governo e a toda a oposição. O país precisa de todos os santomenses e de todas as forças políticas, independentemente das suas convicções e divergências ideológicas.O combate dos adversários é político e faz-se com ideias e propostas. Quanto ao resto como se diz em S.Tomé e Príncipe “Povo põe Povo tira”.

    Bem haja todos os santomenses e principianos.

    Martinho Stock,residente em Portugal

    Médico Especialista em Imagiologia.

  39. img
    arelitex Responder

    as medidas que o Patrice Trovoada , já tomou e está a tomar ,no meu entender sâo muito insuficientes .a gravidade as armadilhas as teias de aranha em que funcionava o país em todos os sectores . pede medidas mais rigorosas mais apertadas e com mais fiscalização em tudo . a função publica por exemplo não existia em STP . no nosso país existia uma coisa qualquer que lhe chamavam função publica . sem regras sem horários a inventar horas extras ,só a dar prejuízo ao país , nada mais . nâo existia o sentido de responsabilidade em que a função publica existe para exercer funçês em proveito da colectividade . o salário dessa gente vêm do suor de todos os outros cidadãos . duas horas para almoçar num país sem economia nâo entendo o sentido até porque a hora do almoço para outros trabalhadores resolverem assuntos relacionados com a função publica , seria uma medida correcta .é pôr a função publica a trabalhar nas horas do almoço em turnos .

  40. img
    Blaga-pena Responder

    É preciso ter a “CARA DE PAU”! O povo há-de conhecer o cracter ruim deste criminoso q é hoj o 1º Ministro de STP! Este homem n passa dum grande aldrabão! Não cumpre o q promete. Este Sr. prometeu trabalhar com os competentes, mas está promovendo os incompetentes! Declarou lutar contra a corrupção, mas colocou vários corruptos nas mais variadas direções! Prova disto, é ter colocado o João Pessoa na Direção das pescas, qdo este fez parte da empresa das pescas q fez rolar algumas cabeças aquando do Governo d Gabriel Costa! Demitiu o Paquete e nomeou “COBÓ” para n abrir fundá sobre o golpe de estado contra Fradique de Menezes! Continuamos a espera q o tribunal esclareça este e outros casos de branqueamento de capital, desvios de dossiers etc

  41. img
    Hugulay Maia Responder

    Eu penso que a ideia é de louvar, mas para um país que não tem um sistema de transporte publico que funcione a 100% acho difícil.
    Na minha opinião dever-se-ia resolver o problema de transporte publico primeiro depois certas medidas de mudança.

    Mudança é bom, mas devemos saber fazê-la.

Responder a Belíssima Cancelar resposta

*