Destaques

Gabão acabou por ser o primeiro destino internacional de Patrice Trovoada

O Téla Nón que no passado dia 19 de Dezembro, indicou Angola como primeiro destino internacional do Primeiro-ministro Patrice Trovoada, após a sua investidura no cargo, deve agora corrigir a notícia.

A notícia divulgada na altura teve como base o encontro entre o embaixador de Angola em São Tomé e Príncipe Alfredo Mingas e o Chefe do Governo, em que foi anunciado Angola como sendo a escolha de Patrice Trovoada para a sua primeira visita ao estrangeiro na qualidade de Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe.

No entanto ao contrário do que noticiou o Téla Nón na altura, o primeiro destino internacional de Patrice Trovoada, acabou por ser a República do Gabão, o vizinho mais próximo de São Tomé e Príncipe.

Desde a última segunda – feira que o Chefe do Governo são-tomense, deixou o país rumo a Libreville – Gabão. Pelo que o Téla Nón apurou o regresso está previsto para esta quarta – feira, por sinal o último dia do ano 2014.

A diferença é que a visita de Patrice Trovoada ao Gabão tem carácter privado, enquanto que a visita a Angola em fase de agendamento, tem carácter oficial, ou seja, visita de trabalho.

O Téla Nón enganou-se ao anunciar a ordem do destino internacional do Chefe do Governo.

Abel Veiga

 

    16 comentários

16 comentários

  1. Desiderio tome

    30 de Dezembro de 2014 as 18:41

    Angola não é e nunca será prioridade para Patrice Trovoada. Disto já se sabe há muito tempo. O exemplo está à vista dos Santomenses. Todos os investimentos que passam ou de Angola recebem o tratamento que acabamos de assistir ainda há dois dias. Centro Comercial, Cidade Nova, Centro da UNITEL da ex-feira de ponto(que já está na lista) bem como a obra da Trindade. na feira de ponto antiga em princípio vaí ser devolvido aos árabes para erguer o Banco Islâmico.
    okakaôôh Nón molêh.

    • Teresa

      3 de Janeiro de 2015 as 21:40

      Estamos fodidos. Vamos apontar os dedos aos que fizeram tudo por tudo para este desgraçado regressar ao poder. Sim vamos apontar, a começar com os da TelaNon do Facebook

  2. manuel soares

    30 de Dezembro de 2014 as 20:54

    Meus caros compatriotas e sr Abel Veiga sejamos sensatos, uma visita privada é privada e oficial é oficial deixemos de politiquice e manobras de disse que não disse, Angola é e será sempre a prioridade da nossa política externa e de cooperação, basta destas bocas que minam o interesse nacional, vamos defender o que é nosso e o que são posições estratégicas do Estado, acabemos com estas coisas, o que tem a obra do centro comercial para ali ser chamada, por amor de Deus, vamos ser justos e imparciais e se for necessário humildes e patrióticos.

  3. Artur Costa

    31 de Dezembro de 2014 as 8:06

    Deixem o homem trabalhar…as contas fazem se no final…se ao fim 40 anos nunca cobramos aos outros..deixa-o fazer.. ao fim de 4 a anos cobramos os resultados.

    *Telanon: és sem dúvida o melhor jornal online de stp…mas traz notícias relevantes e não notícias que nada ajuda ao desenvolvimento de Stp..faz críticas mas construtivas e consistentes…e sugestão passa a postar sábado e domingo tb..Pk

    • Miss

      1 de Janeiro de 2015 as 3:24

      Caro amigo Costa, estimo q o site téle non nao pode inventar noticias comandadas que apraz apenas certas categorías de individuos. Telê Non é um Bom site, porque diz a verdade sobre a realidade do que se passa em STP. Alias, mesmo se o site disser que “tudo vai bem em STP….”, se não for verdade, nada muda. Pergunto, porque mentir?
      Não é a melhor maneira de ajudar STP, se de facto se quiser fazer mudar o país para o melhor.

  4. Fabio Soares(Fbi)

    31 de Dezembro de 2014 as 10:32

    Acho k um jornal ou a midia deveria ser neutra me vez de minar a mente das pessoas a favor ou contra um partido politico, o TELANON esta sendo ironico, mas lembre-se que se trata de um jornal e nao um BLOCO ESQUERDA ou qualquer coisa parecida. Eu digo sempre k nao confiu em partido politico nenhum, mas no final de mandato de cada um deles eu vou avaliar o desempenho , pois nos deveriamos fazer o mesmo, o sr Pr.Ministro disse que a primeira viagem com caracter de trabalho seria Angola e vai ser, a sua visita privada nao tem nada a ver com isso.
    Por vezes acho k este jornal parece mais um BLOG do que um verdadeiro jornal.
    (Desculpe pelos erros de accentoaçao pois utilizo um teclado AZERTY)

  5. Rui Lisboa Trovoada

    31 de Dezembro de 2014 as 10:40

    Alguma vêz Angola foi prioridade para este primeiro ministro que nos deram a ter.
    Durante 2 anos em que esteve ausente do governo sempre criticou Angola e o governo de Gabriel Costa, dizendo e passo a citar: Este governo quer que Angola venha resolver os problemas de S.T.P.” fim de citação e agora com cara de sem vergonha vem dizer que Angola é prioridade?
    Este senhor que só sabe ser primeiro ministro é um grande mentiroso.
    Está atacar investimentos jamais vistos em S.T.P. nomeadamente: Centro Comercial, Cidade Nova, Centro da UNITEL da ex-feira de ponto e a obra da Trindade.
    Está nas tintas para com centenas de zé povinho que perdem o seu sustento.
    Aliás nunca interessou por este povo. O arroz posto no país pelo Governo cessante está a ser vendido por cada saco de 30Kg a Dbs 390.000,00 e o Kilo a Dbs:16.000,00 nas lojas.
    Só aduirem este arroz os militantes e simpatizantes do ADI. A direcção do comércio transformou-se na sede de campanha do ADI e atrás da Padaria Penalty em Vila Maria assistimos entradas de carrinhas e carrinhas carregadas do arroz.
    Com tudo isso o que se pode esperar de Patrice Trovoada? SÓ O PIOR!

  6. kelvi

    31 de Dezembro de 2014 as 12:18

    O homem esta a procura da massa para cumprir a promessa. A coisa não está facil não. Uma coisa é prometer e a outra é fazer.Agora é que é preciso mostrar a capacidade.
    Tem maioria tem. Tem o governo que idealizou1 sim. Faz e sai depressa. A oposição deverá continuar com a mesma postura Silencio só.
    O LIXO JÁ INVADIU O PAIS continua. O Paludismo poderá voltar porque estão a tirar os competentes do setor para colocarem boys. Sim aguenta Só.

    A procissão só esta a começar.
    O Conselho de Ministros reune até aos domingos é moda Aguenta Só.
    Porque não sex feira’ é dia do Ramadan. Está tudo dito Pouco a pouco vai-se confirmar o livro do PM lançado em Portugal escondido em STP. Aguenta Só.

  7. Alio bólide byei

    31 de Dezembro de 2014 as 12:34

    Bien Vennu Notre compatriote. Chez-vouz-

  8. Almeida Roberto

    31 de Dezembro de 2014 as 12:39

    Sabiam qual foi a campanha que o Patrice fez junto aos Portugueses?
    De que ele seria a garantia da continuação da CST em STP porque a ideia era priorizar a UNITEL e por fim a CST.

  9. Povo pequeno.

    1 de Janeiro de 2015 as 12:52

    Votou deu maioria absoluta a Patrice Trovoada!
    AGORA AGUENTA!
    Nota bem todos discursos de PATRICE Trovoada!!! Tira conclusão.
    Ainda ontem nomtelejornal, ele já deixou claro SUBIR CUSTA…descer…. ” COMO QUEM DIZ” : Custou mas vocês já me puseram no Puleiro. Vou tratar da minha vida dai há um tempo se quiserem eu saio e vcs que sa f…… com vossa desgraca.

  10. fla fede

    1 de Janeiro de 2015 as 17:22

    Há algumas pessoas se tivessem como, mataria o povo por ter votado de forma absoluta no ADI. Sejam democráticos, e aceitam a decisão do povo, se outros tivessem feito boa coisa, obviamente ADI não estaria no poder, assim que aceitem que dói menos, cuidem de vosso coração..ADI ganhou, queiram ou não vai governar e pronto…outros q façam melhor trabalho da proxima vez

  11. Blaga-pena

    2 de Janeiro de 2015 as 11:22

    Povo votou, então agora aguentamos todos! O Artur da Costa n passa dum pequeno analfabeto. Senão vejamos( apenas para reavivar a sua memoria): Dos 40 anos da independência, o Patrice trovoada mais o ADI andaram nas esferas da Governação no mínimo durante 20 e poucos anos ( Patrice Trovoada foi 3 vezes Primeiro Ministro, foi 2 vezes Ministro de Negócios Estrangeiros, durante 10 anos – assessor do seu pai para a área dos petróleos). Portanto, é falso q ele n tenha nada a ver com os 40 anos! Fiquem sabendo, q Patrice T. só está preocupado com o seu bolso! Prova disto, ele elege o Gabão como centro donde deverá partir todas as suas negociatas, destruindo todos os projetos financiados por Angola, lançando o Zé povinho no desemprego e sr Artur, coitadinho, continua a Bater as palmas.

  12. Gina Costa

    3 de Janeiro de 2015 as 10:39

    caros compatriotas espero que os nossos jornais Télanon o parvo e a Comunicação social deviam ser neutros e imparciais nunca partidários, acerca das informações e dos pormenores nacionais e internacionais nada de expeculações.

  13. seabra

    3 de Janeiro de 2015 as 10:46

    Qual é vossa? Que campanha querem fazer ao site téle non?
    Trata-se de um site neutro, justo, eficaz….de uma grande utilidade pública.
    Quanto ao gabones do pm de STP, é bem natural que a sua 1a viagem oficial, fosse para este destino : o GABAO. Ele foi garantir e renovar os pactos da feitiçaria e da corrupção.
    Todos nós sabemos qual é o perfil do (Patrice Trovoada.
    O livro sobre ele está á caminho….Bom e Feliz ano á todos!

  14. seabra

    3 de Janeiro de 2015 as 23:39

    Quero acrescentar que o único site que constatei ser realmente parcial é o PARVO. É de facto verdade!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo