Vídeo lançado no facebook mostra delinquente a receber castigo militar

Altas patentes do exército são-tomense, aparecem no vídeo que está a correr o mundo. Alguns majores, simplesmente berram com o jovem que está a ser castigado em plena parrada do quartel-general. Outro oficial superior, aproveita a ocasião e dá descanso por alguns minutos, ao capitão de serviço que tinha um bastão nas mãos. Pega no bastão e açoita o delinquente que rebola na parrada.

A acções do capitão que ostenta uma braçadeira vermelha, faz recordar passagens de uma novela brasileira, onde se punha alguns homens negros no TRONCO. Pois sim, segundo as imagens, o capitão não largava o bastão, e o jovem delinquente não parava de apanhar. Cenas de uma filmagem realizada em Setembro de 2014.

O jovem delinquente multi-reincidente, que nasceu em São Paulo – Angola, e que já cometeu crimes que se perdeu a conta em São Tomé, desde burla até homicídio, meteu-se desta vez com a tropa. Assaltou um sargento. Roubou dinheiro pertencente as forças armadas, e levou a arma do militar. Foi apanhado pela tropa. Levado ao quartel-general e castigado muito duramente.

A filmagem oculta foi feita a partir da caserna dos soldados, no primeiro andar do quartel-general. A câmara do telemóvel, apanhou o momento em que o Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, o Brigadeiro Justino Lima, entrou em acção, pontapeando várias vezes o delinquente. O escândalo, filmado pela própria tropa e lançado nas redes sociais na última semana, atingiu assim o clímax.

O governo já disse que ficou chocado. Já solicitou ao Presidente da República, Chefe de Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas, a realização urgente do Conselho Superior de Defesa para analisar o caso.

Agora resta saber se Abidu Nagi, o delinquente considerado como um dos mais perigosos do país, mas que no entanto, teve papel de vítima indefesa, massacrada e torturada, no filme rodado no quartel-general, não venha a se transformar num herói.

Herói  na criação das condições políticas para o “assalto” ao actual comando das forças armadas, que desde Fevereiro de 2014, está nas mãos do brigadeiro Justino Lima.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Seja Parcial Responder

    Desculpa telanon…mas o titulo dessa noticia é “Simples Horrível”….aquilo que vimos nas imagens não é castigo militar mas sim um terrorismo contra os direitos humanos. Se o castigo militar é assim todos os dias ali, essa terra ta mal. estranhei por dias essa noticia não estar no telanon, nesse jornal foi o ultimo e publicar e quando publica, vem como uma versão de defesa ao um certo grupo. jornal que é jornal denuncia esses tipos de atitudes seja la de que la for, seja de só postar coisas a favor de um grupo do passado que ja sabemos que esse jornal faz. Mostra-nos a capacidade do telanon e faz esse video chegar as Nações Unidas de USA, ou mesmo a USA, isso não pode passar impune. se ele quer roubou seja la o que roubou, e quem fez burla de arroz, lavagem , trafico, faz -se como ?!!

    • img
      Sensa Responder

      Ah aha ah… é uma piada o que acontece no nosso País, São Tomé e Príncipe!
      É vergonhoso na verdade uma acção como esta, mas uma coisa é certa… isto é o resultado de vários comportamentos, ou melhor falta de comportamentos/ estratégias para corrigir estas acções…
      A nossa Justiça não funciona… a nossa Cadeia não funciona… os políticos não têm uma estratégia viável para o desenvolvimento do País, nessas acções… o aparelho do Estado não se entendem… por isso acho que tudo isso deve-se aos que os políticos realmente querem deste País… é isso.
      Como vai-se deixar um delinquente roubar, matar, e ainda encontrar-se nas ruas fazendo as suas, e a justiça marimbando por isso… como é aceitável que alguém como este Senhor Ladrão rouba, mata, e depois tem o Senhor Presidente da Republica indultar a todos os “malfeitores”…
      Sejamos ciente e desenhar alternativas… ladrão tem que ir a cadeia… criminoso igual, se o Senhor Presidente vai indultar penas, então que se da penas acima de 50 anos… e cria estratégias de verdade que as pessoas saiam da Cadeia com outra mentalidade. É reinserção Social néh… então façamos desses Senhores Ladrões e Criminosos tomarem juízo e não indultar penas, para você encontrá-los na Discoteca, na Passeata, nos Bares, etc… e nada passa!!!
      A justiça não tem que ver somente para casos pequenos, o que tormenta mesmo a economia do País também tem que se rever.
      A justiça neste País tem que funcionar, porque o “Povo” não engoliu a cena do caso o GGA, do STP Trading, o murro do CKDO, Navio com Drogas… entre outros casos mais…
      E se tiver que tomar alguma decisão neste caso em particular, é o Sr. Justino pedir a sua demissão e sair limpo nesta história, e os restantes serem afastados como por um período de mais de 3 meses para não cometerem a cena dessas novamente a frente de bufos.
      Meu abração…
      Bem haja STP
      Sensa

    • img
      PATADA GERAL Responder

      Ó senhora Seja Parcial, eu vejo profissionalismo aqui no telanon, nesse caso. Eu também tinha ficado revoltado com o brigadeiro ao ver a notícia como TVS colocou, de uma forma extremamente parcial e nem sequer a palavra ladrão se ouvia. Aqui mostra-se os dois lados da moeda. Se vc é quem estou a pensar, vc possívelmete já comeu dinheiro desse delinquente “quando namorava com ele”. Uma pessoa que dizem ter morto um mototaxi (motoqueiro) a 36 facadas é gente para ser defendida dessa forma? vai defendendo, rezo que um dia ele baterá a sua porta. Quando ele pinta das suas, fica tudo por isso mesmo, se não fosse telanon hoje todo mundo estaria a pensar que torturaram um simples cidadão civil como nós. VC consegue trazer de volta quem ele matou? Vai se ver vc pode ter sido cúmplice dele em algumas acções. Porém acho que o brigadeiro como chefe máximo, deveria se abster dessa participação, mesmo tendo ele roubado arma militar, deveria delegar o castigo aos seus subordinados. Já no caso da greve de UST, alunos tinham razão. Alguém a ganhar acime de cem milhões por mês e nem água potável para se beber. Não estamos aí para brincadeira. Eu sou franco e directo, PATADA GERAL…

  2. img
    Tó Chiguandidi Responder

    Roubou? Porrada nele! Estiveram muito bem os nossos militares. Devia ter apanhado mais para aprender a não ser bandido!

  3. img
    paparrazzi Responder

    Tudo isso chama se truques.todo mundo sabe que quem mexe com a tropa nunca recebe rebucados.o atrevido deliquente de tanto roubar bateu na porta certa para a vida dele.nunca mais vai roubar um militar e fica aviso para os proximos com tropa nao se brinca

  4. img
    Cobra branca Responder

    O delinquente depois matou de 36 facadas um motoqueiro.

  5. img
    ghadafi Responder

    O ladrao fez por merecer. E Pena que o castigo nao tivesse sido mais severo…os militares prestaram um servico publico e nao deve ser punido.

    • img
      Nady Responder

      Não deve ser punido porque não foi na tua porta que isso aconteceu

  6. img
    Tratamento Responder

    Aquilo foi apenas um tratamento especial que se deu a um gatuno perigoso que assaltou um militar de sexo feminino na noite do dia 07 de Setembro de 2014.

  7. img
    José Jango Responder

    Direito humano só se deveria aplicar ao ser vivo que se comporta como humano.. Violadores, pedófilos e criminosos devem ter uma um tratamento a altura…

  8. img
    Cá dêcê Responder

    ò Senhor Seja Parcial, nao apoie o roubo nem crime, pq assim pode se conjecturar que o senhor tambem é da mesma classe.quando alguem esfaquiar a sua familia vamos ver se o senhor irá queixar nas Nações Unidas, se fosse uma pessoa anormal ou inocente lhe apoiaria,mas não é esse o caso, o país está cheio de ladróes e assassinos é isso que quer o Senhor?

    • img
      PATADA GERAL Responder

      é mulher… é a Srª seja parcial, se vc ler bem vc vai saber quem ela é. O homem dela as vezes se mete na política. A coitada quis dizer imparcial, mas enfim. Ela anda de um carro ligeiro, mas claro é opinião dela, mas ele sim foi bem parcial. Sabias que se fosse um ladrão a maltratar uma pessoa normal, certas pessoas não manifestavam? É isso que me faz confusão. Cada crime que acontece nessa terra e essas pessoas ficam a assistir de camarote. E é só roçar um ladrão, elas querem fazer eles parecerem pessoas normais para nos manipularem. Eu sendo Patrice desistia desse caso. Defender esse ladrão deixaria o povo com má impressão dele, reduzindo drasticamente a sua popularidade.

    • img
      Adimirado Responder

      O mais engraçado nisso tudo, é o facto desse sem vergonha(Com carra de bandido da pior espécie), vir dizer que se sente ameaçado.
      Espero que você (Abidu nagi), o mesmo que assaltou a moça em frente do hotel mira-mar venha aqui ler o seguinte: Tu é que es a ameaça para mim, para meus pais, meus irmãos e etc… Gente como tu deveria ser erradicada sem mais A ou B. E vcs que andam por ai a dizer que a “justiça devera deveria ser feita´´, ou são cegos, surdos e mudos, ou muito burros ao aponto de não saberem que n existe justiça em STP.

  9. img
    Original Responder

    Se este vídeo foi gravado desde Setembro passado porquê que só agora foi divulgado? tinham medo de quê?Estavam a espera para ser
    encomendado?
    Peço que resolvam este assunto assim como queixas que estão amontuadas no Ministério Público de altas figuras de Estado Deputados, para S.Tomé e Príncipe ficar limpo
    destes entúlhos.

  10. img
    Figueirito Responder

    Leio o jornal tela non todos os dias, ate tenho alguma simpatia pelo seu escritor,estranha me muito da maneira que retrata os factos, e no minimo chocante por seres demasiadamente soft perante a tamanha violação de direitos humanos, não sei qual e a sua intenção em relatar os crimes cometidos pelo lesado seja la o que tivesse acontecido nenhum ser humano pode ser barbaramente TORTURADO desta forma (e não castigo militar como retrata o Tela-non)o que ainda me estranha e ver um Chefe estado maior envolvido nesse massacre e desrespeito os conceitos básicos que rege um estado direito democrático. Normalmente em Países democráticos logo que o vídeo tonou-se publico os implicados nomeadamente o chefe estado maior já deveria colocar o seu lugar a disposição, e não entendo porque ainda não o fez. eu próprio colocarei essas imagens nas maus da entidades internacionais vocacionadas para lidar com o assunto. Espero que se faça justiça. Figueirito

  11. img
    Admirado Responder

    Transgressao e abuso de poder, contudo, jovens como esses tem que ser irradicado, e é duro dizer isso mais é a verdade. Como é que vcs estao a esquecer dos atos desse jovem. Mandem no de volta para o quartel. Aos senhores que tiveram essa atitude, so tenho algo a fizer: porrada com todos da laia desse filho da mae e assassino. Nos Sao-tomenses apenas criticamos, só sabemos fazer isso, mais ainda assim queremos um stp seguro. E que vcs nao percebem uma coisa, esse jovem nunca ira mudar, quando ele matar ou assaltar um dos nossos entes queridos, aí sim vamos nos revoltar. Deus que nos proteja

  12. img
    Arnaldo (santola) Responder

    Na minha humilde opinião isso viola os direitos, visto que nesta situação quem deveria resolver este problema do cidadão é o tribunal da justiça não na mão de um oficial superior militar, é que as vezes em stp os peixes maiores têm tendência de comer os menores, a polícia foi feita pra quê?

  13. img
    Seabra Responder

    ….São nestes e por estes casos,que há revoltas legítimas. Que explique porquê que um jovem ou alguém q rouba é castigado severamente(sem razao),ora q um adulto,desvia bens do estado, comete ,acumula delitos e ate crimes….sem impunidade e por cima ocupa um posto de destaque, sem ser incomodado ora que tem dossiês com casos gravíssimos. Trata-se do pm Patrice Trovoada. Que justiça é esta? É um escândalo ENORME!

  14. img
    sao tomé Responder

    concordo o titulo é HORRÍVEL.
    deliquente ou não é pessoa. e voçes tem certeza que ele é?
    o POVO santomense seria muito estupido se não fazer nada contra este abuso.
    o minimo que este senhor pode ter é despedimento. SÃO TOMÉ age contra isso nós não somos uma ditadura onde os militares fazem o que querem.

  15. img
    neto afonso Responder

    ate onde pretendem chegar com tanta brutalidade? tanto o povo, o governo e sobretudo os que zelam pela proteccao da poplucao deveriam unir-se e lutar por pais. que se consagrou ao 15 lugar no ranking do turismo mundial, apresenta-se como um dos quais poderemos comparar com a veolencia no brazil. povo santomense estamos no ano 2015. lutam por um pais onde reuna pais e harmonia. Sao Tome e principe e tao pequeno para tamanha violencia. o novo governo conheicdo por gorverno do povo , por favor agem, DESENVOLVam ESSE pais chamado das ilhas MARAVILHAS. Nao sujem .

  16. img
    Arroz Subistancia Responder

    Na minha opiniao um bandido perigoso que cometeu homicidio nao deveria estar solto deveria esta preso porque constitui perigo para sociedade.
    Eu nao gosto de bandido mais este vidio posto a circolar e uma violacao dos direitos humanos.

  17. img
    malebobo Responder

    gostaria so de solicitar porque que o jornal tela non, levou tanto tempo de publicar esta noticia horrível, o que aconteceu, em condições normais o brigadeiro chefe do estado maior já deveria ter pedido a sua demissão e mais nada

  18. img
    Jose Rocha Responder

    Seria bom que a justica fincionasse para evitar que situacoes se repitam. Para evitar a justica popular/institucional, e em defesa da integridade fisica dos malfeitiros , e imperioso que se tenha uma justica celere e funcional.

  19. img
    Mario Andrade Responder

    Correctissimo Sr Jose Rocha. Justica funcional precisa-se em STP.

  20. img
    SÉSAR Responder

    Gente, convenhamos! O télanon publica o que quer, quando quer. Por que criticar o “time” do jornal~? Preocupemos com a essência da noticia. E a essência é o castigo de um bandido por militares.
    Os militares merecem uma repreensão registada, mas o bandido sendo assassino, mereceu. Desculpem.
    Fui!

  21. img
    Tratamento Responder

    Quem conhece o Brigadeiro Justino Lima, o Chefe do Estado Maior das FASTP, sabe que é um homem de paz, estável, responsável,calmo e moderado. Ele sempre defendeu os interesses dos militares e das Forças Armadas. Sabe-se que há intereses oportunistas e obscuros por detrás da publicação deste video que só agora é publicado. Esperemos que haja o bom senso por partes dos decisores políticos do País.

  22. img
    s Responder

    Tomem la muito cuidado porque o delinquente é de nacionalidade Angolana e não se esqueçam que o primeiro ministro veio a dias de la para receber a segunda tranxa dos milhões que Angola tinha posto da disposição de São Tomé e Príncipe com o governo de Gabriel Costa.
    A verdade é que estamos a tentar tapar o sol com peneira, estamos a tentar acobertar um delinquente assassino e virar a bateria para os militares, cuidado não se esqueçam o que esta a acontecer na Nigéria o que podemos chamar aquilo? É devido pessoas como aquele delinquente que depois se tornam assassinos de alto grau.
    Fui!!!

  23. img
    laury do esprito santo Responder

    olha este país ha muito jogo de lugares, em alguns países matam e em STP fazem jogos sujo…. por isso força brigadeiro….. estou ao seu lado. se estaria la como militar faria o mesmo.

  24. img
    luisó Responder

    O castigo até não foi mau porque o bandido pouco tempo depois matou uma pessoa.
    Se tivesse sido um bom castigo ele não tinha feito mais crimes.

  25. img
    Eldiner Pinto Responder

    Ninguém e ninguém mesmo está autorizado a fazer justiça pelas suas
    próprias mãos, embora todos nós estejamos contra ladrões. Ademais uma pessoa com tanta responsabilidade e que precisa ter dignidade. Se alguém roubar na Casa Branca, será Obama a assumir ele próprio a tortura do gatuno? Em que país isto é possível? Isto ficou muito feio, muito mesmo!!

  26. img
    bocapito Responder

    O Dito assaltante delinquente que no vídeo foi visto a ser espancando, apesar dos pesares…segundo vi a ser hoje entregue ao Ministério Público, atendendo que foi apanhado numa patrulha policial, em ilicitude criminal e seguidamente, após detido, proferindo ameaças aos policiais, alegando que já “matou pesssoa e que não ficou preso”. Pelo que sugiro ás autoridades Judiciais para terem mão dura para estes casos e para que o aumento da criminalidade não tenha lugar no nosso país, além do que já existe.

  27. img
    cidadao Responder

    os militaris só deram uma educaçao ao marginal. não vi vilencia nen nada xocante e nen tao pouco violaçao de direito humano.

  28. img
    Estabilidade Responder

    Caros irmãos e dirigentes da Nação Santomense:
    De facto o procedimento dos militares não foi o melhor. O ser humano não é perfeito. O Chefe do Estado Maior das FASTP tem feito um bom trabalho desde que tomou posse em Fevereiro de 2014.
    Em nome da estabilidade nas Forças Armadas e em nome da estabilidade no País, acho que não devem tomar decisões precipitadas.
    Desejo a todos um bom ano 2015. Que Deus ilumine o nosso caminho.

  29. img
    Maria Ricardo Responder

    Abidu Nagi bem mereceu o casdtigo que teve. Não venham aqui politizar este caso,porque em lado nenhum do mundo, ladrão perigoso é perdoado. Em S. Tomé e Príncipe, tudo é política. Um homem que assalta, mata, rouba é considerado herói? Aonde é que estamos? Aqueles que aqui defendem o Nagi, naturalmente, ainda não foram assaltados. Um dia quando forem assaltados, saberão quanto custa a vida. Que Santo Tomé nos abençoe a todos.

  30. img
    walsom varela Responder

    Senhor brigadeiro,como milirar que sou devo dize ao senhor que esteja tranquilo que naõ vez nada de mal, se estaria no seu lugar faria e voltaria a fazer se caso desse teria aconteçido,isto é apenas uma correçaõ.

  31. img
    Hpinto Responder

    Meus caros, gatuno que rouba uma arma e nega é muito perigoso só a própria palavra gatuno, já me faz estremecer, este não deve ser tolerado, alguma vez alguns de vós já foi, atacado por um gatuno armado, se sim o, então o castigo que o Nagi recebeu dos militares é muito pouco, e os direitos humanos é esquecido, se fosse cá em Angola o Nagi teria uma só solução pneu e gasolina e era uma vez

  32. img
    ADS Responder

    direitos humanos..
    uma vergonha para SÃO TOME E PRÍNCIPE quartel das forças armadas sempre foi e tem estado cada vez mas a se tornar num autentico campo de massacre e tortura. o mundo ja esta a ver o que acontece la. quando é que vamos ver essas gentes a ser punidos pelos crimes contra direitos humanos e contra humanidade. onde esta o ministro de defesa? onde esta o presidente da republica. como pode um quartel ter pessoas com altos patentes e não conhecerem nem suas mão direita nem esquerda? como pode esse bucho ser considerado ser humano? como pode esse ser ser considerado militar se ele não honra a farda que veste. isso é abuso contra direito humano seu parvo.

  33. img
    Antônio Martins Responder

    A justiça pertence aos tribunais. Agora homem que mata e rouba seu lugar será na prisão . Contudo , essa pessoa depois de responder por todos roubos e cumprir sua condenação seria expulso para o seu país , neste caso Angola. Quanto ao Sr. Comandante Militar , deixa muito a desejar num país Democrático .

Deixe um comentario

*