Patrice entregou a justiça alegados casos de corrupção

O Primeiro-ministro Patrice Trovoada, anunciou que o resultado das auditorias mandadas realizar pelo seu governo em vários sectores da administração pública, já foram entregues ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas.

Numa conversa no seu gabinete com os novos directores da Rádio Nacional Braçanan Santos e da TVS João Ramos, incluindo um dos consultores nomeado pelo Governo para se ocupar da TVS, Óscar Medeiros, o Primeiro-ministro evitou tecer comentários sobre o conteúdo das auditorias realizadas nos diversos sectores da administração pública.

Em dado momento da conversa, Patrice Trovoada, deixou claro que os ex-dirigentes da administração pública, viviam muito bem, e que teriam deitado as mãos em algo que não lhes pertence.

Patrice Trovoada, remeteu o julgamento para as instâncias competentes, nomeadamente o Tribunal de Contas e o Ministério Público. Desafiou também a imprensa a realizar investigações no sentido de conhecer e divulgar os alegados casos de corrupção, praticados pelo anterior governo.

Atitude contraditória do Primeiro-ministro, uma vez que em declarações feitas nas antenas da TVS, há algumas semanas, Patrice Trovoada prometeu que o resultado das auditorias mandadas realizar pelo seu governo seria divulgado ao público.

No entanto o Chefe do Governo, considerou bastante satisfatório o desempenho do seu executivo nos últimos 100 dias. Começou por indicar as acções realizadas no sentido de garantir a protecção civil. Anunciou que dentro de 4 meses, o país terá novas viaturas de bombeiros, para por fim a situação actual em que os cidadãos assistem o desmoronamento dos seus bens pelo fogo, sem que a corporação de bombeiros tenha meios para combater os incêndios.

A criminalidade crescente é outro assunto que segundo Patrice Trovoada, o seu Governo já começou a agir no sentido de combater. O Primeiro-ministro garantiu que o executivo já criou uma equipa de choque travar os assaltantes.

Reconheceu no entanto que o problema não encontrará solução imediata. Defendeu a formação de novos agentes para a polícia nacional, aumento do efectivo da polícia, para garantir a segurança pública.

O Chefe do Governo apelou a compreensão do povo, face as grandes dificuldades que o governo enfrenta. Dificuldades financeiras, preocupam o Primeiro-ministro.

O Téla Nón recorda que as sucessivas greves que o país registou em 2013 e 2014, nos sectores da saúde e da educação, forçaram a subida da massa salarial. Ainda em Fevereiro de 2014, registou-se a insubordinação militar por razões financeiras.

O necessário pagamento de subsídios aos militares e o respectivo reajuste salarial, fizeram disparar a massa salarial. O Téla Nón sabe que o Estado são-tomense gasta cerca de 3 milhões de dólares mensais só em pagamento de salários na função pública. Isto num país que em termos de exportação só consegue rendimentos na ordem de 5 a 6 milhões de dólares por ano.

Patrice Trovoada responsabiliza o anterior governo, pela inflação da massa salarial. Segundo o Primeiro-ministro, os trabalhadores não são culpados. Avisou que o seu governo está a lidar com compromissos salariais assumidos pelo anterior governo, alguns adiados para Janeiro de 2015.

Tudo isso num país que ainda não tem orçamento do Estado para 2015. Por várias vezes Patrice Trovoada frisou, esta preocupação « Nós ainda não temos o orçamento».

Chamou os que governavam o país a darem a sua contribuição para ajudar a resolver as dificuldades que o país enfrenta. Manifestou-se confiante de que apesar das dificuldades serem enormes, o país São Tomé e Príncipe tem solução.

Em 100 dias de governação, Patrice Trovoada, não conseguiu implementar com sucesso, uma das suas promessas mais sonantes de campanha eleitoral. A garantia aos são-tomenses, sobretudo ao chamado povo pequeno, do arroz de 13 mil dobras o quilo.

Anunciou que o seu executivo melhorou o processo de distribuição do arroz de 13 contos ofertado pelo Japão. Mas, mesmo assim o mercado informal continua a dar voltas, a promessa de campanha eleitoral. O arroz de 13 contos continua escasso, a maioria da população reage dizendo que ainda não teve acesso ao produto.

Com maioria absoluta dada pelo povo nas urnas em Outubro de 2014, 33dos 55 assentos no parlamento, e num cenário político em que os poderes do Presidente da República foram diminuídos após a revisão constitucional, o Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, continua a se manifestar como vítima.

Patrice Trovoada, disse na conversa alusiva aos 100 dias do seu mandato como Primeiro-ministro, que estão a colocar cascas de banana no seu caminho. Espera-se que não haja quedas voluntárias, porque tudo indica que em termos políticos e constitucionais, o povo sentenciou no sentido de não haver quaisquer quedas até 2018.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    pedreira de Porto Real Responder

    PT devia também fazer Auditoria ao Governo Regional, muita corrupção cá Região. Não é aceitável que Tó Zé entrega o Mota Engil uma pedreira para explorar e depois alargar o a área da pedreira como propriedade da Constep, depois disso em vez da Mota Engil pagar ao Estado passa a pagar a Constep lesando a Região e sua população em milhares de dobras. Muita corrupção no Príncipe. Todos sabemos da ligação perigosa que o Tó Zé matem com dona da Constep e o representante da Mota Engil. Além de outros roubo, ou entregas ao seus amigos sem concurso publico, as adendas corruptas! Tó Zé gere Príncipe com se fosse casa de pai dele. Abuso de poder. PT por favor poe essa gente na ordem para nós!

    • img
      Paulo Responder

      Eu, Sinceramente, fico muito triste e não compreendo o porquê de tanta perseguição ao Senhor Presidente José Cassandra. Toda coisa Tó Zé, toda coisa To zé, tem O Senhor Helio lavre que faz tanta coisa e ninguém diz nada…

    • img
      UMPP Responder

      Aqui no Príncipe se Patrice vier fazer auditoria, vamos pôr povo na rua contra ele. Quem em Patrice para vir cá auditar seja o que for, ele manda lá em S.Tomé. Fica o aviso vamos fazer manifestação contra Patrice deixa ele tentar fazer alguma coisa aqui no Príncipe. Quem avisa amigo é. Viva UMPP!

      • img
        Miguelito Responder

        Eu também não sou apologista do Sr Patrice vir cá a Região Autonoma Fazer auditoria. se vier, vamos sim sair a rua, o Principe é nosso, cá nos é que mandamos…

        • img
          Tlabé Sa Lençu Responder

          Meu caro, Príncipe é autónomo mas não é um estado. É uma região e como tal tem direitos e obrigações. e se justificar uma auditoria, ela será concretizada, quer vocês saiam a rua quer tranquem-se no banheiro. Consulte por favor na constituição os artigos e clausulas que regem esta relação bilateral

  2. img
    Original Responder

    Não duvido que meu País seja palco para diversão,distração e teatro.Aquela peça de bandido virar artista,já é do conhecimento do
    público.É melhor inventar outra.

    • img
      Adimirado Responder

      Não sou do partido do PM, e nem simpatiso. Realmente esse homem não tem moral nenhuma, mas convenhamos meus senhores e senhoras, temos que aprender a por de lado esse lado São tomense do partidarismo, se o homem de facto apanhou algum corrupto, esse é um favor que nós faz em entregalo a justiça. Quanto a ele proprio, um dia será feita a justiça, e ele respondera aos seus atos. Agora, o que me parece é que os senhores não querem ver os outros corruptos atras das grades, pk não simpatizam com PM.

      • img
        Mau Exemplo Responder

        O problema não é este, maeu caro amigo. O problema é credibilidade. O senhor primeiro-ministro perde a credibilidade quando não se apresentou no ministério público para responder perante o senhor procurador da república, independentemente de ele ter culpa ou não. É uma questão de principios, de respeito pela autoridade dos outros, de respeito pelo direito e pela justiça. Eu não estou a dizer que ele foi culpado ou não. Ponto. Quem tinha que apurar isto é a justiça. O que eu quero dizer é que todos nós quando somos intimados pela justiça temos que obedecer e de acordo com os canais próprios e depois fazer valer os nossos direitos. Se ele que é o mais alto representante do governo não respeita as instituições da república como é que o povo ou qualquer outra pessoa vai respeitar? Este é que é o maior problema. Eu tinha por ele uma admiração. Desde que ele fez aquilo eu nunca mais o respeitarei como politico e como homem de estado. Ele deu um mau exemplo ao povo. Eu até admito que ele não tenha culpa nenhuma naquele caso. Mas deveria apresentar-se na justiça dando exemplo positivo e até combatendo os seus detratores dentro da justiça. A partir de agora não estou a ver ninguém a apresentar-se na justiça quando intimado pelo procurador da república.

        • img
          Trindadense Responder

          LOLLLLL
          Homem que tem caso na Justiça vem candidata ganha com maioria…
          entao a justiça é bobo e país so tem palhaços
          :D
          Vcs que se comam um ao outro…Ja cansei de pensar em STP agora so penso na minha familia para n pegar esse vosso virus.
          gente buraaaaa…mas engraçados sao os que andam atraz desse gajo…sao tds brutoss
          :D

  3. img
    santomense Responder

    Patrice Trovoada é um sem vergonha, mentiroso e bandido. Ele sabe apontar o dedo aos outros, enquanto devia ser o primeiro a dar exemplo. Vem dizer que entregou casos de corrupção a justiça. Ele não tem moral para falar disso, pois ele próprio anda a fugir a justiça, e se este fosse um país sério ele nunca seria primeiro ministro. Patrice Trovoada andou a fazer promessas, mas como sabe que não vai conseguir cumprir, porque não tem capacidade para tal, só tem papo, está a procurar culpados para o seu fracasso. Patrice Trovoada que não culpe a oposição nem o Presidente da Republica pelo seu fracasso, pois estes têm o deixado fazer todas as porcarias que tem feito. POVO ABRA OS OLHOS, PATRICE TROVOADA É UMA FRAUDE.

  4. img
    H.N Responder

    O Primeiro-ministro, Patrice Trovoada e o seu governo estão a dar mostras de maturidade e responsabilidade.
    Após tomar contacto com o resultado da auditória, não acusou ninguém na praça pública e remeteu o documento a instituições vocacíonadas para o efeito.
    Pergunto: Que maldade a nisto?

  5. img
    O Corruptor Responder

    Este homem está completamente doido. Uma pessoa que foi indiciada como corrupta e andou fugido em Portugal para não responder a Justiça vem agora exigir dos outros uma postura diferente? Contando não se acredita. Como é que um homem que foge a justiça tem a lata de sugerir que os outros sejam investigados por esta mesma justiça? Bobô muito, minha gente. Este país não existe. Coitado de mim…

  6. img
    Filipe Bom Jesus Santos Responder

    Minha gente, Patrice Trovoada não está bem de cabeça. Como é possível que uma pessoa que nunca respondeu perante os crimes que cometeu mesmo quando chamado pelo ministério público para responder nunca se dignou ser ouvido e agora vem para cá impor aos outros aquilo que ele mesmo não quis sofrer. Ninguém respeita este senhor com esta atitude. É um autêntico fiasco. Ele não tem moral nem autoridade para impor isto aos outros porque ele não deu exemplos positivos neste campo.

  7. img
    Jorge Lopes Tavares Responder

    Concordo plenamente que o executivo de Patrice faça a Auditoria e entregue a MP.
    Este Patrice confia e respeita o Ministério Público?
    Pelo que sei, lembro, lembramos todos que ele não compareceu até aos dias de hoje para responder no mesmo ministério sobre a queixa crime.

    Não será caça as bruxas!
    Que se faça mesmo uma Justiça, não esquecendo do processo do Branquiamento de Capital do actual primeiro ministro.

  8. img
    Maria silva Responder

    E quando é que o Senhor ( patrice trovouda) tambem pretende apresentar se a tribunal e no ministerio publico? É de conhecimento de tds os SANTOMENSES que o Senhor tambem está envolvido em varios casos de corrupçao ( branqueamento de capital, suborno e mais) e vem nos dizer que em 100 dias, o balaço da sua governaçao é positiva? Por favor Senhor patrice emery trovoada parà de nos chamar de burros e estupidos!!
    O senhor nao é nada mais que uma RAPOSA na pele de cordeiro, sempre a se fazer de victima, esteve / esta á 20 anos junto com todos estes ladroes, està nesta carruagem desde 1991 quando seu pai foi eleito presidente da republica ( a nossa desgraça começou ali em 1991).
    O pior é que em stp infelismente estamos sem opçao de escolha, nao ha nenhum politico que preste,e sendo assim estamos a comer nas suas maos!!
    Senhor DEUS proteginos deste mal e perdoe-nos dos nossos pecados !

  9. img
    xuxanti Responder

    Muito bem senhor PT mas existe uma questão que o senhor esquece são os estudantes bolseiro que dependem desse subsidio que antes do natal e depois do natal nao recebemos nemhum tostão possivel é bom tambem ver essa questão uma vez que ja atingiu uma fase super critica.

  10. img
    Eu também sou filho da terra Responder

    O peixe morre pela boca. A maioria absoluta que o povo deu ao partido ADI foi uma isca que poderá representar a sua maior desgraça. O povo não é parvo. O futuro dirá.

  11. img
    ANCA Responder

    Quem não deve não teme.

    Ao Cesar o que é de Cesar.

    A Justiça o que é da competência da Justiça.

    Seja ele quem for, desde Presidente da República, Primeiro Ministro, Presidente da Região Autonóma do Príncipe, Membros do Anterior Governo, ou deste, passando por qualquer cidadão comum Sãotomense, todos devem responder a Justiça se houver factos e acusações, e contas a prestar ao País no campo da Justiça e ao povo que elege e paga Impostos ao Estado.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  12. img
    Seabra Responder

    Este senhor é mesmo DESCARADO, um sem VERGONHA NATO.
    Patrice Trovoada, você é um corrupto, vagabundo, mentiroso, vadio…
    Eu chamo à sua ATITUDE de provocaçao.
    Aqueles que votaram para si e o seu partido ADI, sao aqueles que você “banhou” miseràvelmente, com a sua VIGARICE…o seu lugar é na prisao e nao na chefia de um pais como STP( de gente humilde mas honesta e respeitosa…apesar de alguns “banhistas”- la misère oblige…).
    Você é um MALDITO…mas os Deuses dos nossos antepassados nao dormem…haverà uma justiça DIVINA, homem, pois que a dos homens lhe tem poupado, apesar de saberem a sua CULPA.
    Quem tem mais estado a tomar AQUILO QUE nao lhe PERTENCE em STP?
    …é gozaçao da parte deste Vigarista do PT, de dizer que pois uma queixa junto da justiça, porque hà gente que tomou aquilo que nao lhe pertence. Ô homem, você é o primeiro, basta é, que você correu com as calças nas maos quando foi demissionado do posto de pm em 2012…refugiou-se no seu abrigo de Cascais, comprado pelo preço do seu FURTO, daquilo que você tomou que nao lhe pertencia, que nao lhe pertence, mas que pertence a STP e ao seu povo.
    Você, PT, tem “buéééééééééé” de dossiês no tribunal de STP, à sua espera…que moral você pode dar aos outros?
    Patrice Trovoada, estime-se FELIZ, que seja realmente em STP que você tem cometido os seus “larçins”, porque se fosse na GB jà hà muito lhe tiram dado uma severa liçao( o povo saotomense é muito bom, muito tolerante e paciente).

  13. img
    Miki Responder

    Espero que o arroz não é de Fukushima.

  14. img
    Riboqueano Responder

    Este país é uma anedota. Como é que um corrupto pode mandar prender outros corruptos? Este primeiro-ministro andou a fugir do procurador até que se marcou as eleições. Ele foi para o país e ganhou as eleições. Nunca respondeu pelos seus actos. Agora que já é primeiro-ministro manda prender os outros. Há limites para brincadeira. Em que país nós estamos?

  15. img
    Fortuna Responder

    Isto é para rir até a pessoa fazer chichi na calça. Este senhor andou fugido da justiça lá em portugal. O procurador distribuiu edital para que ele comparecesse na procuradoria para ser ouvido. O homem nunca compareceu. Veio cá para S.Tomé com uma grande quantidade de guarda costas. Ninguém poderia tocar nele nem aproximar-se dele. Agora que é primeiro-ministro vai apresentar queixa contra outros políticos? Olhá, eu já ri que quase que fazia chichi nas calças. Este homem pensa que o povo é burro ou quê? Palavra de honra.

  16. img
    ANCA Responder

    Muito bem.

    Dotar e equipar as instituições, sem esquecer a componente de auditória e inspeção, formação e requalificação, para que elas sejam capazes se assegurar, o funcionamento do País, independentemente de quem Governa e Administra o País, mediante o escrutínio popular.

    Ou melhor para que elas se tornem instituições fortes e capazes de defender a Constituição da República e as Leis do País.

    A acrescentar, como sugestão, seria bom dotar, ao curto, médio prazo, as forças de seguranças de edifícios e equipamentos modernos, capazes de oferecer o bom funcionamento destas instituições.

    Para o presente urgente seria, bom como sugestão,
    construção de novos estabelecimento prisionais, com capacidade de instruir e requalificar os reclusos, dando assim alternativa, para inclusão social e jamais somente para enclausurar por cometimento de Crimes.

    Valor especial deve ser dado urgentemente ao sector da educação, sector social, à População nos seus diversos estratos, á citar;

    Crianças, Adultos, Jovens, Idosos

    Basta observar hoje atentamente as estatísticas para esses estratos da população, e perceber o que se passa na realidade quotidiana, por exemplo com o disparar da criminalidade, violação de menores, roubos a mão armada, em suma problemas com aumento de números de efetivos destas classes populacionais, que procuram satisfazer suas necessidades básicas-expectativas, mas que não têm merecido atenção dos governantes e administradores do País, isto acarreta problemas de varias ordem hoje a criminalidade, se nada for feito á saúde terá consequências, á seguir, a educação.

    O aumento da população, quando não acompanhado com medidas e acções acarreta problemas sociais, políticos, económicos, e financeiros graves, para gestão e administração do País(Território/População).

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  17. img
    Mulher Sem Papas na Língua Responder

    Num País sério, estas auditorias que foram solicitadas pelo atual Governo e remetidas às instâncias competentes não têm credibilidades, porque quem submeteu os relatórios para efeito de homologação superior é o atual Inspetor Geral de Finanças.
    O atual Inspetor de Finanças não legitimidade para tal, visto que não preenche requisitos exigidos pela Lei n.º 5/97 e mais grave ainda, é que o referido inspetor geral tem vindo a exercer o Cargo sem nomeação ministerial).
    Viva a Verdade e a legalidade!

  18. img
    santola Responder

    Estamos mesmo na Republica das Bananas. Onde Já se viu uma pessoa com cadastro de Patrice Trovoada ter moral para apontar o dedo aos outros. O Patrice Trovoada deve responder por corrupção tanto como os outros. O Patrice Trovoada está arrumado em chico esperto, a tentar fazer o povo de parvo.

  19. img
    POVOS DAS ILHAS Responder

    Senhor OSÓRIO UMBELINA, julgo MÁRIO
    As acusações que são feitas sobre Pedreira e que o Senhor envolve o nome do Senhor Presidente Tózé Cassandra é de lamentar, porque quem entregou Pedreira à Empresa CONSTEP, não foi o Governo da UMPP, nem tão pouco da União, quanto eu saiba, foi o Governo em que o Senhor Pai, Senhor Osório Umbelina dos Prazeres, fez parte como Secretário das Infra-estruturas, doaram Pedreira à CONSTEP por 30 anos e por 1 milhão de Dobras por ano, o Senhor sabe disso muito bem, porque o Senhor na altura exercei as funções de Assessora do seu Pai. Agora pergunto, quem lesou o Estado. Este Governo do Tózé, o que fez é regularizar a situação com a CONSTEP na defesa do Estado, o Senhor como tem ódio e inveja do Tózé, anda nas redes sociais a desferir ataques baixos contra o Presidente Tozé. Mas não há de ser nada.
    Foi o Governo Regional que solicitou uma Auditoria as Contas da Região mesmo antes das últimas eleições Regionais, quando o Senhor e seus pares andavam a propalar pelas ruas do Príncipe coisas maldosas contra o Governo da UMPP. O Senhor tem memórias curtas, em 12 de Outubro, o Tózé e a UMPP, o Senhor e o seu Partido e o Fala barato que anda na diáspora a vaiar, foram submetidos ao veredicto popular pela população do Príncipe e os resultados foram claros e se não fosse o método que se aplicou, teriam 7-0, mesmo assim perderem em todas as mesmas.
    Portanto, o Senhor enquanto cidadão, consciente de que o Senhor Tózé anda roupar o Príncipe e o Estado a seu proveito, não é necessário esperar pelo Patrício Trovoada, a Lei dá-lhe o direito de mover acções em defesa do colectivo.
    Se é tem provas evidentes de que Tózé anda a roubar para seu bolso, exibe para o publico essas provas, vai ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas apresenta-las.
    O Senhor tem que ser honesto consigo mesmo, pelo facto de não gostar de alguém, não lhe dá direito de inventar coisas para por em causa o seu bom nome e da sua família.
    Hoje, o Príncipe está no mundo, devemos nos orgulhar disso, fazer politica nas campanhas e unirmos nos assuntos que configuram como designo Regional.
    MÁRIO DEIXA DE ODIAR TÓZÉ. Trata do teu progresso e de fazer coisas boas para seres notado e visto pelas boas práticas. Quase todos jornais e imprensas no Mundo hoje fala do Príncipe, se se estivesse a fazer um mau trabalho no Príncipe, nunca, mas nunca Príncipe atingiria o ponto que atingiu e nem somos nós que dizemos, os factos falam por si.
    Peça o Senhor uma mais auditoria para o Príncipe é um direito enquanto cidadão.

    • img
      Povo da Região Responder

      Qual auditoria? Aquela em 2014, em que Tó Zé deu ordem para pagar os inspetores, o dinheiro entrou na conta dos inspetores do banco BISTP. Pergunta a Raul Viana quanto entrou na conta dele quando veio a Príncipe fazer auditoria. Desafio a Ministério Publico a vasculhar a conta da equipa dos inspetores que vieram a Príncipe em 2014 vão ter uma grande surpresa. Tudo foi confirmado por funcionário do banco BISTP. Muita corrupção Príncipe envolvendo MOta Engil, CONSTEP, Jovens Construtores e outras empresas dos amigos do Tó Zé onde o próprio Tó Zé recebe luvas. Toda gente de Príncipe que o irmão de Tó Zé tem feito juntamente com próprio Tó Zé e Hélio Lavres e outros. Viva Mário de Osório homem que com corregem de divulgar a corrupção.

  20. img
    Kekua Responder

    Patrice Trovoada, brincadeira tem hora.

  21. img
    Demócratico Responder

    São Tomé e Príncipe é um estado vulnerável ao nível externo ou seja dependente financeiramente. E qualquer um cidadão que lese o Estado por negligência ou outra Natureza deve responder na Justiça.
    Mas o poder judicial (Tribunal) não se separa do poder executivo (Governo) por questão de pobreza financeira e mental do próprio dirigentes e funcionários públicos, excepcionalmente.
    1º- Congratulo com o serviço de auditoria feita aos órgãos públicos
    2º- Se um individuo é notificado pelo crime e não comparece na Justiça, ele não tem moral para julgar!
    3º – Pressupõe que aqui existe dualidade de corruptos e criminosos a atentado contra nação: Ou actual Procurador-Geral da República (Samba) é um incompetente e deve colocar o seu cargo a disposição ou o Patrice Trovoada viveu foragido a justiça para se dar de vítima São Tomé e Príncipe.
    Contudo, votei em ADI, votei na mudança..continuo a aconselhar o novo elenco para trabalhar por resultado, limitar-se ser mediático e unificar os santomenses.

  22. img
    luisó Responder

    Então o governo anterior não tinha apresentado queixa nos tribunais contra o PT por fuga de capitais, o tal dinheiro que ele levou na mala para o gabão, e aquela história dos barcos ao largo da cidade ?
    E agora é a vez dele contra os outros ?
    País de brincadeira.
    O pessoal é que ainda não percebeu que ele está habituado a viver em palácios, leiam o livro dele, e a fazer de conta que é muito conhecido internacionalmente.
    Ele não quer ser PM, só no intervalo, que decorre até ás presidenciais porque aí vai ser o golpe, ele vai concorrer e vai ganhar e já pode viver outra vez durante 10 anos num palácio. Ele não quer governar quer ser o REI.
    Em terra de cegos quem tem olho é Rei.
    Infelizmente esta terra está cheia de cegos há muitos anos e votam em aldrabões, vigaristas, boquistas, e outros que tais, que depois de sairem dos governos deixam os cofres vazios e vão construir grandes casas ou compram vivendas em Portugal, a imitar angolanos.
    País sem futuro.
    Quem sair por último apague a luz e feche a porta, se tiver tempo.

  23. img
    Sãotomé Responder

    Gostaria que o governo dê-se as instituições mais autonomias para investigarem a corrupção, que não tivesse interferência muito do governo. Acho que a TVS e outras instituição do estado, deveria ter um papel mais importante na luta contra corrupção, pois, investigando e apresentando provas concreta que nós todos”população” pode-se ver e saber quem é quem.
    Na minha opinião o governo fez certo, fez auditoria deparou com irregularidade entregou instituição competente as provas necessárias pudessem ser analisada e jugada. Temos que parar com populismo e começar a trabalhar para bem estar do pais. Afinal, isso é papel do governo, fazer uma governança com responsabilidade, respeito, transparência, independente de ser do mesmo partido ou não, cada um tem que assumir suas responsabilidades.
    Talvez esse partido tenha aprendido com os erros do passado. Nunca é tarde mais, isso já é um começo.

    • img
      Feira de Ponto Responder

      Meu caro senhor eu também gostaria que as tais auditorias realizadas dessem bom resultado para ajudar o país a combater a corrupção. No entanto o senhor primeiro-ministro não tem credibilidade para fazer isto porque ele andou fugido lá em portugal e não se apresentou na justiça quando foi chamado pelo procurador. Isto é inadmissível em qualquer país. Este senhor não está acima da lei. Se ele fez isto a partir de agora todos nós temos o direito quando convocado pelo M.P de não comparecer alegando que o senhor primeiro-ministro fez o mesmo. Este é um país de banana. Só neste país poderíamos ter um primeiro-ministro com este perfil. Que Deus nos ajude.

  24. img
    nono Responder

    PT nunca foi nunca vai ser democrata perseguição politica, melhor PT iria PGR ir respoder seu caso de curupçao seria meçlhor para PT seja responsavel. nada de teatro

  25. img
    Procurador da República Responder

    Patrice Trovoada é um cromo. Este homem não existe. Mas não é ele que fugiu para Portugal para não se apresentar ao P.G.R e agora vem dizer aos outros para irem para lá. Este 1º ministro não tem conselheiros para lhe dizer para não cometer estas barbaridades? Eu até tenho vergonha de dizer que eu sou de S.Tomé. Como é possível que um primeiro-ministro que andou fugido para não apresentar na justiça aparece agora a mandar os outros para a justiça?

  26. img
    Pateta Responder

    Devia-se também auditar e entregar a justiça as contas de gestão do arroz do Japão de 2010/2012. Não me parece que esteja bem.
    Fui

  27. img
    Coitado Responder

    Sr. Patrice, ri enquanto é tempo de rir. Podes crer que tempo de vires chorar chegará mais cedo do que esperas.
    Saqueaste e continuas a saquear a nossas riquezas. A troco de nada tens colocado-nos uns contra outros.
    Com dinheiro sujo pensaste que ganhaste eleição. Espera que vais receber troco de tudo isso.
    Se fosses sério, tu e teu elenco depositariam no Tribunal as vossas declarações dos bens, embora isso não faz frio nem calor, porque quando terminam o mandato tribunal não vai averiguar. Sem contar que o senhor Patrice maioria dos casos rouba desde das fontes.
    Engraçado é hoje aquele que está completamente com lama aponta dedo a outro.
    Vamos ter paciência que a justiça pode tardar mas chegará
    Fui

  28. img
    Pedro Lima Responder

    Senhor primeiro-ministro Patrice Trovoada, eu peço-lhe encarecidamente que deixe destes comportamentos. O senhor foi chamado para o procurador e não se dignou de lá ir. Fugiu para Portugal onde ficou durante dois anos bem vigiado e guardado com guardacostas bem pagos para esta função. Quando as eleições aparecerem o senhor, com medo, esperou até o limite para regressar ao país com guardacostas e deputados portugueses que lhe deram cobertura política. O senhor enxovalhou a nossa justiça. Agora o senhor aparece a mandar os outros para um sítio que o senhor nunca compareceu nem respeitou? O senhor não tem vergonha na cara? Que raio de governante o senhor é? O senhor acha que alguém vai respeitar esta sua queixa? Só se for um doido. Eu se fosse um dos visados nesta queixa juro que não compareceria perante o senhor procurador. Isto é dois pesos e duas medidas. Ainda por cima é o senhor que tem a lata de propor esta ideia. Onde é que fica a vergonha?

  29. img
    Manuel Alegre Costa Pinto Responder

    o Patrice trovoada e o seu governo não têm carater, vejamos:
    1º O governo anterior decidiu dar continuidade a um contrato de uma casa para alojar o STJ( Supremo Tribunal de Justiça)
    2º O actual pretende ignorar o actual compromisso com o dono para comprar uma outra casa.
    3º A casa é do famoso Libanês RAMY.

    Brincadeira. Quem está por de trás do Ramy? Todos sabemos que é P atrice Trovoada. Grande negocio.
    Isto não é corrupção?

  30. img
    adeus Responder

    quem não deve não teme. Até quando saímos dessa. Se os outros não fizeram auditória e apresentaram caso ao sector competente é porque não houve matérias para tal. Se esses casos também não hája matérias para o efeito, sectores competente darão tratamento adequado.
    vocês ainda se lembram do discurso de abertura do ano judicial de anos atrás?

  31. img
    Eusebio Neto Responder

    Sua Excelência Senhor Primeiro Ministro, nos o povo de S Tome e Príncipe estamos cansados desses ziguezagues que os políticos santomenses em particular estão habituados a fazer. O povo deu ao senhor todas as condi coes possíveis e imaginarias para tirar o pais de onde esta. E o senhor sabia, conhecia muito bem a situação. Agora começa a a”chorar” apontando o dedo aqueles que o povo condenou a demissão? Então para que valeu a vitoria legitima e estrondosa que lhe demos? Se era para mudar de orquestra para continuar a escutar a mesma musica, entao o senhor nos enfiou um grande barrete. E não o vamos perdoar. Ou o senhor começar realmente a trabalhar e de ao povo tudo que lhe prometeu ou, não obstante as imposições constitucionais, o senhor vai de novo para a rua. O MLSTP, PCD, etc fizeram a merda que fizeram e o senhor e ADI veem prosseguir com igual ladainha!? Estamos fartos dessas malandrices. O governo tem trabalhar mais e viajar menos. Voces tem que encontrar argumentos para trazer investidores ao pais e deixarem de andar a gastar “ou lavar” dinheiro ao abrigo de viagens que não tem dado nenhum lucro ao pais. E mais,o senhor PM tem que assumir todas as “merdas” que o Gabriel Costa e sua banda fizeram, seja ela boa ou ma. Acredita, já não vamos tolerar falhas na governação deste pais e deste especial povo.

    Para terminar, quero felicitar o senhor PM pela nomeação do Dr. Agapito Mendes Dias, um verdadeiro “expert” em finanças, um gentleman que, ao contrario de alguns santomenses auto-intitulados de analistas políticos e etc internacionais exilados, faz mais e fala menos.

    Sucessos para o Dr Agapito Dias.

  32. img
    Eusebio Neto Responder

    Senhor Primeiro Ministro Patrice Trovoada, espero que tenha tido a responsabilidade corajosa de ter alargado as louváveis auditorias aos períodos mais atrasados incluindo os seus antes deste.

    Para evitar especulações, faca isso sr PM

  33. img
    Tango Responder

    Se a memoria não me faltar/ e através da comunicação social o Senhor Patrice Trovoada havia feito queixa crime contra o Presidente manual Pinto da Costa e Outras individualidade do pais no tribunal internacional.
    Alguem pode me ajudar a entender em que ponto esta essa situação? será que essas individualidades já foram ouvidas?

    Obrigado
    Tango

  34. img
    Estou farto de Carnaval Responder

    Já não tenho paciência para este homem. Vive entre aparências, dissimulação, intrigas políticas, vitimização e aldrabices. Tenho muita pena do meu S.Tomé. Mas enfim… Tenho contudo de reconhecer que também tenho a minha parte de culpa nisto tudo e todo o povo também tem a sua parte de culpa. Nós é que metemos esta cambarda de incompetentes e medíocres nos diversos governos do país. Por isso, também somos todos culpados. Uns mais do que outros, mas somos todos culpados. Quando eu vejo este senhor, primeiro-ministro, a fazer tanta trapalhada junta, a meter o país num beco sem saída com consequências futuras para as nossas crianças e jovens sinto que também eu estou a trair este povo que me deu condições para ser o que sou neste momento. É triste ver tudo isto e não poder fazer nada. Se este homem queria credibilizar o estado ele tinha que ser o primeiro a dar exemplos positivos. Até acho que a intenção dele é genuinamente boa. Mas, porra, porquê que ele mesmo não se apresentou no M.P quando foi convocado? Que incoerência!!!!! Aja caráter, pelo menos uma vez na vida. Deixe-se de merdas e faça o seu trabalho sério como governante.

    • img
      XYZ Responder

      Parafraseando o “Estou farto de Carnaval” – É triste ver tudo isto e não poder fazer nada. Se este homem queria credibilizar o estado ele tinha que ser o primeiro a dar exemplos positivos. Até acho que a intenção dele é genuinamente boa. Mas, porra, porquê que ele mesmo não se apresentou no M.P quando foi convocado?
      O M.P e um orgao de soberania e independente. As acusacoes estao la. Porque que nao agem? Cobardia? Incompetencia? Clientilismo? Traicao? Porra, chissa (desculpa a expressao) mas da raiva.
      Disseste que é triste ver tudo isto e não poder fazer nada. Nao. Voce pode fazer muito e muito mais. Talvez voce nao tenha dado conta mas ja estas fazendo algo que é a tua intervensao por escrito ca no jornal. A partir dai por favor nao baixe a bola. Vamos pressionar pra ver se as coisas melhoram. UNIDOS VENCEREMOS. CONSTRUAMOS COM AS NOSSAS PROPRIAS MAOS UMA PATRIA RENOVADA. UNIDADE DISCIPLINA E TRABALHO.

  35. img
    POVOS DAS ILHAS Responder

    Senhor PATRICIO TROVOADA,
    O Senhor Pode fazer tudo o que o Senhor quizer, pode rir enquanto é tempo, virar uns Santomenses contra os outros, enfim, mas, uma coisa é certa se a justiça da terá não for feita o Senhor não escapará a justiça divina.

  36. img
    Martelo da Justiça Responder

    Esta visto que a nomeação de Patrice Trovoada para o cargo de Primeiro Ministro, longe de ser ema solução para o Pais, é hoje um grande problema. Tudo devido o seu comportamento enquanto esteve na oposição. Para fugir a justiça em São Tomé, passou a vida a tentar demonstrar a opinião publica nacional e internacional que estava a ser perseguido politicamente, ao ponto de introduzir uma estranha queixa crime ao Tribunal Penal Internacional contra as autoridades nacionais de então, inclusive o Presidente da República, pessoa com quem é obrigado a coabitar agora. Tudo devido uma queixa introduzida pelo Governo de Gabriel Costa sobre uma transferência mal esclarecida. Como cidadão, gostaria ver o Primeiro Ministro a esclarecer publicamente essa situação em vez de andar a dizer que está a ser perseguido, Por essa razão que eu não compreendo com que moral terá o Primeiro Ministro para combater a corrupção? Penso que a sociedade civil tem que levar esse assunto até as últimas consequências. Nota-se igualmente uma passividade dos Partidos da oposição porque muitos dos seus membros estão também envolvidos em vários casos de corrupção. Resta todavia, uma grande mobilização da Sociedade Civil contra essa classe política corrupta.

    • img
      MJC Responder

      Sem dúvida que a sociedade está revoltada e farta desse triste espetáculo.
      Então mobilizemo-nos contra a “política injusta.” Um país com tanta gente culta graças a Deus como pode submeter-se a uma desgovernação dessa?

  37. img
    Lodóma Responder

    Este homem não é culpado, culpado é povo saotomense quem elegeu ele, deixo uma pergunta no ar: Alguma vez família Trovoada trabalhou com onestidade para esse povo? Alguma vez partido ADI teve interesse em desenvolver este país? Ora vejamos os inicias da ADI: Acção Diabo Inferno, quer dizer que eles só vão infernizar vida desse povo.
    Até já

  38. img
    marts Responder

    SUM DENTHI BETO e seu seu governo nâo tem moral para esto;esto è desculpa para tira suldo por sego esto è mundansa

  39. img
    Miss Denunciante Responder

    O Fascismo e Neo-Colonialismo Trovada ainda nao morreu…é serpente de 7 cabeças, que nasceu em 1975…escondeu as suas 7 cabeças, antes de voltar a ressurgir, ainda mais venenosa, em 1991, com uma nova cria de uma ùnica cabeça “céphalo….”,mas ainda mais venenosa e mortal que as 7 cabeças juntas.
    Como dizia a ADI, sobre o MLSTP e o Pinto da Costa” estao vivendo os seus ùltimos dias…”, é também o caso do P.Trovoada +ADI, que estao terminando fatalmente os seus dias,e desta vez, sem hipotese de ressureiçao. Serà uma morte lenta, dolorosa, definitiva sem esperança de salvaçao.Serà o fim, finito, the end, fin…’cabou Cara!
    Estàmos FARTISSIMOS de todas estas cràpulas, que aldrabam com MESTRIA de vagabundos que sao.
    “Com o tempo, uma impresa cinica, mercenària, demagogica e corrupta, formarà um publico tao vil como ela mesmo”.Joseph PULITZER.

  40. img
    Deodato dadi Responder

    O problema desse arroz é um caso sério. Ainda estamos com problema de redistribuição do mesmo. Desde que procuro este arroz não consigo comprar. Sou funcionário de Estado com renda mensal de 1.500.000,00. Polícia o seu rendimento mensal de categoria inferior 3.000.000,00. A minha direcção solicitou a compra do mesmo em armazém o pedido foi indeferido. Solicito onde está justiça? Como é que nós recebemos menos conseguiremos comprar 1 saco de arroz de 500.000,00 enquanto os que recebem 3.000.000,00 compram de 290.000,00? Será isso justo?

  41. img
    Felizberto Bandeira Responder

    Patrice trovoada e o Primeiro Ministro mais sujo mas sinico ms falso mas ingrato é um Lobo vestido de pele de Carneiro ja aparecru em STP o mmais falso de todos que ja apareceram em STP sabemos que o ser humanos não são pessoas crediveis os Politicos pior ainda , este politico passou de graus , todas as promessas nem uma ainda foram cumprida

Deixe um comentario

*