Reprografia do Ministério de Roberto Raposo desbloqueou diplomas Guangxi

Após a denúncia feita pelo Chefe do Governo são-tomense, Patrice Trovoada em Março passado, sobre as forças de bloqueio, em relação ao investimento privado da empresa chinesa Guangxi, o Téla Nón comprovou que o centro de Reprografia do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, não publicou em diário da república, os diplomas legais, relacionados com o investimento da empresa chinesa, e que foram promulgados pelo Presidente da República desde Setembro – Outubro de 2014.

A comprovação feita pelo Téla Nón no centro de reprografia aconteceu no dia 23 de Março de 2015, e o artigo que trouxe a baila o bloqueio a que os diplomas legais tinham sido submetidos, foi publicado no dia 25 de Março último.

Nesta semana o Téla Nón teve acesso a uma cópia do Diário da República número 183 em que são publicados todos os diplomas aprovados pelo anterior Governo e promulgados pelo Presidente da República desde Outubro de 2014.

O estranho é que o Diário da República que veio ao público nos últimos dias com a publicação de tais diplomas, tem a data de 31 de Dezembro de 2014-Quarta – Feira.  (Pode confirmar – Diario Republica)

São Diplomas que ligam o Estado são-tomense e a empresa privada chinesa Guangxi Hidroelectric Construction Bureaux. Até início de Abril de 2015, eles não tinham sido publicados. Agora aparecem ao público com data do último dia do ano 2014, que pelo que o Téla Nón recorda foi um dia de tolerância de Ponto em São Tomé e Príncipe.

O trabalho do Téla Nón que pôs a nu, as acções das forças de bloqueio a volta do investimento privado da empresa chinesa Guangxi Hidroelectric Construction Bureaux, provocou convulsão no seio do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, que mandou a sua assessora de Gabinete Nilda da Mata, convocar telefonicamente o Director do Téla Nón para efeitos de interrogatório numa sala do ministério devidamente identificada pela senhora Nilda da Mata.

Não foi a directora do gabinete do Ministro, que convocou o director do Jornal, como erradamente foi anunciado no primeiro artigo, mas sim a doutora Nilda da Mata assessora do gabinete de Roberto Raposo.

O  Téla Nón não aceita que a sua liberdade de informar, seja asfixiada pelo ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, pelo que não compareceu ao interrogatório, e aguardou tranquilamente até que a reprografia do Ministério dos Direitos Humanos, cumprisse com o seu dever no Estado de Direito, Publicar o Diário da República. Mesmo que tão tarde e com a data expirada, como acontece com o diploma que gerou a denúncia das forças de bloqueio.

Abel Veiga

 

Notícias relacionadas

  1. img
    raposo Responder

    Poxa, ja cansa!Deixem o Homem trabalhar em paz. Poxa! Este jornalista nao tem nada pra fazer, em vez de Passar a Vida a denigrir o bom Nome do Dr. Roberto. Quequa!!!!

  2. img
    Sotxi Dêçu Responder

    Sr. Raposo tenha vergonha na cara… a verdade tem sempre que ser reposta. Quando os outros denigrem a imagem dos jornalistas e muitos outros ninguém vem defender. Agora como a pimenta está no seu c…. não tem sabido a refresco. Aprenda que o Sr. e a sua corja não são donos do mundo nem da verdade. Chega de fingir de Santo. Viva democracia, viva Téla nón, viva São Tomé Poderoso….malandros, bandidos…

  3. img
    Fernando Castanheira Responder

    O Camarada, queremos clareza nas coisas. ok?
    Na democracia isto funciona assim.

  4. img
    Aranca Rabo Responder

    Muito bem…..é assim que as coisas devem funcionar. O povo tem que saber das coisas. Informação em tempo util, com verdade e forma sequencial isto sim deveria ser o tema da tal conferencia que o conselho superior de imprensa organizou e não aquela baboseira que decorreu no Pestana Hotel em que Roberto Raposo até gagejou tentando enviar recados. Foi muita baixeza mesmo senhor Roberto.
    Uma vergonha para este país e para este governo da ADI. Como é possível publicarem so agora um diário da república com data de 31 de dezembro de 2014. Pior ainda quando se sabe que 31 de dezembro é feriado ou concede-se tolerância de ponto todo o dia tendo em vista o ano novo.
    Pouca vergonha senhor Patrice trovoada. Chama atenção aos seus homens porque assim o senhor e o seu partido é que estão a apanhar pela tabela. E mais esta sujeira simboliza quão incompetente e burro é este Roberto Raposo.Ele só sabe saltar de partido em partido para se fazer….primeiro PCD depois MDFM e agora ADI. E ADI que se poe a pau porque ele daqui a pouco vai a Plataforma.
    O povo deve ficar a conhecer as coisas assim, divulgando o que é bom. O que de facto constitui força de bloqueio é não encher o povo tvs com propagandas baratas e sem nexo na tvs e na radio nacional.Na imprensa oficial já não existe liberdade de imprensa em stp senão autenticos tempos de antena. E não só na tvs e radio nacional mas tambem na rdp-africa quando se trata de se referir a stp.
    ADI chegou ao cumulo de enganar o pobre do velho Igreja Matinal para fazer um papel ridiculo da televisão que funciona com o contributo de todos para dizer aos caboverdianos, angolanos e outros que ADI é que os garantiu documentação. Outra vergonha senhor Patrice Tro. Tenta ter um pouco mais de elevação e agir como alguém que ainda que não seja portador de licenciatura, porque na verdade o senhor não tem canudo, mas tente agir como gente que conhece o mundo e que sabe como é que as coisas devem funcionar minimamente.
    Fui……

  5. img
    jurista Responder

    Quen mandou “dr” Roberto Raposo cutucar a onça com vara curta. Quem mandou??????? Liberdade de expressão é intocável e Inegociável. O “dr” Robero tem que saber viver em democracia. Tenho dito.

  6. img
    raposao Responder

    Meus caros, falam de liberdade de expressao e direitos dos jornalistas, Como se Este Sr.Abel fosse digno desses valores. E Como tudo na Vida,existe bons e maus jornalistas, e os maus (Sr Abel), destroi os valores dessa mesma liberdade de expresso.Um jornalista digno nao se deve afiliar a nenhum partido politico, pois deixa de ser credivel.

  7. img
    João Lemos Responder

    Caro Abel
    Obrigado por nos brindar com algumas informações, sobretudo, nós que vivemos fora do país e que passa muito tempo sem noticias frescas do nosso querido STP
    Mas seria bom na realidade que o tela non mostrasse um pouco de imparcialidade como jornal informativo.
    Eu estava a espera, que quando a empresa chinesa lançou a pedra para a construção da nova cidade, cuja cerimonia foi presidida por um tal ministro chamado oscarito e que no país dizem que o tratam de Rambo e que representava o MDFM no governo de Gabriel, deposi de ter passado por MLSTP, PCD, ADI, houve um denominado partido Plataformma que ninguém conhece, nem sabe quem é, que foi a TVS e a Rádio Nacional declarar que ele este partido que tinha negociado e assinado o tal projeto da nova cidade com a empresa chinesa, e eu estava a espera da reação do tela non. POis estava a espera que o tela nom investigasse para saber quem deu o mandato e o poder a tal força estranha no país de negociar e assinar um contrato de construção da nova cidade com uma empresa estrangeira. Mas isto não convinha ao tela nom e a investigação não foi feita.
    A mesma coisa, tanto a rádio nacional como a tvs, que funciona com a contribuição do povo santomense, esteve ao mando e a disponibilidade desta força estranha, a dizer baboseira ao povo e ninguém, nem o tela nom, indagou nada.
    Por isso, considero que o Ministro Raposo que impediu a publicação depressa do acordo, tinha razão, pois, não se sabia, o que é que a tal plataforma tinha negociado e o compromisso que tinha assumido. Este tipo de irresponsabilidade, tem nos feito perder muitos investimentos, pois as forças que dizem ser politicas não são nada sérias e não trabalham para o bem deste povo. Vemos empresas petrolíferas partir para outros países, empresas de portos de águas profundas, pequenas industrias etc. vão se embora todas devido a nossa falta de seriedade
    Vamos Mudar a nossa mentalidade, sermos imparciais e pensar primeiro em STP
    Bem Haja a todos, Bam Haja STP
    J.L.

  8. img
    Manuel Alegre Costa Pinto Responder

    Sr João Lemos o se nome verdadeiro deve ser com certeza Carlos Menezes ou Jeronimo Moniz ou quem OSCAR MEDEIROS os lambe botas do ADi E patrice trovoada. O Oscar já recebeu o seu premio pelo trabalho que tem prestado nas comunicações sociais estrangeiras e nacionais. Recebeu um bruto prado branco. Sr. João Lemos está a perder, abri os olhos. Abel Veiga faça o teu trabalho. Estas de parabens Abel VEIGA. Porque é que o Sr. Lemos não fala da compra da ex-sede do Benfica pelo governo nas mãos do RAMY o financeiro do Patrice Trovoada? Se o AbeL Veiga escrever sobre isto ele está sendo parcial ou imparcial? Altos funcionários da Enaport e Enasa estão metidos em caso de corrupção e roubo. A comunicação social do estado e a RDP africa informaram? Recomeçou a venda do famoso arroz 13 contos somente para revendedores ou comerciantes do ADI o Sr. João Lemos sabe disto? Se o Abel Veiga escrever ele está sendo parcial?

    • img
      Quilixe Furtado Responder

      Mas aonde que anda o Ministério Público para parar com toda esta brincadeira de roubos? Carros novos, navios piratas, ex- Benfica comprada ao Primeiro Ministro, pq o Ramy é o socio do Patrice Trovoada, todos sabemos!

  9. img
    Joao Mucambu Responder

    Boa reflexão senhor Manuel Alegre.
    Boa reflexão.
    Assim é que é ensinar gentes e corjas da ADI a produzia a verdade e agir com elevação. Infelizmente ADI só tem agido com baixeza e desconhecimento total em relaçao aos valores da ética do bri profissional na pratica do jornalismo, enfim…acho que ADI esta desnorteado.
    Agora relativamente ao Prado Branco( Viatura) que Oscar Mdeiros recebeu como prémio, é bom se investigar isso bem porque, quem come e come nas escondidas e depois oferece à alguem como compensação por ter comido fruto proibido de….bom, ente ndem o que quero dizer né, isto é dor de cotovelo demais é dor de testa demais. Olha, perguntem isso ao senhor Digo…..são dores muito fortes. O pai José tem sabido dar conta do recado.

  10. img
    Manuel Pinto Morais de Sousa Responder

    Manuel Alegre parabéns pelo seu comentário. Li ainda há pouco tempo que o Nadgi o delinquente que o Sr. Patrice Trovoada e os seus comparsas andaram a defender que provocou a queda do Brigadeiro encontra-se neste momento em Portugal com passaporte diplomático. Quem emitiu o passaporte é a assembleia nacional e foi assinado pelo seu presidente José Diogo. Que brincadeira! Caso o Abel escreva sobre o assunto, será que ele é parcial ou imparcial? ADI e Patrice Trovoada vão dormir. Brincadeira tem hora.

  11. img
    DLima Responder

    Este jornal não informa, persegue… Basta para isso verem o tipo de notícias que publicavam aquando do anterior governo e comparem com as que são hoje em dia publicadas…

    • img
      Seabra Responder

      DLima,o homem que você defende,seu líder PT, devia era ter uma estrela de vergonha na testa.
      Conhece o site ADI? Vá visitar o site em questão, e veja se São democráticos,imparciais…neste site, nao se trata da liberdade de expressão, mas sim de mentiras, calunias, agressividade e violência verbal, contra os politicos da oposicao e todos aqueles que nao aderem à ideologia politica ADI,que é o TOTALITÁRIA, dictadura…
      Há 1 passagem da Bíblia que”antes tirar a palha no olho do vizinho,tira primeiro a palha do teu próprio olho.
      Nesta eleição, o PT- AV-ADI ,conseguiu levar o povo à certa,mas para as próximas eleições,refiro-me as presidenciais, está muito comprometida…a ignorância do povo, por + mediocre que seja nunca deixará no poder AQUELE que corrompeu, roubou, violou as leis da república e ignorou o POVO que o elegeu.
      PT-Varela-ADI, contaminados pelo VIRUS de grandiosidade, que so o poder das armas os consegue DESENRAIZAR da cadeira do PODER.
      O povo teme a alternancia , porque alguns desconhecem e nem imaginam como pode ser o futuro eleito.
      Povo de STP em marcha, para um verdadeiro combate para a LIBERDADE. Avante!

  12. img
    João Trindade Responder

    Caro DLima este jornal não perssegue mais sim diz a verdade. O que é que o senhor diz da RDP Africa, Radio Nacional e Televisão Santomense? A RDP africa só diz tudo de uma forma maravilhosa deste governo quando há vários casos de corrupção e irregularidades neste governo. Ainda há pouco ouvi dizer que a Diretora das alfandegas vai ser demitida. No lugar dela vão colocar Osvaldo o dito filho do Sr. Evaristo Carvalho. O tal Osvaldo não tem formação superior e as nossas normas de funcionalismo publico não permitem a nomeação de pessoas sem formação superior. Será que a Rádio Nacional e RDP vão dizer qualquer coisa sobre o assunto? Duvido muito!

    • img
      Mulher Frustada Responder

      Concordo plenamente com João Trindade! Tem sido a prática do atual Ministro das Finanças nomear as pessoas sem qualificações desejadas para assumir determinados cargos, conforme se registou na Inspeção Geral de Finanças e na Direção dos Impostos.
      Fui…

  13. img
    Matabala Quente Responder

    Penso que algo nao bate certo. Reparem nos numeros dos decretos leis que foram promulgados pelo Presidente da Republica Pinto da Costa, e os numeros que se encontram no actual Diario da Republica desbloqueado pelo Raposo, sera isto normal? Sera que um decreto lei numero 58 por exeplo promulgado pelo PR. pode ser alterado? Abel Veiga,por favor nos certifica isto.

Deixe um comentario

*