MLSTP denuncia Patrice-desvenda navio pirata-e ataca cadeia de alta segurança

A sessão plenária da Assembleia Nacional na terça feira ficou marcada pela declaração política do maior partido da oposição o MLSTP. Jorge Amado Presidente do partido foi ao púlpito do parlamento, para ripostar as declarações do Primeiro-ministro Patrice Trovoada a imprensa estatal em que anunciou a construção de uma cadeia de alta segurança e dura.

Como se pode admitir que um governo que passou o tempo percorrendo distritos e localidades para elaborar um orçamento de cidadão, quando o orçamento é aprovado a primeira obra que tem a oportunidade de fazer, a primeira pedra de obra que lança em todo os seis meses de governação é a construção de uma cadeia de alta segurança.

Uma cadeia que nos faz lembrar a cadeia de Tarrafal, o tempo da opressão da PID, cadeia especializada com todo o método e meios de tortura o mais sofisticado possivelmente para encarcerar e fazer calar todos os que protestam contra a governação (os chamados presos políticos).

Tal propósito não agradou nem a S. Tomé nem S. Miguel. Facto este que dois dias após a ida do Patrice Trovoada ao local, a ponte de Lembá desaba como sinal de protesto contra as más intenções  que Deus reprova”, declarou o líder do MLSTP no parlamento.

MLSTP, diz que não é contra a construção de cadeias, no entanto defende que devem respeitar os direitos humanos.

Nesta altura o maior partido da oposição, considera que o país e o povo precisam de infraestruturas que possam gerar emprego, e assim combater o desânimo a frustração e a pobreza crescentes.

Para o MLSTP o Governo que completou 6 meses de vida, está desorientado. Segundo os sociais-democratas, nunca se viu no mundo um Governo que leva 6 meses para elaborar um orçamento de Estado.

Ao invés de satisfazer as necessidades do chamado povo pequeno, que diz estar na sua preocupação todos os dias, Patrice Trovoada tem tomado medidas que ajudam a complicar a situação de vida dos mais pobres. “Como pode um Primeiro-ministro falar do povo pequeno quando a primeira medida que toma é de agravar a vida da população com aumento da taxa contributiva em mais de 400 % com multas que ultrapassam 5 meses de salário mínimo dos trabalhadores?

 Ao invés de se preocupar com a melhoria do nível salarial das pessoas este governo só preocupa em meter mão nos bolsos dos que nada tem fazendo com que o pobre fique mais pobre.

O governo quer obrigar os pescadores, as palaiês, e os quitandeiros a pagarem impostos quando estes estão protegidos pela lei que os isenta de impostos em função dos seus rendimentos mensais», sublinhou Jorge Amado.

A declaração Política do MLSTP no Parlamento evoluiu para denúncias de corrupção, que alegadamente envolvem o Primeiro-ministro Patrice Trovoada. No púlpito do parlamento, o MLSTP disse que tais assuntos de corrupção não têm espaço para serem tratados no actual Tribunal de São Tomé e Príncipe, por isso preferiu revela-los na casa da democracia, a Assembleia Nacional. «Como pode um edifício que esteve a venda a bem pouco tempo, por 800 000 dólares e ninguém esteve interessado em compra-lo, de repente este mesmo edifício é adquirido pelo Estado para ser oferecido ao Supremo Tribunal de Justiça num valor de 2.500.000 dólares o que acrescendo as necessidades de alteração do edifício eleva o custo para mais de 3.000.000 de dólares.

Não há duvida que estamos perante um negócio consigo próprio, em prejuízo do Estado e do povo já empobrecido que terá que pagar tudo isto.

Estamos a favor de uma nova infraestrutura para os Tribunais. Mas, algo que dignifique a casa da justiça e que seja realizado com total transparência sem indicio de corrupção, favoritismo e negócio consigo próprio», denunciou o MLSTP no parlamento.

O maior partido da oposição, desferiu mais acusações e indirectas. «Aquele que faz a justiça não pode vender a justiça. Todos somos iguais perante a lei, e ninguém pode comprar a justiça», pontuou.

A declaração política do MLSTP, retorna ao caso da cadeia de Alta Segurança e mergulha nas águas territoriais de São Tomé e Príncipe, onde em Abril último, naufragou um navio pirata procurado pela Interpol.

MLSTP chamou a atenção do Presidente da Assembleia Nacional pelo facto de ter introduzido um requerimento a mesa do parlamento, solicitando o resultado do inquérito que foi feito sobre o naufrágio do navio pirata de nome Thunder, mas até o momento não teve qualquer resposta.

MLSTP avança com denúncias graves em torno do naufrágio do navio pirata nas águas nacionais e o alegado envolvimento das autoridades nacionais. “Julgo que ao envés de construir uma cadeia de alta segurança deveríamos preocupar com alta segurança no nosso aeroporto e no nosso mar.

Não é possível que um navio procurado por Interpol entre na nossa zona territorial, autorizado por entidades nacionais, executa o transbordo de mercadoria para outro navio na calada da noite, e intencionalmente abrem-se os convés e afunda-se o navio.

 Os marinheiros piratas do mar, todos são e salvos bem trajados, saltam para cima das jangadas previamente preparadas e de acordo com a indicação ficam aguardando a nossa marinha para os transportar a terra.

 Desembarcam no nosso porto como se fossem turistas, cada um com o seu trólei puxando, e ao invés de os colocar na cadeia o governo coloca-os no melhor hotel com toda a mordomia.

De acordo com a lei internacional os piratas do mar são considerados inimigos do povo.

Esses mesmos piratas são enviados para os seus países deixando para trás uma destruição, o derrame de combustível, contaminação das nossas aguas, e o lixo do navio.

Ao chefe dos piratas foi premiado com um visto de estadia de três meses no território nacional para ter o tempo de negociar a partilha dos dividendos”, precisou o MLSTP no parlamento.

Alta segurança no aeroporto internacional é fundamental, apela o MLSTP. “Nos últimos tempos tem-se verificado aviões privados, malas transportadas com alta segurança, e um político atento deve estar desconfiado.

Principalmente agora que decidimos adoptar o Islamismo como religião e cultura.

Por outro lado tem sido prática abrir as portas do serviço de emigração e fronteira no fim-de-semana para emitir passaportes diplomáticos clandestinos as pessoas que depois apanham boleia no avião privado com destino a Europa», alerta o MLSTP

Abel Veiga

 

.

 

 

.

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Joao Danilo Soares Responder

    “Tal propósito não agradou nem a S. Tomé nem S. Miguel. Facto este que dois dias após a ida do Patrice Trovoada ao local, a ponte de Lembá desaba como sinal de protesto contra as más intenções que Deus reprova”… politiquice. A ponte partiu-se faz tempo. Ganhe Juizo sr “Presidente”.

  2. img
    hooo Responder

    … não sou de “politiquices” mas o assunto do barco e Islão causa arrepios e preocupações…Aí está a importância da oposição. Espero q continuem assim mas com verdade. O nosso estado é laico mas sabemos como estão os países q têm os líderes Muçulmanos.

  3. img
    Nsca bé za Responder

    Isso está cada vez pior. Espero que andem bem com as coisas.
    São Tomé e Príncipe tem tudo para estar no Top. Mas algo de errado está sempre por traz.

  4. img
    Manga Responder

    Este povo tem o governo que merece. O povo tem que sofrer para aprender o que é bom para tosse. Povo burro.

    • img
      Voz do Povo Responder

      Quase sempre este povo teve governo que merecesse. Só não teve nos primeiros quinze anos, e nos dois assaltos ao poder que o MLSTP/PSD fez, um em 2008 e 2012. Mas o de 2012 não ficou barato, porque povo mostrou-lhes que povo manda nas urnas. Não me vêm falar de sofrimento, de fome, de miséria, porque nada disso foi instalado a 6 ou 7 meses. Isto está instalado desde 1980, piorou depois da queda do governo do PCD em 1994 e de lá pra cá, nome dele é cada vez pior. Portanto, Manga aguenta ouviu, 2018 é agora mesmo. Tempo passa depressa.

  5. img
    santola Responder

    Um governo que diz defender os direitos humanos,até chegou a demitir um brigadeiro por ter dado alguns pontapés num delinquente/assassino, vir agora falar em construção de cadeia de alta segurança,´é algo contraditório, deixa o povo confuso e preocupado.
    Será que vai começar a era da ditadura? Será que vai haver presos políticos em São Tomé? será que quem não estiver a favor do governo e falar mal deste vai preso?
    Para quem não sabe o que é prisão de alta segurança, aqui têm alguns exemplos:
    - Prisão Militar Tadmor – Síria : Esta prisão é tão segura que realmente não possui portão de acesso ao solo, apenas um túnel subterrâneo, tornando assim impossível de escapar. Uma vez que os prisioneiros estão no interior, correntes pesadas são amarradas neles, e as condições de vida são desumanas, para dizer o mínimo.
    Os prisioneiros são regularmente espancados pelos guardas, equipados com varas de metal, execuções são comuns e o aspecto estranho sobre os prisioneiros, é que apenas uma pequena percentagem é realmente de criminosos, o resto é apenas composto por pessoas comuns que foram presas porque não concordam com o governo da Síria.
    - Prisão La Sabaneta – Venezuela: A Venezuela é um país conhecido pelas condições extremas em prisões, pela violência e condições inabitáveis. Deste ponto de vista, La Sabaneta é o pior absoluto.
    E quase não há serviços médicos, a comida é de curta demanda, a equipe não é remunerada e as doenças estão por ali. Ao longo dos anos, a cólera matou mais de 700 presos, e em 1994, um massacre cruel matou 100 detentos.
    Ver mais em:
    http://top10mais.org/top-10-prisoes-de-alta-seguranca-no-mundo/

  6. img
    Julio Cesar Responder

    Isto que diz o MLSTP na sua comunicação, “Ao invés de se preocupar com a melhoria do nível salarial das pessoas este governo só preocupa em meter mão nos bolsos dos que nada tem fazendo com que o pobre fique mais pobre” dizia eu, isto é muito preocupante e o povo que aceita isto é um povo sem rumo e sem norte”.
    Mas outras questões levantadas pelo senhor Jorge Amado do MLSTP deve remeter todos os santomenses para uma reflexão profunda em relação ao futurto deste país. Na verdade esta questão de construir cadeia de alta segurança como no tempo da PIDE, a questão dos navios piratas e marinheiros que foram transformados em turistas de hotel de cinco estrelas, devem constituir preocupaçao seria e os partidos políticos da oposiçao devem todos se unir em torno desta questão. Quanto aos Tribunais, ~e melhor deixar esta instituição de fora, porque ao que tudo indica foram todos comprados. Basta ver a reaçao e as declarações do Presidente do supremo quando recebeu do governo viaturas novas como se viaturas é quer garantem o funcionamento dos tribunais. Nunca tinha visto o presidente do supremo de joelhos a agradecer de forma tão bajulatoria. O José Bandeira se perdeu, como quadro, como governante e como homem.
    Na verdade se no passado o futuro deste país já era incerto, agora não apenas continua incerto como em perigo total.

    • img
      Voz do Povo Responder

      KKKK É pra saber, pra deixar de beber. Júlio Cesar venderam petróleo do barco apreendido no ano transacto deram os Tribunais os 10% conforme manda a lei? Criaram as condições para a Guarda Costeira? Não. Dividiram entre tios e sobrinhos. Deixaram Tribunal na miséria, edificio a ruir, molhar. É preciso termos um PM que nem PT visionista, um MJustiça que nem Raposo, pragmático para que a justiça ganhe o seu devido lugar. Quem ganhou as eleições governa, quem perdeu faz oposição. Os magistrados judiciais estão aqui para vigiar o cumprimento da legalidade e o povo na data certa, vai decidir se valeu ou não. Aguenta só.

  7. img
    PASMO Responder

    Desgraçado desse primeiro ministro…eu vejo Sao Tome e Principe acabando aos poucos, o povo te deu tudo essa é a recompensa que nos trás.
    Da vontade de chorar, eu vou chorar sim mas não vou parar de lutar pelo meu povo. Deus é todo poderoso.

    • img
      Voz do Povo Responder

      Não chora ainda não, ouviu. Assim, as tuas lágrimas vão acabar. Espera, próximo ano quando elegermos Presidente da República aí sim, você vai chorar. Chorar de verdade.

    • img
      Voz do Povo Responder

      PM desgraçado?! Eu estou mesmo PASMO. Desgraçado deve ser você. Porque o PM está agora num periplo pelo Médio Oriente (ó lá tem mulçumano kkkk) em busca de financiamento para STP. E tu estás aonde?

      • img
        PASMO Responder

        Sentado na escolha aprendendo!
        O que o duvido que o 1º ministro tenha feito um dia.“Estudou aonde, quando, que formação, quem foi o seu malhor amigo na escola???”
        Buscar investimento significa:
        Parar obra dos chineses.
        Vender CKDO pra quem não sabemos,
        Pra onde foi o dinheiro pior ate.
        Cancelar o projeto da nova cidade,
        Comprar carros pra altos juízes para não ser punido,
        Deixar hospital com falta de agua,
        Chamar barcos de piratas para o país,
        Privar todos os meios de comunicação,
        Alugar aviões ao escalares da noite,
        Fazer um orçamento em 6 meses sem realização.
        Epá vocês que nos aguardem “essa hora vai chegar”.

  8. img
    Samponha Responder

    SAMPOMHA
    Para onde vai São Tomé e Príncipe?
    De acordo com informações postas a circular pelos órgãos de comunicação social, o navio “THUNDER” de bandeira nigeriana, figura desde 2006, na lista negra, por ser conhecido em utilizar técnicas declaradas ilegais. O navio afundou e tinha como destino final São Tomé e Príncipe, para trocar de indumentária e paternidade.
    Esta operação a ter lugar em São Tomé e Príncipe, leva a pensar que a nossa Administração Pública continua ser cúmplice neste tipo de operações, pois há longos anos que se assiste ao registo de navios por parte de sociedades estrangeiras que continuam a operar a margem das leis da República.
    A embarcação estava a ser procurada pela Interpol, por suspeita de pesca ilegal de espécies de peixes só encontradas em águas profundas e frias, tinha como destino o porto de São Tomé. Esse facto deixa-me ainda mais perplexo, uma vez que tive conhecimento de que o mesmo proprietário da agência implicada no caso anterior ligado aos grandes navios petroleiros (Merida Melissa e Duzigit Integrity) que, operavam ilicitamente nas águas de São Tomé e Príncipe, tivesse aparecido como agenciador da citada embarcação que felizmente acabou por se afundar.
    O dito navio pirata “THUNDER” transportava a bordo homens de igual modo, “PIRATAS” pouco sérios e perigosos, que ao serem resgatados pela nossa Guarda Costeira e posteriormente encaminhados para a Ilha, deveriam ser isolados, conduzidos para celas apropriadas e mantidos sob custódia da Polícia de Investigação Criminal (PIC). Por razões de segurança e no cumprimento das práticas tradicionais da INTERPOL, isto não se verificou segundo as normas investigativas, e a prova mais evidente foi a presença o comportamento e interferência do Senhor Ministro da Administração Interna Arlindo Ramos, que dirigiu pessoalmente a operação de receção e de boas vindas aos hóspedes, ladeado de seus operacionais, estando presentes o Senhor Morais da “Agência de Navegação” e outros chefões ou chefias tais como:
    O IMAP, Guarda Costeira, Enaport, Capitania dos Portos, Polícia Nacional, Polícia de Investigação Criminal, Polícia Fiscal Aduaneira, Serviço de Migração e Fronteiras), etc. Sendo de destacar a figura da madrugada o Senhor Fernando Pereira, vulgarmente conhecido por Cobó, que ostentava uma gravata espampanante e um tanto ou quanto folclórica, que em voz alta e bem-sonante, dava ares de ser o Chefe de Protocolo no meio daquela grande confusão.
    Segundo bocas “comentários” que circulavam na madrugada de terça-feira no porto de São Tomé, é que o Ministro Arlindo Ramos não deveria estar a dirigir a operação tendo em atenção o seu relacionamento com a supracitada agência de navegação de que é proprietário segundo falta apurar, o Senhor Morais.
    Meio confuso, indaguei a mim próprio. Serão mesmo piratas, ou turistas?
    Para onde vai São Tomé e Príncipe?
    Os 40 marinheiros “Ali babá” do pesqueiro que naufragou, ainda tentaram ser entrevistados pela imprensa local, mas por infelicidade não foi possível auscultá-los. Só sei que depois de passarem rapidamente pela PIC, foram instalados e acomodados em três bons Hotéis, onde repousam e desfrutam da bela paisagem das praias próximas do aeroporto de São Tomé.
    Tudo indica, que em breve serei informado que os nossos hóspedes deixaram a Ilha, e que tudo o vento levou. Foi a pique.
    Que silêncio, de acordo com a má-língua é que alguns responsáveis de órgãos de soberania só tomaram conhecimento do que estava acontecer, depois das 20H00 do dia 6 de Abril de 2015, através da TVS Televisão Estatal Santomense, quando a informação já circulava pelos corredores dos órgãos da Administração Central do Estado, antes das 08H00, do mesmo dia segunda-feira.
    A confirmação da Capitania dos Portos, na voz do seu responsável que tomou conhecimento de que a embarcação faria transbordo do pescado, a mudança da tripulação e substituição do registo e licença, vem confirmar que há sinais de que talvez a prática de registos de embarcações ainda continuam na Administração Pública Santomense.
    A última preocupação no meio desta grande trapalhada e silêncio, é saber o que fez e qual é o grau de envolvimento do Instituto Marítimo e Portuário (IMAP), única instituição vocacionada para registar navios com bandeira são-tomense. O responsável do IMAP, não deu qualquer informação a respeito do assunto em apreço, apenas os comandantes da Guarda Costeira e da Capitania dos Portos tentaram falar.
    Mas é preciso relembrar que o comandante da Guarda Costeira (Capitão de Fragata Idalécio João, vulgarmente conhecido por Cubilas), apareceu na noite de segunda-feira, dia 6 de Abril de 2015, nos écrans da TVS, e num esforço que lhe é peculiar entre o tremer a voz, disse meias verdades, dando mostras de que estava a ocultar a veracidade dos factos.
    Apelo a quem direito para que o assunto seja devidamente esclarecido.
    A matéria aqui fala com provas claras, pergunto eu. Será que temos em S. Tomé e Príncipe Procurador Geral da República e outros órgãos de investigação; tais como a PIC e TRibunaia?
    S.Tomé 27 de Maio de 2015

  9. img
    Eduardo Malé Bobo Responder

    Isto não é nem nuca foi novidade para mim. Este governo é pior do que o anterior. O que me mete pena no entanto é que eles tiveram tempo suficiente para preparar uma estratégia e implementá-la. Andaram a criticar, dar entrevistas e fazer uma quantidade de coisas sem no entanto trabalharem para agora apresentarem resultados na governação. Ninguém compreende isto. Este governo tinha todas as condições para fazer um ótimo trabalho. Agora estão de cabeça perdida, não sabem para onde hão-de virar, não têm estratégia nenhuma e só passam a vida a passear de avião a procura de fundos. Isto é uma anedota autêntica. Ainda por cima estão a usufruir daquilo que o anterior governo deixou considerando como suas obras. Falte de vergonha na cara.

  10. img
    Voz do Povo Responder

    Podem falar o que quiser. Dor de cotovelo. Se o ADI ganhou eleições com maioria absoluta, a culpa não é do povo que votou, é do MLSTP/PSD que desgovernou este país durante 39 anos. Que não criou condições para o povo. Fala que Orçamento não se leva 6 meses para preparar. Mentira. Leva anos. Agora, nome dele é aguenta só. Chorar. Espera, vamos eleger Presidente no próximo ano. Quidalééé muito é! Ah,não posso rir. Em todo mundo, a maioria é que manda e a oposição faz barulho. Podem continuar a fazer barulho. Eleições legislativas serão em 2018, até lá, nome dele é aguenta só.

    • img
      Seabra Responder

      Quem é você,Voz do Povo? Porquê você avança mascarado? Com uma alcunha (falsa identidade)? Quem lhe remunera? Quanto é que lhe pagam, para ter um papel tão mediocre,de BAIXARIA? Quem lhe faz “jogar”essa palhaçada?
      O seu papel é ridículo! Defender um único membro da ADI, especialmente as duas cabeças de serpente : PT e Afonso Varela da Graça, dos MAIS CORRUPTOS que a África CPLP conheceu.
      De todos os homens políticos de STP, eles estão a frente,seguidos do Miguel Trovoada, Fradique de Menezes e Manuel Pinto da Costa….é claro que existem mais. Os citados,São os da PESADA !

  11. img
    Maria silva Responder

    Tudo oqui foi dito por presidente do MLSTP infelismente é verdade, e relativamente ao navio pirata, os mesmo piratas foram recebido com ” flores ” por parte da nossa outoridade isto porque senhor primeiro ministro tambem é um PIRATA……..
    E com um pouco mais de SORTE daqui algum tempo seremos obrigados a levar com o islamismo nas escolas, será obrigatorio ( para aprender a ler e escrever Arab) !
    Eu fico preplexa com o tamanho da nossa burrice , a nossa pouca noçao do perigo!
    Dando as circunstancias, oqui fazer ? Ou vamos ficar sentadinhos à ver stp em queda livre?

  12. img
    Adelino dos santos Responder

    Eu vos avisei e sempre cuidado com Patrício e o seu Partido esses são um grupo de cabalas para destruir São Tomé e Príncipe o povo tem que estar mais atento a qualquer manobra desses bandidos

  13. img
    Tony Responder

    O Edifício que esteve a venda a bem pouco tempo, por 800 000 dólares, pertence ao Ramy cabeça queimada “Libanês” faz fronteira com Arquivo Histórico, de repente este mesmo edifício é adquirido pelo Estado para ser oferecido ao Supremo Tribunal de Justiça num valor de 2.500.000 dólares o que acrescendo as necessidades de alteração do edifício eleva o custo para mais de 3.000.000 de dólares.

    • img
      Voz do Povo Responder

      Se isto aconteceu, é porque não foram criadas as condições para o Tribunal. Se os governantes dos 39 anos tivessem feito alguma coisa, nada disso estaria a acontecer. Aonde param as casas coloniais? Aonde param as casas da cidade capital deixadas pelos colonos? Estão na posse dos ex-dirigentes. Agora, se realmente a casa tinha um valor e foi adquirido por outro, é corrupção. E sendo corrupção acho que os deputados podem apresentar queixa no Ministério Público. Mesmo o você Tony pode apresentar queixa, desde que reunis as documentações. Porque sabemos que no nosso STP temos o hábito de flasoo.

  14. img
    Democrático Responder

    Estou convicto que o nosso Primeiro-ministro, Patrice Émery Trovoada vai a tempo de ser visionário de (ex)clusão social e/ou da (in)coesão nacional proposto no seu programa de governação;
    Não tenho dúvida que todo o são-tomense deve contribuir para alavancar a economia do país, reconhecendo que um número reduzido do seu elenco tem trabalhado no terreno para obter resultado das reformas;
    É preciso que cada são-tomense questione ou encontre respostas nas três (3) questões que lhe proponho:

    1. Qual o efeito da contribuição dos impostos na vida do cidadão (sujeito passivo)?

    Respostas????
    R: Concentrar viagem e subsídio para Ministros e um número reduzido de funcionário público semanalmente para aplicar em suas Quintas;
    R: Atribuir benefícios (incentivos) fiscal as empresas estrangeiras em detrimento da nacional;
    R: Assinar acordo de Dupla Tributação Internacional quando na verdade não temos empresa nacional competitiva e concorrencial no estrangeiro para o feito da DTI;
    R: Contribuir para o Imposto Sobre Veículo em detrimento da minha viatura que faz trajecto Madre de Deus e outras localidades;
    R: Inexistência do Stock de medicamentos nos hospitais por desvio e a sua comercialização no mercado paralelo;

    São Tomé e Príncipe é uma nação onde quer que esteja um(a) filho(a) da terra, ele(a) pretende almejar futuro com o sorriso nos lábios. São Tomé e Príncipe não pode ser considerado uma empresa, onde os sócios auferem dos seus respectivos dividendos e com objectivo de maximizar o lucro.

    2. A construção de uma cadeia de alta segurança contribuirá para diminuir ou eliminar o aumento do índice de criminalidade no país?

    Caso 1 – O João cumpriu 10 anos de cadeia, foi evangelizado por uma ceita religiosa e arrependeu-se de ter cometido o crime e começou a praticar boa acção. A sua reinserção social era bastante difícil e acompanhado por desemprego, matou-se!

    Caro(a) leitor (a) encontrou alguma sensibilidade sobre este caso?

    Aconselharia ao Senhor Primeiro Ministro e Chefe do Governo assumir o “compromisso de criar as condições para a diversificação da nossa economia e o alargamento das oportunidades de criação de riqueza; investir na modernização das infra-estruturas económicas e sociais”, face ao combate de criminalidade e a vulnerabilidade social dos são-tomenses em extrema pobreza.

    3. A crítica da oposição faz ou não faz crescer o país?

    Num Estado do Direito democrático, a liberdade de expressão é um direito de qualquer indivíduo de manifestar livremente as suas opiniões, ideias e pensamento. Actualmente, a nossa televisão, o representante do sindicato dos trabalhadores e alguns jornalistas passaram a ser funcionário do governo, o que constitui um monopólio em grande escala na comunicação social. A presença do Senhor Primeiro Ministro todos os dias na televisão não é o sinónimo de resultado do seu programa, faça e apareça, respeitando a sua própria imagem.

    Seja qual for a cor política ou partidária do cidadão e do partido no poder, o cidadão não pode nem deve ser excluído, a sua contribuição vale a pena, temos de deixar para trás o egocentrismo, ganância, abuso de poder, narcisismo, sumptuosidade etc…

    Caso seja exequível a inclusão e coesão nacional dos são-tomenses no seu programa de governação, permitir-nos-ia promover o desenvolvimento do país, ancorado no princípio da Boa Governação, na promoção da estabilidade macroeconómica, do crescimento económico, da redução da pobreza, da coesão social e regional, da durabilidade ambiental, em suma na melhoria do bem-estar da população.

    Pense nisto!

  15. img
    Floli Responder

    Tudo que foi dito pelo MLSTP é pura verdade, doa a quem doer.
    Não me venha falar de dor de cotovelo senhor ou senhora DOR DE COTOVELO, faça exame de consciência.

    • img
      Voz do Povo Responder

      Floli, fiz exame de consciência e passei com nota máxima 20. Esse país foi destruído durante 39 anos pelo MLSTP/PSD e não é em 6 meses que ADI vai recuperá-lo. O que MLSTP/PSD disse ou deixou de dizer só diz respeito ao MLSTP/PSD. Porque o compromisso do ADI não é com um punhado de homens e mulheres do MLSTP/PSD que nem conseguem entender entre si, mas sim é com o povo de STP. E o povo já disse, ele manda nas urnas. Deixem-nos trabalhar. Estamos a criar condições para um órgão de soberania que tem a responsabilidade de fazer justiça trabalhar. Se não querem, isto não é nosso problema. Eleições legislativas serão em 2018, lá é que seremos avaliados, enquanto isso,oposição cumpre o seu dever, fazer barulho na Assembleia.

  16. img
    JB Responder

    Posso concordar com as criticas da declaração política do MLSTP/PSD.Mas no entanto este maior partido de oposição terá que encontrar o seu caminho devido a diversos interesses dos seus membros ou seja a luta fraticida entre os membros mais novos e os mais velhos, enquanto isto durar o MLSTP/PSD nunca terá hipóteses para ser um partido de governação e ter alternativas de confiança do povo.
    Vejam o que aconteceu em Cabo Verde, o cargo do Presidente do Partido no governo, atualmente é uma mulher jovem com ideias claras e objectivas.
    Os nossos partido em São Tomé e Príncipe terão que ter quadros a altura para delinear estratégias politicas e desenvolvimento social económico para o país ou seja ter um satff que apoie os deputados que trabalhem e pesquisem e que tenham uma visão clara como o mundo está neste momento ou seja não devem não ter deputados que fazem figuras de estarem presentes para serem beneficiados para terem direitos a determinadas regalias.
    Na Europa e que o que poderá acontecer futuramente no nosso continente, os partidos de governação vão perdendo sua hegemonia de governação a favor de grupos de cidadãos que já estão cansados dos partidos que nada resolvam a situação do país.

  17. img
    Eduardo Santos Responder

    Podem inventar tudo o que é de certo ainda faltam 3 anos e seis mesese muita coisa ainda vai ser erguido e concluido e o povo vai fazer comparação e dar continuidade ou não do ADI.

  18. img
    Adelino dos santos Responder

    Esse povo nasce a sofrer e morre a sofrer Quando é que Deus vai ver esta terra?

  19. img
    Abdel Coelho Responder

    Viva o Dubai, só espero que a conclusão da Cadeia de Alta Segurança sirva para quem esta construi-la.Depois de tanta promessa eleitoral, chegou mais propaganda barata de forma enganar os mais pobres do intelecto. Se os prometidos 10 anos para transformar STP em Dubai forem como estes 6 meses, mais vale transformar STP em Republica Democratica das Bananas.

    • img
      Voz do Povo Responder

      Você já procurou responder a você mesmo a seguinte pergunta:O que tenho feito para que STP vire Dubai dentro de dez anos? Vocês até que parecem têm medo de ver STP crescer.Agora,qualquer coisa é Dubai. Vocês acham que Dubai foi construído com fala-baratos. Faça a sua parte e pare de reclamar. Dubai é uma visão do PM PT, agora cada são-tomense que gosta de STP e quer ver STP que nem Dubai deve fazer a sua parte. Se não atingirmos Dubai, pelo menos Cabo Verde chegaremos, mas podes crer, será melhor do que recebemos nas mãos do MLSTP/PSD. Abaixo os oportunistas e Viva STP. Deus quer, homem sonha e a obra nasce. Rumo ao Dubai. Leve leve.

      • img
        kwatela Responder

        Meu caro vc tem razão. Nós estamos caminhando rumo a Dubai.
        Infelizmente parece ser do ponto de vista político. A semana passada estive lá. Muito bonito. Quem me dera ver o meu STP assim. A conselho – o meu caro compatriota a investigar a vida dos que construíram Dubai. Não me refiro aos líderes políticos,refiro os trabalhadores.
        Bem haja a todos e que Deus nos abençoe

  20. img
    David Gomes Almada Responder

    Deixe quem ganhou trabalha vamos todos dar as maos para o desenvolvimento do pais evitemos criticas rancorosas, e de odio so tem 6 meses vamos ver o andamento das coisa oposicao que faz trabalho de casa que e exigir do governo e nao esta ai a criticar e fazer acusacoes sem prova nao e isso que queremos para nosso pais vamos criticar sim mas a critica tem que ser construtiva abraco para sao tome que ja nao vou a 18 anos mas tenho acompanhado tudo quanto se faz la. peco desculpa como ja nao escrevo a muito tempo em portugues devo ter dado muito erro na escrita mas espero que vcs entendam obrigado pela vossa comprensao uma abraco para te Abel e obrigado por nos informar sempre.

    • img
      Adelino dos santos Responder

      Quem sabe governar vesse nos primeiros dias da sua governação o seu empenho os seus projectos da campanha que fico nos papeis porque a cadeia de alta segurança não é prioridade nesta altura a muitas coisas mais importante que o governo tem que fazer e não vou numera-las e é melhor parar e pensar e fazer boa governação e não ajusto de conta e pensa mais nesse povo sofredor que tanto precisa

  21. img
    Juvê Fez Anos Responder

    Uma coisa é este discurso ser feito por uma pessoa com credibilidade, carisma e idoneidade outra bem diferente é este discurso ser feito por Jorge Amado como eventual líder da oposição. A diferença é que se fosse feito por um líder carismático, idóneo e com credibilidade, mesmo que os órgão de comunicação social quisessem censurá-lo o impacto que ele teria seria devastador para o ADI. O problema é que sendo Jorge Amado a fazê-lo não provoca impacto nenhum junto do povo nem dos militantes do próprio MLSTP. Primeiro porque foi Jorge Anmado que foi cilindrado pelo Patrice Trovoada nas recentes eleições. Segundo porque a atual direção do MLSTP não tem credibilidade nenhuma. Ninguém ouve o que Jorge Amado ou qualquer dirigente atual do MLSTP diz. Por mais que berrem ninguém dá importância o que eles dizem.
    O MLSTP tem de mudar de dirigentes, tem que modernizar-se, tem que fazer pela vida para ser de novo respeitado.
    Eu fui grande militante do grande MLSTP e não desta porcaria que eu vejo por ai, sem ideias e sem liderança.

  22. img
    Santomense Responder

    Hello, deixem a oposicao fazer o seu papel. Quando oposicao estava calada criticaram, agora que a oposicao falou criticam credo tambem.
    Concordo que em 6 meses n e possivel fazer grandes mudancas, mas as coisas piorarem ja e demais.

  23. img
    Jonny Responder

    Cumprimentos a todos ,

    Sou de índole democrática e de facto o trabalho de oposição , principalmente quando um governo tem maioria é deveras importante e é úma luta constante .

    Agora estamos a falar de um governo com cerca de 6meses com atraso na apresentação do orçamento é grave, dado que quem se perfila para governar já deve ter previsto o estado do País que vai encontrar, isto se for num Estado normal.

    Também quero colocar a questão aos Srs da oposição (MLSTP) , o que fizeram nos últimos 39 anos por STP, se calhar vamos ter que mostrar imagens do que existia e do que está hoje. Se calhar para a classe política está bem, mas olhemos para outros Países também ex colônias, nem quero mencionar e digam onde STP está ? Sim todos têm roças e não as pagaram! Além disso nada produzem para o bem do País.

    É altura que STP tem um governo para 4 anos vamos julgar no fim, deixem trabalhar, deixem que exista estabilidade política, assim os investidores vêm para STP.

    É uma opinião de um Santomense que não precisa dessa politiquice de caca e que deseja o melhor para a sua terra mãe.

    Fui

  24. img
    atala lima Responder

    É necessário muita “lata”

  25. img
    República das bananas Responder

    População pediu cadeia de alta segurança a quando do orçamento do cidadão? Construção de cadeia de alta segurança é prioridade? STP está uma autêntica Republica das Bananas.Só com cristo.

  26. img
    Eusebio Neto Responder

    Por favor meus caros compatriotas, essas acusações do MLSTP merecem atenção especial. Primeiro para apurar a sua veracidade ou não, e segundo porque o governo tem de reagir para esclarecer e deixar tudo em pratos limpos.

    As acusações são gravíssimas e se se confirmar a sua veracidade, merecerao ser encaminhadas aos tribunais internacionais para apreciação e expedientes aplicáveis. Caso o governo e o sr PM provem a sua inocência, Jorge Amado deve ser processado judicialmente. Na verdade não e nada fácil entender por que molas esta a ser o governo impulsionado para priorizar a construção de uma cadeia de alta segurança num pais onde já se morre a fome, as doenças correrem impiedosamente sobre a população, as vias de comunicação se encontram rotas, a água já nem pinga e a eletricidade solidificou-se como uma ferida cronica. Sobre o prédio que ninguém comprou quando se pedia Usd 800.000 por ele acabando o governo por o adquirir por Usd 2.500.000 só me restar gemer. A historia dos aviões noturnos, malas blindadas e barcos piratas e procurados pela Interpol não e nova pelo que espero que ela seja definitivamente esclarecida por Patrice Trovoada.
    Um desafio e lançado ao analista Abílio Neto para tentar ajudar-nos a entender todo esse labirinto por onde circula o nosso PM. Com ou sem razão, as acusações de Jorge Amado tem de ser esclarecidas. Ou definitivamente estamos a caminhar para um estado definitivamente falhado onde a lei da violência ira mandar. S. Tome e Príncipe também e uma Nação muçulmana? Deus nos acuda!

  27. img
    Adilson Seixas Responder

    CADEIA demasia segurança SIM para todos quanto tentarem atravessarem o nosso caminho.
    O POVO PEQUENO no deu a maioria absoluta precisamente para fazermos o que pretendemos.Ainda que fôr para mandar para f
    ENFORCA vamos ter que fazê-lo. O principal é DEIXAR-NOS TRABALHAR e meter ordem nesta mer….. do país.
    Precisamos ter no país uma cadeia igual ao GUANTANAMO. este país precisa de um pouco de tortura para disciplinar todos quantos não são nossos . Cadeia Dura como disse o nosso,presidente do Partido Dr Patrice Trovoada.

  28. img
    LÔÇÔ TLÊZÊ CONTO - IRMÃO P.TROVOADA Responder

    - Povo merece a cadeia de alta segurança pq votou num dos maiores BANDIDOS de STP – PATRICE TROVOADA! Onde esta arroz de 13 contos? Está nos armazens do Ivo em San Gembú e Amadeu – Director d comercio, ambos dirigentes do ADI.
    - Se o PATIFE TROVOADA mais o Ministro das finanças não comprarem a infraestrutura do Sr. RAMY pelo TRIPLO do seu valor real, onde é q conseguem dinheiro para SUSTENTAREM os senhores Jeronimo Moniz, Abilio Neto, Voz do Povo, Ambrósio Quaresma, Oscar Medeiros, João Ramos, Director da radio e outros Lambe-botas?

    • img
      Voz do Povo Responder

      Loço TlêzÊ Conto, sabes uma o povo e o país está cansado de gente como você. Reclamam de tudo e de nada. Não sabem o que querem. Você assistiu a entrevista do teu líder Jorge Amado? Nem falar esse individuo sabe. Numa simples entrevista tinha que ler. Você já procurou saber porque é que Pinto da Costa não apoio o MLSTP/PSD do Jorge? Porque é que o Rafael saiu do MLSTP/PSD? O país precisa de líder visionista, que sabe o que quer e aonde pretende chegar. É certo que durante a caminhada vai haver falhas, mas podes ter a certeza vamos fazer melhor que os 39 anos do MLSTP/PSD. Quanto ao valor triplo da aquisição, reúna as provas e apresente queixa no Ministério Público. Deixa de flassóo. Faça a sua parte e o povo agradece. Enquanto isso, deixem-nos trabalhar, que é para isso que fomos eleitos. trabalhar. E é isso que estamos fazendo, trabalhar. Como oposição devem e têm o dever que criticar, apontar falhas, fazer barulho e sobretudo esperar eleições em 2018.KKKK. Viva a democracia.

  29. img
    Ralph Responder

    Esta história mostra um dos problemas com a democracia moderna. Há um padrão a decorrer. O povo fica desapontado e farto com o atual governo enquanto a oposição promete que vai corrigir todos os problemas. Nas eleições seguintes, os partidos de oposição são eleitos e ficam o governo. Porém, o novo governo não faz quase nada do que tinha prometido antes das eleições, proferindo desculpas e mudando prioridades. A partir das bancas de oposição, tudo parece tão fácil implementar sem a necessidade de o fazer e lidar com as consequências enquanto o governo só parece fazer tudo errado. A nova oposição (o governo anterior) então afirma que tem todas as soluções, mesmo que sejam os mesmos políticos que foram expulsos há não muito tempo. Não é surpresa que se dizem que a democracia é quebrada. Acho que isto está a acontecer em todo o mundo e este processo só está a piorar com a infuência aumentada de redes sociais e o cíclo de notícias 24/7. Apesar de tudo isto, é melhor ter uma democracia que as alternativas.

  30. img
    Quilixe Furtado Responder

    Queremos a verdade sobre essas agudas acusações.
    1. O Parlamento, embora, com maioria do ADI, deve por rapidamente em marcha um Inquérito para se apurar a veracidade dos fatos.
    2. O Ministério Público também deve, paralelamente, investigar o caso. Se o Procurador tem mede, que peça a sua demissão.
    3.O PR deve junto ao Primeiro Ministro indagar do que se passa, senão ele também será conivente.
    5. Os partidos políticos, sejam da oposição ou não, devem se interessar sobre o esclarecimento destes assuntos, pois está em causa a credibilidade da nossa classe política.
    Bem Haja para STP

  31. img
    Adalberto Junior Responder

    PRECISO DE ALGUÉM QUE ME AJUDA A ENTENDER:
    É POSSÍVEL :?
    Ser o próprio Presidente do Supremo Tinunal da Justiça, José Bandeira assinar o CONTRATO de compra /venda e fechar o negócio com o Libanês RAMY sobre este edifício do EX-BENFICA do RAMY,para TRIBUNAL?
    Não existe nenhum outro órgão?
    Sou leigo na matéria.
    GOSTARIA DE SABER.

  32. img
    Santomensse Responder

    Sim nós os Santomenses nao unimos em prol de uma só causa estamos todos acabados, a verdade só é uma, todos irão sofrer sem expcção, seja ele de qualquer partido político for, porque é SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE que encontra na deriva, devido os nossos egoísmos, oportunismos, destruição administrativa (defumação para ganhar uma recompensa) corrupção e irra. Estes problemas estão acabar com o país, outra questão que muito pensam estar no poder acabou se o problema nao pelo acontrario começa se o problema a todo nível.
    A má gestão do nosso pais terão consequência para toda geração seja ela do partido A ou B, ou melhor para todo o Povo..

  33. img
    Tony Responder

    PT não consegui comer sozinho, bolo é grande e será partilhado em várias fatias; Força Armada, Tribunal, ADI, GOV, Ramy e fatia maior é para PT

  34. img
    Blaga-pena Responder

    Voz do Povo, só pode ser um imbecil, lacaio do Patrice Trovoada ou louco! Se eu fosse um Psicanalítico, submeteria VOZ DO POVO a um exame profundo! Se não tem referencias politicas sobre STP, aconselho-lhe a investigar sobre os TROVOADAS! Sou do ADI, mas jamais vou acreditar no PATIFE TROVOADA, pois este fez tudo pra assumir o cargo do 1º Ministro mesmo não tendo ganho as eleições em 2006 e sustentou o governo de MLSTP qdo este partido ganhou as eleições em 2010 com maioria relativa!

    • img
      Seabra Responder

      Apoio à 200% o seu proposito justo e coerente,sobre o GATUNO PT,que é simplesmente um cambalacheiro nato…como bom filho de lobo,sabe uivar.
      Os Trovoada,nunca possuiram bens,embora seja uma familia ambiciosa,pretenciosa,interesseira,oportunista,calculadora,corrupta à brava…pronta à tudo para PARECER. Nada sabem fazer,para além do cambalacho….o PT é um fura vida sem vergonha,rouba descaradamente. De Segurança que era nas lojas e nas discotecas francesas, nunca fez nada de interessante na vida ,foi e continua sendo CHULO,vivendo às custas do que nao lhe pertence.
      Hoje,vive desviando os bens do país,STP,usando e abusando …partilhando com alguns “kambutas”,tal como o Afonso Varela (o seu homenzinho pigmeu,que lhe ajuda a vender STP….tamanho não é documento!).

  35. img
    LÔÇÔ TLÊZÊ CONTO - IRMÃO P.TROVOADA Responder

    Quero tranquilizar a VOZ DO POVO, pois ao contrario do q pensa, sou militante do ADI. Mas os conhecimentos q tenho sobre os TROVOADAS, permitem-me duvidar sempre dalgumas atuações do “PATIFE” TROVOADA, pois trata-se dum individuo q nunca trabalhou pra ter o tipo de vida q leva! A Voz do Povo só pode estar cego, pois donde é q provém tanto dinheiro duvidoso sem trabalho! Não vê q a importação recente pelo P. Trovoada d JAGWAR – viatura d luxo, tem demasiada coincidência com o negocio d compra da infraestrutura d RAMY pelo Governo d ADI, qdo o povo continua na miséria!

  36. img
    josé Afonso Responder

    Quero dar os parabéns ao Governo pela construção de cadeia de alta segurança
    A mesma devia ser construída no alto mar,, para que aqueles criminosos que andam a deixar luto no seio das famílias, assassinando crianças, mulheres e outras pessoas, nunca mais ponham pé nesta terra.
    Eu proponho, que para além da cadeia de alta segurança, que instalemos também a pena de morte para crimes deste género
    Força Governo
    J.Afonso

  37. img
    visão Responder

    Voz do Povo, és único que defende situações que na verdade surgem dúvidas. Infelizmente, estamos no mesmo barco e temos que aguentar, porque a politica é mesmo assim. Cada partido tem as suas opções politicas e de fazer coisas que estão dentro do seu programa de governação durante 4 anos.Fez-se um levantamento “in loco”, diagnosticou e tirou as conclusões que permitiram elaborar um OGE e GOP, para 7 meses. Mas, uma cadeia de Alta segurança para construir em menos de 6 meses como prioridade das prioridade, não acho justo. Temos problemas de ligação marítima com RAP, temos problemas de pistas rurais, rodoviários, salário mínimo da função pública, Educação, Saúde- um (Chekape) sistema operativo com aparelhos que dão para resolver problemas de vários tipos de doenças que se manifestam nosso País,e não temos, actualmente, como não existem e que não têm soluções têm que serem evacuados para Lisboa para tratamentos.
    As Embaixadas funcionam em meio gás, por falta de meios de toda natureza.A energia cada vez pior, na Campanha garantiu de 2 a 3 meses o problema estaria resolvido, já estamos há 6 meses e cada vez pior. Água potável, só existe nos Distritos de Água Grande, Mezochi e 1/2 da RAP, noutros Distritos só existem água canalizada, e tem provocado doenças hídricas intestinais nas populações, principalmente nas crianças, nas escolas destes Distritos de Cantagalo, Caué, Lobata,Lembá,.Os preços de medicamentos cada vez estão aumentar, os hipertenso, diabéticos, etc,, os medicamentos são mais caros. enfim.Um segurança estatal recebe 1.120.000,00 mensalmente, uma servente 900.000,00….É necessário reflectir Voz do Povo, Os velhos recebem hoje uma pensão de miséria, aumentam a contribuição de segurança social,para EMAE, TV, etc,etc, mas não se fala no aumento de salário ou de um salário mínimo em STP. Tudo isto, apenas para se reflectir de forma desapaixonada e sem cor partidária, mas reflectir como Pai da família, como um funcionário público de hoje e que pretende auto promover-se. As mudanças que são feitas, tudo bem. A construção de cadeia de Alta segurança, seja bem vindo, para educar ou corrigir os assassinos, pedófilos, os violadores de menores sexualmente e todos aqueles que cometem violência domestica, etc. mas, cada momento tem o seu momento, os 4 anos é suficiente para mitigar e fazer boas coisas,mas e necessário que dê sinais sérios e visíveis. obrigado.

Deixe um comentario

*