Pinto da Costa promulga OGE para 2015 antes de viajar para a Nigéria  

O Orçamento Geral de Estado para 2015, aprovado na globalidade no início de Maio pela Assembleia Nacional, foi promulgado pelo Presidente da República. O Téla Nón sabe que o projecto do OGE deu entrada no Palácio do Povo na passada quinta – feira, 21de Maio, e foi promulgado pelo Chefe de Estado são-tomense no dia 26 de Maio. O documento foi de imediato remetido ao Parlamento são-tomense conforme determina a lei.

São Tomé e Príncipe tem assim o seu Orçamento Geral de Estado para 2015, todo pronto no segundo semestre do ano.

Promulgação do OGE, para 2015, terá sido uma das últimas tarefas de Pinto da Costa, antes de deixar São Tomé e Príncipe esta quinta – feira com destino a vizinha Nigéria, onde toma parte na cerimónia de investidura do novo Presidente, Muhammadu Buhari, muçulmano da região norte da Nigéria.

Os dois países partilham uma extensa zona marítima não delimitada. Os dois Estados preferiram transformar as suas águas contíguas, numa zona de desenvolvimento conjunto. Desde o ano 2003 que São Tomé e Príncipe e a Nigéria tentam extrair petróleo na zona marítima conjunta, mas até agora sem sucesso.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Pastelim Responder

    Agora! Queremos ver DUBAI. Falta-nos energia, água, estradas, saneamento do meio, internet livre, bons mercados, casas sociais para jovens, dois liceus, postos médicos nas comunidades, porto das +aguas profundas,aeroporto de padrão internacional.

    Não queremos cadeia. Patrice quer construir cadeia na Dona Amélia só como provocação ao Pinto da Costa. Construir cadeia em Dona Amélia e colocar l+a mesmo nome, ” Centro prisional de alta segurança Dona Amélia” Isto porque a esposa falecida do Pinto da Costa também chama-se Dona Amélia.

  2. img
    Samponha Responder

    SAMPONHA
    Ao estar em contacto com alguns políticos, mesmo militantes do ADI, partido que sustenta o governo, a verdadeira essência da construção de cadeia de Alta Segurança não foi bem explicada. Para além de delinquentes, tem também objectico de presos políticos, sobretudo aqueles que não se identificam com os programas do actual executivo.Estamos no País de sim Senhor. YES.Por isso as nossas estradas estão cheias de curvas e contra curvas, mesmo com possibilidades para que elas sejam em linha recta.
    O que o nosso Primeiro Ministro deveria fazer e preocupar-se é banir consumo de liamba no seio das Forças Armadas de S.Tomé e Principe. Os 30% de jovens militares consumem canabinas no seio dos militares.O Quartel Já foi o que Era no passado.O Quartel está transformado em partidos políticos e em consumo de drogas. Com certeza está se beneficiando alguém com a produção e consumo deste produto.

    • img
      lider Responder

      as forças armadas ja têm um brigadeiro????

Deixe um comentario

*