Parlamento deu luz verde ao PR para entrada de militares amigos no território nacional

Na sessão plenária da Assembleia Nacional, os deputados deram assentimento ao Presidente da República, para permitir a entrada no território nacional dos militares da Guiné Equatorial e do Gabão. Entram e vão-se juntar as forças armadas do país no desfile militar agendado para o dia da independência, 12 de Julho.

São 45 militares do Gabão e 34 da Guiné Equatorial. «A razão dessa presença é a solidariedade que esses países quiseram exprimir em relação a São Tomé e Príncipe. Mas para nós é um gesto de profundo reconhecimento porque são os dois países vizinhos que acolheram o movimento nacionalista que conduziu a luta de libertação e o nosso país a independência», declarou o ministro dos Assuntos Parlamentares, Afonso Varela.

Mas antes da resolução aprovada com votos favoráveis das bancadas da ADI, MLSTP, do deputado da UDD e a abstenção da bancada do PCD, houve debate e reconhecimento de lapsos e erros.

O Ministro dos Assuntos Parlamentares Afonso Varela, reconheceu que a carta endereçada ao parlamento para pedir o assentimento, não respeitou as normas legais.

A carta foi assinada por um representante da comissão da festa da independência. Facto que mereceu contestação e chamada de atenção a mesa da Assembleia Nacional por parte da bancada do MLSTP.

A bancada do PCD que levantou o assunto da vinda de militares estrangeiros para o país, desde a passada quinta – feira, recordou que na altura o Presidente do Parlamento nem sequer tinha conhecimento do assunto.

José Diogo(na foto) líder do parlamento, também usou da palavra, para confirmar que só foi informado que tropas estrangeiras iam chegar ao país, na última sexta – feira.

Abel Veiga

 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    ANCA Responder

    Umas das grandes desvantagens da nossa sociedade e instituições, falta de organização, falta rigor, falta de cumprimento pelas regras, má gestão dos processos, irresponsabilidade, falta de sentido do Estado…

    Consequências;

    País(Território/População/Administração/Gestão/Execução), desorganizado, sem regras, sem cumprimento da Lei, sem cumprimento de atos regras da Justiça, sem assertividade…sem cumprimentos de horários de começo, de abertura, de prazos tramites, falta de cumprimento de atos protocolares do funcionamento, para a programação das cerimónias oficias…

    Instituições de Estado Fracas – Presidência da República, Assembleia da República, Gabinete de Primeiro Ministro, Ministérios, Instituições da Região Autonoma do Príncipe, Camara Municipais, Tribunais, as Finanças, Hospital, Centros de Saúde, Federação SãoTomense de Futebol , Andebol, Basquetebol, Ciclismo, etc…Partidos Políticos, ADI, MLSTP, PCD, UDD, MDFM, Mercados Municipais, TVS, Radio Nacional, Meios de Comunicação Social etc, etc….

    Falta de rigor, falta de cumprimento de horários, falta de assertividade, falta de regras de funcionamento bem definidas e que devem ou pelo menos deviam ser respeitadas…

    Exemplo – Quando uma cerimónia oficial está marcada para começar dentro uma determinada hora, mas a falha no agendamento protocolar de preparação… adiamento da hora de começo porque o Sr Presidente está atrasado, ou porque o Sr Ministro está atrasado, etc.. porque o cidadão tal e fulano tal está atrasado…

    Isto tem a ver com o modo de ser estar, saber e saber fazer…

    Enquanto houver regras de funcionalismo da Administração/Gestão Pública, pouco ou nada definidas, que jamais se cumpre a irresponsabilidade e desorganização, falta de sentido de Estado, pobreza e miséria, material e de espirito, corrupção continuará a aumentar no seio sociedade do País(Território/População)… com consequências que todo sabemos, espirito de leve leve e deixa a andar, desleixo pela causa Pública, atraso no desenvolvimento pouca inovação modernização e avanço Social, Cultural, Ambiental, Desportiva Politica, Económica e Financeira…

    Indivíduos, cidadãos, funcionários, empregados, pouco ou nada competentes, pouco sérios, irresponsáveis, desleixados, preguiçosos, com falta de visão de funcionalismo.

    É altura de unirmos para mudar está realidade, pois o Exemplo deve vir de Cima…

    Aqueles que têm a missão de executar, devem de tudo, fazer para fazer cumprir as normas, as regras do funcionamento do Estado…aqueles que têm a missão de cumprir, façam com brio profissional, pelo melhor do seu País(Território/População), melhor pela sua, sociedade…e julgas que estar de fora? Faz a tua parte, muda as tuas atitudes e comportamentos, para ver mudar a tua sociedade, começa por dar exemplo de cidadania… faz o que é certo, faz o bem…

    É altura de Modernização do Funcionamento da Administração Pública.

    Hora de abertura… Hora de Almoço… Hora de Fecho… Trabalho é Trabalho Conhaque é Conhaque… Há tabelas e preços e emolumentos devem ser cumpridos, o cidadão deve pagar o que é justo, nem mais nem menos, nem por debaixo da mesa, nem por cima, porque isso é corrupção, desvio da norma, o funcionário, empregado, deve ser punido severamente.. se possível com despedimento.

    Modernização das Instituições, com Regras de Funcionamentos, Formação, Parcerias, Inspeções e Auditórias Internas Externas, melhorias das condições de trabalho, etc…

    Se queremos mudar o País(Território/População), á nível Social, Ambiental, Cultural, Desportivo, Político, Economico e Financeiro.

    Numa palavra

    Começar a Organizar a Gerir Melhor

    E pensas que estar de fora, começa tu a fazer a tua parte hoje e agora…

    Acredita muda, muda a tua visão do País(Território/População), sabes o que é bem e mal, pensa, analisa, pergunta, partilha e faz melhor…

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  2. img
    Zé Boina Responder

    É tudo à toa… :o

  3. img
    sotavento Responder

    De certeza que esses militares vao pensar – demos amparo a esses para que depois de quarenta anos tenham a terra como está.Viva STP

  4. img
    FGCruzeiro-Trindade Responder

    12 DE JULHO de 1975
    É 12 de Julho.
    As ruas estão todas enfeitadas com cartazes, bandeiras de S.Tomé e Príncipe, de vários países de África e também dos países amigos da Europa.
    Vê-se muita gente na cidade de S.Tomé, capital do País.
    Gente das empresas agrícolas, das vilas, localidades e até convidados de outros países.
    “ Porque há tanto movimento na nossa Terra?
    —–É o dia da nossa Independência.”
    O povo já é livre.
    O Governo colonial, desde o ano de 1975, deixou de mandar em nós.
    Desde essa data são os filhos da terra que governam a Nação.
    Viva o M.L.S.T.P., a Organização do nosso povo! #########
    12 de Julho de 2015
    É 12 de Julho.
    As ruas estão todas enfeitadas com cartazes, tochas, fogo de chama da pátria á mão, bandeiras de S.Tomé e Príncipe, de vários países de África e também dos países amigos da Europa.
    Vê-se muita gente na cidade de S.Tomé, capital do País e nos Distritos em nozado, na cultural comemoração.
    Gente das empresas agrícolas, das vilas, localidades e até convidados de outros países historicamente irmãos, Angola, Cabo-Verde, Moçambique e outros…
    “ Porquê há tanto movimento cultural (festas) na nossa Terra?
    —–É o dia da nossa Independência.”12-7
    O povo já é “livre” entre aspas. Isto é há muita Desunião, Injustiça, Corrupção, Desemprego, Vícios, que nada contribuiu até hoje séc. XXI- 12 de Julho 2015 em S.Tomé e Príncipe.
    O Governo colonial (30 anos, Troica), desde o ano de 1975, deixou de mandar em nós. Mas ainda hoje 2015 passamos a ter um país de que o povo está na Cadeia com porta aberta. Desunião e Corrupção não qualificam um Estado de Direito, nem garante o Desenvolvimento do país.
    Desde essa data são os filhos da terra que governam a Nação. Com Corrupção, Perseguição, Impunidade, Injustiça, Desunião, Vícios acima de tudo Instabilidade Politica sucessivamente.
    Viva o A.D.I., a Organização e o Desenvolvimento do nosso povo! Viva 12 de Outubro de 2014, onde o povo decidiu dar a 2ª Independência absolutamente ao A.D.I, dizendo não nos faça vergonha! O povo está cansado! Criem em S.T.P vontade de viver para nós!
    Um bem-haja à todos Santomenses!
    Chegada de Jesus Cristo já se compara com chegada do Desenvolvimento de S.T.P e o povo na sua mentalidade conjugada. Tudo na teoria e lentidão como processo nos tribunais ou famoso porto de águas profundas.
    Crónica de:
    FG/sem censura

  5. img
    Seabra Responder

    A atitude do José Diogo – ADI- confirma a DESORDEM que existe no governo PT/Varela. Enquanto esses oportunistas estão preocupados e ocupados com as negociatas em nome de STP,que eles passam imediatamente nas contas deles…uma pequena anedota sobre o Afonso Varela:
    Quando estava em França,como estudante em Clermont Ferrand,não tratava os colegas da Guiné Equatorial como camaradas de país irmão,que apoiou STP para obter a libertação,tratava-os como matumbos,idiotas,sem interesse,aliás,desprezava-os mesmo….de repente,mudou de opinião.
    Afonso Varela,quem te viu e quem te vê…escondeste durante muito tempo quem és na realidade…+ corrupto e vadio do que tu,não existe… Talvez o teu patrão P.T.,exequo!

Deixe um comentario

*