Destaques

Presidente da República na Guiné Equatorial e Primeiro-ministro nos EUA 

O Presidente da República Manuel Pinto da Costa está na Guiné Equatorial, para participar nas celebrações do dia do Golpe da Liberdade perpetrado a 3 de Agosto de 1979 pelo actual Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, que depôs o seu tio Francisco Macias Nguema.

36 anos depois, a festa do dia da liberdade na Guiné Equatorial acontece na nova cidade de Djibloho, na parte continental do país vizinho.

Membro da CPLP, a exploração do petróleo, tem permitido o país vizinho, por sinal o mais visitado por Pinto da Costa na região africana, a erguer imponentes infraestruturas sociais. O regresso de Pinto d Costa está marcado para o dia 4 de Agosto.

Por outro lado, no último fim-de-semana, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada, deixou São Tomé rumo aos Estados Unidos. O Téla Nón apurou que se trata de uma visita privada que vai durar 22 dias.

Abel Veiga

    13 comentários

13 comentários

  1. Pumbú

    3 de Agosto de 2015 as 2:50

    Mas 22 dias… é bué de tempo!!!
    Espero que seja para tratar da saúde…

  2. sotavento

    3 de Agosto de 2015 as 8:44

    “Celebracoes do golpe da liberdade”
    Parece ironia mas é a realidade em alguns países.Mas o cifrao fala muito alto porque ese sr.continua governando a Guiné Equatorial como dictador e nao como demócrata.O presidente Pinto da Costa faz política de boa vizinhaca porque há que saber lidar com ese tipo de coisa.A Guiné Equatorial hoje é um país com recursos mas continua sendo um país de extremos em que encontramos pompas e encontramos também miséria no mais alto grau.Enquanto os políticos seguirem com a ideia de se perpetuarem no poder as coisas nao se prosperam.

  3. Almeida Silva

    3 de Agosto de 2015 as 9:28

    Visita privada?
    Foi chamado pela CIA para prestar algumas declarações.

  4. luisó

    3 de Agosto de 2015 as 23:14

    celebrações do dia do Golpe da Liberdade
    Os nomes que os ditadores dão ás coisas…..

  5. luisó

    3 de Agosto de 2015 as 23:16

    Ele não depôs só o tio.
    Mandou fuzilá-lo e ponto final.

  6. Teresa

    4 de Agosto de 2015 as 5:01

    Mas quem trabalha por menos de um mês e tem direito a 22 dias de férias? Keusa di terra mesmo.

  7. Manuel Pinto Correia de Jesus Afonso

    4 de Agosto de 2015 as 9:32

    Senhora Teresa, será que o Patrice Trovoada já trabalhou um ano. Sei que o ADI ganhou eleições em 12 de Outubro de 2014 e por capricho e má fé tomou posse em Novembro. Já fez um ano? A conta do PT e o ADI é sempre diferente. Que eu sei a nossa lei laboral diz que tem direito a férias aquele que trabalha durante 12 meses e o ADI está no poder há mais ou menos 9 meses. O PT está de férias de má fé, vingança, perseguição, incompetência, etc…

  8. Manuel Jorge de Carvalho do Rio

    5 de Agosto de 2015 as 11:59

    Caros irmãos santomenses. O Dr Parice Trovoada foi eleito para chefiar o Governo da RDSTP. Eu acho que ele deve merecer o respeito de todos nós e como todos nós devemos merecer o respeito de uns e dos outros.
    Visitas privadas já se viu neste nosso pequeno país a serem gozadas por muitos dos nossos dirigentes.
    Chamar o Chefe do Governo de um País de preguiçoso é danoso para o proprio País e vergonhoso.para nós os santomesnses que nele foi confiado a Governação, por uma grande porção de santomenses. Também, não se esqueçam que este jornal online é lido muito, também pra além fronteiras.
    Moderemos todos os nossos discursos para o bem do nosso Santo País, procurando fazer criticas construtivas que possam vir contribuír para a melhoria da nossa dificil .

    • Pumbú fresquinho

      5 de Agosto de 2015 as 23:10

      Cara compatriota, autocrítica-se não vergonha nenhuma! Até que a preguiça é um mal CURAVEL

  9. Manuel Jorge de Carvalho do Rio

    5 de Agosto de 2015 as 12:08

    Caros irmãos santomenses. O Dr Parice Trovoada foi eleito para chefiar o Governo da RDSTP. Eu acho que ele deve merecer o respeito de todos nós e como todos nós devemos merecer o respeito de uns e dos outros.
    Visitas privadas já se viu neste nosso pequeno país a serem gozadas por muitos dos nossos dirigentes.
    Chamar o Chefe do Governo de um País de preguiçoso é danoso para o proprio País e vergonhoso.para nós os santomesnses que nele foi confiado a Governação, por uma grande porção de santomenses. Também, não se esqueçam que este jornal online (Tela Nón) é dos mais lido tanto internamente como pra além fronteiras.
    Moderemos todos os nossos discursos para o bem do nosso Santo País, procurando fazer criticas construtivas que possam vir contribuír para a melhoria da nossa governação e da dificil situação socio-economica que tanto almejamos ver melhorado dentro de harmonia, paz e amizade. moderação possível.

  10. LÔÇÔ TLÊZÊ CONTO - IRMÃO P.TROVOADA

    5 de Agosto de 2015 as 15:19

    Pinto da Costa faz mto bem manter a politica de boa vizinhança. Apenas não entendo como um 1º Ministro q se prese pode ausentar-se do país por um período tão longo para tratar de assuntos pessoais 8 meses depois da sua nomeação qdo foi eleito para trabalhar! Isso só cheira a negócios! POVO É QUEM SABE! Escolheu… agora come FLÁ SÓ DO FANFARÃO RANCOROSO| DESEMPREGO BUÉ….

  11. Hipocresia

    5 de Agosto de 2015 as 21:55

    Enquanto Patrice Trovoada passa vida a viajar, o Ministro de Educação anda cometendo asgineira trás agineiras tirando bons metodólogos para meter os incopetentes, resultados são as reprovações em maça. Em cada turma de 20 a 30 alunos só passaram 2 a 3 alunos. No Príncipe foi uma razia. Demissão imediata do Ministro Olinto DAIO porque ele está a arruinar o ensino.

  12. Vexado

    6 de Agosto de 2015 as 10:36

    O actual primeiro ministro deve ser sancionado salarialmente, por faltar ao trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo