Destaques

Festa de Taiwan : defesa contínua de STP na ONU

É uma defesa contínua de São Tomé e Príncipe, desde 1997 altura em que reconheceu Taiwan, designado oficialmente República da China, como Estado Independente e Soberano.

No último fim se semana 10 de Outubro, foi celebrado o 104 aniversário da proclamação da República da China – Taiwan.

Numa recepção organizada pela embaixada do país asiático, o Ministro dos Negócios Estrangeiros Salvador dos Ramos, recordou a defesa contínua de Taiwan – República da China, na Assembleia Geral das Nações Unidas. «Nós recentemente nas Nações Unidas dissemos que devem continuar a dar uma oportunidade para que a República da China – Taiwan possa participar na transformação do mundo através da sua contribuição a nível dos organismos especializados das Nações Unidas», pontuou o ministro.

O embaixador de Taiwan Miguel Her agradeceu de coração a ajuda de São Tomé e Príncipe no seio das Nações Unidas e da Comunidade Internacional, para que a República da China – Taiwan, seja reconhecida como Estado soberano e parceira de importância mundial. «Os países aliados como São Tomé e Príncipe, tem apelado as Nações Unidas e a Comunidade Internacional no sentido da reintegração de Taiwan no sistema da ONU. O povo Taiwanês guarda no coração o apoio de São Tomé e Príncipe, neste sentido», frisou o diplomata taiwanês.

Durante a celebração do dia nacional da República da China –Taiwan, os dois países manifestaram a determinação em reforçar as relações bilaterais.

Desde 1971, que a República da China foi excluída do concerto das Nações Unidas. A República Popular da China grande potência económica, financeira e militar do mundo, com direito de veto nas Nações Unidas é um dos principais adversários da projecção internacional de Taiwan-República da China.

Note-se que a República da China-Taiwan,foi fundada por Sun Yat-Sen, após uma revolução no território da China Continental. Tal revolução pôs fim ao poder feudal que vigorava na China durante 5 mil anos. Foi assim fundada a primeira República do continente Asiático, a República da China.

Uma república dirigida por Sun Yat-Sen, que não resistiu a mais uma revolução desta vez, a revolução comunista, que forçou o exílio ou fuga,  de Sun Yat-Sen e dos seus seguidores, para a ilha de Taiwan.

Na China Continental a revolução comunista, fez nascer a República Popular da China. Por sua vez Sun Yat – Sen, liderou o novo Estado chinês na ilha de Taiwan também designada ilha Formos, que continuou a ostentar até os dias de hoje a designação de República da China, também conhecida por Taiwan.

Abel Veiga

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo