Patrice Trovoada garante sucesso da “STeP IN London”

Em declaração a imprensa a partir de Londres, o Primeiro-ministro manifestou-se convencido de que a comunidade internacional, aderiu a visão estratégica para o desenvolvimento sustentado de São Tomé e Príncipe, apresentada em Londres nos dias 14 e 15 de Outubro.

Através da Agência Estatal de Notícias a STP-PRESS, o Téla Nón apurou que o Primeiro-ministro, solicitou aos doadores públicos e aos investidores privados fundos na ordem de 360 milhões de dólares até 2019.

Anualmente o Governo pretende encaixar 90 milhões de dólares em ajuda pública para o desenvolvimento e também por via de investimentos privados.

Os dados extraídos da STP-Press, indicam que o Primeiro-ministro, escolheu os sectores do turismo, prestação de serviços, transportes, a construção do porto em águas profundas, o alargamento da pista do aeroporto internacional e a modernização da instalação aeroportuária como e as principais prioridades para absorção dos 90 milhões de dólares anuais.

Segundo a Agência de Notícias são-tomense, Patrice Trovoada garantiu que empresas europeias manifestaram interesse em investir no aeroporto internacional. O Chefe do Governo, apresentou o recente acordo com a China Harbour Engineering Company Limitada, que disponibiliza 120 milhões de dólares para dar início a primeira fase de construção do porto em águas profundas, como uma das grandes conquistas.

Ainda os dados da Agência de Notícias do Estado, indicam que Patrice Trovoada teria anunciado negociações com o Banco Mundial e o Banco Africano de Desenvolvimento, com vista a constituição de um fundo de garantia para financiar a construção de unidades de produção de energia hidráulica no valor de 60 milhões de dólares até 2019.

Tais unidades garantiriam 50% da produção de energia a nível nacional.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Santola Responder

    Aqui fica a minha sugestão para a redução da pobreza em São Tomé e Príncipe:
    1- Estimular a agricultura familiar e comunitária de subsistência;
    2- Combater a fome em regiões mais populosa da ilha e rurais, através de iniciativas de voluntariado, distribuição e capacitação de mão-de-obra na elaboração de alimentos básicos;
    3- Incentivar programas de apoio à merenda escolar e educação alimentar;
    4- Ensinar organizações sociais e famílias a aproveitarem melhor os alimentos, evitando o desperdício;
    5- Apoiar a geração alternativa de renda, através de estruturação de cooperativas e aproveitamento da produção em suas actividades e suporte na comercialização de excedente;
    6- Apoiar programas de educação, capacitação e inclusão digital de crianças e jovens para futura inserção no mercado de trabalho.
    7 -Programa de Abono Familiar ou Bolsa de Família em cooperação e com apoio do governo, instituição e outras organizações internacionais.
    Caso o nosso governo olhar reflectir sobre estas sugestões, na minha opinião estas sugestões poderá reduzir a pobreza em até 25%.
    bem haja povo de stp.

  2. img
    jorge de jesus Responder

    Parabens Governo
    A Iniciativa é bem vinda
    STP entrou no mapa do mundo~
    Tudo o que vier é uma más valia
    FELICITAÇÔES
    Bem Haja
    JJ

  3. img
    Manuel Vera Cruz ceita da Costa Responder

    O Patrice Trovoada continua a brincar com este povo. É mais uma brincadeira. Quando foi da aprovação do orçamento 2015 o Sr. Patrice Trovoara tinha dito que tinha 98% do orçamento garantido. Aonde é que está implementado o orçamento de 2015? Não se vê nada. Este Patrice é brincalhão. Não acreditado em nada que vem deste Patrice, dos seus lacaios, etc. Como acreditar se o tal Bala o lambe botas e mina quiá do PT foi um dos organizadores da conferência? Brincadeira!

  4. img
    Eusebio Neto Responder

    Realmente nao e nada facil sequer dar benficios de duvida as palavras de S. Excia Senhor Primeiro Ministro Patrice Trovoada. Se nao vejamos:
    1- Como pode o povo acreditar no que disse o Dr Trovoada se nenhum numero/montante foi apresentado pelo menos para garantir a transparencia do processo?
    2- Como podiam os potenciais doadores assumir compromissos para financiar o nosso desenvolvimento se o governo nao apresentou montantes que precisa para cada area especifica de desenvolvimento?
    3- Como podem os potenciais doadores assumir financiar areas e montantes que desconhecem?
    4- Que garantias reais e indiscutiveis foi o governo capaz de apresentar aos potenciais doadores para lhes convencer que nao se trata de um esquema cujo objectivo e pura e somente enriquecimento individual e de grupos?
    5- Que Agencia Internacional Credivel o governo apresentou aos potenciais doadores como responsavel pela futura auditoria das aplicacoes que serao dadas aos dinheiros dos povos representados pelos potenciais doadores?
    6- Sera que a palavra de Patrice Trovoada goza de creditos suficientes para deixar os doadores sossegados quanto ao destino que serao dados aos seus dinheiros?
    7- Tera o ex-lider da Nigeria forca mobilizadora suficiente para convencer os doadores?
    8-Em vez de Obasanjo cujo pais, alias nosso vizinho nao(?) esteve presente na conferencia nao, nao seria mais inteligente o governo ter se feito acompanhar por um “amigo” europeu ou americano? Ou sera que os verdadeiros mobilizadores se mostraram “indisponiveis”?
    9- Porque nao foram definidos os orcamentos necessarios para cada area de desenvolvimento? agricultura, pesca, turismo, infraestruturas, vias de comunicacao, saude, etc?
    10- Porque o governo nao fez se acompanhar de caidadaos nacionais internacionalmente conhecidos, por exemplo Agapito Mendes Dias, Helder Soares de Barros,Arlindo Gomes, Carlos Tiny, Inocencia Mata, Armindo Espirito Santo, Adriano Cassandra, Ovideo Pequeno, Fradique de Menezes, etc? Era importante o sr PM nao se esquecer que estamos a falar de um imperativo nacional, portanto sem cores partidarias.

    Ou me engano muito ou essa Conferencia nao correu tal e qual o governo/sr. Primeiro Ministro anda a dizer ou, mesmo que os diplomatas doadores se limitaram a fazer promessas que muito dificilmente irao cumprir.

    Concluindo o governo fez um mau trabalho de casa, se e que o fez e pior, os potenciais nao ficaram convencidos da boa fe do governo e nao conseguiram ignorar as inumeras noticias (inter)nacionais sobre as condutas duvidosas que caracterizam os nossos dirigentes.

    Deus nos acuda, amen!

  5. img
    Blaga Pena Responder

    Para complementar o que disse o senhor Eusebio Neto, como podem os financiadores acreditar no patrice Trovoada e nas suas babuseiras se denrtro do proprio pais, o Presidente do Pais nao conhece nem o programa, nem os montantes nem o projecto?
    Senhor Patrice, por favor, cresca e aparece para nao continuar a brincar com a gestao de um estado. Ter dinheiro, sabe-se la comom, nao significa ter conhecimento de governacao.

  6. img
    J. Querubim Responder

    Meus senhores… isso tudo é conversa p voi dormir, pq como sabem o OGE 2015 foi a mesma melga, n se aproveita nd. Ainda sabe-se q objetivos do millenium foi um fiasco p o nosso país, isto tb vai dar capim p burros comerem, vao ver q estou certo no final da linha. PMinistro e o tretas do STeP IN, em London VAI SER UM FRACASSO E VERGONHA PARA STP E GOVERNO DO PODER. É só p meter dedos nos olhos dos cegos. coisa p dentro de 15 anos o homem anuncia p 3 ou 4 anos, isso nem p quem estudou economia diz, imaginem o contrário? tenho dito!

  7. img
    Ambrosio Catana Responder

    Por favor, alguém pode me dizer se o Jornal Parvo e do ADI, do Patrice Trovoada ou e uma aberração de jornalismo? Tudo o que Patrice faz e que ADI diz constitui noticia, ainda que vergonhosa, mas todo o resto não é noticia, Basta ver que esse tal de Jornal Parvo não publicou uma linha sequer sobre a visita de Obiang a STP. Ja sobre a vergonhosa conferencia de Londres o senhor Ambrosio Quaresma só falta e lamber botas a Mario Bandeira para lhe passar uns trocados que saem da primatura vias travessas….
    Num pais serio o Conselho de Imprensa, o Sindicato ou a Associação ja mandariam fechar essa bostra, repito bem, essa bostra.

  8. img
    mlstpdigital Responder

    Brincadeira tem hora! a arrogância desse Patrice vai nos arruinar! nos tempos que correm só com muita humildade inteligência e honestidade intelectual vai-se a algum lado, vamos morrer como lula, na praia, Deus connosco!!!!!!!!!!!!!!!

  9. img
    arelitex Responder

    penso que voces sabem que o pais esta super endividado ao FMI. perante isto o Patrice esta a ter muito merito em conseguir investidores . para arrancar com a economia. porque nao ha outro caminho. tudo isto gracas aos partdos mediucres e sem competemcia que governaram antes do Patrice

Deixe um comentario

*