PR sobre ajuda da Guiné Equatorial – “Podem chover apoios em cima do país todo que nada avança…”

No quadro da cooperação bilateral com a Guiné Equatorial, São Tomé e Príncipe tem beneficiado de importante ajuda sobretudo a nível financeiro. Mas, o arquipélago não dá sinais de progresso no sentido de acompanhar a evolução que o país vizinho tem conseguido a nível social e infra-estrutural.

O Presidente da República reconhece que « a Guiné Equatorial tem nos apoiado, mas muitas vezes os apoios só são eficazes quando o apoiado estiver devidamente organizado», desabafou o Chefe de Estado.

Ladeado pelo seu homólogo e na presença dos ministros dos dois países, Pinto da Costa explicou porquê que as ajudas financeiras e de outra espécie continuam a não surtir efeito no país. «Pode vir grande apoio, mas se ele, o pais apoiado, não tiver capacidade de absorção e não estiver suficientemente organizado internamente….mais ainda se ele perde muitas vezes tempo com pequenas guerrilhas internas… podem chover apoios em cima do país todo que nada avança», precisou o Chefe de Estado são-tomense.

No entanto o Chefe de Estado são-tomense acredita que com a visita do seu homólogo, alguma mudança vai acontecer. «Estou convencido que esta visita vai criar as condições para que os acordos que já estão assinados há muito tempo saiam da gaveta e comecem a caminhar», acrescentou.

O Presidente da Guiné Equatorial, visita São Tomé e Príncipe acompanhado por uma delegação de 48 membros, destacando-se os ministros dos Negócios Estrangeiros, das Finanças e da Segurança.

Abel Veiga

 

.

Notícias relacionadas

  1. img
    Santola Responder

    Welcome to STP Obiang.

  2. img
    Tony de cá Responder

    Sua Excelência Sr Presidente, desculpe o meu marasmo nas suas declarações, pergunto há quantos anos recebe apoio externos e nunca foram devidamente utilizandos, penso que Sua Excelência sabe explicar isso melhor que ninguém..

    Nem vale a pena falar de mais nada , veja o que fizeram com todos os apoios nos últimos 40 anos.

    Fui

    • img
      MIGBAI Responder

      Meu caro “TONY de Cá”
      Infelizmente estou 100% de acordo consigo, por muito que me possa doer.
      O mais engraçado é existirem companheiros que comentam ou simplesmente assistem aos nossos debates que não concordam. Sabemos lá as razões dos que não concordam com a pura das realidades.
      Um abraço.

  3. img
    Manuel Alegre Costa Pinto Responder

    Boa Pinto da Costa. Sem união não há hipótese. Nós não vamos longe.

  4. img
    tropa Responder

    Vivemos neste hà 40 Anos, sem trabalho é impossível um País crescer. Voçês estão habituado à essa vida facíl.
    Vivemos num País que todos querem vida facíl.
    Pergunto eu, até quando?

  5. img
    Falar Verdade Responder

    O nosso Presidente da República é muito engraçado. Durante a vigência do governo único, atual Presidente beneficiou de múltiplos apoios de países amigos, e não soube tirar proveitos dos mesmos.
    Infelizmente, aparece agora, diante do seu homólogo para dar lição de boas práticas de gestão.
    Este pai pequeno é tolo ou nos faz de parvo?

    • img
      Mandela X Responder

      “Tolo”,”parvo”… pior é o cego que não quer ver. Estuda quando começaram os apoios para o desenvolvimento capitalista do pais e quem geriu os dinheiros. Pinto da Costa não esta nessa listagemm.

      • img
        MIGBAI Responder

        Pois claro que o pinto da costa não estava quando os apoios começaram a chegar, quem estava era eu.
        Toma juízo Mandela X, afinal o cego és tu mesmo.

        • img
          Mandela X Responder

          Apoios para o desenvolvimento capitalista do pais, estimado MIGBAI, O Senhor Manuel Pinto da Costa não estava. Estuda um bocadinho a historia da mudança.

          • img
            MIGBAI

            Meu caro “Mandela X”
            Apoio para o desenvolvimento capitalista do pais???
            Apoios sempre recebemos da comunidade internacional, mas para podermos respirar um pouco no sufoco em que nos colocámos.
            Ainda hoje, sem os apoios entravamos em colapso imediato, e talvez fosse o melhor que nos poderia acontecer, para abrirmos os olhos que teimamos em ter fechados.
            O nosso pais é inviável!! Será que é difícil compreender isto?
            Será que os países estrangeiros têm a obrigação de nos suportar financeiramente eternamente?
            Será que os estrangeiros têm a obrigação de nos matar a fome eternamente, enviando comida para nós?
            Será que os estrangeiros têm a obrigação de cuidar dos nossos doentes eternamente?
            Agora vir o “Mandela X” dizer “apoio para o desenvolvimento capitalista” é mais um slogan da velha guarda do que a realidade, pois apoios sempre tivemos, mas capitalismo, para isso nunca tivemos apoios.

        • img
          Mandela X Responder

          “Desaenvolvimento capitalista” do país… estimado amigo. O Próprio Manuel Pinto da Costa deu o “ponta pé” de saida com a sua viagemà Europa e com a entrada nos Acordos de Lomé (1986). Capitalismo porque entra na lógica do mercado, na lógica dos bancos privados, na logica das privatizações e da exploração da mão-de-obra… 2O sector privado para desenvolver o país”, jajaja. Passámos para um regímem de ideologia capitalista económica e social. Os dinheiros começaram a “cair”, o aumento da divida disparou e os gestores foram as ditas “forças da mudança”, no poxder a partir de 1991. Como é que supostamente M.Trovoada ficou malionário? Como ficaram ricos muitos outros, capitalizando os bens do Estado para especular ganaciosamente? Como aumentou e porquê o desemprego?… Claro que não podia ser um capitalismo do seculo XVIII. Estou de acordo com muita coisa que o Senhor diz, mas insisto em que não é Manuel Pinto da Costa que andou a “tomar banho” com esses dinheiros que “choveram” desde o inicio de 1990 (o inicio da II República) até hoje. Modesta opinião a minha!!

  6. img
    fala ceto Responder

    so agora que vem o presidente equato guinense a falar no petroleo .ja vem ai o presindencial e portanto o lema de enganar o povo, o povo não cai na sua fita o sr não é um bom modelo pata este povo.relembra tudo que sr falou o patrice afasta da politica ,mas deveria a ser o senhor a afantar da politiva faça isso.
    fui

  7. img
    arelitex Responder

    e muito triste e de um sinismo e falcidade muito grande. as suas palavras. o senhor deixou que tudo acontece-se a este pais de mau. seja hunesto .

  8. img
    Tina Responder

    Acho que as nossas autoridades, ficam muitas vezes com paralisia cerebral quando enfrentam realidades nuas e cruas, difícil de desmentir. Já perdemos a conta, dos valores monetários, ajudas em géneros que os nossos parceiros enviam à STP. Muito dinheiro!! Mesmo assim fazem de tudo para ficar no poder! Tudo! o Poder é doce!! tem Mel! Tudo gira a volta do EU, Nós, Familiar! Amigos ! e Mais ninguém! Pode chover rios de dinheiro, ficamos na MISERIA!! Verbo CONTRA!!!

  9. img
    Leopoldo Mariano Responder

    PINTO DA COSTA e mais um cidadao deste pais. Se voltaram a eleger-lo foi porque viram nele alguem com capacidade de dirigir o barco. Pode ter sido ele o lider mas existiram mais pessoas a ladear-lo. Quando foi destituido do poder, estiveram la outros presidentes. O que fizeram ? Nada, ou seja, minto, fizeram o mesmo que ele ou ate pior. Pela experiencia, conhecimento e amizade que tem com certos homologos africanos, ele consegue canalizar ou influenciar algumas ajudas. Porque nao aproveitar esse lado do homem. O sistema de fiscalizacao actual permite ao governo gerir e fiscalizar os dinheiros, porque nao aproveitarem-se da experiencia dele. Deixemos de apontar dedos, que nao nos levam a lado nenhum, pelo contrario so divide um povo que e tao pequeno. Bem empregues as ajudas minimizariam o sofrimentos do povo hereico Santomense.

  10. img
    Ta ligado Responder

    É impressionante como nós os Santomenses só vemos, e pensamos na maldade. Pior ainda, pensamos que somos melhor que os outros.
    Eu sei da história do nosso país, sei também que o eis Presidente da República o Fradique de Menezes se não estou no engano, na sua última conferência como Presidente da República, ele disse que já estava na hora, de muitos políticos assumirem os seus erros,quando o mandato do partido único, e que ele Fradique também foi culpado como muitos.Cada um fazia as suas coisas, e a culpa caia no Presidente Pinto da Costa.
    Meus senhores, o Pinto da Costa já assumiu o seu erro, se ele fez de coração ou não, não cabe a nós de o julgar.
    Nós os Santomenses temos que deixarmos de sermos rancorosos, o nosso País está assim hoje, por causa dos sentimentos ruins que guardamos um do outro.
    Pergunto, será que em Cabo Verde, Suécia, Suíça, Inglaterra e outros países por aí, todos se amam? Resposta:Não
    Mas quando se fala do país, todos se unem, fica para traz as ignorância, os preconceitos.
    Realmente se não houver união, se não houver o espírito de trabalho em equipa, podemos receber apoios todos os dias, o nossos países não irá avançar. E quem mas vai sofrer somos nós os pequenos.
    Mudemos a nossa mentalidade

  11. img
    Raposao Responder

    Pinto da costa, e uma autentica praga que nos aconteceu. Infelizmente, mtos dos derigentes que contribuiram para destruicao da nossa economia ainda continua em activo como se de heroi se tratasse.

Deixe um comentario

*