00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Jornalista da RTP – África proibido de entrar no Palácio do Governo

Pela primeira vez nos últimos 41 anos de Independência Nacional, o jornal Téla Nón, teve acesso ao relato de uma história tão rocambolesca de bloqueio a liberdade de imprensa e do jornalista numa instituição pública e pertença do Estado são-tomense. Trata-se do Palácio do Governo onde funciona os Gabinetes do Primeiro Ministro e do Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, este último que por sinal tutela o sector da comunicação social.

Pelo que o Téla Nón apurou tudo aconteceu no dia 28 de Julho último. Relatos recolhidos pelo jornal Téla Nòn indicam  que no dia 27 de Julho passado, a Delegação da RTP – África em São Tomé e Príncipe foi convidada pelo Gabinete de Imprensa do Primeiro-ministro Patrice Trovoada para dar cobertura a conferência de imprensa que o Primeiro-ministro e Chefe do Governo iria dar a comunicação social, a luz da polémica a volta das eleições presidenciais de 17 de Julho.

Abel Veiga, jornalista da Delegação da RTP- África em São Tomé e Príncipe, foi destacado pela estação televisiva para acompanhar a polémica eleitoral. O Téla Nón, sabe que o jornalista esteve no dia 25 de Julho no Palácio da Justiça onde o Presidente do Tribunal Constitucional José Bandeira, anunciou os resultados definitivos das eleições presidenciais de 17 de Julho, e interpelou o Juiz Presidente  sobre a polémica eleitoral.

No dia 26 de Julho, o mesmo jornalista foi enviado pela RTP – África para participar na conferência de imprensa dada pelo Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Alberto Pereira, em que vários aspectos da polémica eleitoral foram abordados, como resultado das questões colocadas pelo jornalista da RTP-África.

Dia 28 de Julho, estava assim marcada a conferência de imprensa em que Patrice Trovoada, enquanto Primeiro-ministro, iria falar sobre a polémica eleitoral e o momento político nacional.

15 minutos antes da conferência de imprensa marcada para as 11 horas de 28 de Julho, a equipa de reportagem da RTP se dirigiu ao Palácio do Governo. O jornalista Abel Veiga, de caminho para o local, orientou o seu colega de trabalho, operador de imagens,  a seguir para o mesmo local. O operador de câmara chegou em primeiro lugar ao Palácio de Patrice Trovoada.

O Jornalista que vinha na sua viatura, chegou logo depois. Estacionou o carro ao lado da carrinha da RTP, e se dirigiu ao Palácio. Na porta de entrada do edifício público, encontrou um segurança. O Jornalista informou ao segurança que ia entrar para dar cobertura à conferência de imprensa.

O segurança responde: É o Abel Veiga? Sim disse o Jornalista.

O segurança: Olha acabei de receber uma ordem de que Abel Veiga não pode entrar nesta conferência de imprensa.

Abel Veiga : Não estou cá como Abel Veiga. Vim em nome da RTP-África, o operador de imagem acabou de entrar e vou ter com ele para trabalhar.

O Segurança: Sim. Mas acabei mesmo agora de receber esta ordem de que Abel Veiga não pode entrar.

Antes que algo pior o acontecesse,  o jornalista telefonou para a redacção da delegação da RTP – África em São Tomé e Príncipe, procurando entender o que estava a passar.

Recebeu indicações da RTP para regressar a delegação. Quando chegou a redacção, foi informado de que alguns minutos antes, do seu telefonema para pedir esclarecimentos aos seus superiores sobre o bloqueio a sua entrada no Palácio do Governo, a delegação da RTP-África recebeu um outro telefonema de Albertino Fernandes, assessor de Imprensa do Primeiro Ministro Patrice Trovoada.

O assessor Albertino Fernandes informou a estação televisiva de que o jornalista Abel Veiga, não pode comparecer na conferência de imprensa do líder Patrice Trovoada.

Pelo que o Téla Nòn apurou, o Jornalista tinha questões interessantes a colocar ao Primeiro-ministro caso não fosse proibida a sua entrada no edifício público e naquela conferência de imprensa.

O Téla Nòn, deu conta que se o Gabinete de Patrice Trovoada, aceitasse a entrada do jornalista Abel Veiga no Palácio para em conferência de imprensa questionar Patrice Trovoada sobre vários aspectos relacionados com a polémica eleitoral de 17 de julho, teria sido também algo histórico.

Porque desde que é Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, nunca antes Abel Veiga e outros jornalistas são-tomenses bem identificados, tiveram acesso a um face a face de perguntas e respostas com o Primeiro-ministro.

Tradicionalmente são jornalistas bem seleccionados da Rádio Nacional e da TVS, que interpelam Patrice Trovoada quando este convoca uma  conferência de imprensa.

Téla Nòn

Notícias relacionadas

  1. img
    Cravid do Faice Responder

    Mais uma trapalhada da ADI.

  2. img
    Fidel Responder

    Onde chegamos, minha gente!!! Parece inacreditável o caminho que estamos a trilhar. É muito perigoso este caminho. Sinceramente que estou desiludido e temo muito pelo noso futuro. Nunca esperei ver isto no meu país.

  3. img
    cacau Responder

    A verdadeira ditadura se instalando no pais.
    Quem viver verá

  4. img
    Rafael Mendes Caeiro Responder

    Meus senhores vocês estão a brincar?
    É preciso todos nós, Partidos políticos da oposição, sociedade civil organizada, confissões religiosas …, estar-mos unidos, vigilantes e falar-mos numa só VOZ quer internamente quer para o exterior, sobre esta deriva totalitária que se instalou em STP.
    É preciso dizer, que infelizmente tudo quanto se consegui depois de 1991, coma abertura democrática foi posto em causa pelo ADI,
    Hoje em STP, não existe liberdade de opinião, de expressão e mesmo de pensamento.
    Há uma forte Sensura ao nível da comunicação social pública, e tentativa de silenciar as impressa privada. Existe uma manipulação da opinião pública e perseguições dos que não pensam igual a elite no poder.
    O ADI foi recuperar tudo quanto, pensávamos ter ficado para a história das ilhas. Vê-se muito bem que o ADI é um partido saudosista e apegado ao passado.

  5. img
    Guida Gostosa Responder

    Isso já está a roçar aos extremos de abuso de poder! Este Patrice Trovoada está a recolonizar São Tomé e Príncipe. A culpa não é dele, mas sim do MLSTP e PCD, que não souberam conduzir o país de forma justa, quando tiveram o poder. Até quando o povo santomense vai aturar os caprichos do Patrice Trovoada?

  6. img
    Bem de S.Tomé e Príncipe Responder

    Isto comprova que o chefe de governo não é democrata.

  7. img
    "beleza africana" Responder

    …este é só um cheirinho daquilo que irão provar nos próximos anos…ahahahahahahhahahahah.boa sorte

  8. img
    Revoltado com ADI Responder

    Abel entra sim, la não propriedade de Miguel Trovoada nem tão pouco do Patrice Trovoada! Patrice Trovoada só pode estar doído! Só pode…

  9. img
    ZIZI FERNANDES Responder

    Será que isso corresponde a verdade?
    Bloquear a passagem de um jornalista a uma Conferência de Imprensa?
    Bom, antes de tecer alguma opinião gostaria por favor tela non, ter mais informações.

  10. img
    Poder Absoluto, Ditadura do ADI... Responder

    Sinceramente Patrice Trovoada de forma que está perdido, vai começar a mandar matar gente que não está do seu lado.

    • img
      Emiliano Responder

      Caro poder absoluto , disso não tenho a minma duvida. É que o sr. (Dr)? Emery Trovoada é um ditador nato, o sangue de ditador corre pelas suas veias.
      A ditadura vai acabar de se concretizar no dia 3 de Setembro em São Tomé e Principe.Para aqueles que lutaram para por fim a ditadura neste país neste momento vão ver todo o esforço desoendido a ir pela água abaixo. Era de se esperar por esta situação, o pai de Sr. Miguel Trovoada não votou no referendo para amnudança do regime. Agora tenham cuidado, porque há muitos bufos espalhado , que fazer. Mas o culpado de tudo isso foi o sr.Dr.Manuel Pinto da Costa e o SrDr.Gabriel Costa que colocaram que colocaram o ditador no poder.

  11. img
    Filho do Povo Responder

    A democracia pouco a pouco com o Patrice Trovoada esta morrendo. Na realidade se nós não unirmos, seja dentro ou fora do país para combater esta doença que este senhor nos trouxe, neste caso em São Tomé dentro de pouco tempo teremos uma colónia de família Trovoada e dos sócios de ADI.
    Quanto mais cedo a força da população, políticos, confissões religiosas unirem para pormos fim a este novo poder de maldades que no país esta nascendo hoje, antes poderemos parar com isso para sempre.
    Hoje já fecharam a boca a RPT – África, amanha a toda a população.
    Sá quá cu ça télá nón?

  12. img
    Falção Responder

    2018..Supostamente será, o momento para todos os que estão contra a actuação deste Governo e do seu Líder PM. Unirem
    Criar um novo partido, para fazerem frente ao ADI..
    o trabalho terá que começar já..Ficar aqui a mandar bocas.. não resolve a situação de S.T.P
    Cade espírito..???????????????

  13. img
    rapaz de riboque Responder

    Meu Deus o nosso país esta a entrar numa ditadura eu até tinha consideração por este senhor mas estou a ver que ele é mesmo aquilo que muita gente diz , pena é que no nosso país o povo só olha para um lado esta na hora de mudar-mos isto temos muita gente no país e fora do país para conduzirem os destinos do país unidos venceremos não deixem morrer a nossa liberdade

  14. img
    ADELINO DOS SANTOS Responder

    Ele não deixou Abel entrar para conferencia de imprensa do governo porque ele não tem capacidades de resposta das perguntas e não sei que chama esse homem de doutor e isso me da muita piada só pode ser doutor dos bestas e dos burros como ele mais ele tem dias contado São Tomé e Príncipe tem Deus poderoso.

  15. img
    realista Responder

    Bem feito para Akeles k votaram no E.C povo isto so comesso ate o dia 3 d setembro.depois vai ser pao pao keijo keijo.

  16. img
    nos votamos agora temos que aguentar Responder
  17. img
    santomense Responder

    Patrice Trovoada, onde fica a liberdade de imprensa? Este comportamento que o Sr. tem não existe em democracia.
    Acho que Patrice Trovoada ficou com medo das perguntas quentes que Abel iria fazer.
    As perguntas que a TVS e Radio Nacional fizeram foram elaboradas pelo próprio Patrice Trovoada, ou seja já estavam de acordo com o gosto do freguês.
    Abel Veiga e RTP África, quando Patrice Trovoada vos mandar calar, gritem bem alto, não se intimidem, informem bem ao povo como têm feito.
    Abel Veiga tem feito muito calor ao Patrice e ADI.Força Abel Veiga.
    Deus abençoa STP, porque assim estamos bem fritos.

  18. img
    Felisberto santo Responder

    E esta a democracia que o pt pretende para sao tome e principe? Onde ja se viu isso? Entramos numa nova era de ditadura. Muito ainda esta para acontecer em sao tome e principe

  19. img
    democratic Responder

    Abel Veiga, considero -lhe melhor jornalista em São Tomé e Príncipe e se o tal messias que não tem habilitação literária decidiu posicosionar-se desse jeito, era de esperar. Quem viver, Vera. Jamais seremos livres,jamais teremos liberdade de imprensa. Um dia o povo irá ordenar, é o povo quem mais ordena.

  20. img
    Vexado Responder

    Isto era de esperar desse individuo.
    No entanto, espanta-me ver senhor varela, levy nazare e outros a defenderem essas actitudes. Pessoas que levam uma vida social rindo com as pessoas mas por detras fazem e tomam atitudes como estas, baixas e atentatorias ao bom funcionamento da sociedade.
    Hoje é o sr. abel veiga o visado. Amanha se for o sr levy, varela e outros…vão ameaçar caos caos caos…juntamente com os agentes infiltrados dos bufalos.
    O Páis está em perigo iminente…

  21. img
    José Frota Soares de Barros Responder

    Boa tarde meus compariotas.
    Isto ainda é muito cedo, quem tiver vida e saúde terá oportunidade de assistie mais deriva deste senhor que não representa ninguém mas só o interesse cooperativo.
    A máquina está a olear-se, quando entra em movimento será o fim deste povo pacifico.
    Há este peço com todo amor para começarem a dedicar mais ao trabalho de modo a poderem revindicar das promesssas feita por este ditador maniaco rancoroso, e que quer se transformar num monstro em pleno séc.xx1.
    A televisão pública e a rádio está sobre controlo estatatal mais não se esqueçam para que ela funcione é necessário a contribuição paga pelos povo.contribuites. Estes meios de comunicação só servem, quando as informações que são veiculadas sejam verdadeiras justas e com imparcialidade.
    Será que este povo não tem nada a dizer sobre o quotodiano a sua volta, faça entrevista de modo que possam adesabafar os seus sentimentos e as amarguras.
    Não serve só passar imagens de gente,que até pensam que esta cativar o povo mas pelo estam a desmotivá-lo com farsa.
    Este dito 1º primeiro ministro está a governar ou desgovernar até parece um cacheiro viajante.

    Meus amigos quem viver, verá.

  22. img
    Me Solo Responder

    Bem feito!
    Povo burro e materialista. Voces quiseram comprar independencia com ouro que ADI vos ofereceu, agora cuidado que nem com o Aco poderao se defender.

  23. img
    o foragido Responder

    Patrice Trovoada ameaçou o próprio Sr BISPO D.Manuel António que fecharia a Radio Jubilar caso não acabasse com o,programa de debate nos sábados de manhã na Radio Jubilar.
    E o Bispo não teve outra escolha. O programa foi suspenso.
    Também já ameaçou o Delegado da RTPAfrica em S.Tomé o Sr Henrique Vasconcelos.
    A DEMOCRACIA ESTÁ EM PERIGO em S.Tome e Príncipe.

  24. img
    malebobo Responder

    PT, pensa que ele dono de stp, ai ele se engane, as historia é um percurso, um dia ele ainda vai arrepender isto porque ele não conseguir agradar as todos

  25. img
    Teresa Responder

    Deixa ver, o Abel é único jornalista que ainda não foi comprado e que lhes está a fazer frente. Claro, agora entendo o comunicado de a dias e a razão de o não deixarem entrar. Ele haveria de fazer-lhe pergunta que não saberia como responder. Não quiseram o Pinto porque era ditador, era o passado, da lugar ao outro e regressamos ao mesmo porque só assim conseguem fazer algo? Doentes. O Fascismo já terminou a anos. Deixa o governo trabalhar, por favor!

  26. img
    Tony Responder

    isso é só começo, mais uma prova viva TVS.GOV e RNSTP.GOV,
    Abel Veiga, São Deus Lima, Juvenal Rodrigues e José Bouças, são Jornalista proibidos estarem face a face com PT, surpreendido com perguntas.
    Desde quando viram Ambrozio Quaresma a participar na conferência de impressa com PT, lembro foi quando os 100 dias da governação levantou a questão de arroz 13contos.
    Viva a Democracia.

  27. img
    Francis Mekano Responder

    O princípio de muita coisa: perseguicao,censura, e muito brevemente prisoes arbitrarias. Em cada momento da historia cada povo tem os dirigentes que merece e o povo deu tudo ao ADI ,agora vao comer o pao que o diabo amassou.

  28. img
    Rato Responder

    Falha muiiiiito grave!!!

  29. img
    Bobo danço Responder

    Qua Sá bi povo cá bi pia qua co penupenu nas bé fá

  30. img
    Vic Responder

    A solução para, ou, a melhor forma de erradicar situações do genero, requer uma rápida mudança de metalidade.

    Vejo de longe nas redes socias circulares entitulados ” AS MARAVILHAS DE STP “, sabe-se todavia, que a realidade é bem mais triste.

    a) Um país que emplora ajuda externa para suster o orçamento de estado, devido à má gestão e escolhas desenformadas dos representantes políticos.

    b) Elevados índices de inflação, incapaz de gerar riquezas, em que a MISÉRIA está bem espelhada logo a entrada do aeroporto internacional.

    c) Cómica definição da democracia.
    “Agora em risco a liberdade de espressão, contudo, o povo tem sido sempre fiel a misera prática da cidanania e direitos humanos”. O simples direito de exercer a atividade profissional independentemente do PARTIDO POLITICO, a separação do poder político entre setores em que ótimo funcionamento depende da qualifição dos técnicos e não da sua orientação política como a EMAE.

    O que se esperar de um país em que o primeiro ministro resume-se apenas ao apelido “Trovoada”, ao invés, das suas aptidões e qualificações académicas?

    -UM Trovada mau orador, péssimo líder e sem afeto a nação
    -Incapaz de apresentar uma estratégia para relançar a economia
    -Dito corrupto, e que prentende instaurar o medo, e amordaçar a população.

    Deve-se unir, manifestar-se o descontentamento e reivindicar sem passividade o direito a voz e a justiça.

    Cumprimentos

    • img
      Quidide Responder

      Caro (a) Vic, espero que os leitores, levem a sério o seu comentário que resume perfeitamente a nossa triste realidade. Pela primeira vez na nossa história temos um governante que para além de toda a má índole que o caracteriza, não tem afeto nenhum à nação que dirige ou melhor que finge que dirige. Isso é muito preocupante e é urgente agir em defesa da pátria!
      Caso contrário o país entra numa ditadura sem precedente!

      • img
        Vic Responder

        Quidide – Obrigado pelo apoio.

        Como natural de STP, embora ausente, durante anos ignorei os problemas do nosso país, que tem infelizmente vindo a perder o brilho e a admiração pelo mundo fora devido à corrupão.

        Saudades dos tempos em que lia nos olhos de todos a vontade e o desejo de um dia visitar STP.

        Durante um periodo de férias, vi o desespero nas paisagens, nas ruas, nos mercados bem no centro da capital, e etc…etc…

        E o sofrimento nos olhos dos mais desfavorecidos, “os jovens ” e aqueles que embora inteligentes, por falta de PADRINHOS, ou fraco sobrenome, carecem de OPORTUNIDADES.

        O sistema é viciado e corrupto, mas tivemos uma boa educação!

        PORQUE não emancipar a sociedade ao invés de apenas criticar?

        Cumprimentos

        • img
          Quidide Responder

          Mas como emancipar a população? Pessoalmente não pertenço a partido nenhum. A união é que faz a força como sabe. Sugeri uma petição para reivindicar a anulação dessas vergonhosas eleições. Se ninguém fizer nada esse país está perdido…

    • img
      Vic Responder

      Nota referente ao meu comentário.

      Expressão – e não esspressão.

      Apologies!

  31. img
    explicar sem complicar Responder

    O meu caro amigo ELIAS COSTA tanto vem atacando o nosso grande jornalista Abel Veiga com comentários nocivos em tudo quanto é canto nas redes sociais e de forma particular com esta notícia sobre o impedimento da entrada do jornalista Abel Veiga no gabinete do primeiro ministro.
    Já agora gostaria encarecidamente de pedir ao meu amigo Elias Costa, meu conterrâneo do príncipe a comentar AO PÚBLICO COMO TEM FEITO, esta notícia que segue no link abaixo:
    http://www.odisseiasnosmares.com/2016/08/em-s-tome-ninguem-deu-esta-noticia.html

    • img
      José Carneiro Responder

      Elias Costa , filho daquele que foi o maior ditador depois da independência, no Principe.Destruiu famílias até a sua própria.
      Mandava prender pessoas arbitrariamente.Assaltou tudo no Principe.
      Filho de peixe não sai outra coisa. ELias grande bandido que se encontra fugitivo da justiça de Aveiro.

  32. img
    fungi maguita Responder

    ELIAS COSTA!
    Grande bandido. Você é a vergonha de nós de Principe.
    Essa maldição você bem sabe porque está a pagar agora.
    Bandido,cigano.

Deixe um comentario

*