00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Gabão a ferro e fogo após as eleições prova que STP é diferente na África Central

São Tomé e Príncipe e o seu povo são diferentes em termos de exercício democrático ordeiro e pacífico no contexto da África Central. Não é em vão que durante a recente polémica eleitoral nas eleições presidenciais, o mundo se manifestou preocupado com o que se passava nas ilhas verdes do golfo da Guiné, que foram sempre um exemplo de liberdade, transparência e justiça na realização dos actos eleitorais.

Mesmo com toda polémica e muitas dúvidas sobre a transparência do acto eleitoral de 17 de Julho último, nas cabeças de uns e outros, a paz que é uma das maiores riquezas de São Tomé e Príncipe, não foi abalada. As decisões do Tribunal Constitucional, muito contestadas pelos candidatos que se sentiram prejudicados nas eleições de 17 de Julho, acabaram por ser acatadas em obediência a democracia.

Os são-tomenses, terão ferido uns aos outros nas últimas eleições, e insistem em continuar a ferir uns aos outros, com rancores, ódios, invejas, etc etc, mas sem tiros, sem derramamento de sangue.  A polémica eleitoral de 17 de Julho, foi uma autêntica bomba, que só a recusa dos são-tomenses à violência, evitou a sua deflagração. Como sempre ninguém morreu e cá estamos todos. São Tomé e Príncipe e o seu povo são diferentes na África Central.

No vizinho Gabão, bastou a comissão eleitoral nacional anunciar os resultados provisórios das eleições presidenciais do último sábado, que deram vitória ao Presidente Aly Bongo com vantagem de apenas 5 mil votos sobre o líder da oposição Jean Ping, para o país vizinho viver uma situação de quase guerra civil.

A Assembleia Nacional foi incendiada logo após o anúncio dos resultados provisórios. A Guarda Presidencial entrou em acção e assaltou a sede de campanha de Jean Ping, alegadamente para deter homens armados, tendo feito 2 mortos e vários feridos. «O povo gabonês está em perigo. É preciso virem nos ajudar contra o clã Bongo», declarou Jean Ping.

Antes da divulgação dos resultados provisórios, o candidato Jean Ping, ex- ministro dos negócios estrangeiros do Gabão, que desempenhou também as funções de secretário executivo da União Africana, havia anunciado a sua vitória nas eleições presidenciais.

Os seus apoiantes que desde quarta – feira saíram as ruas da capital Libreville e da cidade económica de Port – Gentil, denunciam fraude nas eleições presidenciais, que deram vitória tangencial ao Presidente Aly Bongo, herdeiro do seu pai Oumar Bongo na presidência do Gabão.  A família Bongo governa Gabão há mais de 50 anos.

Segundo os resultados provisórios Aly Bongo arrecadou 49,8% dos votos contra 48,23%) de Jean Ping.

Bastou este anúncio de resultado para confrontos tomarem conta do país vizinho. Recentemente São Tomé e Príncipe, assistiu a sua CEN anunciar vitória de um candidato presidencial na primeira volta, e algumas horas depois a dar o dito pelo não dito, tendo ainda por cima denunciado que houve falhas gravíssimas e repetitivas no acto eleitoral.

Sem motins, sem confrontos, tudo caminhou em paz. São Tomé e Príncipe foi e continua a ser um exemplo singular de democracia e paz, a seguir por toda África.

Abel Veiga

Fotografia extraída da – Jeune Afrique

Notícias relacionadas

  1. img
    cacau Responder

    Aly Bongo perdeu claramente as eleições, mais a ganância de perpetuar no poder fez com que este e os seus apoiante optasse pela fraude o mesmo que aconteceu com Evaristo de Carvalho que de forma estupida deixou que o tal messias que por acaso é o braço direito do Aly Bongo comprasse tudo e todos até mesmo o presidente do supremo tribunal para que em colmeia cometessem uma gigantesca fraude dando Victoria ao EV.
    A violência não se instalá em S.Tomé por ser uma terra abençoada,”sabe se la até quando porque tudo indica que o PT quer tudo menos a instabilidade e paz”
    Quem viver verá
    Viva a passividade dos santomenses e que a paz continue a reinar no nosso meio.

  2. img
    Maria Responder

    Sr jornalista, nao sei como é que pode considerar STP, como um exemplo? francamente!!!!

    So porque nao houve motim, nao quer dizer que tudo esta certo. eleiçoes fraudulentas, justiça nao foi transparente, e fico-me por aqui. STP é um exemplo para quem? A menos que a justiça e a democracia tenham outro significado!!! é exemplo porque o povo aceita as fraudes sem lutar pelos seus direitos. é um exemplo porque o povo desde a base ao topo cala-se quando recebe “banho, por incrivel que pareça mesmo os cientistas sociais dificilmente dao uma opiniao, quando o fazem é para irem ao encontro da opniao dos orgaos de soberania. ja nem falo nos melhores jornalistas saotomenses que foram postos à margem.

    uma oposiçao fragmentada, para nao dizer ausente; odeiam-se uns aos outros em surdina. pessoas incapzes de manifestarem uma opiniao publicamente. basta ler os comentarios do seu jornal para ver que as pessoas nao estao em paz e um bom numero de cidadaos nao esta contente com o rumo que essas eleiçoes tomaram, e com a vida dura que se leva nas ilhas com um salarios de miseria, contudo nao se manifestam.

    Os Sao-tomenses nao usam armas mas sabem bem como marginalizar e oprimir aqueles que nao fazem parte do sistema.

    Talvez os sao-tomenses ao contrario dos nossos irmaos gaboneses, nao devem ter coragem pare reivindicar os seus direitos?

    se olharmos bem o mecanismo é o mesmo, o poder passa de pai para filho. Miguel Trovoada foi presidente, cria um partido sob medida para o filho, que se apodera de todos os orgaos de soberania de maneira fraudulenta, e pela compra de consciencias, isto é Democracia? desde quando? Isto é paz, ou sera que as gentes na minha terra vivem cheias de medo e nao têm coragem de manifestar a sua opiniao? por enquanto o dinheiro do banho compra uma paz ficticia… enfim, so comCristo

    • img
      Quidide Responder

      Cara cidadã Maria, a senhora tocou no nosso calcanhar de Aquiles. Se a pudesse ver dava-lhe um fortíssimo abraço.
      Eu fico incrédula com tanta pacificidade, com o silêncio de toda a oposição! Ninguém para defender os nossos direitos enquanto cidadãos descontentes e indignados com essa palhaçada eleitoral. Tudo foi consumado debaixo do nariz e dos olhos dos partidos da oposição. Credo! Até dá vergonha de assumir a nacionalidade santomense nos tempos que correm. Só nos resta colocar a nossa fé e esperança no Senhor Deus até que ele se compadeça de nós.

  3. img
    malebobo Responder

    obrigado Abel Veiga e o seu jornal tela non, sempre a nos brindar com noticias importantes e atualizadas, um único que não estão a favor de governo de messias

  4. img
    Eusebio Neto Responder

    Sobre esta situação que ameaça seriamente a estabilidade da sociedade gabonesa com fortíssimas possibilidades de transbordar até S. Tome e Príncipe, oferece-me lembrar aos caríssimos amigos e amigas compatriotas sobre o que eu escrevi sobre as sombras e escuridão que absorveram as ultimas eleições presidenciais no nosso pais. É deste fenómeno que eu tenho medo. Com o “assalto” ao poder feito por um grupo para dominar todas as esferas de soberania nacional, pode nos levar á uma situação semelhante. E razões para esse susto não nos faltam porque se trata de uma questão de carácter africana, particularmente continental. Os que nasceram lá, normalmente são menos pacíficos e muito mais determinados a seguir as suas ambições pessoais que doa a quem doer e que custe o que custar,

    Deus acuda o povo gabones.

    Abs isso

  5. img
    Emilio Freitas Responder

    Se fosse vc, Telanón, não estaria tão seguro disso. Na verdade ando receoso com o que nos aguarda em 2018. Dada a ligação do homenzinho com os jurássicos africanos e particularmente Ali Bongo, e a tendencia demonstrada nas ultimas eleições com policias diante da TVS e mais setores, uma demonstração de força desnecessária, não estaria tão seguro dessa nossa passividade no futuro. Hoje vemos coisas que não viamos anteriormente. Pra mim pelo que tenho acompanhado das eleições no Gabão, desde as eleições passadas, a degradação da vida do gaboneses, e o que vem sendo escrito depois da votação deles, fica claro que houve fraude, msm o ministro do interior do gabão, numa das reportagens que li, ainda ontem, admite isso. Ping ganhou as eleições mas é bongo que vai governar. Nos proximos anos estejamos preparado para o gabones que adotamos e fizemos nosso manda-chuva, quem viver verá, tenho dito. Nas nossas eleições não houve sangue porque a parte contestante decidiu pela altivez ao inves de braço de ferro.

  6. img
    Escola da Máfia Gabonesa Responder

    PT trouxe os maus e maléficos hábitos de Gabão, a diferença é que, povo STP é um povo covarde,aceita toda porcaria que nos entra o país. Viva o povo Gabonês, Viva a Democracia! Abaixo fraude eleitoral, abaixo povo de Dubai!

  7. img
    Força Responder

    Se houve fraude, é mesmo assim que o povo deve agir.
    Em STP tb devia ser assim, mas infelizmente o povo é muito medroso. Evaristo Carvalho será um Presidente de fraude.

  8. img
    FÉDÉ KÁ DÓXI Responder

    Caro Abel,
    O povo não pegou em armas, porque se fizeres mal a um Sãotomense, se fores ver a árvore biológica lá estarás, a não ser que os teus pais sejam estrangeiros de origem e não esteja aqui mais de 50 anos.
    Será que agora podes falar com qualquer pessoa na rua? podes manifestar o teu descontentamento em qualquer lado? Faça para ver o que te acontece.
    Porque razão este ou está aqui a Marinha Naval Gaboneza (Fuzileiros) Alguma vez os Presidentes anteriores tiveram isso? Só na 1ª. República estiveram os Cubanos e as FAPLAS. Mas nunca intervieram na nossa política e falavamos a vontade. Hoje? S.Tomé e Príncipe tem nome Santo o Senhor proverá.
    O PT está fazendo tudo para ter a liberdade de lavar o seu dinheiro e tornar-se mais rico de Áfricae certamente STP tornar-se base de lavagem e de branqueamento de capital. Coitado do Povo Gabonês.
    O que se passou em S.Tomé é a lição estudada que oPT trouxe de Gabão.
    Enfim!

  9. img
    Explicador Meu Responder

    Mesmo o Evaristo Carvalho é um Presidente Mal eleito? Só conseguiu 42% do eleitorado, se é que isto é mesmo verdade. Por isso no meu entender não têm credibilidade.
    58% do eleitorado o rejeitaram.

  10. img
    auó Responder

    Francamente.
    As eleições que decorreram em São Tomé e Príncipe, em que se anunciou que um candidato venceu a primeira volta e depois deu-se dito por não dito, não tinham razões para conflitos porque o maior lesado na primeira volta, foi aquele que de acordo com o anúncio da comissão eleitoral já se tinha dado como eleito a primeira volta.
    Por isso festejou. Horas depois acabou a festa porque a mesma comissão anunciou que havia enganado.
    Esse candidato é que deveria reclamar. Mas, foi a pessoa que nem se quer tocou no assunto, e preparou-se para segunda volta.

    • img
      felixbeto Responder

      O candidato Evaristo não poderia reclamar porque ele proprio partcipou no engano e na manipulação da primerira volta festejando uma vitoria que não existeu. Ele tinha que pedir perdão naquela altura, pedir perdão ao povo e aos outros candidatos. E o assunto se esclareceu porque os outros candidatos reivindicarão a manipulação dos votos e levaram á Comisão Electoral Nacional a desmentir a vitoria de Evaristo (novamente errando nos motivos da não vitoria do mesmo).

  11. img
    cacau Responder

    Meus senhores até quando vamos fingir de ser cegos.
    O Evaristo de Carvalho não foi eleito pelo povo.
    Este coitado foi declarado presidente pelo falso e mendigo presidente do supremo tribunal, o falso e mendigo presidente da comissão eleitoral e para não deixar de fora a Propriá abstenção.
    Não foi a vontade do povo

  12. img
    Rodrigo Cardoso Cassandra Responder

    QUERO AQUI CHAMAR ATENÇÃO DE TRÊS PESSOAS O PRIMEIRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA VESTES DO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL, O SEGUNDO O SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO ELEITORAL NACIONAL,E O TERCEIRO O SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL.
    ESTES SENHORES COM O DEVIDO RESPEITO DEVERÃO NA MINHA OPINIÃO PENSAR E REVER AS SUAS RESPECTIVAS POSIÇÕES SE AINDA DEFACTO REUNEM CONDIÇÕES PARA CONTINUAR A OCUPAR AS FUNÇÕES QUE HOJE OCUPAM;SERÁ QUE AINDA SÃO CREDIVÉIS. COMO PODE A ASSEMBLEIA NACIONAL FICAR IMPOTENTE PERANTE TUDO O QUE ACONTECEU DURANTE O ACTO ELEITORAL.COMO É QUE A ASSEMBLEIA NACIONAL VAI DAR POSSE AO PRESIDENTE ELEITO NA PRAÇA PÚBLICA ISTO É UM ACTO NA MINHA MODESTA OPINIÃO DE DESVALORIZAÇÃO MAS AINDA DE UM PRESIDENTE QUE POR SI SÓ JÁ FOI ELEITO COM MENOS VOTOS DO QUE ABSTENÇÃO. E A SI CONFIRMAR A AUSENCIA DOS DEPUTADOS DE OPOSIÇÃO REDUZ AINDA MUITO MAS A POSIÇÃO DE LIDERANÇA DO COITADO DO IVARISTO QUE POR TUDO QUE JÁ FEZ PARA O PAÍS NÃO MERECE ISSO. MAS ENFIM NÃO ESTANDO NAS IMEDIAÇÕES DOS GOVERNANTES SÓ ELES SABERÃO PORQUE TANTA HUMILHAÇÃO AO NOVO DITO PRESIDENTE ELEITO,, COITADO DO IVARISTO COMO SEMPRE ACEITA TUDO ENFIM ISSO É PAÍS,,,, NÃO ACREDITO

  13. img
    Guadalupe Responder

    Carissimo Sr Auó. Esse candidato não reclamou e nem tinha que absolutamente nada para exprimir em relação a batota, porque ja sabia e muito bem das fraudes elaboradas pelo sistema da qual faz parte. O sr Auó tem dúvidas disto? Se tem, nem devia aqui comentar esta atrossidade. Descula. ”Concê na môdê n’gue bega-fa” Boca feixada não sai asneiras e nem entra porcarias.

  14. img
    explicar sem complicar Responder

    UMa mensagem para TVS mais concretamente para JOÃO RAMOS coordenador da TVS.
    Assim que ALI BONGO autoproclamou a vitoria fraudulenta ( aliás da mesma forma como aconteceu com a 1ª volta em S.Tomé) nos resultados provisórios da CNE, foi motivo de festa para TVS inclusive toda a peça para telejornal foi feita por próprio João Ramos,porque ouvi a sua voz é imagens foto captadas da Internet!
    Agora PERGUNTO,
    Porquê ,que como todos sabemos o Gabão está a ferro e fogo, inclusive a comunidade europeia está exigindo a RECONTAGEM dos votos e a TVS não tem a vontade de brindar os TELESPETADORES com actuais notícias sobre a situação que está decorrendo em LIBREVILLE uma vez termos aí uma comunidade Santomense?????
    Pelo visto até pode-se presumir o porquê né!

    • img
      explicar sem complicar Responder

      Obrigado Tela Non.
      Depois desta critica aberta eis que a TVS mandou Sao Deus Lima e Tanara Aguas fazerem 2 peças que passaram no Telejornal desta noite, sobre a situaçao com relação aos resultados das eleiçoes presidenciais em GABAO.
      Que vergonha.
      Tela Non JUNTOS SOMOS UM.

Deixe um comentario

*