Destaques

CEN manifesta-se surpreendida com a celeridade e transparência das eleições em Cabo Verde

Numa nota de imprensa enviada a redacção do Jornal Téla Nón e assinada pelo seu Presidente Alberto Pereira, a Comissão Eleitoral Nacional de São Tomé e Príncipe, diz foi convidada para acompanhar as eleições presidenciais em Cabo Verde realizadas no dia 2 de Outubro.

Alberto Pereira que chefiou a delegação da CEN, diz que teve oportunidade de percorrer diversas mesas de voto nas ilhas de Santiago e São Nicolau. No seguimento do processo eleitoral em Cabo Verde, a CEN de São Tomé e Príncipe, visitou o Núcleo Operacional da Sociedade de Informação de Cabo Verde e o Data Center Cabo-verdiano.

Duas bases tecnológicas que desempenham papel determinante no processo de divulgação dos resultados provisórios das eleições em Cabo Verde. «A delegação são-tomense ficou surpreendida com a rapidez e transparência com que todo o processo de divulgação dos resultados eleitorais decorrem em Cabo Verde», refere a CEN.

Segundo ainda a nota de imprensa da CEN, a referida plataforma que garante transparência e rapidez ao processo eleitoral cabo-verdiano, «poderia ser muito útil na credibilização dos resultados eleitorais em São Tomé e Príncipe», precisa o documento assinado por Alberto Pereira.

A CEN anuncia por outro lado que «irá tudo fazer para que muito brevemente São Tomé e Príncipe possa contar com a consultoria técnica e a colaboração do NOSI de Cabo Verde, no desenvolvimento de soluções similares para a divulgação de resultados provisórios nos futuros pleitos eleitorais em São Tomé e Príncipe», conclui a nota de imprensa da CEN.

Abel Veiga

 

    25 comentários

25 comentários

  1. Ta ligado

    11 de Outubro de 2016 as 5:15

    É que lá, eles são realmente profissionais, são responsáveis, trabalham para o bem estar do país e do povo cabo verdiano. O amor ao país fala mas alto, do que qualquer outro tipo de interesse.

  2. Costa Pedro

    11 de Outubro de 2016 as 7:30

    Alberto Pereira devia é ter vergonha na cara antes de fazer estas afirmações. Ele foi e é manipulado pelo Patrice trovoada e por isso as coisas saíram mal em S. Tomé. Em S. Tomé tudo é batota e mentira. O Alberto Pereira é o pior Presidente que já passou pela comissão eleitoral. Depois desta declaração ele devia é pedir a sua demissão.

    • rapaz de Riboque

      11 de Outubro de 2016 as 11:23

      se mantivesses calado neste caso não escrevesses estas tolices ganhavas um prémio de inteligência com esta ganhas de ignorância

    • fla so

      11 de Outubro de 2016 as 15:40

      Haaaa. Tealmente ele foi o pior presodente da CNE porque ele nao se embarcou na vossa estrategia que era para lhe pressionar de modo que ele demitisse para p Pinto conrinuar etermente no poder. Querias. Ele foi mais inteligente e registiu a vossa pressao. Foca mano. Nos esta cu bo….

      • Trovoada 30 milhoes

        11 de Outubro de 2016 as 21:17

        Realmente ele ficou surpreendido com nivel d transparencia e respeito as leis do país em cabo verde, pensando ele k todos os países eram assim como sao tome e principe e gabao onde para chegar ao poder usa-se a força e bandidagem e fraudes eleitorais. Agora reparam o país se faz favor pork eu sou professor e até hoje dia 11 de outubro eu ainda nao recebi salario. Faz despacha e paga os salarios aos funcionários.

        • EX

          12 de Outubro de 2016 as 10:46

          Teu mambo ainda não caiu?

  3. luisó

    11 de Outubro de 2016 as 8:18

    Santa paciência, este descobriu isto agora.

  4. manuel antonio dias

    11 de Outubro de 2016 as 8:53

    Alberto Pereira quem te viu e quem te vê! Estás a envergonhar todos jovens baianos. És uma nodoa. Devias é pensar primeiro antes de falar. Com esta declaração o Alberto Pereira acabou de avaliar o trabalhado que ele tem prestado na CNE. Trabalho mau. Alberto Pereira, estás ainda há tempo. Peça a tua demissão e assim sairás bem na fotografia.

  5. André Pinto Sousa

    11 de Outubro de 2016 as 9:01

    Credo Alberto Pereira. Diabo leva você. Alberto Pereira é um bandido, corrupto igual ao corruptor Patrice Trovoada. Vai dormir Adelino Pereira.

  6. malebobo

    11 de Outubro de 2016 as 9:57

    este senhor não tem caracter, e alias nem deveria fazer essa declarações, porque tudo o que se passou aqui em stp, em relação a eleição foi uma autentica vergonha e palhaçada, tudo manipulado por senhor pt

  7. Vexado

    11 de Outubro de 2016 as 10:10

    É evidente que outra apreciação não podia ser senão esta mesma. Porque, uma comissão eleitoral constituida por individuos proivenientes de gestão de cabos electricos, dj e “montador” de festa conjugada com um presidente oriundo de uma area diversa que exerce actualmente mais pressão do primeiro ministro, fica patente o desnorte e aganancia em prejuizo do povo nacional.

    Este presidente é um sem vergonha assumido e agarado ao tacho, porque se fosse um homem com sentido de responsabilidade e que prima pelo rigor, devia seguir o caminho adoptado pelo Roberto Raposo.

    Com este primeiro ministro que gosta de dar show off, uma lastima…tantas viagens que secou o país de divisas

  8. Tungo

    11 de Outubro de 2016 as 10:38

    Na verdade, o que ditou a surpresa do ato Eleitoral presenciado pelo Presidente da Comissão Eleitoral Alberto Pereira, foi a imparcialidade, na perspetiva que os Cabo-Verdianos têm em ver Cabo Verde crescer com transparência isso sim.
    Por outro lado, reafirma que a ultima Eleição ocorrida em STP, foi manipulada como assumiu mas ñ fês o certo, demitir-se das Funções.

    Deus proteja meus .

  9. João Gomes

    11 de Outubro de 2016 as 11:10

    ….aihaiiai!Sr. Alberto Pereira não inteirou do orçamento e do financiamento do NOSI-Núcleo Operacional para a Sociedade de Informação (…). Um abraço de Cabo Verde!

  10. EX

    11 de Outubro de 2016 as 12:17

    É que aqui as leis funcionam e há um respeito pelas as instituições e elas são credíveis.
    E as pessoas são profissionais e levam as coisas a serio, e não podemos dizer o mesmo das nossas instituições em STP.
    Só pra vos lembrar que até aos anos 90 STP era bem mais visto em todos os sentidos em relação ao Cabo Verde.

    Agora são eles a nos ensinar o pai nosso de cada dia

  11. filho da terra

    11 de Outubro de 2016 as 13:02

    E o que temos só com paciência!!!!

  12. Matumbo

    11 de Outubro de 2016 as 14:11

    Issa é das Declarações Mas infeliz que já vi em toda mha vida””Ou esse Senhor não sabe que é presidente da CEN!!!!ou seja com essa Afirmação ele provou que é Mesmo incompetente””fraco””

  13. Jorge Trabulo Marques

    11 de Outubro de 2016 as 14:43

    Sr. Alberto Pereira. Mesmo que tenha aprendido algumas coisa, com a transparência das eleições, em Cabo Verde, é tarde de mais – As falhas gravíssimas, que ocorreram com a eleição fraudulenta de Evaristo Carvalho, em S. Tomé, são irreparáveis – sim, a que o Téla Nón aludiu em http://www.telanon.info/politica/2016/07/27/22429/pr-da-cen-denuncia-falhas-gravissimas-nas-eleicoes-de-17-de-julho/ – Valha ao menos a esse momento em que a boca lhe fugiu para a verdade, dificilmente poderiam ter acontecido naquele pais – Por isso mesmo, devia sentir-se envergonhando de ali se apresentar a chefiar a delegação da CEN, com um currículo tão manchado e desacreditado – Pois, quem não é honesto, por natureza, como demonstrou ter sido o seu procedimento, jamais aprenderá a corrigir-se com os bons exemplos

  14. Nosso Dubai

    11 de Outubro de 2016 as 15:45

    Oh Alberto, sujaste a tua ficha, até a tua quinta geração! Serás absorvido pela historia!
    Hoje tenho vergonha de dizer que foste meu professor de francês.

    Peça a sua demissão! Bandido…

  15. António Teixeira

    11 de Outubro de 2016 as 16:28

    Desculpe mas não consigo acreditar no comentário do Sr Presidente do CEN…Então se visse o voto electrónico do Brasil, se calhar desmaiava… Com o que já se roubou dava para ter o melhor sistema em STP, só que era complicado… não se podia forjar eleições!!!! Por favor ganhe competências e se for possível volte a ter um cargo de estado em STP

  16. cacau

    11 de Outubro de 2016 as 19:44

    Com estás declarações só posso repetir a famosa frase” perdeu uma grande oportunida de estar calado”
    O meu senhor será que sempre que for a abrir a boca vai sempre falar babuseira??
    Chega de nos envergonhar, peça demissão e tenta ver realmente qual é a sua vocação profissional, esqueça vida facil……

  17. Wilker André

    12 de Outubro de 2016 as 10:22

    Pois, Impressionado com a inteligência de CV ? O senhor viu, trata-se de um trabalho de casa bem organizado, e de um povo inteligente, interessados a trabalharem para o Desenvolvimento do seu povo e do Pais.
    Eu Wilker da Silva André, Contribui para criação deste Núcleo Operacional da Sociedade de Informação de Cabo Verde e o Data Center que o senhor teve oportunidade de visitar,, Fui em 2007 a 2008 técnico informático, a prestação de serviço a comissão Eleitoral de CV, na recolha de Dados e criação de base de dados para CNE em CV,, Preocupado com a situação de São Tome e Príncipe, na altura, Solicitei ao meu supervisor o apoio para criar um projecto para base de dados em S.T.P, ele deu todas as indicações, Inclusive informou que os equipamentos digitais que usamos, era oferta de EUA, e com a possibilidade de entregar ao pais que necessita-se após o termino do projecto,, Fiz o projecto Enviei para CNE de São Tome e Príncipe, dei Ideias de como conseguir os equipamentos Digitais.. Os Desgraçados, Interesseiros, Orgulhosos e Pior de Tudo Burros, atrasados, Pegaram o Projecto Fizeram carta para o Governo Cabo Verdiano, Pediram equipamento, Fizeram esta primeira tentativa de criar base de dados em S.T.P, mal executado, Nunca procuram Saber quem e Wilker Andre, e chamar para participar ou melhor executar o seu próprio Projecto.. Poderia estar aqui a Dizer mais coisas a volta disso.. Mais pronto,,chega o Desabafoo bjxx e a Abraços

  18. STPalerta

    12 de Outubro de 2016 as 10:57

    Meus caros,
    Alguém sabe me explicar porque que desde 2013 que não subimos no ranking da transparência. Continuamos no lugar 66 com 42 pontos. Isto quero dizer que com a entrada do famoso 16°Governo constitucional, liderado por dr. Patrice Trovoada, não fez nada para melhorar a nossa situação e no meu entender está piorando. Na avaliação de 2017 tiraremos as nossas ilações. Haver vamos.

  19. Maria Ricardo

    12 de Outubro de 2016 as 18:43

    Alberto Pereira de facto, perdeu a credibilidade institucional e pessoal. É um homem sem carater k nao devia estar no lugar k ocupa. Um dia, a justiça divina ha-de lhe julgar. Bó mé ku ubuê bô…

  20. Ralph

    12 de Outubro de 2016 as 23:56

    É um assunto de organização e dinheiro. Muitas nações em volta do mundo conseguem realizar eleições que são justas, transparentes e rápidas. O que faltam em STP são o dinheiro, a experiência humana e o nível de organização para efetuar o tipo de eleições que vemos noutros lugares. Não esquecendo a vontade dos políticos de permitir que tudo isto aconteça (algo que frequentemente é de falta). Por isso, é muito importante que as agéncias santomenses viajem para onde boas eleições sejam realizadas para que possam aprender o que tem de ser feito na sua própria terra.

  21. Júlio Neto

    13 de Outubro de 2016 as 13:29

    S(C)em palavras..!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo