00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Tó Zé e a UMPP revelam crescimento da ilha do Príncipe nos últimos 10 anos

Desde o ano 2006 que o poder político na ilha do Príncipe saiu das mãos do partido MLSTP, e concentrou-se na UMPP. Um movimento da sociedade civil que congregou gentes de todas as sensibilidades políticas na região autónoma do Príncipe, e que se transformou na força política dominante na ilha.

Tó Zé assinaJosé Cardoso Cassandra, vulgarmente conhecido por Tó Zé, nome que por sinal gosta mais de ser chamado, se afirmou desde 2006 como líder da UMPP e consequentemente da ilha do Príncipe, tendo conquistado maiorias absolutas consecutivas nas sucessivas eleições regionais realizadas no Príncipe.

Tó Zé e a UMPP, fizeram o balanço dos 10 anos de mandato, e chegaram a conclusão que Príncipe cresceu. «Há 10 anos as receitas no contexto regional não ultrapassavam os 600 milhões de dobras. Hoje 10 anos depois, as receitas ultrapassam os 50 mil milhões de dobras», afirmou.

Crescimento das receitas internas da região autónoma justificadas também com a política de atracção de investimentos levada a cabo pelo Governo Regional. Uma acção política no quadro da autonomia administrativa que para a sua materialização não faltou choque entre o Governo da Região do Príncipe e o Executivo Nacional baseado em São Tomé.
O acordo de investimento assinado pelo Governo de Tó Zé, com o grupo privado sul-africano HBD, que permitiu o desenvolvimento em curso de turismo ecológico no Príncipe, é um exemplo. Um projecto que permitiu a modernização de infra-estruturas fundamentais como o aeroporto do Príncipe, e que contribuiu para a certificação da ilha como Património da Biosfera da UNESCO, gerou na fase inicial, choque político com o poder central de São Tomé. A determinação do Governo Regional apoiado pelo povo da ilha, na defesa do destino por eles escolhido, acabou por dar vitória ao Príncipe.

Segundo Tó Zé Cassandra, a atracção de investimentos privados para o Príncipe, ditou «a diversificação da economia regional e sobretudo o aumento da receita fiscal no contexto regional», frisou.

No sector da educação, o parque escolar da ilha do Príncipe cresceu, para dar resposta a política do Governo Regional de aposta em primeiro lugar no homem, na sua formação. «Conseguimos 14 centros escolares e jardins-de-infância. A nível da saúde construímos vários postos sanitários em várias comunidades», acrescentou, Tó Zé.

PríncipeNos últimos 10 anos, 80% do território habitado da ilha do Príncipe passou a ter acesso a energia eléctrica.

Com pouco mais de 7 mil habitantes, o Governo Regional e o povo do Príncipe escolheram a protecção da sua exuberante e diversificada riqueza natural, como destino para progredir através do turismo ecológico, e a produção de matéria-prima biológica como o cacau.

Na ilha onde habitam espécies de plantas e animais únicos no mundo, o Governo regional considera que o progresso alcançado nos últimos 10 anos, poderia ser mais expressivo caso a ilha maior São Tomé, não fosse abalada por tantas crises políticas nos últimos anos.

O poder regional do Príncipe, conviveu com 6 Primeiros-ministros da República, e conheceu 7 Ministros das Finanças da República nos últimos 10 anos.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Firmino Responder

    Muito bem. Continua neste rumo.Quando se tem um projeto, estabilidade política, vontade de trabalhar e ver o país ou região a avançar e sobretudo capacidade de mobilização o resultado só pode ser positivo. Muitos parabens senhor presidente do Príncipe. Continua a trilhar o seu caminho que o seu nome vai ficar na história deste país e desta ilha. Aqueles que tentam atrapalhar o desenvolvimento da sua ilha, de má-fé, com sabotagem responde-lhes com mais trabalho e empenho ou simplesmente ignora-os.

  2. img
    Nosso Dubai Responder

    Crescimento no bolso dele. Ele pensa que engana todo mundo. Deixa-lo.

  3. img
    Francisco Pina Responder

    Antes de mais muito bom dia.
    Aí, Aí, Aí!!! Esses nossos políticos que ainda contentam com muito pouco.
    É verdade que 600milhões é 1,2% dos 50 mil milhões, mas agora pergunto, esses 50 mil milhões é suficiente para cobrir as despesas correntes da Região? Como está o saldo Primário Hélio Lavres?
    O Tó Zé fala tanto mais tanto do investimento externo mais concretamente do grupo HBD do Sul Africano, até que ponto tem havido mudanças significativas na vida da população da Ilha? Como tem sido a política e a valorização dos quadros da Região na atribuição dos salários pagos por essa empresa?
    Falta a verdadeira infraestruturação da ilha a transformação das velhas e antigas infraestruturas da Região em Arquitecturas modernas que ainda está muito a quem…
    Quando se fala da energia, é triste! e lamentável ouvir isso por parte dos dirigentes da ilha, quando se sabe que ela não é 24horas sob as 24 horas, e os cabeças da UMPP, sabem que essa situação é insustentável ” Assim que for 0 horas, o Príncipe entra num total estado de escuridão e frustrante para quem lá vive”, e vem-se falar da energia.
    Um outro aspecto que está bastante preocupante tem a haver com saneamento do meio, porque quando lá chove e como estamos na época de chuvas o Príncipe torna numa ilha de charco e lamaçal total.
    Associado a este facto está ainda por resolver e não é por falta de meios, mais de visão e estratégia a questão de saúde que muito nos preocupa, quando se assiste que doentes, e cidadãos tem acidentes na Região e aquele Hospital DR. M. Q Dias da Graça não é capaz de dar respostas, por falta de várias especialidades e muitas vezes por falta desse ou de aquele reagente, enfim!!!
    No entanto vem o Tó Zé fazer Balanço dos 10 anos da Governação ainda com a sua mente curta e sem a capacidade de pensar e olhar com a estratégia e verdadeira vontade de fazer. Este só engana mesmo aqueles que têm visão fechada.
    Que o nosso Senhor Jesus Cristo filho Ingénito de Deus dê ao Príncipe num futuro próximo um verdadeiro dirigente e que pensa com olhar de pensar.
    Um bem haja ao meu Príncipe.
    Muito Obrigado pela oportunidade.

  4. img
    Filipe Coelho Responder

    Meus parabens senhor Tozé Cassandra pelo trabalho realizado na ilha do príncipe. Estive lá recentemente e há 17 anos e só posso dizer que estão de parabens. Nota-se mais dinamismo, mas iniciativas, mais investimentos e até as pessoas não andam a pedir dinheiro nas ruas como lá fui da anterior vez. Gostei do investimento que fizeram no Belo Monte e na roça Paciência. Está lindo. Ilhéu Bombom está ótimo. O aeroporto melhorou muito embora pudessem melhorar a logística e infraestrutura relacionada com as bagagens. Gostei muito da atenção que estão a dar as tartarugas e ao meio ambiente. Muito bom. Os meus parabens. Continuem a fazer avançar a vossa ilha. Se continuarem com este ritmo o Príncipe vai evoluir muito apesar de ainda existir muito por fazer.

  5. img
    Muito Bem Responder

    Deus te abençoe T C !!!

  6. img
    zagaia Responder

    Meus compatriotas,está aqui, o exemplo produzido no laboratório de que tudo é possível realizar se na vida,o problema está sempre na capacidade do líder(recursos humanos)e não noutros recursos.
    Esse senhor(Sr. José Cassandra) é um verdadeiro líder nato(já está no seu código genético), não o conheço pessoalmente,gostaria de conheço lo,para lhe dar os parabéns.
    Sem o conheçer,só na TV,para começar, a sua retórica transmite algo diferente em relação a outros líderes nacionais,fala com convicção e determinação, sempre bem apresentável,para além de outras características,atreveria me a apelida lo de ” MR.OBAMA DE PRÍNCIPE”
    Claro,ainda há muita coisa para ser feito….,mas os números falam por si,650 milhões para 50 mil milhões em dez anos,foram 75 por cento de crescimento nas receitas do estado em dez anos ou seja, 7,5 por cento ao
    ano. Desejo tudo de melhor para a sua administração.

  7. img
    António Monforte Responder

    Balanço muito positivo realizado por este senhor. Quer queiramos ou não eu acho que se trata de primeiro político neste país que faz um balanço da sua atividade. Gostei muito. Deveríamos criar este hábito dos políticos apresentarem contas aos eleitores da sua atividade. Não me interessa que venham dizer que ele fez isto ou aquilo sem provas para apresentarem estas acusações. Cheira-me aos adversários políticos que não têm capacidade para lhe defrontar nas urnas e recorrem a esta prática, ainda por cima utilizando o nome falso. Se ele estivesse a fazer o que dizem por ai de certeza absoluta que o povo do Príncipe não apostaria nele como tem feito. Isto dá para pensar. Senhor Tozé Cassandra continua a governar que o senhor já demonstrou que tem trabalho feito na sua ilha bonita que é o Príncipe. Muitos passaram por lá bem como aqui em S.Tomé e eu não sei o que fizeram por nós senão tratar das suas vidas.
    Bem haja pelo trabalho que o senhor tem feito.
    Assinado com o próprio nome: António Monforte de Oliveira

  8. img
    Tungo Responder

    Sum mé txitê rezám tê, txítê veguám fô? Pidú cuêçá qui txí víca fá cuíçê,txíçá viá viá nom minu íe txí fézê conhó fô, niguê tudo pé qui ué lálá, atxi foi qui tê sótxi, uó çê txi víca fá conhó qui íe reguê çê veguam atxi. Senho Tó Zé Senhor tem razão deverias mas é ter vergonha porquê que vieste dizer isso o Senhor só esta a perçoadir os filhos do Principe dizendo que, durante os dez anos a Ilha cresceu, pois saiba que dos que passaram por lá tiveste mas sorte com projectos para alavancar a Ilha, deverias mas é ter vergonha em divulgar isto coitado do meus irmãos que vivem na tua ditadura silênciosa, pra veres como esta a nossa praça só tânsita Trator devido estado que esta no tempo seco quando chove é pior mesma frente da sua residencia que fizes em menos que dois mêses.Tanto dinheiro entrado vc e teus lacaios estão a usurbar Santo António tem os olhos pra ver. Deus nos abençoe um dia mesmo..viva Minuíé Dues connosco Paçô.

  9. img
    Tungo Responder

    Quis dizer persuadir. Vê si faz e acaba com onda de jovens desempregados na grande maioria e sem saber do dia seguinte pra ñ dizer do futuro assim como as infraestrutura que até parece que passou por guerra tudo velho, pobreza total,mas tens estado a assinar acordos e mas acordos, o grupo HB tem feito a parte q lhes toca e tu porquê que com o que recebes do governo Central ñ faças a outra parte,vai pra onde aquela parte do governo Central, sua conta e dos seus lambe botas Príncipe é tão pequeno pra isso somos tds primos porquê esse sofrimentos td. Bem aja meus irmàos Santo António não dorme seremos felizes com a nossa pequinez um dia, paçôô rimá mé ouô pudu pé. Fui….

    • img
      pardal angustiado Responder

      Queres poder para safares…

      • img
        sol Responder

        Está tudo bem sim, mas perguntam ao Hélio, Secretário Regional das Finanças se as obras que ergueu em Abade cumpriu as tramitações legais. Por outro lado, se lá é uma comunidade, os postes de energia que custam cerca de 1.000,00 euros cada como é que fez lá chegar?. É oferta do empreiteiro? Se for, é muito grave, talvez para facilitar ao mesmo mais obras. Comprou? Duvido muito. Enfim. Perguntam ao Hélio como foi possível aceitar um funcionário arrastar um carro meio novo do Estado para sua casa e escavar o carro, só depois levar para leilão e o mesmo funcionário ficar com o carro(Funcionário das Finanças). O mesmo funcionário ficou com o Tratot Kubota em nome de uma associação. (QUE TIPO DE LEILÃO FOI ESSE?). Há mais episódios e gravíssimo. Fica pra depois.

  10. img
    Ilha do Príncipe Responder

    Meu amigo Tozé, o senhor tem todo o meu apoio cá na ilha do Príncipe para continuar a reformar esta nossa ilha. Eu nasci aqui, criei aqui e infelizmente nunca sai daqui. Qualquer dia espero que Deus me ajude a sair também para concluir a minha formação. Digam o que quiserem dizer o senhor fez mais para a ilha do Príncipe nos últimos anos do que toda esta gente que andou aqui a enganar o povo. Que Deus dá ao senhor muita saúde para aguentar este barco. A minha irmã apanhou bolsa devido ao seu governo. O meu primo saiu para Portugal devido ao senhor e hoje ele já é engenheiro. Nunca como hoje os estudante desta ilha tiveram muitas oportunidades como hoje. Olhem o aeroporto como está. Olhem as creches que foram feitas nas roças. Olhem os empregos que foram criados. Hoje só não trabalha cá no Príncipe quem é preguiçoso. O senhor merece uma estátua. Pode contar comigo para o que der e vier. Enquanto o senhor quiser eu estou ao seu lado para darmos cabo destes malandros que querem parar o desenvolvimento do Príncipe. Doa a quem doer. Acabou a brincadeira aqui no Príncipe. Acabou o tempo dos senhores Damião, Jaimes Costas e outros bandidos.

  11. img
    POVOS DAS ILHAS Responder

    Quer dar os meus parabéns ao Governo Regional do Príncipe, ao Senhor Zé Cassandra, a UMPP bem como a toda população do Príncipe.
    Este gesto do Sr. Cassandra é de louvar, tomara que todos os políticos das nossas Ilhas agissem assim.
    Um Pais que depende a mais de 90% das ajudas externas, também considero de positivo os 10 anos da Governação da UMPP do Príncipe.
    Nem tudo foi feito, mas temos consciência que em 10 anos não se conseguia transformar a Ilha do Príncipe em Dubai.
    Estive no Príncipe nas Festas de Agosto e muito recentemente ainda estive lá, o processo da energia electrica está em todas as localidades, faltando 2 ou 3 comunidades. A EMAE já fornece energia de 2ª à 5ª. feira das 06 da manhã até as 4 horas da madrugada e 6ª feira e sábado não para, domingo até às 4 horas. Isto já é um facto no Príncipe.
    De resto, todos somos livres em fazer as criticas, uns por não gostarem do Cassandra e outros por gosto.
    Disso tudo, quer deixar ficar aqui uma critica ao Sr. Tozé Cassandra e considero isso trabalhar com 2 pesos e 2 medidas.
    Se não vejamos:
    Porque sou uma pessoa que sigo os assuntos do Príncipe, muito embora não ser natural, gosto do Sr. Cassandra como político.
    Mas, foi próprio o Sr. Cassandra que orientou o Sr. Tebus Koker, Secretario da Saúde e Educação, para exonerar o Sr. ALDO LOPES como Administrador de Saúde por má gestão o que foi feito e venho a constar com os resultados da inspeção feita na Saúde do Príncipe em que o estado ficou lesado em mais de 300 milhões de dobras.
    Entretanto o Sr. Tozé, ainda a decorrer a inspeção, nomeia o Senhor ALDO LOPES como Director do seu Gabinete, retirando toda autoridade ao Sr. Koker que por sua vez devia colocar o lugar a disposição, mas como nos Santomenses não existe essa cultura, estamos a observar tudo isso.
    Todos os membros do Governo do Príncipe sabem isso, a UMPP, próprio o Sr. Tozé, sabe dessa irregularidade mas ninguém quer deixar cair o véu. É ainda do domínio público que o tal ALDO LOPES incriminou a actual Delegada Dra. Marisa, dizendo que ela também desviou fundo e mesma quer levar o caso do tribunal.
    Isto é uma grande vergonha para o Sr. Tozé Cassandra que aparentemente demonstra ser muito fiel aos seus princípios.
    O mais grave é que a própria Assembleia do Príncipe sabe do assunto, os Deputados da Oposição Conceição Moreno e minha ex-professora graça, não sei aonde andam, acordam se estão a dormir.

  12. img
    Mandinga Responder

    Meu caro amigo To Zé Cassandra. O seu trabalho aqui no Príncipe é incontestável. Digam o que disserem. Só não quer ver que não quer. Para estes não há nada a fazer. Eu só te digo ao senhor uma coisa. Bola para frente, fé em Deus e muito trabalho como tem feito. Nem Jesus Cristo agradou a toda a gente e não é o senhor que vai agradar. Desde que a população do Príncipe esteja consigo como está até agora vamos trabalhar, fazer avançar a ilha e deixar cães ladrarem enquanto a caravana passa. O meu muito obrigado por aquilo que tem feito para o desenvolvimento do nosso Príncipe. Se o senhor tivesse vindo mais cedo para cá muita coisa teria sido diferente. Mas enfim…

  13. img
    Sequeira Responder

    Sorte tem o Príncipe encontrar um líder como este senhor. Os bandidos que por lá passaram antes comeram tudo e andaram a gozar com o povo. Muitos deles ainda têm saudades deste tempo. Só que as coisas agora mudaram. De certeza absoluta que o Tozé Cassandra vai ficar na história do Príncipe como um líder que revolucionou aquela ilha.
    Um bem haja.

  14. img
    POVOS DAS ILHAS Responder

    Gostávamos que o Senhor ADELINO CASSANDRA, escreve-se algo sobre os 10 anos da Governação do seu irmão Tozé Cassandra no Príncipe.
    Julgamos eu seria no mínimo bom

  15. img
    sol Responder

    kikikikiki choringue

  16. img
    Luis Responder

    O mar que rodeia a Ilha do Principe, é um dos mais ricos em peixe. pena que esse recurso esteja tão mal aproveitado. O Estado de STP precisaria de apostar na pesca semi-industrial

    • img
      ADI conseguiu mas...não deixaram Responder

      Há uns anos o executivo de Patrice Trovoada tinha conseguido uma linha de crédito de Taiwan para o efeito, mas o Ex.Presidente Pinto da Costa mandou abaixo esse Governo, após uns dias da assinatura e ficou tudo em águas de bacalhau.

  17. img
    pardal angustiado Responder

    vamos avançar ou não?

  18. img
    Santo António do Príncipe Responder

    Eu não sou muito de falar ou escrever nestes espaços. Eu só quero dizer uma coisa. O senhor To Zé cá na Príncipe é como um Deus para mim. Podem dizer o quiserem dizer. Eu sei o que sofri durante 6 anos sem emprego, com mulher grávida e sem poder fazer nada. Era uma vergonha. Nesta altura pensei várias vezes em desaparecer da ilha. Não havia uma única alma que pudesse chamarme para falar comigo e com a minha família. Estive quase para ficar doido. Eu nunca esqueci isso. Podem dizer o que quiserem dizer. E eu sei quem estava no poder nesta altura cá no Príncipe. Conheço eles todos, um por um. Não me venham dizer que eu não conheço vocês. O Tó Zé chegou aqui, graças a Deus eu estou empregado, a minha mulher está empregada, faço meus negócios e a minha vida está muito bem.
    Não me venham agora com conversas de fazer boi dormir a dizer isto e aquilo para regressarmos ao tempo anterior de exploração de povo pequeno. Peço vocês desculpas mas isto eu não vou permitir. Se for assim vamos para campanha forte porque eu também sou desta terra. Vou com Tozé para onde que ele quiser. Não vou admitir que aqueles que já encheram o bolso e nada fizeram volte outra vez a fazer o Príncipe voltar para trás. Nem pensar nisto. Deus e Santo António livra príncipe destas pessoas.

  19. img
    Pernanbuco Responder

    Que Deus dá vida e saúde a este senhor presidente do príncipe que nos tem tirado da miséria e vergonha aqui no príncipe. Santo António anda com o senhor todos os dias e noites. Que os malfeitores, demónios e satanás sejam cegos, surdos e mudos e não atrapalha a vida da população do príncipe que começou a melhorar com este presidente.

  20. img
    Porto Real Responder

    A minha preocupação não é Tozé. A minha preocupação cá no Príncipe é quando o Tozé resolver ir embora quem é que vem para cá fazer pelo menos metade daquilo que ele fez neste anos. Isto é que me preocupa. Sejemos sinceros. As pessoas que eu vejo aqui que querem candidatar para este lugar são Ângela Costa, Conceição Moreno, o Burro que é presidente regional do MLSTP, o Namber, o Nestor, o Damião Vaz de Almeida, a Graça e mais um ou outro. Eu pergunto a mim mesmo se estas pessoas estão a pensar bem se alguma vez o povo do Príncipe vai escolher elas para governar. Eu sinceramente que eu não estou a ver como é que isto vai acontecer. Isto poderia acontecer a 15 ou 20 anos. Agora eu não sei não. Tenho muitas dúvidas mas Deus é que sabe coisa dele. Vamos ver o que é que dá.

  21. img
    Gabimouro Responder

    Eu peço desculpas das pessoas que estão a comentar mas ninguém fez aqui no príncipe aquilo que este presidente está a fazer. não levem a mal mais é minha opinião. cada um diz o que sabe. Eu só voto no Toze e mais ninguém. eleição de s.tomé eu já não voto nunca mais. Aqui no principe só voto tozé e mais nada. vão mais é catar macacos. Preguiçosos e ladrões.

  22. img
    Escola Primária Responder

    Porto Real se for esta a lista de candidatos para o cargo de presidente do governo regional, Ângela Costa, Conceição Moreno, António Burro, Namber, Nestor, Damião de Almeida e Graça, eu vou já dizer ao Tó Zé Cassandra para nem sequer se candidatar e mandar uma segunda linha para este trabalho. Estes são muito fracos. São comidos como carapau frito. Apanham uma grande banhada de 7 a 0 como da outra vez. O To Zé Cassandra se são estes candidatos deve fazer como Almirante Balão. Mandar Burlante enfrentar estes fracos. Sortibão já é muito forte para eles.
    kikikikikikikikkikikikikikikikikikikikikikikikikikiki

  23. img
    Almirante Balão Responder

    Já acabou o tempo de brincadeiras cá no príncipe. Antigamente os senhores moladô cá da terra abusavam das pessoas, mandavam prender, não davam bolsas aos filhos do povo e faziam das suas como coisa que o príncipe fosse deles. Agora quem manda nas urnas é o povo. O povo põe e o povo tira. Querem tirar o nosso presidente Tozé Cassandra organizem-se e venham para as eleições. Ai é que vamos ver quem tem unhas. O Tozé a dormir é mais inteligente e político que vocês todos juntos acordados. Dá-me uma grande lança para com ela sair a campanha. Aguenta só.

  24. img
    elias almeida Responder

    nós temos de reconhecer qui o príncipe muito anos atras ñ havia nada em construção, dai cm o novo governo tudo tem vindo a mudar ,ñ vamos ser ingrato cm as ambições do novo governo, se calhar a ilha do príncipe mudou e muito em bora cm as dificuldades q enfrentamos. Meus muito parabéns to Zé cassandra

Deixe um comentario

*