00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

SACRIFÍCIO

Os são-tomenses foram convidados pelo Primeiro Ministro Patrice Trovoada, para uma sessão de sacrifício, para vencer a crise económica e financeira.. Patrice Trovoada que Governa São Tomé e Príncipe desde 2014 considera que o país se encontra numa situação muito difícil.

O líder descreveu a situação actual, que obriga o aperto dos cintos. «As contribuições dos nossos parceiros, algumas falharam», declarou.

«Saímos de um período eleitoral relativamente longo», acrescentou.

As dificuldades financeiras que se registam nos países vizinhos como Angola e Nigéria complicam a situação. Patrice Trovoada, acrescentou o Gabão como outro país cujas dificuldades tem impacto negativo para o arquipélago são-tomense.

São parceiros tradicionais, que nos últimos anos deram contribuição importante nomeadamente no financiamento do orçamento Geral do Estado são-tomense. Destaques para Angola e Nigéria. «Reflexos também a nível das nossas relações económicas e comerciais com eles, nomeadamente algumas situações que surgiram no país, relativamente a circulação de divisas e de capitais. Todos esses elementos levam a algumas dificuldades nomeadamente na arrecadação de receitas», explicou Patrice Trovoada.

São Tomé e Príncipe importa tudo, até o mais simples prego. Os importadores começam a registar dificuldades na obtenção de moedas de referência internacional como o dólar e o euro, para garantirem a aquisição de bens e serviços no mercado Europeu, e assim abastecer o mercado nacional.

Patrice reafirma que a situação é difícil. «Agora… que a situação está difícil está.», pontuou. No entanto, garante que tudo está sob controlo e que não justifica pânico. «O importante é que a situação está controlada. Temos um programa com o FMI, estamos a ser seguidos e controlados e não há razões para pânico», confirmou.

Para inverter o quadro difícil, o apertar dos cintos é uma necessidade urgente. «Temos que fechar algumas torneiras, as poucas que ainda pingam», avisou, para depois ditar a sentença. « É preciso um pouco mais de sacrifício», apelou.

Antes de ganhar as eleições legislativas de 2014 com uma expressiva maioria absoluta, e depois de assumir o cargo de Primeiro-ministro e Chefe do Governo, Patrice Trovoada, prometeu aos são-tomenses DUBAI. Algo parecido com um paraíso.

Analisando a escritura sagrada, a Bíblia, e o significado que dá ao termo SACRIFÍCIO, tudo indica que falta pouco para os são-tomenses chegarem ao paraíso ou DUBAI.

Quando o Messias, como também é designado o Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, por milhares dos seus militantes e apoiantes, convida os seus fiéis para o SACRIFÍCIO, é segundo os relatos da bíblia, o momento alto de ligação directa entre o homem e o divino. Ou seja, é o caminho mais perto para se chegar ao paraíso, no caso concreto ao DUBAI.

Patrice Trovoada, baptizado “Messias” pelos são-tomenses e louvado pelas populações de várias comunidades como sendo Jesus Cristo que regressou a terra,  anunciou que «Vamos tentar ultrapassar esta fase difícil dentro de 1 a 2 meses».

Tudo aponta que em finais de Dezembro de 2016, a profecia se cumprirá.

Note-se que o relatório da última missão do FMI que esteve no país, orientou o Governo a actualizar o preço dos combustíveis ainda este ano.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    pedroantonio Responder

    Patrice uma vez mais com conversa de fazer boi dormir. Manda Patrice Dormir. O Patrice é muito brincalhão e tem toda a razão porque há um dilatado que diz o seguinte: Cada povo tem o dirigente que merece

    • img
      Joana Cassandra Responder

      Para muitos que não visualizam o futuro simplesmente por não terem esta capacidade era bom seguir o Patrice Trovoada porque ele é um verdadeiro génio. Explico porquê.
      O Patrice Trovoada é um desses homens em que na historia da humanidade preenche o perfil de aqueles de coragem que arriscam muito e, por isso conquistam também muito. felizmente é o nosso chefe do governo.

      Começou a governar um pais destruído por MLSTP/PSD com apoio do PCD em que nos bairros que circundam a capital as pessoas não tinham água, energia , estrada e saneamento. Nas antigas roças não havia energia agua e acessos completamente destruídos. Um pais em que não pagavam as suas obrigações nas diferentes agências internacionais como OIT, ONU etc. Na ilha do Príncipe não havia estrada hoje esta sendo feito e a cidade de Santo António esta sendo arranjada. A onde andavam? O que faziam e o que fazem hoje os malandros das ilhas? Estão a onde? Escrever é fácil fazer é outra coisa.
      Este gesto de ímpar de Patrice Trovoada é a diferença. Ele encara o Pais como um desafio para sair vitorioso . Segue em frente Patrice o Senhor é um empreendedor na politica . Deus lhe abençoe

      • img
        FCL Responder

        Felizmente és uma espécie em vias de extinção..acorda pequena..

      • img
        Vexado Responder

        Pergunte ao Sr. deputado Levy Nazaré porque que ele não explica o porquê de tantas viagens?
        Porquê que o país não avança mais, porquê dos atrasos do salário, porquê que foi atestado ao Sr. agostinho o certificado de incompetente da universidade Patrice trovoada, porque que Patrice não aparece na assembleia,porque que não foi apresentado o orçamento de estado?
        Muitas questões…

  2. img
    E. Tavares Responder

    A pergunta é será o próprio primeiro ministro está disposto a fazer o sacrifício que ele pede a população? Porquê que senhor primeiro ministro não poderia dar um exemplo a população começando a viajar menos. Será que é custo pedir mais sacrifício para uma população que vive a vários anos na miséria e senhor acaba de viajar talvez na classe executiva com destino a vários países europeus mais também vai participar na cimeira de clima no Marroco, será que é prioridade participar em cimeira de clima enquanto não temos luz, o salário é pago em atraso? O QUÊ DE CONCRETO ESTA VIAGEM VAI TRAZER PARA A MELHORIA DA SITUAÇÃO ATUAL?

  3. img
    Sacrifice Responder

    Inicio da nova era, com um presidente e um primeiro ministro a falarem a mesma língua estão reunidas todas as condições para o país avançar…”Palavra do Messias”.. só que não disse avançar para aonde.. Quando os santomenses se aperceberem que este primeiro ministro só precisa do poder para as suas “negociatas” vai ser tarde demais.

    • img
      seabra Responder

      ….avançar para o ABISMO!
      Eis o objetivo do Vagabundo -Corrupto-Laràpio Patrice Trovoada.
      Enquanto os dao-tomenses, nao lhe tratarem como ele merece, que é de lhe dar um SUPER PONTAPE nas traseiras, para que ele voe, definitivamente, via Gabao, saia de vez de STP, ele continuarà a roubar e a gozar com o povo, que vai “pagando e rindo”.
      A situaçao é grave…muito grave, se aos sao-tomenses nao se ERGUEREM para salvar o pais e a sua populaçao, que està na AGONIA, por causa deste Vadio-criminoso e dos seus associados Mafiosos.
      PT anda em viagens de negocios privados/pessoais, para o seu bolso, em nome de STP, enquanto a muçulmana -espôsa faz trabalhar os marabus(custam fortuna), para manter o PODER DEMONIACO de Dominaçao, no povo e na meia dùzia dos seus servos, entre eles o A.Varela.
      Pergunto aos outros responsàveis politicos da oposiçao, que esperam eles para reagirem e dar um fim a este ABUSO e DESORDEM governamental em STP. Serà que nao hà HOMENS em STP?
      Como é possivel, que uma minoria de Cambalacheiros, dominem a cena politica e levem de rastos STP, sem que haja corajosos para pôr um fim a esta mascarada. ATE QUANDO,GENTE?
      Tem que se ser firme, determinado, corajoso, para enfrentar estes CORRUPTOS totalitàrios…é por essas, que se dà conta que STP obteve a sua independência na “BOLEIA” das outras colonias (GRATUITAMENTE), sem nunca ter conhecido a RevoluçaO, mesmo uma pequena revolta…eis porquenao têm acçao. Mas jà é tempo de se levantarem para lutarem e obter a sua autonomia, a sua liberdade, os seus direitos e deveres…o povo nao tem so deveres, nao é ele quem deve sacrificar-se, para que os OPORTUNISTAS gozem …estes CHULOS DO GOVERNO jà gozam demasiado (aliàs, é ùnicamente a casta que goza do pais…), enquanto os outros morrem de fome, vivem na miséria.
      Patrice Trovoada e Corja, vao mas é CATAR!
      Continuem a ABUSAR…preparem-se pelas consequências a vir…” à vos risques et pèrils”!!!

  4. img
    Sou Do ADI Responder

    PT é autêntico erro de Casting!

  5. img
    Fia Kundu Muala Vé Responder

    Primeira medida após a “Independência dos Colonos Negros” é pedir ainda mais sacrifício!

    PT este teu toque já não combina

  6. img
    Dubai Responder

    Esse desgraçado deve mas é parar de fazer viagens desnecessarias a custa do dinheiro do estado.
    É muita cara de pau desse gajo qd ele pede sacrificio a esse povo que vive sacrificado todos os dias.
    Se esse senhor cortar nas suas 20 viagens mensais, de certeza que o povo não terá que fazer grandes sacrificios.
    Abusado do homem pá.

    • img
      Paraiso Responder

      Todos criticam que o PT, mas ninguem diz onde sai o dinheiro para pagar os custos de viagem do PM. Quanto custa o valor total de despesa me viagens mensais de Patrice Trovoada?

  7. img
    Adi-Aldrabão-Gatuno Responder

    Recorrendo ao extracto da musica “GANDÚ Ê,BÔ ALÊ DOMÁLI CUN ZÓLO BÓCA SHKÁ GLITÁ PÁ TUDO PÔVÔ VALÊ BÔ…”, fica claro aos olhos de todos, com o alarido d PATRÃO d ADI, q o país bateu no fundo do poço com as politicas de perseguição, enriquecimento ilícito e promoção de incompetência(exemp:Ministro de Agricultura sem 9ª classe e outros.) e Sr. “PATIFE” está a procura dum jeito para abandonar o barco! Kidalêôôô…bacuê DUBAI kú pôvô côiê!

  8. img
    Teresa francisco de Jesus Responder

    Este Patrice Trovoada quer enganar quem? Este HOMEM esta a ficar maluco. Todo mundo pode fazer sacrifício mas o Sr. PT não. Porquê? O homem está constantemente a viajar e vem agora pedir ao povo sacrifício. É demais! BRINCADEIRA TEM HORA.

  9. img
    Felicio de Apresentação Responder

    Brincadeira. Isto é uma “Gozação” STP está de tangas. Nunca o país esteve tão mal como está hoje, em 41 anos, Nunca.

    E ainda o gajo vem dizer que ainda existem algumas poucas torneiras que pingam? Quais se não é as inúmeras viagens desnecessários que ele o Patrice faz para tratar dos seus negócios.
    O tipo vai em nome do Estado santomense, e fica no hotel a receber suas gentes árabes e outros fazendo suas negociatas.
    Ainda vem faltar-nos com respeito, nós que lhe demos votos e apostamos no ADI.
    Quem viver verá, como vais acabar

  10. img
    Martelo da Justiça Responder

    Até agora estava tudo bem e até prometeram-nos o DUBAI. De um momento para outro entramos numa crise profunda ao ponto do nos pedirem mais sacrifícios. Só pode ser brincadeira. Depois da saída do Pinto da Costa da cena política, o Patrice perdeu todos os argumentos para justificar todos os males de São Tomé e Príncipe. E agora o problema é a crise económica dos nossos vizinhos. É preciso ter cara de lata. Este Senhor nunca me enganou!!.Vamos comer o pão que diabo amassou.

  11. img
    POVO BILI WÊ Responder

    Os politicos sim deve fazer sacrificios.
    Sacrificio de:
    - não viajar em excesso com dinheiro do país. O primeiro ministro e Assembleia Nacional deviam parar de gastar dinheiro com viagens desnecessarias.

    - Deixar de comprar carros de luxo ;

    - devem pagar agua e energia como o povo paga ;

    - os ministros têm que deixar de receber dinheiro de renda de casa, a excepção dos que não têm residencia fixa em STP. A maioria dos ministros recebem dinheiro para pagar renda. Agora pergunto, que renda vão pagar se a maior parte tem casa propria?

    Resumindo é concluindo, deixemos de viver a grande e a francesa num país cujo orçamento de estado depende 90% de ajuda externa.
    Se esses governantes de meia tigela cortarem principalmente nas viagens, quase de certeza que o país não chegaria a essa situação.
    Patrice Trovoada se quiser conhecer o mundo que pague com seu dinheiro.

  12. img
    Tungo Responder

    Francamente, onde para os valores depositados na Caixa Geral de Deposito em Portugal e outros mas, costuma-se a dizer, Procurou encontrou, já era de esperar dês da primeira governação em 2010 já havia este feitio de aperta o cinto para colocar o povo com fome esse é um desrespeitando com tds nós.

    Mas Deus é Pai.
    Bem haja a Todos nós.

  13. img
    mlstpdigital Responder

    Ja era de esperar, eh bom que cada santomense tome conciencia, ainda vamos a tempo, quero ver a cara de presindente do STJ que embarcou numa aventura sem precedentes, eh so uma questao de tempo, o demoronamento ja comecou.

  14. img
    Cidadão do Mundo Responder

    Meus Caros Compatriotas, não sei como é que há Sãotomense que ainda cai na conversa deste trambiqueiro. No inicio deste ano, depois do OGE2016 ter sido aprovado, o Ministro Américo veio a comunicação social afirmar que o Governo dispunha de 98% das verbas para executar este orçamento e isso foi confirmado pelo PM Patrice Trovoada (a TVS tem registro destas declarações), como é que agora temos que apertar o cinto. Este homem já provou em diversas vezes que é um grande mentiroso. Veio a comunicação social dizer que STP foi condenado pelo tribunal internacional a pagar uma pesada multa e era mentira, noticia desmentida por tela-non com provas irrefutáveis. Veio dizer que jornalista recebeu arma da Presidência da Republica, tudo mentira, até hoje não conseguiu-se saber qual jornalista. Esse homem só sabe mentir e criar querelas entre os santumenses, está a nos distrair com esses tipos de coisas, pede sacrifícios, mas ele não para de viajar com verbas astronômicas saindo do tesouro publico.
    Si o povo não abrir olho com este trapaceiro, vai-se arrepender amargamente, homem é um artista na arte de mentir, enganar e voltar a enganar. Pergunta ao Agostinho Fernandes e companhia, o homem usa e depois descarta.
    Povoê bamu bili uê ou, mancé na bua fô…
    Que Deus tenha piedade de nós

  15. img
    Xixi Responder

    Ê bôbô. O povo santamente está a pagar pela inocência, ingratidão. O homem diz a maioria para fazer sacrifício mas para os juízes ele comprou novos caros para juízes. Alguns destes juízes até já têm caros. Aonde o Sr. Patrice Trovoada arranjou dinheiro para comprar novos caros para juízes? Tudo isto é o resultado de pão com chouriço e cerveja.

  16. img
    António Manuel Responder

    É bem feito para povo santamente. O povo irá passar por coisas piores. O Patrice Trovoada, seu governo e o ADI não têm solução para S. Tome e Príncipe. Prometeram muito e não estão a dar nada. Pelo contrário estão a tirar. Andaram a culpar Pinto da Costa e a oposição, a quem vão culpar agora?

  17. img
    Maria de Fátima Santos Responder

    Apertar os cintos! Primeiro gasta-se a torto e a direito durante dois anos, em campanhas sem fim e sem limites, viagens nunca bem justificadas, compromissos desmedidos, enfim… Demagogia torta, como se não houvesse ontem e o amanhã fosse tão distante. Faz-se promessas realizáveis somente na cabeça dos seus atores e talvez dos seus fiéis seguidores. No mesmo sentido persegue-se e calunia-se tudo quanto é diferente, justificando assim que os diferentes e incrédulos são a força de bloqueio para o almejado Dubai africano. Mostram-se peças de teatro mal ensaiadas nos jornais diários da TV e radio numa tentativa forçada de parecer, não sendo. E agora que a máscara caiu mandam fazer o quê? Apertar os cintos? Apertam-se cintos em barrigas vazias? E a culpa da crise é de quem? Da situação nos nossos vizinhos e amigos? Então os inteligentissimos e competentissimos não sabiam que o caminho deles só podia dar em crise? Quando se gasta o que se tem e que não se tem, o que se espera afinal? Aonde se meteram os compromissos assumidos(?) do famoso e pomposo STPinLondon? A nova e inovadora maneira de fazer cooperação não funcionou? E a melhoria do ambiente de negócios também não? E o emprego jovem, orçamento do cidadão, DUBAI? Nada? De nada valeram as mexidas e mudanças a 360 graus no setor público? Façam-me o favor! Tendo-se. Só me resta mesmo apertar o cinto! Se o encontrar…

    • img
      Maria de Fatima Santos Responder

      Onde se lê “Tendo-se” queria dizer “Rendo-me”

  18. img
    ROSTOV Responder

    Vamos apertar o cinto, quando não aguentarmos mais diremos chega. A escolha é nossa e porquê confundir?

  19. img
    Roberto Rocha Pinto Responder

    Aliás agora me lembro.Espero que Vocês também se lembram. O Patrice disse no inicio da sua governação e acredito existem registos que iria viajar menos, porque já teria feito todos os contactos. E agora, porquê que continua ainda a viajar tanto assim? Tratar dos seus negocios pessoas com o dinheiro do Povo? Claro, como poderiamos estar melhor? O país hoje está de tantas,cofre vazios.

    Esperava que após sua tomada de posse, seus bufos no Tesouro Público e no Banco Central disseram-lhe que só havia Euros 25.000,e agora quantos existem? Cinco ou dez? Se calhar nem isto. Com tantas viagens desnecessarias e que poderiam no seu lugar ir ministros ou Embaixadores acreditados no estrangeiro.

    Estamos Fdidos. Este sim é delapidador dos bens do Estado.Saiu pior que o pai.

  20. img
    MIGBAI Responder

    Calma minha gente.
    Daqui a 2 mil anos, tudo ficará resolvido.
    Deixaremos de ter problemas financeiros no ano de 4016 e sabem porquê?
    Somente porque o mundo deixou de existir.
    E se o mundo ainda existir, o oceano vai engolir estas ilhas, como vai engolir outras.
    Assim, deixem de criticar este e outros governos que possam surgir.
    Critiquem sim, é o fato de pinto da costa ter destruído estas ilhas com o desejo que tinha de uma independência rápida a todo o custo, sem ter ouvido, quem tanta vez lhe disse, que o melhor seria termos um prazo de transição de 40 a 50 anos para se optar pela independência, já com estruturas e maturidade política que pudessem suportar as ilhas como país.
    Não quis ouvir e olha a merd** que deu e está a dar.
    Mas pelo menos foi presidente e viveu e vive á grande!
    Ele sim, pinto da costa foi um verdadeiro colono negro, sem escrúpulos e sem a minima vergonha do que fez ao povo durante a ditadura que nos forçou a viver.

    • img
      FCL Responder

      Epa, ! Mais um caso de erro de diagnostico medico…nao deveriam ter-lhe dado alta para sair tão já do hospício…

      • img
        MIGBAI Responder

        Sabes FCL qual é o problema que estás a viver?
        É que nós chamamos colonos aos brancos/portugueses que somente colonizaram estas ilhas que eles descobriram.
        Agora quer o FCL queira ou não, nós infelizmente fomos e somos efetivamente colonos negros após roubarmos as ilhas aos portugueses que as descobriram.
        Quem ocupou as ilhas da pior forma, não foram os brancos, mas sim os negros com pinto da costa e aldinhas á frente, juntamente com tantos outros colonos negros.
        Doeu eu sei, mas é a verdade e tens que a admitir, por muito que te custe.
        Também sei que no tempo da ditadura do teu pinto da costa, foi-lhe ensinado pelas políticas comunistas, que quem discordasse do partido era imediatamente exilado e colocado em clínicas psiquiátricas, vulgo hospício, que o FCL parece não ter ainda esquecido, mas que já não se usa em democracia, por isso, deve acompanhar a evolução democrática do pais e aceitar o contraditório, e esquecer de vez a conversa de hospícios, pois só lhe fica mal, mas o que se pode esperar de um saudosista da ditadura pintista.
        Aceite o seguinte: O povo escolheu ADI !!! Bem ou mal escolheu !!!.

    • img
      Mandelax Responder

      Me farto de rir. O senhor tem piada de dizer que o mundo vai acabar em 4016. Me farto de rir porque sempre fala barato e errado. Vivam os colonos brancos… como o senhor!

      • img
        MIGBAI Responder

        Mandelax, não dialogo com acéfalos!

        • img
          FCL Responder

          O homem dos 2 f, frustrado e fedorento..nao te esqueças de por a placa dentaria na agua com bicarbonato de sódio.. Dentro de 40 anos falamos….viva sao tome e príncipe, viva 12 de Julho…havemos de ser felizes..

          • img
            MIGBAI

            “Havemos de ser felizes”????????
            Mas tu não és feliz???????
            Que pena tenho eu de ti!

        • img
          Mandelax Responder

          Jajajaja… Si não tivesse cabeça, como dize o Sr., não teria olhos nem sentimentos e não estaria aqui a ler e sentir a sua frustração de colono branco.

    • img
      seabra Responder

      …MIGBAI, o seu lugar seria o INFERNO, aqui na terra seria o MANICÖMIO.Você deve ser um pecador TORTURADO, pelo menos é o que deixa como impressao, pelos seus escritos mediocres , desesperados, insultante,pessimista, agressivo…. suicide-se sozinho e deixe os outros viverem, com força e optimismo para enfrentarem as dificuldades que se apresentam na sociedade(na vida em geral).
      Seja cativo de si mesmo, mas deixe”NOSOTROS TRANQUILITOS”…falta-lhe coragem, eis porque você procura e provoca os outros para lhe ajudarem a dar um fim à sua vida mesquinha, envenenando a vida dos outros.
      Todos fazem comentàrios, que estejamos ou nao de acordo…sao minimamente correctos, mas você vem sempre com o seu veneno atizar o FOGO.
      BASTA!

      • img
        MIGBAI Responder

        Coisa “Seabra”
        De uma vez por todas vamos esclarecer este assunto.
        IGNORA_ME da mesma forma que eu te IGNORO e DESPREZO seu imbecil.
        Certo?
        Se vives em STP não venhas estuporar estas ilhas e vai morrer longe por favor.
        Mas que mal fiz eu a DEUS para ter que aturar este carneiro analfabeto, ainda por cima secundado por mandelax, FCL e outros!
        O pinto da costa é que tem razão “carneirada é para levar porrada”.

        • img
          seabra Responder

          …nojo (fedorento de mau hàlito), experimenta vir dar porrada…se raelmente nao tens coragem para te suicidares, vem “AVISAR-TE” a tocar com a tua sujidade, de homem sem escrupulos e desesperado,aproxima-te.Canalha, sem inteligência, reles e porco!!!
          Andas “lélé da cuca”, depressivo, odioso…andas mal contigo mesmo, frustrado, depressivo, incapaz, ora dizes mal do Pinto da Costa, ora tomas-lhe como exemplo. Estàs a batalhar contigo mesmo,porque o teu pior inimigo, é a tua cabeça…nao jogas com o baralho todo.
          Andas desonrientado, desesperado contigo, nao controlas a tua cabecinha, que anda a dar-te voltas…e prontos, là vens tu atacar os outros, para aliviar o teu mal estar.
          Homem, admite que estàs a precisar de um longo e bom repouso, no Julio de Matos, que te dê paz interior. Es um ser TORTURADISSIMO, hoje e sempre…és um caso PERDIDO.
          Lembro-te que durante anos, nem apercebi-me na tua presença no site Téla Non, foi preciso que me agredisses para que eu te descobrisse…agora assume, despertaste a minha atençao, por causa da tua violência verbal contre mim e contra os outros, porque tu nunca estàs de acordo com ninguém…porque tens Mà fé e porque estàs doente da cabeça Schizofrênio.
          BAAAAAAAAAAAAAAZZZZZZZZZZZZAAAAAAAAAAA, gato fedorrento!!!

  21. img
    ROSTOV Responder

    Ta sair bem

  22. img
    João Gomes Responder

    O Orçamento Geral do Estado proposto pelo Governo para o exercício económico de 2016 está avaliado em 3.725.333 milhões de dobras. (I) As despesas correntes foram fixadas em 1.402.082 milhões de dobras (II) O Programa de Investimentos Públicos em 2.142.150 milhões de dobras (III) e As Despesas Financeiras (Amortização da Dívida Pública) no montante de 181.101 milhões de dobras. Para cumprir com os desideratos preconizados na proposta do orçamento, o Governo prevê: (I) A arrecadação de receitas correntes no valor de 1.276.225 milhões de dobras, (II) De Donativos no valor de 1.348.948 milhões de dobras e (III) De financiamento estimado em 1.100.161 milhões de dobras (…) por tudo isso, epiloga-se o seguinte: A efectivação do OGE para o ano económico de 2016, fica a mercê de recursos externos, ou seja, o País fica com sua capacidade bastante limitada em termos de arrecadação de receitas (apenas de 1.276.225,00 milhões de Dobras), representando 34,2% e os 65,7%, são uma incerteza ou seja de proveniência externa-Donativos com 1.348.948,00 e Financiamento com 1.100.161,00. Em síntese, muito difícil com esse recurso financiar despesas no montante de 3.725.333 milhões de Dobras, mormente o Programa de Investimento Público no montante de 2.142.150 milhões de Dobras…custoso de alcançar, Dr. PT!

  23. img
    AC Responder

    Gostaria de solicitar o seguinte ao redator do texto, quando afirma no texto a cima que o FMI mandou rever o preço do combustivel poderia esclarecer-nos já agora se esta revisão será feita cima ou abaixo do preço crude internacional?

    Obrigado,

    Obs:
    “Note-se que o relatório da última missão do FMI que esteve no país, orientou o Governo a actualizar o preço dos combustíveis ainda este ano.”

  24. img
    Antonio Pedro Responder

    MIGBAI deve estar a ter pesadelos do Pinto da Costa. O Pinto da Costa é um verdadeiro nacionalista facilitou todo ao Patrice Trovoada Entregou sem complicar o poder ao Patrice Trovoada. O Patrice e o ADI vão pagar caro pelo como enganaram este povo.

  25. img
    Eusebio Neto Responder

    Se bem interpretei as palavras de S. Excª Sr PM Dr Emery Patrice, as minhas, as profecias de muitos cidadãos santomenses mais atentos ao que realmente era/è o plano do chefe do governo santomense é tornar-se um “PAPA FONDACTEUR”, “LE PRESIDENT QU´IL NOUS FAUT”. Ou seja ele prepara-se para impor entre as populações a obrigação de o tratar assim.Tudo isto está a obedecer à um calendário cuja parte alguns dos seus ex-grandes colaboradores não sabiam. Talvez já no seu regresso à S. Tomé pra os habituais dias de descanso e controlo pois, ele na verdade vive fora do território nacional, o Emery irá apresentar ao povo os traídos Salvador Ramos, Agostinho Fernandes, Carlos Gomes e Stock como responsáveis pela crise em que o país foi mergulhado e, consequentemente, pelos sacrifícios que anunciou que os santomenses terão de fazer. O ex-ministro dos negócios estrangeir os porque foi incapaz de convencer a comunidade internacional a não suspender as ajudas. O antigo ministro da cooperação e plano porque não teve competência para manter e reforçar as relações multilaterais e bilaterais por um lado e por outro porque deixou os planos de desenvolvimentos descarrilarem. O Caros Gomes porque não implementou nenhuma política para incrementar o emprego e tornar a segurança nacional sustentável.O Stock não foi capaz de impedir que os nossos recursos haiêuticos continuassem a ser roubado por frotas estrangeiras. Por isso dirá ele, o seu grupo será obrigado a não aumentar o salário, a não pagar as bolsas dos nossos estudantes no e fora do país, a não investir na saúde e na educação. Por fim proclamará ao país a necessidade da Constituição da República ser imediatamente alterada de forma que o pais seja dirigido por um regime presidencialista puro em que o presidente terá todos poderes para mandar e desmandar incluindo mandar matar. Claro, esse presidente será ele, Emery Patrice Trovoada, filho de dos maiores lutadores pela independência nacional. Meus caros compatriotas preparem-se, cedo iremos ver em S. Tomé e Príncipe, militares estrangeiros, potencialmente gaboneses e marroquinos a garantir a segurança de PT e de centros mais importantes do país. Como já dizia anteriormente, é extremamente grande a ameaça de uma grave crise político-militar em S. Tomé e Príncipe. As organizações internacionais, UA, UE e NU são chamadas a não desvalorizarem a situação destas ilhas porque quando despertarem poderá ser muito tarde. As organizações da sociedade civil nacional, incluindo partidos da oposição, igrejas, etc não podem manter-se inertes perante tamanha ameaça, têm que reagir imediatamente porque estamos perante uma potencial guerra. Já estou a imaginar Patrice Trovoada na Assembleia como deputado e em escassos dias chegar a sua presidência e a seguir por uma e/ou outra razão substituir o coitado do Evaristo Carvalho na Presidência da República. Quem conhece como o actual presidente do Togo chegou a presidência do seu pais, entenderá facilmente do que estou a falar.

    Santo Tomé e Santo António, acudam-nos.

  26. img
    explicar sem complicar Responder

    Patrice Trovoada CONFUNDIU!
    Não quis dizer CINTO, mais sim CORDA PARA ENFORCAR.
    Mesmo CORDA para ENFORCAR o governo vai ter que SUBVENCIONAR porquecsao necessários pelo menos 2 metros.

  27. img
    ANCA Responder

    Os cidadãos nacionais devem ter noção daquilo que é a realidade destas duas ilhas, que se digna de São Tomé e Príncipe.

    A classe politica, os partidos políticos,sobre tudo o MLSTP as instituições nacionais, entre outros, que tenhamos todos noção, consciência de uma vez para sempre da realidade, social, cultural, ambiental, desportiva, politica, económica, financeira, interna bem como o contexto externo envolvente e estes níveis.

    Sendo São Tomé e Príncipe, duas ilhas, com uma população reduzida, que culturalmente tem desprezo pelo trabalho e organização, em que as instituições, o Estado, a sociedade depende a 100% ou mais do porcento da ajuda e donativos exterior a nível económico e financeiro, esperar que a situação melhore de um dia para outro a nível social, cultural, ambiental, politico, económico e financeiro, é de facto não ter gosto nem percepção da realidade nacional internacional.

    São Tomé e Príncipe, tornou-se independente em 1975, e sempre viveu de ajudas externas, até hoje muito pouco ou nada melhorou, a não ser a questão do paludismo, os últimos tempos.

    Prometer DUBAI, quando a população é reduzida, vive na miséria e pobreza(intelectual e material), pouco instituída na analise, instituições são fracas e pouco consolidadas, é dar um tiro nos pés, sabendo dos aproveitamento políticos, que daí se pode fazer, para o mal da sociedade inculta e pobre.

    Caros cidadãos a verdade é está.

    São Tomé e Príncipe, nada produz, nada exporta para cobrir suas necessidades, porque a sociedade, a população, as instituições estão desorganizadas, pouco ou nada rentabilidade têm, ou seja rigor, ordem organização, ainda que se produzisse jamais chegaria para cobrir todas as despesas necessárias para o bem estar social, cultural, ambiental, desportivo, politico, económico e financeiro.

    Esperar que a ajuda externa os donativos externos, que há de resolver todas as situações é de facto apanhar agua com cesto, embora muito podemos fazer e melhorar, mas sempre na incerteza.

    Pois basta que um dos doadores diga que o compromisso financeiro assumido não poderá ser assumido, por contexto externos adversos, como o caso por exemplo do tanto falado porto de águas profundas.

    Planear gerir assim o crescimento e desenvolvimento de um País(Território/População/Administração), é um risco social, cultural, ambiental, desportivo económico e financeiro interno, risco de instabilidade politica, risco de conflitos armados, assim se tem visto em vários palcos africanos e no mundo, que dá jeito a comunidade internacional, que dá jeito aos grandes mercados internacionais, pois que podem continuar as explorar as matérias primas dos pobres, dando-lhes uma ninharia, vendendo-lhes, produtos acabados, tecnologias, a preço de ouro. Pois que é bom a miséria do outro, assim sempre as empresas externas poderão explorar mão de obras baratas, poderão explorar com consentimento dos nacionais, matérias primas a preço de chuva, como é o caso do cacau.

    Tenhamos juízo e abramos olhos, tenhamos consciência da nossa realidade.

    São Tomé e Príncipe, enquanto duas ilhas de pequena dimensão com população reduzida, pobre, miserável é um País inviável.

    Jamais serão os donativos e as ajudas externas nos montantes, que nos são concedidos, que nos vão fazer crescer desenvolver, social, cultural, ambiental, desportivo, político, económico e financeiro interno, nem os países doadores têm interesse nisso, pois que sempre foram exploradores.

    Existem valências, que se podem criar, na implementação de organização rigor, ordem interna a nível social, cultural, ambiental, desportivo, politico, económico e financeiro, sobre tudo no campo da educação, justiça, segurança, alimentação, saúde e paz.

    Outra noção que se deve ter em mente é que ninguém dá nada a ninguém sem esperar ter algo em troca. Isto referente as ajudas e doações externas.

    É necessário trabalhar, é necessário rigor, é necessário ordem e organização, implementação de cultura de responsabilidade e responsabilização, e nível da justiça e segurança, quer seja ela social ou institucional, para que a instituições se tornem fortes.

    Há modificações que teremos que fazer, sem tem receios de perdas politicas isto será valido tanto para ADI/MLSTP ou outra força política bem como para a sociedade civil e os cidadania se queremos ver o País(Território/População/Administração) bem, no futuro.

    Jamais esquecer que a instituição família, a classe populacional as crianças são bases fulcrais de uma sociedade, o respeito pelo casamento impõe-se se se quer uma sociedade comprometida com o seu desenvolvimento colectivo social, cultural económico…

    Aproveitar as artes e técnicas de económicas de trabalho que são valências regionais poder transforma-las e melhoradas consoante a realidade do País, diversificar a economia criar divisão de trabalho, empresas e empresários nacionais, vocacionados para exportação, criar infraestruturas, que permitem acentuar esta expansão.

    Etc, etc,….

    E jamais vale a pena tirar partido politico desta situação, é o País que sofre mais uma vez agora e no futuro.

    Se se queremos transformar o nosso País em viável temos que trabalhar trabalhar trabalhar, sermos rigorosos e organizados.

    Se se queres ver o País bem

    Juntos somos capaz

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  28. img
    derley pietro Responder

    Vergonhoso o que se passa neste país onde a maioria da poppulacao vive numa pobresa extrema
    Sr PT Voce não tem vergonha de pedir sacrificios ao povo! Olhe do seu ministerio para o redor da cidadeo que ve? Lixo, carcaças de barcos, pirogas a chegar do mar com dezenas de palaies a tentar safar o dia, enquanto o sr chega de hummer a prova de bala ou toyota prado com estofos de cabedal, vergonhoso quando o povo vive em barrracas come do chão e o seu governo tem uma boa centena de carros topo de gama. Venda os/carros, e faça casas decentes para a popylacao habitar não é como o bacuda que si da barracas mas v8ve numa bela casa de muro, como a presidente de mezochi que se da ao luxo de estar a faxer uma mansão e o marido outra pergunto de onde vem o dinheiro?
    O senhor nunca esta no país esta sempre com saudades da sua Nana quem paga essas viagens o povo.
    O sr gastou rios de dinheiro com o step in que virou step out, nao ha investimento estrangeiro porque o seu governo na justiça so tem corruptos, nada de estranhar qd o acessor juridico do PR É o maior corrupto, de stp,agora colocou a amiga como ministra da justica por ser irmã de GeGe vergonha das vergonhas, á ministra da saude passa mais/tempo no avenida com o seu amuleto mario do que no ministerio pois pertence a familia
    E o senhor tem a lata de dizer apertem o cinto sr PT Não da para apertar o cinto porque o povo esta de calcinha
    Viage menos, vend a frita de carros ponha os ministros e os funcionarios publicos a trabalhar, quem tem de apertar o cinto são voces não o povo

  29. img
    Ralph Responder

    Deve ser uma má piada que este homem é apelidado nomes como “Messias” e “Jesus”. Nenhum político deveria ser chamado tais coisas. Continuando, qualquer político que peça um sacrifício na parte dos seus eleitores deve no primeiro lugar demonstrar algum capacidade de cingir as suas próprias despesas. Ao contrário da maioria das pessoas pequenas, a quem é ilegal evadir os impostos, e a quem não é possível voar a qualquer lugar a primeira classe e ficar nos hoteis melhores, demasiados políticos vivem uma existência luxuosa, sem qualquer ideia da maneira na qual muitos dos seus eleitores viverem. Se os políticos possam mostrar que são capazes de andar sem algumas coisas, talvez o povo fosse estar inclinados a seguir o exemplo deles. Se não, tais políticos vão ser vistos como os hipócritas que tantas vezes são.

  30. img
    ministério finanças comércio e saco azul Responder

    ARROZ Já acabou no mercado.

  31. img
    ADILSON Responder

    Vamos sim…..apertar os cintos,,tambem deveriamos apertar um cinto no pescoco desse m PT. QUE TANTO MAL FAZ AO MEU QUERIDO STP

  32. img
    VM Responder

    Em 2014 plantamos, com muito entusismo, sonhos baseados na demagogia. Hoje, estamos na época da colheita. Apenas isso…

    • img
      MIGBAI Responder

      Meu caro VM.
      Engana-se o meu caro amigo quando diz que em 2014 plantámos com muito entusiasmo sonhos baseados na demagogia.
      Plantou-se foi há mais de 40 anos com a independência, sonhos baseados na demagogia, e os frutos temos estado a colher desde essa altura.
      Por isso não é agora que estamos na época da colheita, mas sim, á data da malograda e infeliz independência, já que desde essa altura, estamos a colher esses frutos venenosos e podres.
      Porém existe quem ao abrigo da independência, colhe do bom e do melhor para si e seus amigos. Esses sim são os principais causadores da nosso miséria como povo, como país!!

  33. img
    FÉDÉ KÁ DÓXI Responder

    Para apertarmos o cinto, temos que começar de quem tem cofre cheio em casa que o Segurança retirou de lá alguns maços e que até hoje mais nada se sabe.
    Apertar cinto quando outros viagem com fundos do Estado sem dar explicações do que vai fazer com o dinheiro do Estado, enquanto os salários são pagos em conta gota.

  34. img
    seabra Responder

    Migbai, Prisao ou Manicômio?

  35. img
    Vergonha Pontes Responder

    A desordem total na Agência nacional do Petróleo. O Director Executivo da ANP-STP, chamou a TVS para falar “não se sabe de quê” após os funcionários desta instituição terem enviado uma carta reivindicativa ao Ministro da tutela sobre o comportamento do Director para com os quadros. Deste modo o famoso director quer branquear a sua falta de competência como director assim como o seu comportamento na instituição. Neste momento, somente os funcionarios que estão do seu lado, podem benificiar das formações, subssidio de Natal, partilha de garrotinhas de liceu dentro da sala de reunião da ANP. Os reivindicadores são insultados, humilhados e ameaçados dentro da ANP.
    POR FAVOR, SALVEM OS FUNCIONARIOS DA ANP

  36. img
    pecador Responder

    ” De Deus não se zomba , o que o homem planta isto colherá .”

    (Fonte : Biblia)

  37. img
    Analista Responder

    Vejo todos a criticarem, a reclamar , a dizer montes de coisas, o que eu não entendo a onde estava a cabeça de todos quando foram as urnas, a nossa população só gosta de dinheiro, principalmente a juventude de agora, muitos de jovens saotomense, não gosta da verdade, preferem que dinheiro lhes conta mentira, o nosso país ia viu tantas coisas, mãos a população preferem sempre cair no mesmo erro, e quando as verdades aparecem, até vemos os mesmo jovem que apoiaram o governo que disse que são Tomé vai ser igual ao DUBAI, um país que é o pior país do mundo para investir como vai ser igual ao DUBAI?

  38. img
    STPalerta Responder

    Os criativos perdem lugar no ranking dos comediantes da terra para o novo grupo “Os punhetas” formado por altos dirigentes do ADI. Ja sei qual é a causa, enquanto povo pequeno carrega a net de 20.000,00 para navegar esses senhores têm net de borla em banda larga, tem bom salário, não sabe nada e não tem nada que pensar borra brincar com “bilau”.
    Ainda estou a espera de mais atores desse grupo, não sabem que estão a pagar a promessa do lider do grupo “Os Punhetas”. Falta Abnindo, Levy, Cubila, Pedro, Abilio Neto, etc, ainda bem que Salvador, Agostinho e Stock sairam dessa pouca vergonha.

Deixe um comentario

*