STP e China restabeleceram relações diplomáticas no dia 26 de Dezembro

Um comunicado do gabinete de imprensa do Governo são-tomense anunciou nas primeiras horas de 26 de Dezembro, o restabelecimento das relações diplomáticas com a República Popular da China.

Segundo o comunicado, o Ministro dos Negócios Estrangeiros Urbino Botelho, que foi enviado ara Pequim, reuniu-se com o seu homólogo chinês no dia 26 de Dezembro, e ambos subscreveram um comunicado onde «decidiram de comum acordo restabelecer as relações diplomáticas entre os dois países, e envidar todos os esforços no sentido de instalar a breve trecho representações diplomáticas ao nível de embaixadores, nas respectivas capitais».

O comunicado do Governo acrescenta que a República Popular da China manifestou-se decidida em apoiar o Governo da República Democrática de São Tomé e Príncipe, nos esforços pela salvaguarda da soberania nacional, integridade territorial e desenvolvimento económico e social em prol do povo são-tomense.

Por sua vez, refere o comunicado, o Governo de São Tomé e Príncipe, anunciou em Pequim que reconhece a existência de uma única nação chinesa, tendo como seu representante legítimo o Governo da República Popular da China.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Kúassa - kúassa Responder

    Já repararam o aspecto das pastas que os ministros têm nas mãos? A do Ministro Santomense tem a côr mais fusca.

  2. img
    MIGBAI Responder

    Eu, antes de se ter efetivado a independência, informei, a classe política (que queria o poder a todo o custo) que devíamos ter calma, pois as ilhas não tinham uma estrutura empresarial capaz de se suportar como país independente.
    Tinhamos um setor empresarial assente unicamente na produção agrícola (setor primário) e mais nada.
    Tinhamos um povo pobre e analfabeto.
    Mas os ignorantes políticos da altura e infelizmente alguns ainda na atualidade, quiseram o poder para comerem do bom e do melhor.
    Quiseram o poder somente para poderem vestir bem e ter catorzinhas todos os dias.
    Minha gente, como todos bem sabem, a situação de pobreza que vivemos não é de agora nem é da responsabilidade deste governo.
    Os responsáveis encontram-se com os interesses na independência que tivemos.
    A solução para as asneiras que se fizeram no passado, passa por termos menos governo e mais privados na economia do país.
    A asneira das nacionalizações tem que ser corrigida o mais rápido possível, se queremos ter um pouco de progresso economico e social.
    Ninguém dá valor ao que recebe gratuitamente.
    As pessoas só dão valor ao que conseguirem obter com esforço e suor.
    Olhem para o abandono em que se encontram as roças, os lotes, as culturas e tudo o resto que foi distribuído gratuitamente.
    Olhem como funcionam os serviços públicos, que quando chove ninguém vai trabalhar, somos recebidos por funcionários que parecem que ainda estão a dormir e mal educados por sinal.
    Que empresa privada estrangeira consegue sobreviver neste pais, em que os seus funcionários faltam constantemente pelos motivos mais estranhos, mas que se resume somente a álcool a mais na noite anterior.
    Não venham exigir mais dos governos, pois os mesmos também não têm, matéria prima nos diversos serviços para poderem mostrar mais trabalho de qualidade.
    Este governo se quer calar a boca a tantos críticos de ocasião que por aqui existem, terá obrigatoriamente de privatizar o aparelho produtivo do Estado, terá que desnacionalizar o que estupidamente se nacionalizou, devolver rapidamente as roças aos seus antigos donos, entregar a empresas privadas (privatizar) setores do estado que existem e que são uns enormes sorvedores do Orçamento do Estado.
    O governo terá que reformular o nosso sistema militar, acabando com certas armas e reforçar outras, reduzindo assim o número de efetivos militares que nada fazem.
    Acabar com as mordomias de juízes, militares, chefias públicas.
    Terminar com o excesso de viagens ao estrangeiro dos políticos, para conferências e outras atividades com pouco ou nenhum significado importante para o país.
    Minha gente tanta coisa que se podia fazer, para minimizar o sofrimento do povo, porém vem juntar-se outro problema ao manancial de problemas que já temos, ou seja, uma china com sede de petróleo.
    Uma china verdadeiramente racista e com uma elevada taxa de xenofobia , capaz de desfazer todo aquele que se meta na sua frente, para quem ser preto é sinal de estupido, malandro e ladrão.
    Vamos ver se estas ilhas que nunca deviam ser consideradas como pais, tem capacidade para resistir á grande ditadura do comunismo da china. Eu estou cá para ver.

  3. img
    Nosso Dubai Responder

    Miguel Trovoada é seu filho Patrice Trovoada são dois induvidos mais perigosos que existe em STP, são pessoas más que nutrem um cego amor pelo dinheiro! Essa gente ficaram milionárias a custa de Taiwan, a fundação da senhora Helena Trovoada foi sustentado pela embaixada de Taiwan, hoje Patrice corre com Taiwaneses como se fosse cão! Enfim

    • img
      rapaz de Riboque Responder

      amigo mas hoje alcançamos a independência graças também ao sacrifício e o risco da própria vida do Miguel Trovoada não foi só o Drº Pinto da Costa (PAI GRANDE ) como alguns lhe chamam ,e outros portanto deviam ter mais respeito pelo senhor Miguel Trovoada vir para cá lavar roupa suja da vida particular dos outros fica muito feio concordo que não concorde com a politica dos Trovoadas mas pergunto qual é o politico ou governante actual ou os que ja passaram que não tem rabo preso?

      • img
        MIGBAI Responder

        Meu caro companheiro “rapaz de Riboque”.
        Eu tenho alguma consideração por aquilo que o meu amigo escreve, mas hoje e nomeadamente neste seu preciso comentário, o meu amigo diz uma grande asneira histórica.
        Então foi com graças ao sacrifício e risco da própria vida que o Miguel Trovoada e o pinto da costa alcançaram para estas ilhas a independência????
        Devem ter dito isso só para si meu caro “rapaz de Riboque”.
        Para que fique com a realidade, ninguém de são tomé alguma vez lutou pela independência das ilhas.
        A independência foi uma oferta dos Portugueses, que aproveitando a independência de outras colonias, ofereceu a independência de STP.
        Nunca o meu amigo verá escrito em livros verdadeiramente históricos, que tenha havido lutas em que os políticos de STP tenham alguma vez colocado a sua vida em risco, com vista á independência de STP.
        Assim, por favor corrija a sua observação histórica.
        Aquele abraço.

        • img
          rapaz de Riboque Responder

          tens toda a razão amigo ninguém lutou andaram no estrangeiro a comer e a beber depois do 25 de Abril vieram como grande heróis , mas de alguma forma muitas maneiras de lutar amigo analise bem o meu comentário desejo um bom ano

        • img
          observador atento Responder

          Nao eh bem assim. A Associacao civica estava no terreno e confrontou os policias portugueses em STP. Eu assisti comicios em que o Felintro Costa Alegre desafiou os ditos PM e fusileiros enviados para STP em 1975.
          Enfim acho que todos esses “falar vom vom” do PM e os demais so sao diversoes. Os problemas reais nao sao tratados de forma a resolve los.

    • img
      seabra Responder

      …custa-me se dizer que “atras de um grande homem esta uma grande mulher”.
      No caso da familia Trovoada,podemos dizer,”que atras da Mafia Trovoada Pai&Filho,esta uma grande mafiosa PADRINHA Helena”…esta mulher é tao perigosa que o Filho e o Homem.Desde a França ocupou sempre o lugar da corrupta-oportunista-ambiciosa desmedida de “pretendida boa e rica familia de mesticos”.Quando é que ela foi mestica?é uma cambalacheira,mentirosa e sem vergonha,que manipula as pessoas,pratica feiticos,magia e tem marabus que trabalham para enfeiticar os demais.
      Atencao…o fim pode ser desgracado e a perdicao eterna.
      Estamos aqui para assistir esta justica que tarda a chegar…sera FATAL!

      • img
        rapaz de Riboque Responder

        também es perigoso e andas a solta

  4. img
    rapaz de Riboque Responder

    agora tenham cuidado com os cães a solta quando os cineses começarem a chegar vão limpar os cães todos, e cuidado com as construções mal feitas senão desabam tudo a coisa esta a ficar mesmo a boa moda chinesa.

  5. img
    Pumbú Responder

    Agora sim… agora é que as coisas melhorarão. Isso é que brilhante política externa e excelente governação.

  6. img
    Bacano Responder

    Bom sinal,renovação da esperança na nação São tomense.
    Ate que enfim os cães que dianbulam pelas ruas são tomenses deixaram de existir, porque estes são os pratos de maior preferencias dos Chineses.!

    Bem haja.

    • img
      Pumbú Responder

      Churrasco de canino é muito gostoso!!! É BUÉ FIXE.
      .

      • img
        rapaz de Riboque Responder

        agora é que os lupuiés vão desaprecer

    • img
      Lupuye Responder

      Esta todo o mundo falando de caes, que os chineses vao acabar com caes etc, e nos nao andamos a comer gatos? Desde quando e que se come gato em STP? Caes e gatos sao animais de estimacao. Nao sao como galinha e porcos que sao criados para serem comidos. Portanto, a cada um a sua alimentacao.

      • img
        rapaz de Riboque Responder

        foi a evolução da independencia comer gatos lembro-me que os forros eram tão fidalgos agora a comerem gatos e cobras que diria

  7. img
    tchan tchin tchon Responder

    Patrice Trovoada e a TVS enganou todos vocês Santomenses que sairia de uma VISITA PRIVADA para RUANDA!
    Está cá em PORTUGAL numa BOA e com bons VINHOS.vindo via LIBREVILLE.
    Vocês lá QUE SE VIREM!!!!!
    Vocês têm o Governo que escolheram e DERAM MAIORIA ABSOLUTAS.
    Agora AGUENTA SÓ.

Deixe um comentario

*