Ministra da Saúde – “Doença dos Pés” é uma infecção não contagiosa

“Doença dos Pés”, é a designação vulgar que os são-tomenses dão a doença de origem desconhecida que está a alastrar-se no país.

A visita dos deputados da oposição ao hospital central, agitou as águas e forçou a Ministra da Saúde, Maria Trovoada(na foto), a vir pela primeira vez ao público fazer o ponto da situação da investigação científica em curso, para descobrir a origem da doença, que pela primeira vez nos últimos 41 anos acontece em São Tomé e Príncipe.

Segundo Maria Trovoada, « é uma situação preocupante. Estudos têm sido desenvolvidos. A nível do país realizou-se inquéritos, análises a água ao ambiente. Foram enviadas amostras para o Instituto Ricardo Jorge em Portugal, para o Instituto Pasteur em Yaoundé. O agente etiológico não conhecemos. Sabemos que é uma micro-bactéria que está a causar este problema», declarou.

A investigação em curso no Instituto Ricardo Jorge em Portugal, deu a Ministra da Saúde, algumas pistas.  «Neste momento o que podemos aferir é que podemos estar perante um agente microbiano que seja produtor de alguma toxina. Neste momento ainda não se conhece este agente. Mas posso dizer que estamos perante uma doença infecciosa e não contagiosa», assegurou Maria Trovoada.

A Ministra reforçou que os estudos continuam até se saber qual é o agente etiológico, que está a causar a designada “Doença dos Pés”.

Maria Trovoada, anunciou que um especialista português do Instituto Ricardo Jorge esteve no país, e orientou um protocolo terapêutico que está a ser seguido no Hospital Ayres de Menezes.

A Ministra garantiu que até agora a doença não causou qualquer vítima mortal.

Por outro lado na conferência de imprensa os dois ministros, esclarecerem que foi descartada a hipótese da dita “Doença dos Pés” (porque ataca sobretudo os membros inferiores), ser a Ulcera de Buruli. A OMS enviou para São Tomé, o cidadão beninense Ghislain Emmanuel, especialista em Ulcera de Buruli. Os estudos feitos pelo especialista da OMS, provaram segundo o Governo, que o que está a acontecer no país não tem nada a ver com a Ulcera de Buruli, uma doença comum em alguns países africanos.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    OLivio Cardoso Responder

    temos fe que esta enfermidade vai aparecer cura

    • img
      Paulo Responder

      A mim cheira-me que possamos a estar a sofrer um ataque Bioterrorista, como consequência das ultimas decisões dos nossos gervernates. Pensem comigo, potencias como os USA sofrem ciber ataques imaginem nós um país pobre situada numa zona remota de áfrica. Que forá apoida durante 20 anos e de uma hora para outra decide pular o navio só porque descobriu o negócio da China.

    • img
      Vuluma miniquetê Responder

      Os deputados visitaram o Hospital e constataram muito precariedade a todos os níveis,falta de pessoal, falta de medicamentos, reagentes, falta de motivação por parte dos funcionários e técnicos.

      O exemplo de falta de motivação está bem patente com as casas de banho do hospital estarem entupidos com fezes e ninguém para cuidar. Isso demonstra que os funcionários e técnicos de forma geral estão desmotivados.

      Temos o sindicato dos técnicos liderado pelo senhor Ramon dos Prazeres que nada faz e nenhuma palha move para melhorias desses problemas só porque o ADI está no poder.

      Caso fosse o MLSTP ou qualquer partido da oposição no poder, ninguém parava este rapaz Ramom dos Prazeres, líder do sindicato dos técnicos da saúde. A essa altura, ele estaria a fomentar greve por cima de greve no sector da saúde, exigência pra aqui, exigência pra lá, paralisação pra aqui, paralisação pra lá. Agora como é ADI no poder, ele não pia coisa nenhuma. Para ele está tudo bem no Hospital. Para ele, há condições de trabalhos mais do que suficientes para os técnicos e funcionários e os mesmo estão muito motivados e os serviços hospitalar estão a sair bem e a 100%. Por isso mesmo, as pias das casas de banho do hospital é cheio de fezes e ninguém limpa isto. Senhor Ramon, faça alguma coisa em prol de melhoria e motivação dos teus colegas que são pais de família e merecem ser respeitados.

      Nós estamos a tomar nota da sua atitude senhor Ramon. Que Deus te abençoe!!!

  2. img
    Xico Responder

    Infelizmente, são as prováveis consequências da ausência de políticas rígidas de controlo da qualidade do que comemos e bebemos.
    São Tomé importa tudo sem fazer um apertado controlo de qualidade (exs: frangos, medicamentos nigerianos, etc).
    Basta. Sejamos sérios meus irmãos!!!

  3. img
    Precisamos de pessoas serias Responder

    Á BOLA começou mesmo assim. Deus nos proteja… Uma Vergonha enquanto Ministra, sem fundamentos convincentes. É o que dá por pessoas erradas em cada SECTOR.

  4. img
    Fernado Fernades Responder

    Como? Como é que tanta gente já está infectada?
    Se não se conhece ainda a doença, sua origem e como a tratar?
    Mande a Ministra passear.

  5. img
    CNN Responder

    Essa ministra é um autêntico erro de casting.

  6. img
    EX Responder

    Essa Ministra vai ao publico falar o que um enfermeiro qualquer já sabe e mesmo um cidadão comum que estudou um pouco de Biologia já sabe que essa doença é causada por um agente microbiano, mas e agora essa coisa já contaminou 1% da População. A Ministra e os Membros do Governo estão a espera quando atacar Patrice ou Evaristo? Para arregaçarem as mangas e sair do Gabinete promoverem uma Campanha de Limpeza nas zonas com maiores casos, tratamento com qualidade na água que se consome, trabalho de Terreno de aconselhamento, e muito mais coisas que os verdadeiros agentes de saúde sabem fazer, mas essa Ministra esta lá no gabinete e só falou pk Oposição saiu de cascas.
    Dubai de Ferida nos pés.

  7. img
    EX Responder

    Olha o rosto da Ministra, tipo tou nem ai, aguenta que vai passar.

    Tipo como veio ninguém sabe e também se vai embora daqui há alguns dias e ninguém se saberá como foi curada.
    Basta aguentar.

  8. img
    Todos Responsaveis Responder

    De tudo que foi dito, tenho a dizer que uma cidade limpa goza de boa saúde e também os seus moradores.
    Uma cidade suja é propicia a vários enfermidades e também os seus moradores
    A obrigação da Câmara limpar e lavar a cidade e arredores.
    O dever dos cidadãos(moradores)procurar não sujar se sujar remover a sujidade e colocar no lugar certo. Porque lugar limpo todos queremos, promove saúde e saúde é vida.

  9. img
    Maria de Fátima Santos Responder

    A cara de chateada é sinal de fracasso e nao traz solução para o problema. Boa sorte

  10. img
    Quidide Responder

    Existe um equívoco que tem que ser esclarecido. Se de facto a doença é causada por “micobactéria” e não microbactéria (vide Wikipedia), pois a bactéria por si já é um microrganismo, então parte-se do princípio que é contagiosa. Por algum motivo já há registo de mais de dois mil casos… O alerta dado pela Sra. Diretora dos Cuidados de Saúde Primários,na minha modesta opinião peca por tardio. Só depois do registo de muitos casos é que a situação veio à tona. Uma vez que a enfermidade começa com uma vesícula de caráter pruriginoso (borbulha e coceira), é necessário alertar a população para assépcia da região afetada, ou seja desinfecção da região afetada logo no início dos sintomas e aplicação, se necessário, de uma pomada contento antibiótico.
    Desejo que se esclareça essa epidemia o mais rápido possível para que a população fique descansada.

  11. img
    Ali Trovoada Carvalho Bandeira Responder

    O povo já conhece a vossa tática de dividir para reinar, enquanto uma barra de sabão sai de 35.000,00Dbs à 45.000Dbs,óleo de 33.000,00Dbs à 40.000,00Dbs, reconhecimento de assinatura sai de 10.000,00Dbs para 20.000,00Dbs, certidão de narrativa completa sai de 90.000,00Dbs para 300.000,00Dbs.

    Só tenho a dizer a senhora Ministra, que o povo põe, povo tira.

    O senhor Varela pode fazer tudo que quiser, juntamente com a vossa Ministra da Saúde, que vem à televisão mentir ao povo que dos 2000 casos de doenças (feridas) que tem registado no Hospital, não houve nenhum morto.

    Senhora Ministra, num país sério, nem senhora nem o senhor Afonso Varela deviam ser demitidos já e agora e serem respondidos criminalmente porque, a senhora Ministra mais do que sabe que a Direção do Hospital fez apresentação à todos os médicos, técnicos e enfermeiros, de que, dos 2000 casos, já houve 8 mortos.

    Porquê mentir senhora Ministra?

    País é seu?
    Esses doentes são seus?
    Essas pernas dos doentes são suas?
    Por acaso estás a gostar dessa doença?
    Por acaso tens algo a ganhar com esta doença?
    Isto é governar?
    Mas porquê mentir?

    Há coisa que se mente, mas este tipo de coisa não, senhora Ministra. Senhora está a tratar com a vida humana, por isso a senhora não pode mentir. Será que também mentir aos parceiros como o Instituto Ricardo Jorge?

    Qualquer dia senhora vai pagar Deus ele por esta grande mentira e falta de respeito para com a memória das vítimas desta doença.

    Não esquecem que povo põe, povo tira………! Vossa água está no fogo a ferver….

  12. img
    FÉDÉ KÁ DÓXI Responder

    Como apareceu os Santos nas Escolas, é como apareceu a infecção. Desde que o PT fez as suas promessas com esses diabos/curandeiros aí do Continente e ganha as eleições vestindo todos das suas camisolas que traz preparadas para ganhar as eleições, ficamos assim. Meu Deus.
    Povo pequeno como ele os apelidou, cuidem-se.Vocês já viram algum filho de gente gordo tomar Santo na Escola? Viram gente gordo a ficar com doença da perna? Porque Patrice faz penitência com povo pequeno. Veste povo pequeno com a camisola dele e aí vai. Cuidado povo pequeno. Nunca vcs sofreram assim, Cuidem-se

  13. img
    Preocupada com a situaçao Responder

    Quando vejo essas coisas acontecerem no nosso belo e maravilhoso país, a pergunta que me vem a cabeça é esta: Qual é o nosso contributo para resolução dos problemas que têm assolado o nosso país? (Desde o chamado “povo pequeno” – nome que detesto – até aos ditos “ilustres Doctores” – que não existem de verdade no nosso país, porque são diplomados e não formados).

    Chega de atirarmos pedras, indicarmos erros, apontarmos dedos aos outros (partidos da oposição, governos e demais órgãos de soberania); a verdade é que todos temos parados no tempo esperando que o governo dê solução para tudo e todos! A insalubridade de que enferma o nosso país em todos os distritos, somos todos culpados, o povo não tem contribuído na organização e tratamento de lixos, todos usam chafarizes (tanques de agua), mas ninguém se importa em lava-los, mantendo-os limpos, todos vendem nas ruas, nos bairros, nas praças, nos mercados e deixam o resto das suas coisas (sujeira) atiradas em qualquer lugar, no mercado as pessoas vendem, compram, sujam, cospem, urinam (mijam), defecam e fazem todo tipo de porcarias e deixam la, porque o Governo tem que e deve fazer… Os funcionários públicos em todos os sectores, especialmente os da área de salubridade, não trabalham com gosto – por causa de mau salário -, e dão jeito, em vez de limpar devidamente, a população suja, danifica e abusa do bem público, porque é de Estado e não se importa com nada…. as pessoas nem sequer limpam (varrer, capinar) a frente de suas casas, seus quintais porque estão a espera que a Camara Distrital venha fazer, as pessoas “cortam” (racham) estradas para auto satisfação, ex. canalização de agua para suas casas e não reparam, depois reclamam de buracos na estrada, etc…etc…., enfim, ninguém faz nada esperando o governo, e o governo que por sua vez, é chefiado por uma criança mal educada – que nunca soube o que é trabalho – sem formação humana (acredito, até mesmo sem formação escolar), que nunca soube o que é abrir um bule de agua para se servir e beber, porque sempre teve baba cumprindo suas ordens, simplesmente vai assistindo de camarote a desgraça do país, conjuntamente com o bando de pessoas que até já acreditei competentes, mas que se revelam muito incompetentes, sem princípios, sem dignidade, sem valores, sem auto-estimas e se deixam ordenar, guiar, intimidar e vender por esse aldrabão de PT…. enfim, enfim e sem fim…. ando muito triste, desapontada e envergonhada com tudo o que venho assistindo no nosso país, que mesmo estando fora (por razões de estudos) tenho orgulho em defender, divulgar e promover. Bamu zunta mom di védé pa tela non ba wué. Deça di fla, fla, fla sooooo.

  14. img
    Visionário Responder

    Infelizmente o país anda a deriva. Principalmente na saúde’ em que surtos vão-se sucedendo sem que ao menos haja uma orientação firme do que fazer e das possiveis vias de propagação da doença especifica em causa. Vir ao público só afirmar que se trata de uma doença infeciosa não contagiosa é muito pouco e talvez fosse uma boa oportunidade a que a ministra ficasse calada…

Deixe um comentario

*