MLSTP : Posser propõe expurgo de alma para salvar MLSTP

Antigo Presidente do MLSTP, que ocupou vários cargos ministeriais pelo partido, Guilherme Posser da Costa, lamentou a ausência do Presidente do MLSTP Aurélio Silva, no fórum que pretendeu revitalizar a alma do MLSTP.

Uma alma infestada de maus espíritos, que têm que ser expurgados para o paciente recuperar. «O maior partido actualmente em São Tomé e Príncipe, é o partido dos descrentes, os desmoralizados. Quantos jovens que não vão votar. E perguntam votar para quê? Perdeu-se valores, perderam-se ideias. Hoje o que vale é o dinheiro. O país está refém de um mercantilismo interno, e está a tornar cultura dentro do nosso partido. Se quisermos ocupar um lugar incontornável na sociedade são-tomense temos que expurgar de dentro de nós essa ideia que foi trazida de fora, de que quem tem dinheiro é que manda no MLSTP». São palavras proferidas por Posser da Costa no fórum de debate.’

O antigo Presidente do MLSTP que foi primeiro-ministro e Chefe  único governo de maioria absoluta do MLSTP, ainda na década de 90, esclareceu que «não estou nesta iniciativa com este objectivo (derrubar a liderança). Mas lamento imenso a ausência aqui da Direcção do partido», precisou.

Para Guilherme Posser da Costa o fórum foi um alertar da consciência nacional.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Militante da Sede de Ribó Responder

    Rafael Branco tem que voltar…

  2. img
    pumbu Responder

    Alguem nao apareceu por medo? Ou sera que os tomates sao de calibre infimo? Assim eh que queremos liderar o maior partido???
    Meninice…

  3. img
    Quidide Responder

    De facto há que reestruturar o partido para o bem do país que anda desgovernado e com muita anarquia. já não há valores, já não há respeito pelo próximo, só se vê selvajaria. A sociedade está corrupta e doente infelizmente. Ao menos o MLSTP é nato e não é liderado por estrangeiro, talvez tenha amor à Pátria. Salvem a nossa Pátria!

  4. img
    Helder Responder

    Creio que seja TARDE para esta crise de consciência. MAS…

    Para o MLSTP, o primeiro passo, o mais importante, a dar seria, da parte de alguns membros e dirigentes, a tomada de consciência que “estão POLITICAMENTE MORTOS”. Podem fazer parte do partido, mas não devem dar mais cara nem opiniões publicamente.

  5. img
    seabra Responder

    Ché…de repente,os mestres da tortura despertaram-se e querem tomar conta da victima.
    KI dalé ô ô ô!!!

Deixe um comentario

*