Destaques

PR visita Instituto Marquês de Valle Flôr em Portugal

No quadro da visita oficial que realiza a Portugal, o Presidente da República e Chefe de Estado, Evaristo Carvalho, visita esta quinta – feira a sede do Instituto Marquês de Valle Flôr em Portugal.

Numa nota enviada a redacção do Jornal Téla Nón, o Instituto Marquês de Valle Flôr, dá conta que o Ministro dos Negócios Estrangeiros Urbino Botelho, e os embaixadores de Portugal em São Tomé e de São Tomé em Portugal, respectivamente Luís Gaspar da Silva e Luís Viegas, integram acompanharão o Presidente da República na visita.

O Instituto Marquês de Valle Flôr, opera em São Tomé e Príncipe, desde 1988, nos sectores da saúde, educação e desenvolvimento rural, e Água e Saneamento do Meio.

Nos últimos anos 8 anos reforçou o seu papel de parceiro importante no sector da saúde, através da implementação do projecto “Saúde para Todos”. Projecto realizado em parceria com a Cooperação Portuguesa.

No entanto desde 2016, que o projecto saúde para todos ficou limitado a vertente de especialidade, ou seja, o envio trimestral de médicos especialistas a São Tomé. Perdeu a sua componente de cuidados preventivos de saúde, e também a capacidade de assistência médica curativa junto as populações.

O recuo das acções do projecto saúde para todos, tem impacto negativo no sistema nacional de saúde, e já mereceu contestação dos partidos políticos da oposição.

A missão do Presidente da República e Chefe do Estado, durante a visita a Portugal, poderá revitalizar o projecto Saúde para Todos, e dar impulso a implementação do Programa Estratégico de Cooperação entre os dois países. Processo de implementação, que ficou encravado, por causa de dificuldades manifestadas publicamente pelo Governo são-tomense, através do Primeiro-ministro Patrice Trovoada, no que concerne ao acerto consensual de alguns pontos do PEC.

Abel Veiga

    9 comentários

9 comentários

  1. Nuno Menezes

    10 de Maio de 2017 as 11:54

    PR visita Instituto Marquês de Valle Flôr em Portugal

    O Senhor Presidente da República e Chefe de Estado, deveria tambem visitar CASA PIA DE LISBOA PORTUGAL, aonde estudou bons Politicos de Portugal e Bem formados e Hoje os mesmos Fazem Historia.

    Nuno Menezes
    Reino Unido,Lincoln

  2. falabarato

    10 de Maio de 2017 as 19:26

    Evaristo Carvalho viaja para Portugal,
    Patrice Trovoada é quem vai falar sobre viagem do Presidente.
    É CCOMO QUEM DIZ:
    O presidente não disse o que deveria dizer.
    O presidente não falou nada.

  3. falabarato

    10 de Maio de 2017 as 22:32

    “ APROVEITO PARA “LHE” CONVIDAR PARA “DAR UM SALTO” “ÀS MINHAS TERRAS” “QUE TAMBÉM FORAM “AS” SUAS ”.
    KIKIKIKIKIKikikikikikkki
    Foram palavras de Evaristo Carvalho durante a conferência de imprensa co Marcelo Rebelo de Sousa.
    Afinal Marcelo Sousa também tem terras em STP?
    Português É MUITO COMPLICADO ÉHHHHHHH

    • ROSTOV

      14 de Maio de 2017 as 20:41

      Portugueses são vários e PORTUGAL é só um. Esse PR anda ouvir vozes e um ainda há de pedir sua demissão como fez na legislatura anterior. Coitado do povo de STP. Ser pau mandado é complicado ainda mais quando a idade e competência cobram…

  4. ROSTOV

    11 de Maio de 2017 as 7:35

    Não será que o PR foi a Fátima rezar a mando do PT ao invés de estar a cabecear no seu gabinete aguardando ordens do seu chefe PT

  5. VExado

    11 de Maio de 2017 as 10:07

    Presidente sem vergonha e incopetente.
    Se em stp não visitou nem intermediou a regularização da cooperação com o referido Instituto, vai visitar o instituto em Portugal? Ou foi tentar fazer mexer os pausinhos para excluir o senhor edgar na dianteira do projecto? tem que ser claro.
    O Presidente fez uma presidencia aberta que culminou com a sua presença num unico distrito, coisa para dizer que está a trabalhar.

    Um presidente que obdece o guião do primeiro ministro, um autentico pau mandado…foi o primeiro ministro que o enviou…

    Patrice leva para todo o lado o indiano que nem português fala…é porquê?

  6. Raul Costa Cruz

    11 de Maio de 2017 as 11:05

    Deus nos acuda!
    So mesmo Deus para nos acudir. Este país esta de mal a pior. Nunca fomos tao humilhados pela actuação de um governante. Sempre fomos pobres mas sempre os nossos dirigentes tiveram carácter, cultura, hombridade e sempre souberam nos tirar vergonha. Por todo este teatro que esta a ocorrem em S.Tomé e Príncipe hoje, so há um culpado, o homem que deixou abaixo o governo da coligação MDFM/PCD em 2008 e que fez emergir o ADI das cinzas, quando o ADI era já um partido morto e que fora forçado a criar a coligação ue-kedagi. Agora o ADI, versos Patrice trovoada esta a dar que fazer a todos os santomenses. A miséria vai de mal a pior, e o pais passou a ser bobo da corte no plano internacional….
    Mas estou em crer que as outras duas forças da mudança poderão vir a dar a volta por cima e sairem vencedoras nos próximos pleitos eleitorais, ja que o ADI ja era. O MLSTP nao vai levar nada, portanto restara novamente o MDFM e o PCD. MDFM nao tem representação parlamentar mas tambem nao tem manchas nem culpa no cartório e o povo sabe disso, portanto vai-lhes confiar votos. O PCD apesar de algumas aberrações tem demonstrado ser uma força politica com perfil próprio. A ver vamos, mas o ADI ja era. E podem crer que logo apos a sua queda do ADI, Patrice nao ficara em S.Tomé nem mais um dia.

  7. Peixe podre

    11 de Maio de 2017 as 15:57

    Pois, como o pais desenvolve. Os políticos passam vida a viajar, os necessitados são os que mais sofrem nas mãos destes covardes, corruptos, e ladrões..
    Stp precisa de uma guerra civil para estes políticos sairem e recomeçar tudo de novo.

  8. VM

    12 de Maio de 2017 as 9:34

    Coitado.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo