PCD: “Vontade da Maioria” é anti-democrática

O partido PCD que viu gorada a possibilidade da questão do milho transgénico/híbrido ser debatido na casa da democracia são-tomense, com as devidas explicações e esclarecimentos do governo ao povo e aos representantes do povo, reagiu a decisão da ADI, que representa a vontade da maioria do povo são-tomense em considerar inoportuno o debate do assunto.

«O PCD denuncia esta atitude anti-democrática e exige que o governo esclareça todos os pormenores sobre as consequências do cultivo deste milho para a saúde humana e para a degradação da biodiversidade do país», lê-se no comunicado de imprensa do PCD.

O partido da oposição manifesta-se solidário com a cidadã Elsa Garrido e «insta o Governo a publicar com urgência os resultados dos estudos técnicos sobre as sementes de milho a ser cultivado, de modo a evitar a retoma da greve de fome através da qual ela ameaça voltar ao protesto», refere o PCD.

Abel Veiga

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Preto Responder

    Isto é uma autêntica brincadeira de país.

  2. img
    EX Responder

    Eu posso eu quero eu mando, eu sou invencível, esse é o lema do grupo parlmentar do Governo e dos dirigentes do ADI.

  3. img
    ADEUS A ULTIMO SUBREVIVENTE Responder

    Quem não sabia que PT é ditador déspota,tirano intriguista como Pai( Miguel Trovoda9? só quem não faz Leitura das personalidades, veja só como ele usou artimanha para arrumar com Pinto da Costa, dizendo que Pinto esta a criar encrave no desenvolvimento do País, e com Evaristo? o País ja descolou? brincadeira rsrsrsrsr, veja o que se passou em libreville… com o Jean Ping… não é em vão que os Oficiais Militar Ruandeses querem se instalar no País. meu Povo Abri os Olhos antes que vai ser muito tarde,porque os Americanos, os Franceses, Portugueses e Brasileiro não aceitam essa barbaridade ditatorial, com uma democracia com rosto de ditadura clara, onde a TV E RNSTP ja bajulam com o programa a favor de Governo e seu Chefe. há de aparecer um líder carismático nacionalista para por fim a essas mediocridade intelectual desses dito dirigente, mundo esta aberto não é permitido governar com um déspota. infelizmente essa população estão na praça lutando pela sobrevivência e não acompanha nada, porque estão vestido de Miséria e na Beira da Falecia, e quando chega dia de votação vão esses malandro entregar pão e Sumo, umas chapas de Zinco, uma mota, Luz, chafariz,estrada e esquecem se de tudo resto. meu povo acorda desse sono anestesiado, esse homem tem feitiço forte sacrifica muita gente… vamos derrubar esse governo, MLSTP/PCD/UDD por vossa causa estamos a correr o risco de uma ditadura…andaram a brincar com o Povo. e povo votou com raiva de voces… é verdade Pura. um dia sairei a praça para dizer isso Publicamente. queremos partido com caras novas e não pessoas que ja nos fez mal…

  4. img
    mezedo Responder

    Ta claro que ADI não aceita nada que vem de outros partidos, mesmo que se trata de assuntos ligado a cidadãos.

    Isto não é vontade da maioria, mas sim o abuso de poder implantado por ADI.

  5. img
    Morcego de Almerim Responder

    Até que enfim começa a aparecer um partido que estava a dormir. Gostei desta postura do PCD. Continuem assim e provavelmente não serão castigados nas eleições. Meus parabens pela vossa atitude. Não deixem o homem solto e a fazer o que ele quer.

  6. img
    ká Dêce Ku Bomba Responder

    Muito bem PCD. Assim é que é. Gostei desta iniciativa. O país não é deste Gabonês malcriado.

  7. img
    Chupa Mama Responder

    Congratulo com a iniciativa do PCD, contudo fico triste ver homens e mulheres dotados de conhecimento a não saber Governar na Democracia, para que serviu os anos de faculdade dos dirigentes do ADI? andaram uns fora do país com bolsa do Estado para isso? que exemplo andam a passar a nossa Juventude? depois gritam por 40 anos? não será que mal que andam a fazer já ultrapassou os 40 anos? espero que um dia cada um desses senhores e senhoras do ADI possam viver para pagar os seus pecados…e aqueles que não chegarem lá os seus filhos….

  8. img
    Orhg Responder

    Precisamos, mais do que nunca, de uma oposição séria e presente.
    Muito bem PCD.

  9. img
    jaimily Reis Responder

    Patrice vai acabar com os santomenses todos.
    O gajo não tem nada a perder mais tudo a ganhar.
    Como tem feito

  10. img
    badiu di stp Responder

    Soluções para governar São Tomé e Príncipe:

    - Uma união forte entre os cabo-verdianos e os seus descendentes entre os angolanos e seus descendentes entre moçambicano e seus descentes residente em STP:
    - Após a consolidação desta união criar um movimento político e concorrer as próximas eleições:
    - Pensemos nesta opção compatriotas e deixemos o tempo cuidar do resto (Nu otxa si Dubai ka ta txiga ou nton si nu ka ta bai pa Dubai.)
    N ka Kria flabá ma djan fla…………..

  11. img
    Brasileiro Responder

    Caso desejem solucionar esse impasse é muito fácil: basta fazerem um congresso com especialistas de diferentes áreas onde os mesmos mostrem os prós e contras à população, de modo que estes tomem partido quanto à causa que lhes é de interesse. Posteriormente faz-se uma consulta popular simples (aproveitando que o país tem poucos habitantes) e a partir da vontade da maioria dos cidadãos defini-se pelo plantio ou não.
    Acredito que talvez o que deva estar ocorrendo é que o Estado São-Tomense deve ter se comprometido no âmbito do acordo de cooperação bilateral em realizar o cultivo e não quer voltar atrás com a palavras para não causar alguma espécia de mal estar com o Governo Chinês que se ofereceu em fornecer as tais sementes.

Deixe um comentario

*