MDFM diz que com ADI o país ficou mais pobre

O partido MDFM, reuniu o seu conselho do distrito de Mé-Zochi, e num comunicado que fez chegar a redacção do Téla Nón, diz que «o partido no poder(ADI), está desnorteado, não tem cumprido várias promessas eleitorais e que neste período da sua governação o país ficou mais pobre», diz o comunicado.

MDFM, acrescenta que «o índice de criminalidade também aumentou». Um fenómeno, que ao que tudo indica resulta do aumento do desemprego no país.

No entanto em Outubro de 2014, o actual Primeiro-ministro Patrice Trovoada, na altura líder da oposição, garantiu e com palavra de honra aos são-tomenses que uma com a vitória da ADI nas eleições legislativas daquele ano, e sobretudo com maioria absoluta, seriam garantidos aos são-tomenses 4 mil novos empregos por ano.

Em Outubro próximo o ADI completa 3 anos na governação do país, e ainda não se registaram tamanho número de empregabilidade anual em São Tomé e Príncipe. Pelo contrário, segundo o MDFM, os sinais apontam para subida galopante do desemprego no país.

As acções do partido no poder no sentido de criar um Tribunal Constitucional Independente, é considerado pelo conselho do MDFM de Mé-Zochi, como «mais uma das manobras do ADI, visando as próximas eleições que se avizinham já que o país conheceu uma greve dos funcionários dos Tribunais e do Ministério Público, que durou 3 meses, e em que o governo recusou satisfazer uma das reivindicações por falta de condições financeiras», refere o comunicado.

O fogo que devasta a região centro de Portugal, mereceu consternação do MDFM que rendeu homenagem e manifestou solidariedade ao povo português.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Bom rapaz Responder

    Meus senhores, minhas senhoras!!!!!
    Cuidado com esse despertar do MDFM/PL, A surpresa ainda pode estar a vista e o capitão virar marinheiro, enquanto o marinheiro poderá subir ao comando do leme.
    Vão os reconhecimentos de um pequeno grupo da diáspora santomense em Portugal ao ressurgimento do MDFM que assumiu estar a dar a cara, produzindo reflexões concretas ao contrario de outras forças politicas e interventores politicos do país que simplesmente passaram a uma ignobil letargia e como alguem já disse no passado, os partidos da oposição com assento parlamentar ainda estão num sono profundo. Cuidado porque quando acordarem pode ser tarde.
    Ao ADI, fica o conselho de por favor melhorem a governação do país, melhorem a imagem do proprio partido e para tal, a exoneração de Olinto Daio pelo que ele fez enquanto ameaça publica não deve continuar no posto.
    Todavia, há uma questão que se pode colocar. Não estará o MDFM justamente a se reerguer para vir a funcionar como a grande ajuda ao próprio ADI que esta em queda livre?

    • img
      Pumbú Responder

      Resposta: A eventual queda Do ADi é igual a queda de um gigante. Se o gigante estiver a cair fica todo CAGADINHO e nenhuma formiguinha o sustém!!! Viva os que vêm e ainda reagem ao que se passa no nosso STP!

  2. img
    Foro de Ototo Responder

    Depois dessas imagens que se viu dos representantes dos quatro órgaos de soberania, acho que na verdade alguem tem que fazer alguma coisa por este país.
    Esse partido sem assento parlamentar, mas que não deixa de ser uma força politica legitima da república ao manifestar sua opinião sobre o estado do país, faz muito bem. Até pensava que nem o Fradique em o partido dele MDFM estavam mortos, mas pelos vistos há mortos que ressuscitam.
    Essa imagem no exterior é a vergonha do nosso país, ou melhor dos seus lideres. Exceptuando o Silva Gomes,que ficou como quem tivesse sido regeitado pelos outros. todos os outros não tinham qualquer postura de estado.
    Sei que quem tinha iniciativas dessas era o ex-presidente Fradique de menezes mas isso era pelo seu feitio proprio ou quando as circustancias o exigiam. Agora, a unica coisa que se exige de facto é uma boa governação, sentido de estado transparência e verdade. De que o país é pobre todos sabemos e ninguem fará milagres, mas a boa conduta, transparencia e verdade em muito poderá ajudar.

  3. img
    Quidide Responder

    Tudo o que seja feito para de facto melhorar as condições do país e a sua reputação no exterior acho bem. Esses factos citados no artigo são uma constatação mais que óbvia e alguma coisa tem que ser feita. Precisamos de uma oposição forte.

  4. img
    LOXÔ BLATU Responder

    O surgimento de MDFM?
    Esse partido ainda existe, ou já era?

  5. img
    EX Responder

    De vez enquanto é bom fazer-se balanço, e se manifestar indignação a tanta miséria e frustração do Povo.

    Já que a oposição não se mexe.

  6. img
    Povo põe povo tira Responder

    MDFM é mesmo ADI, basta ver a origem. Pergunta quem é o João Cavalo no MDFM. Pergunta também quem é Anibal de Fradique no MDFM. Eles todos são do ADI.
    Todos os dirigentes do MDFM são todos do ADI.
    MDFM está a procura de jogo político para depois dependendo dos resultados eleitorais vir a coligar com o ADI.

    Resumindo, cuidado minha gente com as manobras do MDFM, do João Cavalo, do Anibal do Fradique e outros dirigentes do MDFM porque são todos família do mesmo tacho do ADI. MDFM é ADI mesmo.

    • img
      Pumbú Responder

      Estamos todos bem F-didos???

  7. img
    ave maria Responder

    Minha gente o pais tornou mais pobre como?
    Temos Dubai, temos arroz de 13 contos temos maioria absoluta já podemos prometer bofetadas nas mulheres indefesa podemos gravar as nossas conversas com telemóveis os impostos aos pobres já estam a ser cobrado . O que mais queremos.
    Antigamente dizíamos só na China.

  8. img
    Taco Vilo Responder

    Já estou me sentindo mais feliz, porque finalmente uns e outros estão dando sinal d vida. Foi com satisfação que ontem vi na TVS um tempo de antena do Partido UDD e na verdade chamava-se atenção para algumas pertinentes questões e que merecem reflexão intelectual sobretudo quando vem um primeiro ministro da republica chamar o seu povo de bebabo. Isso é inadmissivel. Portanto o ressurgimento do MDFM a dizer que sim, que está presente e o despertar da UDD são sinais que acredito poderão fazer despertar tambem os gigantes da oposição como MLSTP e PCD, embora o MLSTP se encontre agora sem direcção, porque não se consegue acreditar como é que um partido como o MLSTP não consegue ter o seu presidente a residir em STP e que não entende patavina de politica senão de cheiro de dinheiro.

  9. img
    Rumba e tango Responder

    Isto esta a parecer jogo de xadrez com muitos cheque-mats. Srnao vejamos:
    Fradique ajuda os trovoadas na criacao do ADI. Depois fradique padda a independente os trovoadas vao buscar fradique para se candidatar a presidente da republica. Fradique e eleito asdume decisao propria os trovoadas ficam chateados e mais tarde fradique faz de patrice trovoada de primeiro ministro sem rlevter ganho ad eleicoes. Mais tarde o pcd deixa cair governi de patrice e fradique e seu mdfm mandam votar no adi para este vencer eleicoes. Agora que adi tem governacao mad wue esta a cair queda livre la vem o partido do fradique, mdfm, a se posicionar como alternativa ao adi. Se tudo der certo para o mdfm que ja conta, segundo consta, com varios dissidentes sa adi, sera que teremos fradiwue como primeiro ministro? Assim seja!

  10. img
    Homem Grande Responder

    Isto está entregue a Bicharadas!

    A Oposição continua a não estar organizada e não dar nenhum tipo de credibilidade Como alternativa aos desmandos do Dito “Messias” e seus lacraios o lhe facilita a vida em grande medida.
    Devia entregar o País aos Suissos para gerir salvaguardando apenas os nossos direitos como cidadãos Sãotomenses

  11. img
    vicente Responder

    Que me desculpem a sinceridade, depois do MDFM recusar os seus votos a favor do ADI, agora vem com lágrimas de CROCODILO, agora aparece gritando que o país anda mal.Aonde tinham a cabeça quando João cavalo disse publicamente na comunicação social que votar no ADI ou no MDFM era a mesma coisa. Povo abra os olhos, porque como dizia o meu avô ” nguê cu da tope dôsso vê ni budo ´sé mé de Stlada, inhé toca lanqué, si não, tirem as vossas conclusões.

  12. img
    Favrita Responder

    Muitas vezes andamos distraídos e falamos coisas sem sentidos. É preciso entendermos e compreendermos que a politica não é nada estático, ela é dinâmica e acompanha as evoluções do mundo.
    Portanto os partidos como o MDFM, UDD, PTS, PCD, CODO são considerados partidos de mudança, e cada um fez e tem a sua história, e hoje as coisas estão num cominho que permite esses partidos e outros que possam vir a surgir, tendo em conta a vida democrática permite isto e vir dar a volta a situação existente. É verdade que muitos de nós entendemos que o único partido forte é o ADI e o MLSTP, mas eu na minha visão politica esses dois partidos não são fortes, estão fragilizados com manchas muito negra e é dai que os outros são mais fortes, basta fazerem politica quotidiana e renovando as suas imagens e acredito que estarão em melhor situação duque o ADI e o MLSTP.

Deixe um comentario

*