Destaques

PGR quer agir sobre o caso “Golpe-Financiador”

Um leitor do Téla Nón fez chegar por via digital à redacção do Jornal, uma nota de imprensa da Procuradoria-geral da República, e assinada pelo Procurador-geral Frederique Samba, dando conta que n sequência «de um vídeo publicado nas redes sociais por um cidadão de nacionalidade são-tomense, verifica-se que são dados detalhes sobre o eventual mandante do Golpe de Estado ocorrido aos 16 de Julho de 2003», lê-se na nota de imprensa.

A Procuradoria-geral da República, diz que agi não apenas com base na denúncia vídeo feita pelo cidadão nacional, mas também «acompanhado de informações d outros momentos, relativamente as instruções recebidas pelo autor do referido vídeo, para a prática de assassinato de algumas individualidades, incluindo antigos Presidentes da República, e membro do Governo», acrescenta a nota da Procuradoria da República.

Diante dos factos, o Procurador-geral da República, diz na nota de imprensa que há necessidade de se apurar «sobre a eventual existência de crimes puníveis no âmbito da actual legislação penal, reportando ao momento das suas práticas e quem foram os seus agentes».

Por isso, conclui a nota que «foi desencadeado os autos de instrução preparatória registado sob o número 747/2017 que correm os seus termos nesta instituição».

Abel Veiga

 

    8 comentários

8 comentários

  1. Maria Silva

    17 de Agosto de 2017 as 11:30

    Hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh qual agir qual quê ?! Nós já sabemos que não acontecerá nada , ficará td nas águas do bacalhau !!!
    Homens da ” justiça ” a fazerem figuras tristes….

  2. Original

    17 de Agosto de 2017 as 11:33

    Samba,não transforma esta denuncia em rumba por favor.

  3. Félix Rocha

    17 de Agosto de 2017 as 12:07

    O senhor Jerónimo Moniz também anda a dar palpites sobre este problema. Eu pergunto uma coisa a este senhor. Ele trabalha numa rádio pública de portugal que é paga pelos contribuintes portugueses, que muitas vezes faz entrevistas a muitas pessoas sobre vários temas. Eu não percebo porquê que ele não pode tomar a decisão de dar uma entrevista ao Peter para esclarecer este problema já que a rádio jubilar foi proibida de fazer isto. Seria um bom serviço público prestado ao povo de S.Tomé. Ou o senhor Jerónimo Moniz está ao serviço do Patrice Trovoada e do ADI?

  4. explicar sem complicar

    17 de Agosto de 2017 as 12:52

    SAMBA,
    E sobre os 30.000.000,00 ( Trinta Milhões de Dólares ) ?

  5. Vexado

    17 de Agosto de 2017 as 14:02

    Patrício tempestade pós o samba nu.
    Na entrevista, o próprio tempestade afirmou que orientou o procurador da república a investigar.
    Ou seja, samba realizou este expediente, para o inglês ver.

    Abre inquérito para apurar 30 milhões de dólares que foi veiculado nas redes sociais.
    A lei é para todos e para os crimes estipulados. Se abriu um, deve abrir outro também.

    Investiga a fraude eleitoral também.
    Abreijos

  6. Arroz Substancia

    18 de Agosto de 2017 as 5:17

    Que se apure todas as verdades sim mas isto e unica forma de MLSTP voltar ao poder outra vez os Bufalos em acao ou seja desta vez um Bufalo em acao.
    Este filhos da terra foram formar Bufalos so para dar golpes de estado em S.tome?

  7. Preto

    19 de Agosto de 2017 as 13:35

    O PGR ja vai ganhar um carro novo.

  8. Alberto d' Oliveira

    20 de Agosto de 2017 as 17:21

    Samba é o gajo mais parvo como servidor público, Muito fraco ou medroso. O próprio, emitiu mandato de captura ao Patrice Trovoada e não se sabe onde encontra este mesmo mandato. Alguém pode me dizer se ainda está em curso ou foi arquivado? Se o Samba não acredita que o Patrice Trovoada foi financiador de golpe do Estado em 2003 procure uma investigação básica no livro público pelo nigeriano, pág. 64. Parvo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo