Destaques

PR envia mensagem de condolências ao povo português e ao seu homólogo

 Nota de Condolências 

É com profunda dor e consternação que ao tomar conhecimento do fatídico  incêndio que tem assolado várias localidades de Portugal e que tem causado a morte a dezenas de  pessoas que o  Presidente da República Evaristo Carvalho em seu nome próprio e em nome do povo de São Tome e Príncipe vem através desta nota de Imprensa expressar as suas mais profundas e sentidas condolências ao seu homologo Português e ao povo irmão de Portugal por essa triste tragédia.

À família das vitimas o Presidente da República endereça votos de grande pesar de solidariedade  e de muita coragem neste momento de dor e de luto.

Gabinete de Assessoria de Comunicação da Presidência da República em

S. Tomé, 16 de Outubro  de 2017

 

    7 comentários

7 comentários

  1. Toussaint L'Ouverture

    17 de Outubro de 2017 as 2:39

    O Presidente Evaristo Carvalho fez muito bem em enviar uma mensagem de condolências ao povo português, através do seu homólogo. Será que enviou uma mensagem, igualmente, ao seu homólogo da Somália, onde morreram centenas de pessoas vítimas de um ataque bombista? A Somália está no estado em que sabemos, mas um telegrama não se perderá pelo caminho. Se enviou, as minhas desculpas.

    • MIGBAI

      17 de Outubro de 2017 as 9:47

      Seu ignorante “Toussaint L’Ouverture”
      Não sabes nada de política e muito menos das boas maneiras/práticas institucionais.
      Ignorante e racista, ao ponto de termos a certeza que comes de boca aberta, para te vermos o arroz a rolar entre caninos e molares gastos de tanto roeres os calcanhares de quem te alimenta.
      Cada vez tenho mais vergonha de ser filho desta terra, onde um simples acto de condolências por parte do representante do órgão máximo do pais, é criticado indiretamente por eunucos.
      Vai-te encher de moscas seu ” Toussaint L’Ouverture”.

  2. explicar sem complicar

    17 de Outubro de 2017 as 9:16

    Evaristo não dá nada.

  3. manuel

    17 de Outubro de 2017 as 16:47

    Quer queira quer não meu amigo, ele é presidente de todos Santomenses.
    se não quiseres vai-te embora senhor ingrato

  4. Diogo

    18 de Outubro de 2017 as 5:04

    Desde Portugal, obrigado, país que é irmão e caloroso de coração.

  5. Aurora da Trindade

    18 de Outubro de 2017 as 15:50

    Senhor presidente Evaristo, o senhor nao acha que estao a matar a democracia em STP. Como pode o governo da ADI iniciar um expediente de retirar o partido MDFM a sua sede 48 horas depois desse partido tornar publico um comunicado dizendo que a governacao do pais vai mal? Meus senhores minhas senhoras se isso for verdade entao o Patrice Trovoada e muito pior do que se pode imaginar, sobretudo tratando.se so Mdfm, o partido que fez com que hoje ele tivesse essa maioria absoluta.

  6. Toussaint L'Ouverture

    19 de Outubro de 2017 as 6:40

    Aurora da Trindade, como diz o nosso povo, prucurô, contro! Quem mandou o MDFM ser parvo e orientar os seus eleitores a votarem em Patrice Trovoada e no ADI em 2010? Atraiçoaram os parceiros de coligação, fizeram-lhes guerra e agora choramingam. E a Aurora da Trindade vem agora reconhecer, publicamente, que o seu partido foi parvo. Já agora, diga-nos: a decisão do MDFM de mandar as suas bases votar ADI em 2010 foi ingenuidade política ou alguma coisa foi transferida debaixo da mesa? Ou alguma promessa foi feita por trás da porta e não cumprida? Obrigada.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo