Eleições presidenciais

“Estudantes bolsistas do estado no exterior desejar-lhe o Presidente Eleito sucessos no seu próximo mandato”

Ao Senhor Dr. Manuel Pinto da Costa, Presidente da República Eleito em 7 de Agosto

Excelência

Antes de mais, receba os nossos respeitosos cumprimentos.

Queremos, em primeiro lugar, lhe felicitar pela vitória conseguida na disputa da segunda volta das eleições presidenciais, realizada em 7 de Agosto de 2011. Diante das diversas opiniões a respeito da sua figura como político e falando em nome de um grupo de cidadãos, devemos desejar-lhe sucessos no seu próximo mandato, que começou no dia 3 de Setembro de 2011; que consiga realizar todo, senão, a maior parte do programa que apresentou aos são-tomenses e que mereceu aceitação da maioria relativa.

De uma forma geral, todos também acreditamos que a corrupção, a instabilidade e a pobreza são três dos maiores problemas de São Tomé e Príncipe e que precisam urgentemente de ser minimizados para que o nosso país encontre o rumo certo para um Desenvolvimento Sustentável. Acreditamos na luta por esse ideal e, como cidadãos, estamos dispostos a colaborar da melhor forma possível para que STP viva melhores dias.

A nossa jornada em territórios estrangeiros pode ser vista como uma fase de capacitação para podermos, futuramente, contribuir para o desenvolvimento do país. Um objectivo “apadrinhado” pelos sucessivos governos até então, que sempre assumiram subsidiar todo o processo, enquanto durar o tempo regulamentar das nossas formações. Entretanto, os órgãos responsáveis nunca conseguiram cumprir esse compromisso. Já são históricas as constantes queixas de estudantes são-tomenses no estrangeiro, verdadeiros gritos de aflição por falta de meios financeiros para garantir até mesmo a sobrevivência nos países “acolhedores”. O problema existe há décadas e, perante as fracas condições econômico-financeiras do país, acreditamos, os sucessivos governos não têm conseguido solucionar o problema. Entretanto, a impressão que sempre reina nos momentos de desespero é que exista pouco engajamento dos executivos na resolução deste problema, sendo eles sempre acusados de nos abandonar à nossa sorte. Uma ideia reforçada pelo facto dos pagamentos serem feitos apenas depois que os estudantes o reclamam.

Como deve imaginar, esta situação ocasiona sérios problemas como insuficiência alimentar, despejo por falta de pagamento dos aluguéis das moradias, falta de dinheiro para o transporte, entre outros, que, por sua vez, causam desiquilíbrio físico e emocional, reflectindo directamente no nosso desempenho escolar (cujos resultados, em condições normais, são sempre acima da média dos estudantes das instituições que nos recebem). A situação, ao mesmo tempo, frustra os nossos objetivos como cidadãos e, em muitos casos, põe em causa o nosso patriotismo por causa do efeito moralmente negativo.

Sabemos que, diretamente, a resolução deste problema não é da alçada do Presidente da República. Entretanto, queremos chamar a sua atenção para esta doença crónica, cuja cura ainda não foi descoberta pelo Estado, porque acreditamos que, como futuro Chefe de Estado eleito para representar os são-tomenses nacional e internacionalmente, saberá utilizar os meios possíveis para ajudar o executivo a minimizar este problema, garantindo o pagamento integral e contínuo das bolsas de estudo aos estudantes bolsistas do Estado.

Temos a noção do quão complicado é a situação da parte do executivo, mas devemos lutar pelos nossos direitos e merecemos mais atenção do estado são-tomense. Esperamos que receba esta mensagem como mais um desafio para o seu mandato como Presidente da República de São Tomé e Príncipe e que consiga, de facto, unir a família são-tomense numa só voz para que, através do trabalho e transparência, possamos tirar o país do buraco em que está mergulhado.

Esta mensagem é da autoria dos responsáveis pelo Grupo de Representantes dos Estudantes Bolsistas do Estado São-tomenses no Exterior.

Helton Neves

Hailton Sousa

Miguel Nascimento

Contactos: bolsistassantolas@hotmail.com  / bolsistasantola@groups.facebook.com

    15 comentários

15 comentários

  1. Jovem Santola

    8 de Setembro de 2011 as 14:39

    Mais um grito de socorro, na esperança de que alguém nos ouça. Só nos restava apelar pela sensibilidade do órgão mais alto da Nação para a resolução do nosso problema. Esperamos que o PR possa olhar para esta questão como amigo, como um presidente de todos os santomenses e que consiga fazer o que estiver ao seu alcance para amenizar este problema. Bem haja!

  2. optimista

    8 de Setembro de 2011 as 16:20

    Bem haja. Que Deus ajude os estudantes bolseiros sãotomenses abandonados no exterior.

  3. Estudante

    8 de Setembro de 2011 as 17:26

    São Tomé e Príncipe tem três estudantes no exterior. Como podem esses três cidadãos falarem em nome de centenas de estudantes no exterior. Eo jornal também que aceita isso é brincadeira.
    Devia ser: “Fulano, fulano, fula felicitam…”. Vamos parar de puxar saco, tem estudante passando fome e quase morando na rua e esses ai felicitando. Quero felicitar minha bolsa, quando ela estiver regular.

  4. ghadafi

    8 de Setembro de 2011 as 20:03

    Epa! Voces de novo? Nance bila bi?

  5. Matabala

    8 de Setembro de 2011 as 20:24

    Que título é este pessoal???

    • cumade

      8 de Setembro de 2011 as 23:39

      Matabala, este titulo nem merece comentario. Ele vale apenas pela qualidade de erro.
      Vou deixar um grande conselho a estes estudantes: Pinto da Costa nao gosta de “lambe botas” nem de ” caga na saquinha”. Estudem e deixem de bobo.

  6. Matabala

    8 de Setembro de 2011 as 20:25

    “Estudantes bolsistas do estado no exterior desejar-lhe o Presidente Eleito sucessos no seu próximo mandato”

  7. JOSE TORRES

    8 de Setembro de 2011 as 21:06

    O Presidente PInto da Costa nao ira fazer milagres. Apertem com o Gioverno. Este sim tem dinheiro como vcs poderam ver na campanha. Vamos a luta

    • Estudante

      9 de Setembro de 2011 as 0:04

      Fiz um comentário de manhã e até o presente momento não deixaram aparecer. Deve ser censura, de só filtrar os comentários favoráveis a noticias.Ou deixam-nos comentar ou não faz sentido nenhum ter um espaço para comentar.

  8. H. Mandela

    9 de Setembro de 2011 as 1:25

    Abel Veiga que título é esse!?

    • Valentim Cravid

      9 de Setembro de 2011 as 7:00

      Este título assassinou a Língua Portuguesa!!!

    • mé pombo

      9 de Setembro de 2011 as 7:55

      essa vergonha vem do concerteza dos k estao no brazil

  9. San Fulana!

    9 de Setembro de 2011 as 8:21

    que horror….!só o titulo, dispensa sequencia de leitura. jovens, estudem e creiam nas vossas capacidades. deixem de lamber botas.

    essa vota instituicao nao existe e se existe é sem o consentimento da maioria dos estudantes espalhados pelo mundo todo, aos quais voces nunca puderam contactar e ademais, um grupo estudantil nao é uma ONG nem nada disso para entrar nesse campo politico de parabenizar seja lá quem for.

    tomem juizo rapazes! estudem e terminem os vossos estudos.

  10. Mário

    9 de Setembro de 2011 as 9:48

    Já não há mais nada neste país para informar?

  11. mundo desconhece stp

    12 de Setembro de 2011 as 8:58

    Gente…, como é possivel q o Ministro de Educação avisa q será muito dificil pagar a tempo as bolsas dos estudantes no estrangeiro!!????????
    Será que vão morrer de fome?????????
    isso só acontece no nosso país. por isso que digi que STP não existe.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo