Escândalo financeiro no sindicato dos jornalistas são-tomenses

Publicado em 09 Set 2008
Comentários; fechado

Fonte ddinheiro.jpga classe jornalística são-tomense, denunciou para o Téla Nón, o desvio de cerca de 40 milhões de dobras, cerca de 2 mil euros das contas da organização sindical. Segundo a fonte o montante foi desviado em várias tranches desde Abril passado. A fraude só terá sido desvendada quando um dos responsáveis do sindicato, decidiu averiguar o saldo bancário. Segundo a fonte a extorsão do dinheiro foi feita através de assinaturas falsas. O Téla Nón apurou que o caso já foi entregue a justiça. A fonte acrescentou, que a poupança em causa visava a realização do congresso dos jornalistas, a preparação da carteira profissional, bem como outros diplomas importantes para a dignificação da classe.Um escândalo que deixa a classe jornalística mais fragilizada.