Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, anuncia fim da crise de vistos para estudantes são-tomenses já matriculados em centros de ensino português

Publicado em 07 Out 2008
Comentários; fechado

Segundvisto.jpgo o Ministro Carlos Tiny, o problema ficou resolvido após concertação com as autoridades portuguesas. Apesar dos constrangimentos legais, foi aberta uma excepção para atender aos estudantes que estão matriculados em centros de formação profissional de Portugal. Desta forma a cooperação bilateral entre as autarquias de Água Grande de São Tomé e a portuguesa de Maia, no domínio da formação de quadros passa a ter pernas para andar.