Sapatos de fardo provocam surto de micose

Publicado em 23 Fev 2009
Comentários; fechado

A inspecção das activivendas-na-rua1.jpgdades económicas em parceria com a polícia de investigação criminal, realizou no último fim-de-semana uma operação de recolha de milhares de sapatos que estavam a ser negociados pelas vendedoras do mercado “ Mimo 21”. Segundo a inspecção das actividades económicas a acção visa combater o surto de micose que está a aumentar no país, como  consequência do uso de calçados infectados com fungos causadores de tal problema. Os sapatos de fardo, ou melhor, de segunda mão que são vendidos no mercado Mimo 21, são indicados como principal foco da micose. A inspecção das actividades económicas já queimou parte do produto recolhido, para o desespero das vendedoras que reclamam pelo pão de cada dia. As vendedoras questionaram o facto de a inspecção das actividades económicas não ter fiscalizado a qualidade do produto no momento de desembarque no porto de São Tomé, e só ter reagido após a comercialização dos calçados.