Financiamento da União Europeia leva água potável para mais de 6 mil habitantes de São Tomé

Publicado em 27 Fev 2009
Comentários; fechado

A partir de Juagua.jpgnho de 2010, mais de 6 mil habitantes da região centro da ilha de São Tomé, nomeadamente Lemos, Capela, Favorita e outras, vão ter acesso a água potável nos seus quintais. Para o efeito a União Europeia e o governo são-tomense, lançaram esta semana as obras de reabilitação e ampliação da rede de distribuição de água para aquelas comunidades. No valor de 2 milhões de euros, o projecto de adopção de água é resposta da União Europeia, ao apelo feito pelo governo são-tomense em 2005, para ajudar o arquipélago a combater o surto de cólera que naquele ano ameaçava a vida da população. A extensão da rede de abastecimento de água potável numa distância superior a 2000 metros, vai permitir a canalização de água para mais de 175 residências das localidades do distrito de mé-zochi.