Sociedade

CST anuncia projecto-piloto de instalação de unidades de produção de energias renováveis na ilha do Príncipe

cst.jpgAtravés de painéis solares e unidades de produção de energia eólica, a CST, Companhia Santomense de Telecomunicações, pretende transformar a ilha do Príncipe na base para a expansão de energias renováveis no arquipélago são-tomense. Segundo José Jardim administrador delegado da empresa de capital misto estado são-tomense – Portugal Telecom, Príncipe foi escolhido para a experiência piloto que deverá se estender a todo o país.  A extensão da rede móvel e da internet a todo o território da região autónoma é outra prioridade da CST.  

O administrador delegado da CST, anunciou o projecto de exploração de energias renováveis durante uma visita a região do Príncipe. Painéis solares e unidades eólicas, isto é produção de electricidade através da captação de raios solares e utilizando a força do vento, deverão ser realidade na ilha do Príncipe no próximo ano.

Segundo o Governo Regional da Ilha, no início de 2010, a CST deverá fazer o levantamento das necessidades do projecto que no segundo semestre de 2010 comerá a produzir energia renovável na região autónoma.

As populações das regiões mais isoladas serão as principais beneficiárias da produção solar ou eólica. Um projecto integrado que vai permitir a extensão da rede móvel e da internet em todo o espaço territorial do Príncipe.

A CST através do seu administrador delegado José Jardim, assegurou as autoridades regionais o propósito da empresa em quebrar o isolamento da ilha e das suas comunidades mais desfavorecidas.

Abel Veiga

Recentemente

Topo