Os 7 Chineses que foram raptados na última semana no Golfo da Guiné já foram libertados

zona-de-bakassi-imagem-imprensa-camaroes.jpgSegundo a imprensa internacional, os 7 chineses raptados na passada sexta – feira, pertenciam a uma empresa de pesca que opera na península de Bakassi. Região rica em pescado, gás e petróleo. Os 7 homens foram libertos na última quarta – feira. Segundo a imprensa local as autoridades não revelaram o que foi a contra-partida paga aos sequestradores, designados como Comando Marinho Africano. Note-se que os raptores tinham exigido o pagamento de 15 mil dólares, para libertar os 7 chineses. Valor que segundo a AFP, as Pequim estava disposto a pagar, mas o governo camarões recusou terminantemente, que fosse pago.

Deixe um comentario

*