Sociedade

Governo de transição – Recebeu batata quente en 1974

Leonel Mário d´Alva, foi o primeiro Ministro do Governo de transição investido em 21 de Dezembro de 1974. Na altura  jovem economista de 39 anos, diz que foi uma missão muito difícil e complicada.

O país estava em ebolição. No seio dos membros do movimento de libertação nasciam clivagens e confrontações. Os técnicos portugueses ameaçavam abandonar o país em bloco, e começavam a falta géneros alimentícios. Na década de 80 Leonel Mário d´Alva teve que exilar-se no estrangeiro. O conflito interno já tinha danificado a União no seio dos membros do movimento independentista.  Toda história na página entrevista.

Abel Veiga

    4 comentários

4 comentários

  1. moreno

    13 de Julho de 2010 as 11:50

    Nao comento o artigo mais sim a foto: dois grandes homens.o senhor Leonel Dalva um grande senhor e o malogrado Nuno Xavier,infelizmente os bons sao os primeiros a ir.

  2. Cocolola & Buter

    13 de Julho de 2010 as 12:41

    Não concordo!!!
    Foi dificil governar em 1975?
    Com as ajudas vindas de todo mundo. Certamente que não havia escassez de recursos. Porque razão não procederam a uma transição gradual?
    Faltou certamente a opção, com tantos ditos economistas por aí.
    Houve contas com dinheiro que foram descobertas até decada de 90 no banco central, peertencentes as grandes empresas agro pecuarias, tudo ficou com o estado.

  3. BLAGA PENA

    14 de Julho de 2010 as 8:02

    O que vamos fazer agora para melhorar,
    pensemos todos e digam alguma coisa queremos alternativas para mudar o sentido do mau

  4. vinho de palma

    2 de Outubro de 2010 as 13:18

    o pais tinha tudo para começar uma nova naçao voces é que foram imcomptentes vai para o inferno

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo