Fraude Eleitoral : Conceitos e Formas de a Combater

Uma matéria do engenheiro Aguinaldo Garrido, numa altura crucial para São Tomé e Príncipe. Um tema de interesse para promoção da democracia no arquipélago.

Artigo Fraude eleitoral

  1. img
    \ Responder

    Pela Sua escrita ‘e muito facil ver que ‘e de um engenheiro. Muito preciso, muito bom material!
    Biografia incompleta (Queria ler mais sobre o assunto.)
    para proxima perde mais alguns minutos na biografia.

    • img
      Killbill Responder

      Pela sua escrita é muito facil ver que não sabe fazer a diferença entre a noção de BIOgrafia e BIBLIOgrafia …

      • img
        Alberto Nascimento Responder

        ‘e normal que as pessoas se enganem quando as palavras sao tao parecidas. ofença n ‘e resposta.

  2. img
    Só visto!!!! Responder

    Meu irmão valeu pela força, pelo ilucidar dos conceitos mas, quem pode acabar com o banho é o proprio povo, comendo os gajos dinheiro e votando em consciência…Todos eles criticam o banho mas todos dão banho… Enfim, ja que a justiça é surda e muda nessa terra ao menos o povo faz justiça. O que pra mim é relevante saber-se é de onde vem tanto dinheiro, sabendo que até pra comprar esferograficas e boletins para as eleições o país teve de recorrer a peditório?
    Eu sou Santomense e tenho vergonha dessa imagem do país e de dirigentes desavergonhados que, ja perderam toda a honra e ninguem lhes dá credito. Transformaram o nosso rico S.Tomé e Principe numa nação sem dignidade mas, o povo é um povo guerreiro, e não é so em Guadalupe como disse um fulano por ai…
    Estou farto desses fulanos…

  3. img
    FC Responder

    Caro Engº Aguinaldo,
    Acho que para um artigo de definições, ou um trabalho escolar não está mal. Mas sinceramente esperava mais de si. O Sr. usou um formato comum de trabalhos científicos para basicamente definir os conceitos de fraudes. Para isto bastava-nos ir a uma enciclopédia, ou isto é apenas para “encher chouriço”, não acha?

  4. img
    Aerton Responder

    Acho interessante escrever-se artigos, no sentido de tentar demonstrar cientificamente o porquê de quaisquer fenómenos social.
    Mais devo dizer-lhe que nunca ponha na bibliografia do seu trabalho científico o site wikipedia ou qualquer site de género, como sendo a fonte da sua pesquisa.
    As informações contidas neste site não tem quaisquer credibilidades científicas, dado a natureza do próprio site, qualquer um pode lá colocar informações.
    Obrigado e meus sinceros cumprimentos.

    Viva STP

  5. img
    João Ceita Responder

    Sem querer pronunciar sobre o conteudo do seu trabalho, tenho a dizer que gostei da iniciativa. Os outros que façam o mesmo. Juristas, sociologos, psicologos e antropologos, quadros JOJOS!!! escrevam sobre o assunto. Pouco importa se vocês leram Wikipedia e qualqur coisa parecida. O essencial é ler tudo e descirnir e começar a escrever. Parabens Aquinaldo pela iniciativa.

    • img
      Adolfo Responder

      Caro compatriota Joao Ceita! nao entendi o que quiz dizer com “quadros JOJOS”, mas vamos valorizar o que é nosso. quantas vezes ouvimos dizer que contrataram “peritos internacionais” para repararem uma avaria nos geradores da EMAE, ou prestarem consultoria no Banco Central, etc? chegando a pagar um montante para tal? Deixa me lhe dizer que Sao Tome e Príncipe teve sempre e creio que continuará a ter bons quadros, e por vezes mais capacitados dos chamados “peritos internacionais”Por isso vamos deixar de linguagens menosprezantes. Lembre se que nas universidades nao se ensina ser honesto, e de bom carácter, caso fosse Sao Tomé e Principe não estaria no estado que se encontra….

  6. img
    JACOBSON Responder

    Meus caros,
    o problema de São-Tomé e Principe prevalece porque, nós estamos apenas interessados em agredir uns aos outros. As críticas são sempre benvindas mas, temos que saber faze-las valer, precisamos ser éticos.
    A ética pelo visto, é uma palavra que soa bastante longe de alguns.

    Parabens Aquinaldo pela iniciativa.

  7. img
    Aguinaldo De Ceita Responder

    Caros,
    Não respondi a mais tempo porque achei por bem, deixar exprimir os leitores do Telanon.
    Caros, sei o que é uma referência bibliográfica e sobretudo o valor desta ultima na qualidade de um artigo publicado. Não é em vão que sou Doutor, para além de ser Engenheiro, em ciência; já publiquei em conferências internacionais. Em conferências internacionais, não basta querer publicar para ser aceite; é preciso merecer um lugar. A maior recompensa que um científico pode ter é ver o seu trabalho ser usado por outros cientistas de celebridade, também internacional. A minha contribuição no mundo da ciência (Inteligência Artificial) já deu provas. O meu nome já é utilizado para dar qualidade ao trabalho dos outros (A força armada Italiana tem o meu trabalho referenciado nas suas pesquisas); e isso não tem preço. Se tiverem curiosidade façam pesquisas na Internet, para averiguar que de facto publiquei em conferências internacionais.
    Relativamente ao uso ou não do wikipedia. Antes de mais, agradecer este esclarecimento sobre o uso de informações no wikipedia, que seguramente, o conselho vai servir a muitos leitores. Agradeço porque vejo isto como uma critica constritiva. Porém, não é porque algo é livre ou gratuito que é obrigatoriamente de ma qualidade e digo mais, cada um, e pelo nível académico que tem deve ter a capacidade de poder julgar o que lê. O que é importante é não roubar o trabalho do outro. Se usei dados de wikipedia devo dizer que foi daí que tirei a informações para compor o artigo. O artigo foi considerado “científico” simplesmente por ter usado um padrão científico, mas quero relembrar que é necessário uma verificação e validação (V&V) por parte de comité científico do domínio para que um documento seja considerado científico.
    Caros, dizer simplesmente que o que fiz foi uma iniciativa, lancei a primeira pedra aguardando que especialistas, ou não, fizessem melhor sem que lhes tenham que pagar para tal, num momento que julguei ser pertinente abordar o assunto.
    Se todos nós fizéssemos o mesmo, dando a sua contribuição, STP estaria bem mais desenvolvido.

Deixe um comentario

*