Ruas de São Tomé assaltadas pela anarquia

A capital São Tomé que comemorou 475 anos no dia 22 de Abril, foi novamente assaltada pela anarquia. O esforço desenvolvido pelo Presidente cessante da câmara de Água Grande, e organizações da sociedade civil em Abril, que permitiu lavar o rosto da capital, foi deitado por terra pela campanha política para as eleições de Julho e Agosto.

Com muito esforço e muita campanha de sensibilização da população, o Presidente Cessante da Câmara Distrital de Água Grande, João Viegas, em parceria com organizações não governamentais e cidadãos de boa fé, conseguiu mudar o rosto da capital São Tomé, sobretudo a zona do mercado municipal.

Depois de muitos anos, a cidade foi lavada. O cheiro nauseabundo desapareceu do centro da linda capital São Tomé. A intervenção de organizações não governamentais, ajudou a sensibilizar a população sobre a necessidade de manter a cidade limpa, porque ela é histórica. Tem 475 anos, uma das primeiras capitais africanas do espaço lusófono.

O Presidente Cessante da Câmara de Água Grande, criou parcerias junto a parceiros internacionais e pela primeira vez conseguiu colocar contentores de lixo em todas as artérias da capital. Ao mesmo tempo campanhas de sensibilização foram desenvolvidas nos órgãos de comunicação social, para combater o lixo nas ruas da cidade.

Esforços que começaram a dar sinais positivos, mas por pouco tempo. Assim que chegou o período da campanha eleitoral, ou seja, em Julho tudo voltou lentamente a estaca zero. Actualmente é lamentável a situação das ruas da cidade.

Os vendedores abandonaram os mercados e ocuparam as ruas. Tudo é vendido nos passeios. A insalubridade cresceu. A anarquia domina a capital. Lentamente o cheiro nauseabundo regressou ao centro da cidade. Algumas mensagens políticas do período da campanha eleitoral, terão impulsionado a desordem que agora domina a linda cidade de São Tomé.

Para recuperar o nível de organização e limpeza que começou a ganhar forma em Abril passado, as novas autoridades autárquicas e governamentais, terão bastante trabalho pela frente. Os homens e mulheres que transformaram estradas e passeios em balcões para venda de peixe, pão, banana etc, etc, exigem que seja construído um novo mercado para os albergar.

Mas antes da campanha política todos vendiam e a rua estava limpa e organizada.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Miguel Angelo Vaz da Conceição Responder

    lol, essa noticia não seria de se estranhar , sabemos como é o nosso povo, sabiamos que isso iria acontecer , mais isso não impedi que os trabalhos continuam a ser feito, essa politica de limpesa da rua tem q ser reforçada , a população sabe q a rua tem q ser matida limpa ;
    acredito que com o novo grupo camarario eleito , essa politica possa ganhar mais enfase no sentido de vermos a nossa cidade cada vez mais bela ;
    Sugiro q o novo presidente crie uma politica que possa incentivar a população com no sentido de concensionalização do estado da nossa cidade ; quero q a camara crie um sistema de treinamento dos seus mebros para fazer façe a essa situação.

    • img
      Pleto Responder

      É isso que esperamos de todas as camaras municipais. De norte ao sul, limpeza geral, mas isso só se consegue com meios técnicos,materiais e humanos.
      A verdade também tem que ser dita, os novos presidentes das camaras eleitos nao podem fazer milagre de um dia para outro, há muito trabalho a fazer e isso tem que ter colaboraçao de todas entidades competentes, camaras, governo, sociedade civil etc…
      Há muito trabalho pela frente, e vamos ajudar com ideias e criticas também para melhorar as coisas.

      O país é pobre mas tem que andar de cara limpa e lavada, se queremos promover o nosso turismo e as nossas praias entao temos que limpar e ter as coisas em condiçoes minimas,segurança nas estradas etc…

      • img
        Antonio Amado Vaz Responder

        Seria mais produtivo se o Pleto convocasse presenca dos seus amigos e amigas para sairem a rua e voluntariamente fazerem limpeza da rua—Pelo menos 100 metros quandros dava um jeitosito (cavar o terreno e enteirrar produtos alimentares, ortalicas, frutos, e vegetais que nao servem para consumo humano)! Mandar bocas, mandar vir, sem fazer e dar exemplos positivos, tb e’ um sinal de MEDIOCRIDADE! Contribua de uma forma mais direta, mas efectiva, e mais concreta!

        • img
          Pleto Responder

          Antonio Amado Vaz é meu seguidor :), olha que plantei muita matabala,banana,mandioca,milho,tomate etc…. sou da terra meu amigo.Também ajudei a limpar as valas e capim na berna da estrada na minha zona.

          Nao perco o meu tempo com gente como tu,ou tu n percebeste aquilo que escrevi ou entao estas armado em parvo e burro.

          Fui

  2. img
    Adazilza Costa Responder

    Onde andam os comentarista? Não vos interessa o estado da nossa cidade? Foi o presidente eleito da câmara que convidou os vendedores ambulantes a venderem onde quisessem. Olha seus vendedores, ainda há muito espaço livre, por exemplo, a frente do cinema Marcelo da Veiga, defronte ao palácio do governo, na praça da independência, no largo da Sé. Venham todos vender na rua, foi o presidente que disse que podiam faze-lo. Viva a mudança.
    Demagogos e cinicos. Estão todos a lamber as potas do patrice trovoada.

    • img
      Polvo Paul Responder

      Menina Adazilza fica calma porque a menina deve estar zangada nem sei com quem, mais uma vez aconselho-a a ter calma porque essa linguagem de lamber bota de sei lá quem não devia fazer parte do seu vocabulário, a menina já tem um certo nível, portanto vê lá o que escreve. Se mudança chegou a STP temos que acreditar nela até quando acharmos que nada está sendo mudado, se algum familiar teu foi apanhado pelo vento da mudança o problema é dele, porque quem não quer ser lobo não veste pele.

    • img
      Fernando Magalhaes Santana Responder

      Eu comprendo e estou de acordo com a senhora Adazilza Costa. temos que ser realistas um pouco. Aqui ha pessoas que veneram Patrice Trovoada por pura ingenuidade. Eu tambem votei no Patrice porque eu prefiro mudanca para caras e espirito novos, mas minha gente, nao se iludam tanto com o Patrice.

      Agora nao e’ o momento para falarmos contra Patrice mas, um dia voces focarao e boca aberta. Pelo menos ninguem sabe donde aperece a fortuna de Patrice, niguem sabe quem sao os seus colegas de tropa, de escola, de bairo em Sao Tome. O futuro dira’ mas por enquanto e’ bom sonhar.

      So queria dizer que as pessoas votaram contra o MLSTP mas nao votaram porque Patrice tem capacidade alguma para resolver os complexos problemas de STP. Repare so na construcao do governo. Viram la pelo menos um ministerio para se ocupar exclusivamente da a Agricultura, ou pelo menos um ministerio para Turismo (as ditas bases de desenvolvimento de STP)?

      CUIDADO com excesso de ingenuidade.
      Voces estao tao ingenuos que nem se deram conta que o Fradique na qualidade e Presidente da Republica nao fez um discurso de emposamento do novo governo. O pinto veio depois falar como patriota, mas onde esta o discrso da Sua Exa o Sr. PRESIDENTE DA REPUBILCA durante a investitura???????

      Misterio, misterio, Misterio…..

      • img
        Alberto Responder

        O facto de nao haver pastas mencionando especificante a Agricultura e o Turismo isto nao quer dizer que nao entram na agenda do Governo. Tenha calma meu caro que alguem no Governo se ocupara delas. O que interessa nao sao os nomes mas sim o pode ser feito nessas areas para galvaniza-las em prol do desenvolivimento de S.T.P.

    • img
      Boca do Mundo Responder

      Que tristeza,
      Evite o comportamento
      que põe em causa
      a alegria da sua comunidade.

      Meu caro, o país é de todo nós. Logo cada um deve dar a sua cota parte.
      Cada um deve ser responsabilizado pelos seus erros. Será que a situação de desordem da nossa cidade é por causa do novo Presidente de Câmara que mal foi em nomeado. Não acredito. Ponho a minha mão no fogo que você está por detrás dessa desorganização. Foi fruto da tua má gestão. Deixa disso, colabore na oposição que nas próximas eleições poderás sair vencedor. Por favor aceite a vontade do povo.

      • img
        SN-FS Responder

        Estimado Boca do Mundo,

        Não estamos aqui a apontar “dedos”, mostraste que es completamente “ignorante”, desculpe mas foi a palavra MAIS apropriado que encontrei, O ANTERIOR EXECUTIVO TINHA UM PROJECTO EM MARCHA PARA RE-ESTRUTURAÇÃO DA NOSSA CIDADE, SENDO O ACTUAL PRESIDENTE O SEU BRAÇO DTO PORQUE RAZÃO sR. KINEY CANDIDATOU-SE??????? ELE SABIA PERFEITAMENTE QUE A SUA CANDIDATURA IRIA DECLINAR TODOS PROJECTOS EM MARCHA É ASSIM QUE SE FAZ MUDANÇA?????PELO QUE SEI FAZER MUDANÇA É DAR CONTINUIDADE AO PROJECTO E NÃO É ISSO QUE VAI ACONTECER……COM ESTA NOTICIA A NOSSA CIDADE VOLTOU A ESTACA ZERO…A LUTA PELO PODER E PELA GANANCIA NÃO REPRESENTA MUDANÇA PELO CONTRARIO REPRESENTA DESORDEM É COMO ESTÁ AGORA NOSSA CIDADE…..

        • img
          Fé zâua lêgado.. Responder

          Será que nos 4 anos, não podiam repor a cidade, será que Kiney é Culpado de 4 anos da má gestão da nossa cidade? FRANCAMENTE, meus caros amigos,deixamos de ser covardes e falar o que nunca fo verdade.

    • img
      António Veiga Costa Responder

      Adazilza, vc perguntou pelos comentaristas e aqui está um deles!
      Comentário, hipócrita, ignorante e recalcado esse seu.

      Todos sabemos que o ambulantes ficaram durante anos, desordenadamente, vendendo nas calçadas. A poucos meses do período eleitoral (3 a 4 meses) o sr. presidente cessante da Camara de Água Grande resolveu mostrar trabalho e achou por bem “ordenar” aquele espaço.
      No período eleitoral era lógico q tudo ficaria sem fiscalização.
      Solicito-lhe a clareza mental de aguardar o novo Presidente acabar de tomar pé da situação da Câmara, para após divulgar à população suas ações para melhoria da cidade.
      Como cidadã, sugiro-lhe ajudar a encetar uma campanha de apoio, angariando fundos junto aos partidos que sujaram a cidade – no período eleitoral, bem como junto aos comerciantes de Água Grande e sociedade civil para, num sistema de mutirão, darmos nossa contribuição. Façamos nossa parte e, após, começaremos a cobrar do novo Presidente da Câmara.
      Isso é cidadania, é participação.
      Atirar pedras é muito mais fácil, não é???

      • img
        SN-FS Responder

        Meu caro Antonio Viega costa,

        em partes a Sr. Adazilza tem Razão, e outras não tem, vejamos bem nós somos comentadores deste espaço e somos livre de expressar nossa opinião, por isso esta senhora não pode dizer “onde anda os comentaristas” é de baixo nivel dizer isto, voltando ao tema central…o anterior Presidente da camara estava fazer um excelente trabalho na capital santomense e o actual presidente era seu braço DTO, pela ganancia de aceder ao poder fez a sua propria candidatura, e isso fez com que o projecto feito pelo anterior executivo não tivesse “pernas para andar”….a Sra. Adazilza tem rasão qundo diz que nós os santomeneses somos ingenuos porque votamos na mudança e não pensamos na competencia dos candidatos, sendo isso tenho serias duvidas que o actual executivo tenha competencia e capacidade para gerir uma camara da capital do país sendo que o povo santomense votou no ADI e não no Sr. Kiney que mostrou ser incopetente quando nomeou Sr. Alex Dinho para vereador, MAS NÓS TEMOS DE DAR BENEFICIO DE DUVIDA PARA OS ACTUAIS DIRIGENTES COMECAR MOSTRAR TRABALHOS…….

        • img
          Suraya Azevedo Responder

          Concordo consigo, a Sra. Adazilza não deveria chamar de cínicos e demagogos os comentadores, no entanto ela tem alguma razão porque durante a campanha a força da mudança convidou os feirantes a venderem onde quisessem. Os feirantes não são culpados mas pessoas que fazem promessas falsas e sem responsabilidade. Durante a governação de qualquer dos governos dos últimos 4 anos ninguém convidou a população a vender a frente do econmax, na farmácia sun tomachi nem defronte a farmácia cabral. Qualquer dia chegarão o ministério dos recursos naturais e ao centro cultural português e a cst. Durante a campanha foram irresponsáveis convidando a população a venderem livremente por todos os cantos da cidade. Se alguém se esqueceu das promessas feitas, peçam cópias dos discursos a rnstp para terem a certeza.

          • img
            Fé zâua lêgado..

            Será que depois da campanha é que se começou a vender na rua?
            Francamente, parece que nem S.Tomé, conhecem mais…

          • img
            Fé zâua lêgado..

            Gostariamos todos nós de ver as copias todas, não só do candidato, mas sim dos 10.000 mil empregos do MLSTP, acho que aquele daria mais show.

        • img
          Fé zâua lêgado.. Responder

          Meus caros, não estou aqui para criticar, mas sim para esclarecer.
          Sugiro que qu o senhor SN, informasse melhor:
          1.Pelas informaçãoes que eu tenho o senhor Alex Dinho, não~é vereador, nunca foi e nem se quer candidato foi.
          2. O presidente de Câmara nunca elege o vereador, alias, o presidente também é um vereador, por isso faça o que Fradique de Menezes disse “vai ler e aprender, depois comenta.OKK meu caro!!!!!
          3. Por falar em competencia, duvido que tens mais competencia que o presidente eleito.
          Por ultimo, não julga antes do tempo..
          Inveja mata…

          • img
            SN-FS

            Meu caro, corrijo o que disse, não foi o nome do alex dinho que quis dizer,quando dei por isso ja estava gravado!!!!!!!!!!….pelo teu comentario estas revelar uma tremenda falta de conhecimento quando dizes que o presidente também é vereador….não me facas rir…….o que diz a nossa lei eleitoral vereadores só é eleito pelo numeros de mandatos conquistados, eleito o presidente não poderá ser vereador ou seja não poderá ocupar 2 funções……Será que precisas de uma lição de direito ???????
            Pessoas como Fé zâua lêgado é que contribui para nosso país ser anti-democratico….o que é que a inveja tem haver com uma discussão de opinião/politica?????? meu amigo vivemos numa democracia, se não aceitas criticas não deverias estar neste espaço….em relação a competencia, o Sr. deves ser aquele que pensa que gerir uma camara Municipal é gerir um negocio na Feira Ponto ou Feira Municipal, estas enganado….dpx estaremos aqui para + comentarios e ai veremos quem terá razão no aspecto da competencia……

    • img
      jaka doxi Responder

      A Adazilza só pode estar com dôr de cotovelo para dizser o que disse.
      Pelo apelido que tém vejo que é mais uma que durante muitos anos andou a viver a custa do esforço do povo de São Tomé e príncipe.
      Como disse o” boca do mundo”você deve ser uma das que está por detras desta desorganização.
      Ponha a mão na conscîência e de uma vez por toda ajude no que puder para o desenvolvimento do nosso querido São Tomé e Príncipe.
      Esqueça que já fostes uma das que beneficiou com a corrupção perpetuada no nosso país por gentes sem caracter que durante muitos anos dirigiram sem rumo esta nação.
      Abraços.

    • img
      Fé zâua lêgado.. Responder

      Deverias ao menos, ouvir a mensagem do candidato e depois escrever algo. Em vez de ajudar só sabem criticar, deves ser mais uma do MLSTP. A solução nunca está em bater e maltratar as pessoas de rua, mas sim mobilizar as pessoas, uma campanha de sensibilização. Se estas bem da vida, outros não, por isso não critica os outros que vendem na rua, porque necessitam.
      Tenta ao menos ajudar e deixar de criticar…

  3. img
    FC Responder

    Realmente, tenho que concordar com esta notícia. Se bem que em partes acho que é uma provocação aos novos autarcas de A. Grande.
    Mas é um facto que depois das campanhas a cidade ficou mais feia.
    E é também um facto que meses antes das campanhas o antigo presidente da câmara se havia desdobrado em esforços para termos uma cidade mais limpa.
    Mas acho que o telanon, para ser mais justo, deveria saber o porquê do hiato, nas actividades da câmara, entre a campanha e a tomada de posse dos novos autarcas.
    Alguém me saberá dizer se os novos “inquilinos” das câmaras distritais já tomaram posse?
    Mas se ainda não ouve a mudança de caras, é da responsabilidade de quem ainda comanda, prosseguir com as mesmas actividades que vinha executando, mesmo sabendo que perdeu as eleições, ou não será assim?
    Mas tudo isto demonstra, claramente, a pouca importância que se dá ao poder autárquico em STP, infelizmente…

  4. img
    J. Oliveira Responder

    Caros amigos,

    Quando o processo de limpeza começou a ser implementado, todos os sãotomenses atentos já sabiam que iria durar pouc, pelo menos até a verdadeir concentração dos novos poderes, caso fossem outros poeres e não os mesmos que alimentaram o processo de limpeza e que, afinal de contas são os mesmos que alimentaram a destruição desse processo.

    O poder existente no momento da campanha, talvez porque já sabia que ia perder vergonhosamente, nada fez par evitar o descalabro.

    Assim é melhor.

    Pois cabe aos novos poderes demonstrarem que são efectivamente mlhores que os anteriores.

    Mas demos tempo ao tempo para vermos. Somos obrigados a acreditar que ainda é cedo. Mas muito cedo mesmo. Há quem anda nem foi empossado. Por isso, tenhamos paciência.

    A ver vamos

    A ver vamos

  5. img
    Perreira Responder

    cinico es tu. devias era andar as botas do pcd e mlstp e agora q estao na merda queres ver se labes a do adi. ordinaria isso n sao maneiras de se falar com as pessoas.

  6. img
    Só visto!!!! Responder

    O povo não é culpado. Julgo que os maiores culpados são os politicos com as suas mensagens e os seus comportamentos. Nenhum partido é portador de referencias e o povo precisa de referencias. O povo precisa de exemplos. A anarquia vem de cima e sendo assim é complicado disciplinar os demais.
    Penso que os novos governantes santomenses terão que alterar toda a forma de fazer e ser na sociedade santomense, claro está começando pelos proprios.
    Conhecemos a origem dos problemas todos de S.Tomé e Principe e sabemos qual a solução, a unica coisa que falta é coragem e capacidade para implementar a politica acertada para a solução desses e de outros males que infestam o nosso país.

    • img
      CT Responder

      Concordo, olha o que ADElino izidro e Augerio amado Vaz fizeram na praça pública!
      Que moral tem esses SEnhores na Justiça, acho nenhum…….

      • img
        Pedro Sousa Responder

        Moral esses snehores são autenticos aruaceiros, recordam que este Adelino lutou com Delfim Neves ao ponto de um abri rabo para outro, enfim coisas tristes, STO deve ter vergonha desses tipo de filhos.Só palhaçada de …………………m………………………………..e….r…………………………d…………..a………………

      • img
        Pedro Sousa Responder

        Moral esses senhores são autenticos aruaceiros, recordam que este Adelino lutou com Delfim Neves ao ponto de um abri rabo para outro, enfim coisas tristes, STP deve ter vergonha desses tipo de filhos.Só palhaçada de …………………m………………………………..e………………….r…………………………d…………..a………………

  7. img
    Democratico 1 Responder

    Para que a nossa cidade continui limpa e bunita, meresse tambem a nossa contribuição…logo, tudo isso tem a ver com falta de educação por parte das pessoas, nem tudo deve ser criticado pelo fato da ausencia do governo, temos que levar em consideração que tivemos um Governo deficiente, sendo assim compreendemos que todo os deficientes merecem um pouco mais de apoi…esperemos que com a nova governação as coisas sejam oposta, acredito eu que este governo possa ser o mais ambicioso de todo os tempos…
    Viva STP…Somos todos São Tomense!

  8. img
    Democratico 1 Responder

    § apio

  9. img
    Democratico 1 Responder

    apoio

  10. img
    Alberto Nascimento Responder

    A populaçao necessita ser educada para que ganhe alguma sensibilidade quanto ‘a sujeira.

    Nao ‘e algo simples. nao se trata apenas de limpar o que esta sujo. Temos que criar condiçoes antes de fazer exigencias. O governo pode começar por investir um programas the sensibilizaçao pela TVS.

    Por exemplo, devia haver alguma lei que obrigra-se os responsaveis (partidos politicos) a tirar os cartazes da campanha.

    Ha muita coisa por fazer em Sao Tom’e e muita delas n envolve grande quantidade de dinheiro como toda gente pensa.

    IDEIAS ORGANIZADAS e TRABALHO S’ERIO.

    • img
      CT Responder

      Inevestir em programs na TVS, quando se tratar desses assuntos TVS, mas apelam o governo para olhar para a TVS e RNSTP.
      Só neste momentos que se lembram de imprensa.Né

  11. img
    Zovirax Responder

    Está noticia só vem confirmar o que todos já sabíamos. Em STP não existe autoridade do Estado, é necessário repor urgentemente a autoridade do Estado. É preciso disciplinar as pessoas, é preciso fazer o apelo ao civismo e a educação das pessoas.
    Espero que o novo governo possa aproveitar onda da mudança para apelar ao civismo e a responsabilidade das pessoas, no sentido de trabalharmos para uma nova imagem da sociedade santomense. É fundamental que as populações se identifiquem com a imagem de uma nova cidade, que se quer limpa, organizada, funcional, saudável, civilizada e que se vai adaptando as necessidades e exigência do mundo moderno.
    Os novos decisores devem passar a mensagem de que a cidade em particular e o país em geral é de todos nós e não de uma dúzia de pessoas. A tarefa não será fácil, uma vez que durante vários anos, as populações foram menosprezadas e usadas pelos políticos apenas nos períodos eleitorais.
    Independentemente da implementação de medidas avulsas para revitalizar a cidade (sensibilização, apelo a responsabilidade, boa conduta das pessoas, etc.) os novos decisores devem criar um Plano Estratégico com um horizonte devidamente definido, visando a revitalização do espaço urbano. O Plano na sua essência deve valorizar o homem santomense em harmonia com a cidade como um espaço de cultura, de lazer, de investigação, de compras, de trabalho e de encontro de todos os santomenses, e quiçá a nossa sala de visita onde podemos receber os nossos convidados. Desta forma, as medidas do Plano devem ser gradualmente implementadas e reajustadas de acordo com as dificuldades encontradas. Vamos aproveitar a energia da onda da mudança para sermos felizes!

  12. img
    Fernando Magalhaes Santana Responder

    Ola sr. Boca do Mundo!

    Desculpe-me se eu lhe ofendi. Eu nao lhe queria tirar o direito para delirar. Eu estou de acordo contigo, que nao foi o novo eleito que sujou a cidade. Nao era este o meu ponto. Aproveitei a ideia da senhora que alertava para jogada das pessoas de uma forma geral. Embora acredito que a escolha de DJ knei para presidente de camara era uma necessidade da mudanca.

    Emocionei sobre varias mentiras que passam na nossa cultura politica, e aproveitei o momento para vos alertar sobre algumas verdades que a vossa ingenuidade nao vos permite ver neste momento. Eu nao queria com isto dizer que o novo presidente de camara e’ culpado, desculpe se foi isto que apareceu na minha pobre escrita de portugues. Paz, meu irmao.

  13. img
    Carlos Ceita Responder

    Primeiro é necessário haver um quadro legal para punir os infractores. As pessoas têm de ser responsabilizadas pelo que fazem.
    Lei tipo: quem deitar lixo na rua , quem sujar a rua paga uma pesada multa ao estado. Se for reincidente vai para cadeia porque esta atentar contra a saúde pública e contra o ambiente.

    2º Resgate das boas maneiras e bons valores que sempre caracterizou o povo saotomense (civismo, disciplina). Mais e melhor educação nas escolas campanhas de sensibilização evolvendo figuras como professores jornalistas e lideres religiosos.

    3ºMoralização da sociedade desde topo a base (combate a corrupção ao deixa andar a pontualidade)
    Criação de aterro sanitário. E pessoal para a limpeza da cidade.

    4º As forças de segurança têm de patrulhar a rua 24 por 24 horas. A nossa cidade é pequena e podem fazê-lo.

    5º Terá de ser uma força de segurança disciplinada, formada (não necessariamente curso superior) moderna que entende como deve actuar uma força de segurança num estado de direito. Isto é não pode ser uma força de segurança violenta. Tem de agir respeitando a lei do estado de direito.

    6º Criação de parques de estacionamento para viaturas e motociclos.

    7º Passagem para peões.

    8ºOs cafés e restaurantes supermercado e centros comerciais da cidade devem ter uma casa de banho. Como deve existir balneários públicos

    Não é preciso muito dinheiro para materializar este pressupostos. Basta vontade política.
    De outra maneira não vejo como resolver a situação.

    O que sei é que mais tarde ou mais cedo temos de fazer isso se quisermos abrir a nossa casa a visitantes estrangeiros.

    • img
      Pleto Responder

      Concordo plenamente. Para tudo isso acontecer é preciso o estado parar e reorganizar as coisas. Nao se constroi uma casa a partir do teto, por isso, é urgente restruturar as cidades e as leis.

      Só depois moralisar as pessoas, com reformas profundas na lei etc… acredito que na nossa constituiçao existam leis mas nunca é aplicado porque o estado e os agentes politicos sao os primeiros a nao respeitar a lei.

      Por isso, a minha ideia é fazer reformas profundas no país e por tudo a funcionar. O estado de “deixar andar” tem que acabar,perdemos muito tempo com politicas e politiquices e esquecemos que temos cidades e ruas imundas, zonas com falta de agua ,luz etc…

  14. img
    lupuie Responder

    A solucao ao problema da desgraca que vivemos na capital nao e simples. Primeiro temos que retirar do centro do nosso pais os mercados ai existentes e leva-los a periferia(QUEM SABE PARA A ZONA DO CAMPO DE MILHO, EHEHEHEH). E que eles (os mercados) se encontram no coracao da capital. Depois temos que nos preocupar com a educacao dos utentes dos locais de venda e com o nosso povo em geral no que concerne a limpeza. Vejo gente urinando e defecando na nossa cidade sem respeitar o proximo, atirando plasticos, garrafas de cerveja, latas, papeis, pastilhas… e tudo o que e lixo para o chao. Enquanto nao educarmos o nosso povo desde a pre-primaria ao liceu, nada sera feito. Por ultimo temos que utilizar a lei para proteger a limpeza e a beleza da cidade. Se alguem for encontrado a atirar lixo para o chao, deve ser multado. Ate diria que um pouco de repressao seria necessario numa situacao dessas em que a anarquia ja esta fora do controlo.

  15. img
    Lódóma Responder

    Quanto ao vandalismo na rua de minha terra quem é culpado são todos os dirigentes dessa terra momento da campanha todos podem fazer o que querem, ninguém toma medida esquecendo que após a campanha irão conviver com problemas que os mesmos apoiaram, agora quero ver como o novo autarca ira conviver com isso, também nós próprios somos anárquicos tudo isso a alguém sempre por detrás criando instabilidade para reinar e os que se entregam pensão que estão agindo bem mal sabem que estão a ser enganados.
    Tomem medidas fortes para manter ordem.
    Xi ê xê biêdu nóm cá cume xi ê xê culu nóm mé só ca passa fome punda sela nóm zuguébuta.

  16. img
    CT Responder

    Li atentamente todos os comentários acima e devo dizer o seguinte:O povo de S.Tomé e Príncipe, está obicecado pela mudança e claramente contra o MLSTP. Desculpem-mi se estiver errado, nós(o povo)entregamos de bandeja o poder a Patrice Trovoada, sem saber realamente quem ele é, o que importou foi ter la mudança. Votamos contra o MLSTP e Rafael Branco o que acho infeliz, deviamos votar pela dedicação.O ADI venceu, mas não convenceu no parlamento.
    E sei o que está a passar na mente de muitos jovens, é que o ADI venceu e vai-se carregar num botão e pimba, tudo mudará, hum não é assim não, é preciso trabalhar a sério!! Fiquei supreendido com a figura de Doctor Afonso Varela, ele não merece estar neste elenco, desde já é a 1ª derrota do Patrice e o ADI.
    Mas acredito que STP vai vencer, STP vai vencer porque está terra é de DEUS.

  17. img
    Moreno Responder

    Senhora Adalziza:
    Com todo respeito pelo que escreveu devo dizer la o seguinte:a democracia nao se compadece com faltas de respeito, com ma educacao.Nao tem o direito de vir aqui e insultarnos de demagogos e cinicos. sou mais um que vem a este espaco ler e comentar as noticias do meu pais obedecendo normas de civismo.creio que a mudanca que houve no pais lhe afectou muito e por favor nao venha aqui neste espaco descarregar tudo que sente e que passa.todos nos queremos ver a cidade limpa e nao e em um par de dias que as coisas se compoem.acho que como cidada nacional que e deveria pensar de uma outra forma.

  18. img
    Leopoldo Francisco Mariano (Pompilio) Responder

    Que saudades………. fico por aqui

  19. img
    Hugo Lima Responder

    Tive a ousadia de ler todos os comentários, cada vez que terminava um ansearia por outro, para no fim deixar uma conclusão.
    Parabéns pelo comentários todos, não estou cá para definir o melhor ou pior, mas apenas para saber o que anda ser feito no meu, vosso, nosso país é muito importante a contribuição de todos nós.
    Cada um a sua maneira mas vale a pena.
    Viva a democracia. Abaixo a ditadura, Viva a mudança, Viva o trabalho, abaixo os preguiça, Viva a justiça do Povo, abaixo a corrupção. Viva STP.

  20. img
    fernando Responder

    Meus caros,
    Desculpem-me a franqueza, mas nós os “pretos” não gostamos de trabalhar de maneira formal e organizada. As Câmaras foram instituídas, é sim, mas ficaram-se por limpeza da rua e pouco mais. Sem formas de mobilizar recursos financeiros, humanos e materiais, para que de uma forma real pudessem acometer ao que elas foram criadas. Digamos a verdade elas não estavam e nem devem estar munidas de capacidades para tal. Não conheço algum país que possa desenvolver-se sem instrumentos reitores: leis, códigos( ex. código de postura municipal),politicas, planos, etc.É preciso, definição de estrategias nacionais para as diferentes autarquias, urbanas ou rurais?,definição de responsabilidades e papeis a desempenhar, a gestão de áreas de potenciais conflitos(como fazer à que pessoas que vendam tenham como ganhara à vida, sem perjudicar o ambiente…),definir-se força de trabalho adequada a cada realidade camarária, gerar-se e utilizar-se informação e conhecimentos, buscar formas alternativas de financiamento que sejam duráveis e que permitam participação de toda população, encontrar-se parcerias internas (messenato) e externas para infraestruras adequadas à cada realidade, melhorar a organização, gestão e oferta de serviços camarários.
    Isto de conversas moles não nos vai levar a lado algum. Façamos estes instrumentos e os apliquemos, independentemente do eleito ou o ex e coisas por aí fora. As praias vêm sofrendo coisas parecidas, qual o papel das autárquias?Qual o papel das mesmas no turismo? Como contribuir agora a que estas coisas comecem a funcionar de forma organizada. Contribuamos, os que sabem do que falo à verdadeira institucionalização do país.
    Por último, necessitaremos mesmo de 7 Câmaras? Alguém que apresente custo-benefício das ter….Fui……….

  21. img
    Só visto!!!! Responder

    Uma das normas que se podia ja criar através de mecanismos proprios, seria de responsabilizar cada partido pela sujidade que fazem as paredes dos edificios da cidade capital e não só.
    Quando colam cartazes e postais em epocas de campanha.
    Sinceramente seria uma forma de responsabilização e um exemplo de civismo para S.Tomé e Príncipe, porque são os partidos atraves dos seus metodos de caça ao voto, que sujam e infestam a cidade e arredores com panfletos e depois não são chamados a pelo menos, após o fim da campanha recolherem os respectivos cartazes.
    Penso que assim, com esse ou outro mecanismo podia-se atraves de exemplos como o que frizei ajudar a mentalizar o povo que devemos ser responsaveis pelos nossos actos e de certeza que o povo acataria as normas quando lhes fossem impostas.
    O exemplo tem que vir de cima, não ha outra forma, n vai ser com xicote nem com boracha, todos temos de ser responsaveis…

  22. img
    Madalena Responder

    Estas coisas foram assim em 1992/1993
    Quando o MLSTP perdeu as eleições, fizeram vida negra aos vencedores, principalmente a comerciante mulatinha da casa Equador e o homem da jota.
    Uma Luta de não deixar governar e criar o Caos no País. Patrice que se cuide, usa pedagogia nada de violencia, eu sou do PCD.Oposição construtiva.
    Governem o país, fazem obras, deixem de brincadeiras.

  23. img
    INCOMODADO COM ISTO Responder

    É ISTO QUE O POVO QUIS, A MUDANÇA. VCS ESTAVAM COM VOSSO HOMEM QUE BEM OU MAL VOS DAVA UM PÃO DE CADA DIA, SÓ PORK VENXA PROMETEU, UM PÃO A CADA TRINTA MINUTOS AXARÃO QUE É ESPETACULAR.
    AGORA AGUENTA COISA PIOR ESTA PARA VIR….

  24. img
    Tico Neto Responder

    Tudo isso é muito triste!!!
    Mas como é algo que não interessa os políticos é raro ver seus comentários, sabem porquê? Porque assim lhes convem…quanto mais desorganizada for a sociedade, mais têm hipóteses pra roubar…que tristeza!!!

  25. img
    Digno de Respeito Responder

    A partir desta notícia passo ao comentário para dizer o que é de conhecimento comum. Pois, entendo que não basta bater uma criança para que ela respeite os respectivos pais. Esse procedimento, pode conduzir ao medo e não ao respeito pelo pai ou mãe ou ainda do respectivo encarregado de educação.

    É necessário que um trabalho de base começando por criar uma disciplina em vários niveis escolares que promova a sensibilização social e cultural. Pelo que já houvi contar (se verdade ou não) as cidades as antigas Freguesias ou Centros urbanos já foram palco de atracção apenas pela sua hegiéne pública. Ainda contam alguns “mais velhos” que o comércio informal que acontecia na zona do Riboque durante a noite foi muito bonito porque os vendedores locais tinham o cuidado de pegarem na vassoura antes e depois da venda para manter limpa a berma das vias pública. Mesmo na presença de candeeiro de petróleo, vela, lamparina ou ainda petromax, se conseguia apreciar a presença higiénica local. Apesar de algum reboliço caracteristico riboquino, aquele acto, constituia o cartão de visita da população local entre muitas outras localidade do nosso belo País. E, ái daquele que entresse para sujar ou mesmo praticar qualquer acção danosa ….( era COLICÔ COM ELES(…). Mas com a notícia que acabo de ler seguida de cometários, parece-me que tal prática ausentou-se da nossa cultural social. Afinal, eram valores que ainda circula(va)m na veia daqueles que ardoamente procura(va)m um pão para a boca seu projenitor. E por muito que lhes custasse, mas valia vestir um “trapo” limpo que uma roupa bonita e mal cheirosa. Acredito que os valores ainda existem e com o empenho de todos nós tudo possa melhorar.

    Já agora uma sugestão: porque não os dirigentes partidários promoverem uma campanha de limpeza em todas cidades e localidades do país por onde percorreram durante a caça aos votos? Acho que seria uma forma de contrbuir para o bem da Nação sem pensar apenas nos cargos e funções mas sim como meros cidadãos a favor da saúde pública. Aliás, fica uma sugestão para os fazedores das leis que essa prática deveria ser regulamentada e aplicada logo após as eleições no País. Desta estremos todos contribuindo para preservar o que é nosso. Agora me lembro do velho ditado que a minha falecida avó lançou num sábado em que eu (naquela altura tinha eu 11 anos) estava carregado de preguiça para me insentivar ao trabalho: “KÉ BEM LABADO A CÁ CONCÊ DJINA SCÁDA”. Eu que nada de criolo santomense entendia, ouvi atentamente o que a velha quiz dizer. E no final ela muito pacientemente explicou-me o sentido da frase que deixo para a reflexão conjunta neste espaço porque “TLABÁ SÓ CÁDA TÊ”

  26. img
    Antonio Amado Vaz Responder

    Aprendam com a Laura, a Sra. de Costa Rica!

    Nos precisamos de uma mulher extremamente competente e honesta e que ama os filhos e filhas da terra na Presidencia da Republica Democratica de Sao Tome e Principe!

    Ja basta de “PATAXOS”!

    “A economia da Costa Rica é dependente do turismo, agricultura e exportações de produtos eletrônicos. A economia emergiu de uma recessão em 1997 e desde então mostra um crescimento forte.”

    http://latimesblogs.latimes.com/laplaza/2010/02/laura-chinchilla-woman-elected-president-of-costa-rica.html

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Costa_Rica

    http://www.state.gov/r/pa/ei/bgn/2019.htm

    • img
      Suraya Azevedo Responder

      Senhora poderia ser Maria das Neves.Caso contrário deveria-se apostar no João Gomes.

  27. img
    sylvio Responder

    é assim… eu tenho só 17 anos e vejo a nossa cidade capital em uma lamentavel situação desnecesária… já foi demonstrada pelo antigo presidente da camara que a situação que a nossa cidade se encontra agora pode ser melhorada… o que se passa agora já era previsto uma vez que a medida implementada pelo cessante presidente da camara não era uma medida ao longo prazo… o que eu acho é que o novo presidente deve implementar uma medida ao longo prazo para que essa situação se erradique de uma vez por todas e que possamos ter uma capital bonita que todos nós santomenses merecemos

  28. img
    Digno de Respeito Responder

    Com a idade que tens já tens bons indicadores para o belo STP, acho que a tua sugestão é interessante, mas para que isso acontença entendo que deve antes de tudo um regulamento para as políticas do Poder Local, logo de seguida adoptar as Câmaras de Meios técnicos e humanos qualificados (em algumas áreas) para que se possa delinear estratégias de desenvolvimento local chamando a população para poderes contribuir e tomar conhecimento do que está a ser feito. Ai sim, a medida de longo prazo pode ser aplicado através do chamado o Plano Director de Desenvolvimento Local. Fica aqui mais uma sugestiva …..

Deixe um comentario

*