Associação Africanos distribui cabazes de alimentos a 45 famílias

A Associação de Africanos do Concelho de Vila Franca de Xira, (direcção é composta por cinco elementos dos PALOP, um da Guiné Bissau e os outros de Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique), com sede em Vialonga, iniciou uma campanha de distribuição de cabazes de alimentos e está a apoiar actualmente 45 famílias carenciadas. O projecto tem a colaboração do Banco Alimentar da Luta contra a Fome. “è uma ideia que tenho á seis meses e só agora consegui concretizar” explica o presidente da Associação o guineense  Luís Fernandes, que adianta só ter sido feita uma primeira entrega. Os alimentos são guardados num armazém nas imediações da Associação. Cada família tem uma prateleira de um armário atribuída. A distribuição é feita á segunda semana de cada mês. A entrega é efectuada mediante a apresentação de um cartão onde constam os nomes das pessoas autorizadas a levantar o cabaz.

  1. img
    VOS DE CUBA Responder

    MEDIDAS DE INOVAÇOES SOCIAIS FACE AO DESEQUILIBRIO SOCIAL E REGIONAL, SAO INICIATIVAS DE BOM PASO AO FUTORO, ISTO PORQUE EM MUITAS COMUNIDADES, MUITOS VIVEM BEM E OTROS EM CONDIÇOES ESTREMAMENTE PRECARIAS, O AFIRMO…

    AS DEZIGUALDADES SOCIAIS È UMA POLEMICA A NIVEL MUNDIAL, E O SEU COMBATE TEM QUE COMESAR DE RAIZ…

    CREIO QUE UNA BOA INICIATIVA DESTA INDOLE DA MESMA ASSOCIAÇAO DEVE-SE EXTENDER ESTA POLITICA SOCIAL A NIVEL REGIONAL DAS DUAS ILHAS DE FORMA TAL QUE, CADA ENTE SOCIAL EN CADA SONA, BAIRRO O LUCHAM, RESUMINDO ELES EM TODO RESIDENTES DE CADA DESTRITO, ESTARAO SUBMETIDOS A MELHORIAS ALIMENTICIAS…ATENDIENDO QUE A CONTRIBUIÇAO ESTATAL FACE A ESTAS QUESTOES SAO MUITO INFIMAS O QUE CRIA UM DOS OBSTACULOS, O SEJA È UM DOS GRANDES E MAIORES PONTOS NEGATIVOS DENTRO DE UM DIZENVOLVIMENTO LOCAL E SUSTENTAVEL,PARA NAO TOCAR NOS OUTROS PONTOS MAS CULMINATES ALI EXISTENTES. (…)

    AQUELE SALUDO.

    DE LA TIERRA.

Deixe um comentario

*