500 toneladas de açúcar para aliviar a crise

Após 3 meses de penúria do açúcar no mercado nacional, 500 toneladas do produto estão a ser descarregados no porto de São Tomé. A importação feita pela empresa D&D, ou seja, Delfim Neves e Domingos Monteiro, vem aliviar a crise do açúcar no mercado nacional. Um mercado que está a ser bastante agressivo para a população. O custo de vida disparou bastante nos últimos tempos. Por causa da estação seca prolongada, o preço dos produtos agrícolas explodiram. A produção baixou, a procura aumentou e os preços explodiram. Um quilo de cenoura está a ser vendido por cerca de 5 euros. Tomate por volta de dois euros o quilo. Uma situação de aperto que segundo pessoas entendidas da agricultura são-tomense, poderá atingir o ponto alto no período natalício. Grande parte dos rios que fornecem água para os campos secaram, os horticultores não têm podido cultivar a terra.

  1. img
    zecabra Responder

    uma terra destas que produz cana de açucar e nao ha ninguém que tome iniciativa de alargar a produçao das mesmas e abrir uma fabricapara produçao de açucar também pergunto quando é que vamos pensar mesmo aserio em progredir o nosso pais e deixarmos de andar a reboque se temos possibilidades de ter as coisas porque nao aregassamos a manga e trabalhamos para ter as coisas e deixarmos de falar e criticar faço um apelo aos nossos conterraneos que estao fora se tem possibilidade e se deixarem venham investir na nossa terra por favor porque tenho a esperança de que com este governo tudo é possivel venham por favor

    • img
      INCOMODADO COM ISTO Responder

      POIS É MEU AMIGO A PRODUÇÃO DA CANA DE AÇUCAR NÃO ACABOU EM STP MAS SIM AGORA ESTÁ VIRADA PARA OUTRO FIM ( CAXARAMBA E ÁGUA ARDENTE ), NAS ZONAS DE CANAVIAL OQUÊ MAQUINA, MICOLÓ, NEVES, PRAIA NAZARÉ, ENTRE OUTRA MAS, DAI RESTA A MUDANÇA CRIAR CONDIÇÕES PARA QUE ALGUEM SINTA ENCURAJADO PARA EMPLEMENTAR UMA FÁBRICA DE AÇURA NO PAÍS.

    • img
      Hiost. Vaz Responder

      Olha Ze Cabra so para acrescentar que tambem existem zonas em S.T.P que a carga pluviometrica em de grande envergadura e nao existem grandes razoes para fraca produçao e aumento de procura conforme e relatante. NADA JUSTIFICA ESTA CRISE temos que meter a mao na consciencia que a falta de desenvolvimento esta na base disso tudo existe cana demaseada nao existem engenhos assim como encubaçoes de galinhas e ovos estao ao ralento e outras ate deixaram de existir… nao podemos continuar assim com braços cruzados e enovaçao a vistas quadros sem possibilidades de mostrarem o que valem so porque tudo esta bloqueado enfim. ou talves com existencia duma greve igual a de Maputo so assim as portas poderam abrir e novas oportunidades surgirem ?

      • img
        ze cabra Responder

        sei que sim camaradas alguem tem que tomar iniciativa a dias falei com um conteraneo nosso que esteve ca de férias hospedado no hotel miramar ele mostrou-se muito interessado em investir ca na terra mas ao mesmo tempo disse se venho para ca investir e depois começam com problemas do costume que veio inrequecer que veio roubar sabemos que a muita gente oportunista mas quem quizer vir com boas intençoes e pagar o justo salario a quem trabalha deviamos receber de braços abertos porque se estivermos a espera dos nossos capitalistas ca morremos a fome estao marimbando para quem nao tem ele ate falou num super mercado mas esta com receio vou tentar insentivar o meu amigo porque o povo precisa

  2. img
    Matabala Responder

    Parece que até Deus já esta vendo que os Governantes são-tomenses precisam sair dos seus gabinetes e começar a trabalhas…nem a chuva Deus esta dando de graça mais…

  3. img
    moreno Responder

    Como da volta o mundo, Delfim Neves dono de uma empresa e faz importacoes…

    • img
      Zé_Quim Responder

      A empresa existe há alguns anos caro moreno.

      Agora os nomes aparecem de forma mais directa pelo facto de ser algo de muito positivo.

      Mas, quando foi o caso do arroz, quem deu a cara foi outro elemento da empresa.

      Situações.

      • img
        António Veiga Costa Responder

        Sim, Zé_Quim,
        qdo foi o caso do arroz, só apareceu gente culpando o governo do MLSTP. Os donos do arroz foram blindados.
        Pergunto: Por quê??????

  4. img
    Fr07 Responder

    o que sera de STP, ja tamos com prblema de secas… o que podemos esperar que aconteça mais com o nosso pobre pais…Deus é grande

  5. img
    Fé zâua lêgado.. Responder

    Espero que desta vez, não volte a faltar mais produtos de primeira necessidade. Que o governo procure estudar profundamente o consumo da população e importar com a base nas informações.
    Bem haja.

  6. img
    N.Capela Responder

    Nao haveria uma forma dessas 500 toneladas de acucar serem cobradas coercivamente em compensacao dos 5 milhoes da S.T.P trading?Onde a lei funciona devidamente os geeps range rover ultimo grito tambem deveriam ser apreendidos,mas e a republica que temos

    • img
      da costa Responder

      temos que que deixar de ser invejosos esta empresa já exite a muito tempo e sempre importaram mercadoria de generos elimenticios, exitem muitos ditos empresario na nossa praça porque não podem fazer o mesmo? o país precisa de empresario para envistir no país. Temos que preocupar com agricultura cultivar as nossas terras

      • img
        António Veiga Costa Responder

        Sr. da costa, não conheces a realidade do país? Para determinados produtos existe o cartel. Só determinados importadores conseguem importar.
        Os peixes pequenos que tentam são boicotados de vários formas.

        • img
          uêbeto Responder

          Antonio veiga
          Não é verdade isto. deixa de ser invejoso.

    • img
      uêbeto Responder

      caro N Capela
      o grande mal de STP é inveja. Voces nao fazem e só criticam. Se calhar devem ser os grandes preguiçosos ca da terra. que diabo de gente malvada e cubiçosa.

  7. img
    olinda beja Responder

    O problema da seca na nossa terra só vem provar que é preciso ter cuidado com o derrube da floresta! Cortar árvores e não replantar é um crime contra a Natureza! Que pode custar muito caro a todos nós

    • img
      Zé_Quim Responder

      Concordo plenamente,

      Mas, o problema começou com a “reforma” agrária, onde alguns foram pegando hectares e hectares de terra para apenas abaterem as árvores.

      Quantos Senhores não dispõem de terras abandonadas, será que não se devia chamar a responsabilidade?

      É triste quando se desloca ao interior do país, não existem alternativas, as pessoas preferem correr o risco, abatendo as árvores pela madrugada a dentro. A fiscalização não funciona e, deveria ser igualmente crime para quem compra madeiras sem autorização de abate.

      Claro que nunca será crime afinal de contas quem compra faz parte do “sistema”.

  8. img
    Adriano Málé Bobo Responder

    É porquê que não se importa açucar dos paises vizinho como no caso de gabão, camarões,

    • img
      uêbeto Responder

      importar de paizes vizinhos ica muito mais caro. Tens razão de dizer isto. Não percebes nada. So mandar bocas.

  9. img
    Lúcio Pinto Responder

    Vou voz contar uma história que vi ontem….Um bebado santomense estava a correr por toda parte de Água arroz a gritar açucar já veio ” viva”.
    Ele estava tão contente só pelo facto de açucar chegar e a sua casharamba vai ser mais barata…Que vergonha o povo está tão mal e os nossos politicos salvo alguns só querem saber dos seus bolsos..Mas juram cumprir e fazer cumprir as leis… STP no coração

  10. img
    SADAN Responder

    nao me digam que os antigos governantes roubaram a chuva também também é um exagero la que os homens tenham-se enchido de dobras e dolares e alguns euros a chuva e da comptencia de deus digo o mesmo que a nossa camarada olinda diz cuidado com a s barbaridades que fazem nas floresta

  11. img
    Lúcio Pinto ( CSPQ) Responder

    Quero voz contar uma história que vi ontem….Um bebado santomense estava a correr por toda parte de Água arroz a gritar açucar já veio ” viva”.
    Ele estava tão contente só pelo facto de açucar chegar e a sua casharamba vai ser mais barata…Que vergonha o povo está tão mal e os nossos politicos salvo alguns só querem saber dos seus bolsos..Mas juram cumprir e fazer cumprir as leis… STP no coração

  12. img
    Zeca Jamba Responder

    Caro Zecabra,
    Porque nao faz voce mesmo? So quer que seja o outro a fazer. Eh so atirar a bola para o campo do outro. Criticar eh facil. Ter iniciativa eh so para outro.

    • img
      ze cabra Responder

      zeca jamba se quizeres trabalhar em conjunto estou disposto mas pelo que vejo es destes que tem a bariga cheia o pais e nosso nos ou seja todos temos que dar as maos e deixar de conversar alheias e as invejas ok juntos venceremos

    • img
      ze cabra Responder

      tambem pergunto porque nao fazes ou das uma ideia aos que querem fazer estas a espera papinha feita porque nem ideias tens

  13. img
    sheila Responder

    Compatriotas, tenhamos fé porque só Deus pode nos tirar deste burraco que nos encontramos no nosso São Tomé e Príncipe.

    • img
      Helves Santola Responder

      Oh senhora, como Deus? Acha mesmo que Deus vai plantar, vai governar, vai punir….isso é trabalho para o Homem, Deus já fez a sua parte, nos deu uma boa terra e fez de nós um povo humilde (até demais). Precisamos é de trabalhar….eu stou a fazer aminha parte, stou a estudar e espero poder ajudar meu país, no terreno, com as minhas ideias. Seja plantando mandioca atrás da minha casa, seja discutindo ideias no parlamento ou coisa assim……
      abraços……

      • img
        António Veiga Costa Responder

        Helves,
        adorei suas palavras. Deus deu tudo a Saõ Tomé, só falta a todos nós fazermos nossa parte – leve-leve não leva a progresso país nenhum.
        Leve-leve é para rico.

  14. img
    Caquenha Responder

    De vários problemas que os governantes de STP têm talvez o pior seja inventar moda. Moda essa que em nada nos dignificam; porque hora vejamos,um país rodeado pelo mar e não tem uma salina, temos que importar sal um pais fertil onde a chove durante 9 meses não sabe tirar proveito dessa vantagem natural; que cidadão não gostaria de ter sua dispensa recheada de bens de primeira necessidade, sua geleira com carne ovos peixe hortaliças etc… ? Acho que todo mundo gostaria de ter isso, mas como? só importando, o nosso país não tem condição de produzir esses bens não tem condição de produzir açúcar? Temos, só falta organização boa vontade e espírito de querer fazer do governo. Porque se assim não for vejamos uma coisa; na época seca quando a muita hortaliça principalmente o tomate o que é feito? há tomate até para as criancinhas fazerem comida de brincadeira e quando não há sofre-se para comprar e compra-se ao preço dos olhos da cara. Porquê o governo não arranja um método de conservar e até mesmo de transformar esses produtos para cobrir as falhas do período em que a produção é baixa? Isso serve para outros produtos como peixe. Porque que o governo não incentiva os agricultores a produzirem em grande escala e comprar directamente a eles e depois revender a população, de formas que os agricultores não se preocupar de perder a colheita uma vez que ele tem garantias que o governo vai comprar o seu produto para colocar numa espécie de saleiro, toda gente sai a ganhar, o agricultor ganha produzindo e o consumidor ganha tendo sempre o produto que deseja nos mercados. Outra questão até quando uma serra-mica em STP? Eu acredito que śo assim as areias das praias e os abate abusivo das árvores serão menos agressivos. È bom que os dirigentes de STP comecem a ganhar o bom abito de ler os comentários feito nesse jornal porque muitas contribuição para o desenvolvimento do nosso STP encontra-se aqui.

    • img
      DONADOCE/ frança Responder

      Bon dia a todos, o povo de stp precisa d’um vento de esperança!! dentro de um mês uma filha da terra vai voltar para a sua ilha natal depois de anos de ausencia com um projecto de fabrica de açucar! so espero que o gouverno da apoio aos investidores saotomense e que a corupçao para manter a exportaçao de materias primeiras vai ser possivel contornar!este investimento para a minha terra natal est elevado en custo( maquinas industriais) notamente,mas sem a mao estendida do gouverno sobre a infrastrutura o financiamento sera mais alto!
      guardo esperança! prometo de dar informaçoes das etapas desse sonho que vou realisar com lagrimas nos olhos.
      p.s/desculpa por meu portugues mediocre! mas é açao qui comta e nao bla, bla, bla!
      até breve irmaos de sao tome.

      • img
        António Veiga Costa Responder

        Dona Doce, tente fazer a cotação do maquinario no Brasil.
        Fiz um trabalho similar para empresário santomense e os preços encontrados foram bem mais baixos que os da Europa – em comparação de 700 para 250. Isto, falando de maquinário, não sei qto a outros produtos.

        • img
          DONADOCE/ frança Responder

          Antonio Veiga, obrigada pelo conselho que me faz prazer! a cotaçao ja esta feita entre brasil, frança et india e efectivamente en frança as maquinas industriais sao caras et a tecnologia electronica nao adapatada com o nosso clima!! escolhi maquinas robustas et adapatada ao clima tropical! Vou com esperança no coraçao! passei o tempo a viajar e estudar ! mas nenhum lugar encheu o meu coraçao como a minha terra!
          Obrigada.

  15. img
    Helves Santola Responder

    …..investimento na agricultura…..
    Em vez de importar quantidades tão grandes de géneros alimentícios, importem formas de incentivar e desenvolver a actividade agrícola em STP. Sem produzir, o país nunca sairá da lama, meus amigos, eu acho que nem é preciso ser expecialista para perceber isto…..

    • img
      Helves Santola Responder

      “especialista”

  16. img
    sheila Responder

    É claro que não Helves, qualquer um percebe. Para o nosso País desenvolver uma das coisas é produzir o suficiente para o nosso consumo e também para exportar, a maior parte das coisas que consumimos é importada, o que produzimos nem chega para o nosso consumo e isso é mal para o País.

  17. img
    sheila Responder

    Helves, quando eu digo que temos que ter fé não quero de maneira nenhuma dizer que temos que sentar e esperar para ele, nada disso, mesmo tendo vontade de trabalhar se não temos meio e o governo não nos ajuda e só faz promessa, então temos que ter fé, orar para Deus para que ele possa mudar a mentalidade dos nossos governantes para apoiarem os que realmente têm vontade de trabalhar para o desenvolvimento do nosso País. Entendeste?

  18. img
    olinda beja Responder

    Minha avó Uaka dizia, sentada na sua varanda em Batepá “Nós somos pobres por sermos ricos demais”. Na realidade, lendo todos os comentários é maravilhoso chegar-se à conclusão que ainda há muita gente com vontade de tratar da terra com dignidade. É isso, nós somos ricos demais, basta semear, plantar e a terra produz de imediato, a terra dá, oferece… Tenho a certeza que os jovens sabem o que querem e serão eles a tomar os destinos que a agricultura necessita para que acabe a importação dos bens de primeira necessidade. Que sejam abençoados!

  19. img
    Zé Mulato Responder

    Apostar no Sector Privado

    Cuba despedirá cinco cem mil empregados.
    O que está São Tome e Príncipe a espera?
    Eu não pretendo escrever um discurso, mas apenas apresentar alguns tópicos para a discussão enquanto nós esperamos que os Tribunais: Criminal e de Contas punam aqueles que roubaram o nosso país e enviar-lhes para o penitenciario (cadeia ou prisão). Nós devemos começar a discutir soluções possíveis de muitos problemas que a nossa nação enfrenta. Nós devemos apresentar, acima de tudo, soluções! Soluções e soluções, e, põr de lado o que não incentiva o novo governo fazer seu melhor para o povo Santomense. Os assuntos intrínsecos que dizem respeito a nossa sociedade não devem ser ocultados. Já notei algumas possibilidades de plêiades neste forum com pessoas célebres pelo talento demonstrado e messagens deixadas nesta peleja de ideais enfáticas com tom vigoroso.
    Tema sobre o sector privado e tópicos como: latrinas, saneamento básico, praias limpas, trabalho voluntário, energia: nuclear, hidráulica, energias eólicas e solar; hospital e a saúde da nossa população; estradas; limpeza e manutenção de rios; Feira de ponto (mercado), táxi dos motociclos (motas), transporte público, água potável, distribuição de água nas áreas rurais, malaria ou paludismo; escolas; modernização de cadeias e prisões; preparação, treinamento, e instrução de nossa crianças; produtos de géneros alimentício e problemas sobre a nutrição; produção para exportação; o turismo, agricultura para o consumo interno, proteção maritima, segurança interna. Ordem e disciplina para que todos obedeçam e respeitem; trabalho árduo, entre outos topicos relevantes. Temos que debater solucoes para tudo isso e chegar a um consenso!

    Figuras de autoridade de Estado têm que dar bons exemplos para a populacao os seguir.

    Com relação as pessoas que vendem na rua, uma solução seria, enviar algumas para escola ou centro de instrução a custa de Estado para se tornarem pequenos empresarios, outras, poderão vender os seus produtos a uma estação financiada com capital estatal e privado onde os produtos seriam vendidos em retalho, e por sua vez, essa instituição se responsabilizaria em vender os produtos ao publico em grosso depois de uma inspecção rigorosa feita. Evitar-se-ia conglomeração de pessoas a vender nas ruas. Posso dar mais detalhos e explicar melhor numa outra altura.

    Animais abandonados, cães à solta, entre outros, podem ser apanhados e depositados num centro veterinário sob direcção do Estado ou Organização Não Governamental. Esses animais poderão ser eventualmente adoptados e devolvidos aos donos.

    Não existem soluções que não nos ira custar dinheiro e sacrifícios. Por isso, temos que tomar medidas firmes e executá-las. Nada na vida deve ser fácill.

    Apertar o cinto, comer safu, jaka, fruta, peixe salgado, azeite de palma, zequentxi zete cu zequentxi doxi, banan npon sa bua. Temos hortaliças e frutas saudáveis e são produtos orgânicos caríssimos em vários países do mundo.

    Cuba e muitos outros países despedem funcionários públicos e transferem-nos para o sector privado, então, o que STP está a espera?

    http://www.dailyfinance.com/story/taxes/cuba-government-workers/19632696/

    http://www.voanews.com/english/news/americas/Cuba-to-Lay-Off-500000-Public-Sector-Workers–102802109.html

    http://www.independent.co.uk/news/world/americas/cuba-to-lay-off–500000-state-workers-2078462.html

    • img
      uêbeto Responder

      Zé mulato
      Se calhar deve ser o tal Ze mulato que andou por ai a matar o povo. O senhor fala sem qualquer responsabilidade. Acha que tudo o que disse é de alguem responsavel? convenhamos.

      • img
        Zé Mulato Responder

        Sei quem es; oportunista e invejoso e nao da cara. Nunca pensas no povo Santomense. Se tiveste plano de ir para Sao Tome roubar, agora e’ muito tarde. Sao Tome e Principe ja nao e “mae joana.” Sobretudo, aqueles estrangeiros com multiplas nacionalidades e que perderam identidade.
        Consulte um Psycologo e receba terapia e conselhos que ti fara bem.

        Comer ou beber junto contigo nunca–veneno… Nem se quer sentar na mesma mesa.

        Ataques cobardes e ataques pessoais nao ti levara a lado nenhum. E’ so distracao, BM. Porque na verdade o objectivo e’ ver Sao Tome e Principe progredir—tu es estrangeiro no meu ponto de vista, por isso, nunca apresentas nenhuma solucao para se resolver problemas de STP.

        Sei que es. Em Sao Tome nao de deixarei roubar nenhum “tostao”!!!!! Mantenha tua cidadania Portuguesa e Angola porque nem la estao interessados em ti! :-) Sanguessusa—elemento de distracao que deve ser ignorado de hoje em diante!!! Es futil e nao produtivo!

    • img
      xnove Responder

      Ehehehehehe, isso ai acho meio dificil em stp, visto que a função pública é do tipo santa casa da misericórdia em stp ou dos meus convidados ou primos, heis o caso ENAPORT, nem por justa causa funciona.

  20. img
    pobre e humilde Responder

    realmente todos crticam mas iniciativas ou boa ideia so vejo um comentario que povo é este para criticar

  21. img
    lulu Responder

    so visto destes comentarios so li 3 digno de respeito resto é so critica investir em stome jamais amigo ze cabra porque alguns lobis sao capazes de arnjar maneira para desgraçar o teu amigo por causa da inveja sao muito invejosos deves saber se estas ai melhor que ninguem inventam uma história e vai tudo por agua abaixo esses lobis que trabalhem é pena dos pobrizinhos doentes e crianças mas alguns que andam so a vagear na cidade de bons carros é que deviam passar fome para saberem o que custa assim culivavam as terras ferteis que temos ai mas nao querem ou seja sempre foi assim

  22. img
    xnove Responder

    Vai ter um dia que vou fazer questão de deixar 5 milhões de dólares aos nossos pseudo empresários para empréstimo p ver se dá no caso do crédito do Brasil, ai queria ver se nao me pagariam de volta, é ruim hein.

  23. img
    PES 2011 vs FIFA 2011 QUAL É MELHOR? Responder

    Bom ja vi mtos comentários acerca de uma fábrica de açucar e não creio que seja de relevante no momento, pois temos outros extremos da nossa cadeia alimentar que precisam ser atacados como arroz e farinha de trigo esses sim são a base, não se deve construir uma grande casa sem ter alicerce firme pois ela desmoronar-se-ia facilmente, temos que cuidar daquilo que já nos foi ofercido de gratidão e depois partir para outros projetos.Força ai para todos.

  24. img
    A OUTRA VIA Responder

    CUIDADO COM O PRODUTO EM CAUSA. DIZEM OS ENTENDIDOS NA MATERIA QUE E’ TAO PREDUCIAL A SAUDE QUANTO O SAL. RECOMENDA-SE: MODERACAO.

  25. img
    menino tonecas Responder

    ai que povo malamdro sempre a espera dos outros vamos trabalhar deixar de dar a lingua e falar mal dos outros e so pensar naos bailes e nos rabos de sai

  26. img
    zeca diabo Responder

    o menino tonecas tem toda a razao sabemos so criticar fazer nada estou certo ou errado? quanto aos bailes tambem é verdade so queremos festas e mulheres estou certou ou errado?se estevivessem no poder faziam igual estou certo ou errado? o café e o cacau esta em via de extinçao estou certo ou errado? distruimos tudo que os colonos deixaram de bom estou certo ou errado ? somos todos um malandros e parazitas estou certo ou errado? somos mal agradecidos estou certo ou errado? por favor vamos mudar de mentalidade porque estudar estudar estudar e sermos ignorantes nao serve de nada porque vejo que os maiores invejosos e ignorantes do nosso pais saos os que teem mais formaçao parece que vao para essas universidades aprender ser invejosos e ignorantes mas assim é que somos infelizmente e alguns vao para os paises europeus estudar nas sempre com um don de racisco e de rancor mesmo até com os nossos irmaos africanos dos oiutros paises somos racista estou certo ou errado? vamos acabar com isso porque precisamos de todos e de tudo somo muito fracos de espirito estou certo ou errado ?

    • img
      Zé Mulato Responder

      Sr. Ze Cabra esta certo.
      Educacao e instrucao sao coisas separadas. Meio ambiente e social, factor hireditario, bem como educacao caseira conta bastante na formacao do homem/mulher. Unversidade e doutoramento “nao chega—nao e’ suficiente!”

      Estais certo—temos que unir naquilo que e’ importante—e numa so voz dizer QUEREMOS O MELHOR DO MELHOR PARA SAO TOME E PRINCIPE AVANCAR!

      Lembraste do “Buter,” o analfabeto, que deu ataque gravissimo a falecida mae de Manuel Pinto da Costa? Temos muitos semelhantes, por exemplo, Pleto ou BM e’ um deles. Cuidado “coblo manso”!

      Propaganda e ignorancia e inveja em STP, etc.= uma grande desgraca. Tivemos Miguel Trovoada que assinou um contrato de Petroleo com ERHC com Nigeria que nao trouxe nenhum beneficio para povo Santomense. Temos que escolher melhor os nossos dirigentes! Deus abencoe os jovens desse governo se realmente estao empenhados a fazer algo melhor para STP.

  27. img
    stomense com muita honra Responder

    ze nulato nao tenho outra palavra senao chamarte vergonha do povo nem sabes escrever nao percebes nada talvez queres ser um politico nunca seras porque o povo nao é parvo como tu

Deixe um comentario

*