SÃO TOME E PRÍNCIPE ocupa 127ª posição entre 169 países no IDH 2010

Relatório aponta educação de baixa qualidade como principal problema. A partir deste ano, IDH foi feito com base em novos cálculos e variáveis.

O relatório do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) para 2010, divulgado nesta quinta-feira (4), mostra o S.tomé e Príncipe na 127ª posição entre 169 países. Os cinco primeiros colocados são, pela ordem, Noruega, Austrália Nova Zelândia, Estados Unidos e Irlanda. O cinco últimos são Zimbábue, República Democrática do Congo, Níger, Mali e Burkina Faso.

De acordo com o economista Flávio Comim, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no novo IDH “São. Tomé e Príncipe continuam na sua trajetória, que é uma trajetória muito harmônica, ou seja, o IDH são-tomense vem crescendo igualmente nas duas dimensões [saúde e educação] enquanto a renda familiar (salário) ainda esta muito mal”.

De acordo com o relatório, 80,5% dos são-tomenses são pobres e “sofrem privação” em saúde, educação e renda. Destes, o principal item, segundo o relatório, é a educação. “O que mais pesa na pobreza é a educação. O novo IDH mostra que é necessário dar mais importância à educação em São Tomé e Príncipe”, disse Comim.

Educação
Segundo Comim, o novo IDH é mais exigente quando se trata de educação. “Foram introduzidas novas variáveis, uma nova fórmula de cálculo, e, dentro dessa nova fórmula, um padrão mais alto sobre o sistema educacional e a qualidade desse sistema”, explicou o economista.

“Então, não basta mais colocar as crianças e os jovens na escola. Agora, eles têm que estar na série adequada, na série que se espera que eles estejam para que você consiga dar a eles uma oportunidade igual”, disse Comim. Segundo ele, “o desafio para o S.tomé e Príncipe  evoluir ficou maior”.

Por :LEONILDO COSTA ALUNO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EM UFRJ( BRASIL)

  1. img
    J. Maria Cardoso Responder

    Estes dados do IDH – Indice de Desenvolvimento Humano recua o nosso país ao fundo da tabela ou perto dela, lugares, tristemente, destinados aos nossos paises africanos.
    Nada de novo se recentemente as estatísticas internacionais em relacção a corrupção, os mesmos lugares também eram reservados aos nossos paises africanos.
    Questiono qual o nosso lugar nos primeiros quinze anos da nossa existência enquanto país independente?
    Existem pecados externos k nos remetem a um presente turbulento e deixam os nossos olhares mergulhados num futuro aquém das nossas expectativas.
    Um país sem infraestruturas e tudo do mais para a mobilidade, o FMI e o Banco Mundial mandaram, nos finais dos anos 90, fechar todos os hospitais distritais e concentrar os cuidados médicos essenciais a sobrevivência humana num só hospital central. Que resultados?
    A Educação inserida num todo, não se pode exigir mais quando o país não vem dispondo de uma estabilidade que possa direccionar um projecto de desenvolvimento.
    Enfermos, talvez os políticos são-tomenses possam reflectir nestes dados e agora com a mudança a manipular os nossos ensejos, os desafios de hoje confiantes no trabalho produtivo e com a contribuição de todos, possam trazer-nos uma melhor posição para o ano.
    Cruzar os braços é k não!

  2. img
    Cidy Responder

    uma vergonha! de 2005 pra ca temos vindo a decair…
    nos temos de fazer mais pelo país e deixar d pensar k os politicos estao sempre errados. desenvolvimento de um povo é tambem de um país

  3. img
    Madalena Responder

    Podiamos ser o melhor do mundo em estatisticas, mas infelizmente se trabalha pouco nesta area.
    Um País com uma area 1000KM2, com 150000 hab, com duas Ilhas apenas, metade da população a viver na cidade.
    Podiamos ter os melhores indices do mundo. 1 medico para 5000 hab.
    Agua canalizada em todas casas, casa de banho e acesso ao ensino, ou seja um liceu em cada distrito.

    • img
      Celsio Junqueira Responder

      Subescrevo completamente o seu texto.

      Abraços,

  4. img
    Osama bin Laden Responder

    O que esses senhores não sabem é que mesmo estudando muito as oportunidades de arranjar emprego em STP é zero ou quase zero, mais do que estudar é preciso ter um bom apelido ou seja no caso de STP ou és filho de Rafael Branco para arranjar tacho na Embaixada sem ter qualquer curso superior, ou filho de Albertino Bragança, Cosme Rita, ter Trovoado na ponta, Costa, Agostinho da Neves, filho de Carlos Tiny, Olegário Tiny, Delfim Neves, Daio e outros, se não nada feito, mesmo se fazeres licenciatura, mestrado até mesmo Doutoramento, outra solução é conseguir namorar filhas deles ou filhos se não é melhor virar candongueiro seguir exemplo de Nino Monteiro e António Monteiro, servir de saco azul para guardar dinheiro de campanha ou seja virar bandido e roubar STP, fingir que está a ir para Brasil comprar comida para povo e trazer autocarro compra produto fora de prazo e ficar com a parte da verba outra hipótese virar preguiçoso como caso de Albertino Bragança, Arlindo Bala menino de Patrice.
    Por pouco esquecia de falar da ilha do Príncipe, caso desta ilha tens que ter Cassandra, Umbelina, ou então virar capacho de To Zé Cassandra Em STP há bué de emprego para mesma pessoas.
    A ONU devia saber porquê que os jovens de STP não andam motivados para estudar, é por razões que apontei acima.
    Viva Tachos

    • img
      Tony Responder

      Pois é…, a Justiça tarda mais não falha. podes crer!

    • img
      Leopoldo Responder

      Senhor Osama

      Eu não sou família de nehuma destas pessoas que o senhor andou a nomear. No entanto, fiz o curso a minha custa, trabalhando simultaneamente. Parti para Angola, quando tinha apenas 16 anos de idade. Fui fazendo o meu caminho com a ajuda, somente, de uma tia minha. Nunca tive bolsa de estudo nem ajuda de ninguém do Estado de S.Tomé e Príncipe.
      Tudo o que tenho devo-o ao meu esforço.
      O mal do nosso país, entre outras coisas, é que toda a gente fica a espera que o Estado resolva os nossos problemas. O senhor está a espera que o Estado resolva o seu problema. Fique sentado… Deixa de ser preguiçoso, invejoso, olho-cheio. Trabalhe e lute pelos seus meios e deixa de invejar os outros e passar toda a vida com olhos na família dos outros. Nós forros somos muito “olho-cheio”, invejosos, má-indole, malvados, e gostamos de ver nos outros as causas dos nossos fracassos e frustrações. O senhor tem de trabalhar, estudar e querer vencer na vida. Deixa de preguiça espiritual.
      Eu não faço parte da família daquelas pessoas que o senhor nomeou mas conheço gente da família Trovoada que é pobre e trabalha todos os dias para subir na vida. Conheço gente da família Daio que vive mal e outros que vivem bem. Isto é desculpa de mau pagador e de preguiçosos e frustrados da vida. De gente que perdeu na vida porque não quer trabalhar, não quer estudar, só quer viver a custa do Estado. Conheço gente familar de Albertino Bragança que nem sequer estudou. Recordo ter ouvido uma reportagem, na televisão, que diziam que uma pessoa da família Cassandra, um miúdo, veio fugido de S.Tomé num avião para Portugal porque as condições que ele tinha em S.Tomé não eram as melhores. Ele não é da família Cassandra??? Não teve que fugir do país?
      O senhor em vez de andar preocupado com as famílias que existem em S.Tomé devia, mas é, acabar o seu curso, estudar mais, e tentar vencer na vida e deixar de olho-cheio, de inveja…
      FUI
      lEOPOLDO (POPÔ)

      • img
        Paulo Sergio Responder

        Se não és da familia nomeada, então cala-te

        • img
          Leopoldo Responder

          Senhor Paulo Sérgio

          A censura já passou. Nós não estamos mais no regime do seu MLSTP. Isto acabou há muito tempo. Vou falar todas as vezes que me apetecer. O senhor tem de habituar-se a viver em democracia. Pela sua escrita vê-se que se trata de um ex-estudante de União Soviética ou Cuba tendo em conta resquícios ou tiques de um ditador próprio de uma escola totalitária.
          Leopoldo

  5. img
    xnove Responder

    Acho k temos muitos problemas quanto ao ensino, pois as x me deparo com pessoas que frequentam a universidade falando choão e feijoão, isso é uma vergonha, como que esses individuos tiveram aprovação no ensino primario e secundário, só Deus sabe como.Fui

  6. img
    mariana salvaterra Responder

    os cinco primeiros IDH,austrália? pois nao usaram o cartao postal da tragédia dos aborígines que vivem no estado primitivo actual,em reservados alcolizados e debaixo da repressao,eles nao contam,como tb. nao contavam os angolanos nos anos 70 quando se falava da expansao em angola a boa moda colonial, estou cansada da hipocrisia ocidental!..

    • img
      Luis Silva De Sousa Responder

      Mariana salvaterra ,

      Aborígines constituem 2.2% da população Australiana cujo numero é de aprox. 22,514,574 (Census de Março de 2010).

      A maioria dos Aborígines australianos são nómadas, caçadores e colectores de vegetais, e resistem a assimilar os “padrões” ocidentais de vida.

      Sofrem muitas discriminações: em comparação com a população branca, os salários são três vezes inferiores e os desempregados cinco vezes superiores; a taxa de mortalidade infantil é o dobro; e, em média, vivem menos 18 anos.

      São a maioria dos reclusos nas prisões (em cada 10 presos 7 são Aborígines).

      Apenas 33% dos aborígenes completam o ensino superior.As bolsas de estudo são concedidas pelo governo federal e todos os estudantes classificados de aborígenes recebem adicionais incentivos financeiros para frequentarem cursos de formação profissional e ensino superior.

      Apesar de muitos estarem bastante integrados na sociedade actual, que inclui uma forte actuação na política, nas artes,desporto e direito ao voto, a maioria ainda continua vivendo isoladamente em regiões longe das grandes cidades.

      O agregado familiar (Aborígines australianos) recebem subsidios de desemprego que é estimado com base no numero de filhos na idade escolar,incapacidade fisico-mental,etc….

      Estes subsidios rondam por volta de 500-700 dólares por semana/por agregado familiar.

      O salário minimo na Australia é de 500.00 semana.Os salários sao pagos por semana.

      Repare que Australia tem o GDP – $4 Trillion US dollars e uma superficie de 7,682,300 km2 .

      Para termos uma ideia mais clara daquilo que estamos a falar deixe-me acrescentar que Western Australia com um superficie 2,525,500 km2 é maior do que a Europa.

      Corte e cole o link e veja o mapa.
      http://www.virtualoceania.net/australia/states/

      Abraços,

      Luis
      Sydney-Australia
      http://www.facebook.com/?ref=home#!/profile.php?id=1062303411

      • img
        Luís Responder

        O PNB da Austrália foi de US$1 trilião de dólares americanos em 2010, e não $4 triliões de dólares americanos.

        • img
          Luis Silva De Sousa Responder

          $1.02 Trillion US dollars – 2008
          Source: World Bank, World Development Indicators

        • img
          Puppet Responder

          GDP(inglês)=PIB(português)aproximadamente 1 trilhão de US$.

          GNP=PNB

    • img
      Taliban Responder

      Mariana Salvaterra esta absolutamente correcta!
      Tb estamos cansados de hipocrisia deles…
      Africa tem que abrir os olhos, Sao Tome e Principe incluido.

      • img
        Sãotomense Responder

        Porque? São Tomé deixou de ser África?

  7. img
    Osama bin Laden Responder

    1. O que esses senhores não sabem é que mesmo estudando muito as oportunidades de arranjar emprego em STP é zero ou quase zero, mais do que estudar é preciso ter um bom apelido ou seja no caso de STP ou és filho de Rafael Branco para arranjar tacho na Embaixada sem ter qualquer curso superior, ou filho de Albertino Bragança, Cosme Rita, ter Trovoado na ponta, Costa, Agostinho da Neves, filho de Carlos Tiny, Olegário Tiny, Delfim Neves, Daio e outros, se não nada feito, mesmo se fazeres licenciatura, mestrado até mesmo Doutoramento, outra solução é conseguir namorar filhas deles ou filhos se não é melhor virar candongueiro seguir exemplo de Nino Monteiro e António Monteiro, servir de saco azul para guardar dinheiro de campanha ou seja virar bandido e roubar STP, fingir que está a ir para Brasil comprar comida para povo e trazer autocarro compra produto fora de prazo e ficar com a parte da verba outra hipótese virar preguiçoso como caso de Albertino Bragança, Arlindo Bala menino de Patrice.
    Por pouco esquecia de falar da ilha do Príncipe, caso desta ilha tens que ter Cassandra, Umbelina, ou então virar capacho de To Zé Cassandra Em STP há bué de emprego para mesma pessoas.
    A ONU devia saber porquê que os jovens de STP não andam motivados para estudar, é por razões que apontei acima.
    Viva Tachos

    • img
      Ana P. Responder

      Epa….ja se ve que muita gente esta com dor de cotovelo….essas pessoas que citaste,…talvez tenham cursos…e sao muito qualificados…neste caso “Osama Bin Labem” so tens duas hipoteses
      1- estudar…quando digo estudar não é sair tds dias de casa e dizer que vai a universidade e chega la e nao aprende nd..passa a vida a copiar..outra hipotese é pedires para qq deles te adotarem…coisa dificil pois nao passas de um preto burro….BANDIDOS COMO TU DEVEM FICAR CALADOS E OBTER INFORMAÇÃO ANTES DE FALAR M… AQUI..BAZEI

      • img
        Pedro Sousa Responder

        Tu é que devias calar, porque tudo que ele disse é verdade, vocês têm muita dificuldade de lidar com verdades.
        Olha caso do Emery, saiu da universidade sem qualquer experiência profissional, foi logo posto no lugar de director da CST, será que ele é jovem mais inteligente de STP? Claro que não, foi apoio familiar e do sogro dele, a grande verdade é essa.
        Não temos todos a mesma oportunidade, nesse país.

        A única coisa que posso dizer a “Ossama Bin Laden”, para ele não desanimar e ter esperança que o actual governo, com toda certeza vai mudar esse tipo de coisa.
        Estuda que terás a oportunidade também, não deixa de estudar por causa disso.

  8. img
    DEMOCRATICO Responder

    Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) —

    É PARA DEIXAR BEM CLARO PARA TODOS OS LEITORES, PORQUE O MEU CARO COLEGA MENCIONOU AS INICIAIS E ESQUECEU DE DESCRIMINAR O QUE SIGNIFICANTE, ISSO FAZ PARTE DA METODOLOGIA , QUANDO SI ELABORA UM TEXTO OU ARTIGO.

    OBRIGADO PELA INFORMAÇÃO CONTINUE ASSIM , É POR ESTE LADO QUE VOCÊ DEVE SEGUIR. FORÇA ….

    • img
      gepeto Responder

      Epa vai tomar no olho do seu c*** se vc prestasse atenção no segundo paragrafo n teria esse problema, a isto chama-se falta de atenção.Vc quis dar uma de esperto mas é um mané.Fuii

      • img
        Sãotomense Responder

        Pô chama ele de mané tambem, pegou pesado, chama ele de balde, c bestaaaaa. kkkkk

  9. img
    Povo Responder

    Tudo isso faz parte do plano. A elite nao ira deixar. So querem comer sozinho–
    Por isso, criam essa situacao para manterem o controlo e o poder. So com Revolucao que as coisas mudam—nao estou referindo apenas violencia, mas sim outras formas de revolucao, seja ela social, intelectual, de ideias, e de participacao de pessoas na resolucao dos nossos problemas. Temos todos que participar com sagacidade. STP e’ nosso—nenhum elemento corupto da elite e’ dono/a de Sao Tome e Principe. STP e’de todos os Santomenses. Temos que actuar!

    “De acordo com o relatório, 80,5% dos são-tomenses são pobres e “sofrem privação” em saúde, educação e renda. Destes, o principal item, segundo o relatório, é a educação. “O que mais pesa na pobreza é a educação. O novo IDH mostra que é necessário dar mais importância à educação em São Tomé e Príncipe”, disse Comim.”

  10. img
    De Longe Responder

    A educação referida como grande causadora do baixo Índice de Desenvolvimento Humano em STP terá a ver com baixa escolaridade ou com má selecção de hábitos confluentes para a conduta do cidadão?
    Para essa 2ª vertente vou ilustrar algumas atitudes nossas que já me incomodavam e que julgo prejudicar o nosso desenvolvimento em diversas vertentes:
    - os forros que viajamos passando mal no estrangeiro regressamos a vestir e a falar de modo a causar a sensação de que regressamos ricos e importantes. Assim os que estão na terra não dão o seu melhor para o bem deles e da terra. Só pensam em sair;
    - os que aprendem algo válido no estrangeiro, não compartilham os novos conhecimentos com os mais necessitados quando vão de férias, apenas distanciam-se para aparentar importância;.
    -muitas são as pessoas na terra que ao verem melhoradas as suas condições de vida fazem mais por querer parecer do que por saber estar;
    - muitas pessoas não se dedicam ao bem de todos dizendo que não estão para consertar o mundo esquecendo-se de que todos devemosconsertar;
    - muitos homens gabam-se de ter filhos em várias freguesias, sabendo na altura de os fazer que não irão contribuir para a educação dos mesmos;
    - temos pouco respeito pela família que é a base da construção de uma sociedade;
    -revelamos desconsideração para com as mulheres que mais dedicação têm dado a criação de pessoas que crescem na nossa terra (revejam os comentários feitos neste jornal por ocasião do 19 de Setembro – será que gostamos pelo menos das nossas mães e das nossas irmãs?);
    Considero que esses e outros exemplos são “bebidos” por jovens que saem para estudar e não se integram na sociedade acolhedora por falta de educação caseira. Regressam só com conhecimentos técnicos e reclamam lugares na gestão de causa social por terem um diploma.
    Daí:
    - temos dirigentes que mantêm impunes as pessoas que desviam a água que abasteceria o hospital (!!!!!!!);
    - temos dirigentes que não conseguem fazer parar o desaparecimento continuado de processos no tribunal;
    - temos dirigentes que precisam da miséria do próprio povo para pedirem ajuda que será desviada;
    - temos dirigentes que precisam do poder para simples alcance de propósitos pessoais e não o vêm como responsabilidade para construir;
    -temos dirigentes que não conseguem fugir da suspeição de “rabo preso” nos escândalos mais execráveis

    Importa ensinar aos nossos filhos que a injustiça e outras incorrecções não devem ser toleradas.
    Acredito que se os homens tomarem as refeições com os seus filhos diariamente e procurarem saber que situações eles enfrentaram ao longo do dia, que saída arranjaram e ajudá-los a pensar sempre em saídas mais airosas, poderemos estar a iniciar uma nova geração de humanos em STP.
    VAMOS CADA UM DE NÓS CONSERTAR O MUNDO.

  11. img
    El Chicarito Responder

    Pura utopia!

  12. img
    fred Responder

    …adorei o texto, continue nessa linha de raciocínio que assim ira chegar o teu objetivo, … informando os leitores sobre a situação precaria em que carecemos de uma boa educação de qualidade, principalmente nas classes mas desfavorecidas ,onde tudo isso ,é o efeito da motivação, e um salário digno para os professores,visando uma estratégia de motivação e de estimulo dos mesmo ….PENA QUE ESSA É A REALIDADE EM QUE VIVENCIAMOS HOJE EM DIA NESSA LINHA TÃO PEQUENA SE SER GERIDA…UMA VEZ QUE TEMOS BONS QUADROS A SEREM FORMADOS..

  13. img
    mariana salvaterra Responder

    ” sr. luis silva e sousa” estou mt. bem informada do tema e conheco estes factos que chamo-lhe de “kanguro court” o termo que usou de “padroes ocidentais” nao sei se é “europeu”,mas discordo pois por exemplos os japonenes sao avancados e industrializados,mas mantén com orgulho as suas tradicoes. de resto toda civilizacao teve um comeco rudimentar, de cacadores e nómadas a agricultura sedentária de resto o progresso nao é monopólio,ocidental,pelo contrário quando eles ainda estavam debaixo do gelo já outras civilizacoes se ergueram,como o Africa,no Igipto,inka o berco da civilizacao mesopotania com os matimáticos e a grecia etc etc..a europa tb. sofreu metamorfoses progressiva,por ignorancia recusaram comer a batata e o milho e outros produtos vindos dos inkas,enquanto os sanatórios estam cheios de doente TB.de que padroes ocidentais sim do genocídio dos aborigines,pelos colonos britanicos,reclusos que enviados como escravos.da separacao sistematica dos filhos aborigines separados a forcas e levados para internato donde sofreram todos trabalhos forcados a abusos sexuais..a história esta cheia de pedacos dolorosos de injustica do padrao ocidental,disse um americano negro eles cortaram as arvores donde linchavam-nos,mas a mémoria perdura nos nossos coracoes…eles sao minória hoje porque o cemitério recebeu a maioria deles..

    • img
      Taliban Responder

      Mariana Salvaterra para Presidente da Republica de Sao Tome e Principe 2011. Sim senhora. Senhora sabe sobre a verdade. Realmente, algos Santomenses estao bem informados, inteligentes, e bem instruidos. Ficamos completamente satisfeitos ao saber isso.

      Sinceramente, antes da escravatura (invasao dos Europeus e colonizacao em Africa), Africa tinha uma civilizada bem estruturada e muito mais avancada do que a d’Europa. Basta olhar dentro de alguns museus n’Alemanha para verificar o roubo dos arifactos Africanos, estatuas, e objectos de valor historico e cultural d’Africa. Basta olhar as contas dos corruptos Africanos nos bancos Europeus, Suica, e propriedades do gatunos Africanos na Europa. O que e’ triste e’ que na Europa esses negros, mesticos, e pretos nao sao reconhecidos (sem valor na sociedade de brancos). Os Europeus delapidaram Africa, e continuam a dominar e controlar Africa economicamente com instrumentos empobrecimento neocolonialista que emanados do Banco Mundial e o Fundo Monetario Internacional.

      Africa ficou completamente destruida, pobre, guerra civil, SIDA, fome e miseria. Africa tem mais riqueza e recursos naturais no mundo. Porque razao Africanos estao subdesenvolvidos, atrasados em tecnologia, educacao, infra-estruturas, mas chaos e chaos?

      Africanos deixaram-se ser explorados. Esperamos que nova geracao seja mais esperta para travar essa conspiracao do ocidente contra Africa e contra os Africanos.

      Deus e’ Pai. Deus e’ Grande….

      Brancos odeiam Africa e Africanos. Brancos so querem sacar riqueza e recursos naturais de Africa e mais nada.
      Preserve valor, cultura, e tudo que e’ Africano na Africa. ponto final
      Bilu ue!

  14. img
    Helves Santola Responder

    Povo muê, bili uê ô!! sela non toma posiçon, muda cabeça, sela non fé revoluçon ni tela sé….cuá sámali munto ô…!

  15. img
    Perigo Responder

    Para acrescentar outro assunto, gostaria de chamar atencao a aspecto importante que nao devemos descontar or ignorar.
    A Europa esta arasca. Ha muitos anos que os Europeus te^m estado a roubar Africa. Africa deve criar uma cooperacao militar para se defender contra uma possivel invasao dos brancos no nosso continente. A NATO esta em conspiracao contra os Africanos: negros, mesticos, mulatos, ou pretos, para mais uma vez os Europeus usurparem dos recursos naturais e riqueza de Africa. A Inglaterra e Franca estao a planear coligacao militar com o objectivo de se tornarem uma forca mais perigosa contra os interesses Africanos. Nos, os Africanos temos que estar sempre vigilantes! Eu recomendo a criacao de uma forca militar regional ou continental para proteccao do nosso territorio (uma versao ou modelo de NATO n’Africa). Paises como Angola, Nigeria, Africa do Sul, Libia, Somalia, Gambia, Senegal, Zimbabwe, Sao Tome e Principe, Mocambique, Guine Bissau, Namibia, e outros devem se reunir e unicar o exercito com objectivo comum que e’ proteccao do territorio Africano contra invasao e explaracao de estrangeiros! Como todos sabemos, os brancos coruptos e imorais destruiram economia deles em consequencia de ma gestao e praga de Deus. Os brancos pensam e estao convencidos que Africa e’ um continente “mae joana” onde os brancos podem sacar quando bem entenderem. Africa esta’ a mudar porque os Africanos ja conhecem politica nacional e externa e complexidade sobre assuntos economicos e financeiros. Africanos: Ja nao podemos cruzar os bracos! Os brancos tiveram oportunidade ouro de trabalhar juntos connosco para o beneficio comum, mas por serem racistas e supremacistas, decidiram manter-nos em baixo e contribuiram na destruicao de Africa com ajuda de governos Africanos coruptos e elite Africana fantoche de merda. Hoje, os brancos estao a sofrer porque esta cada vez mais dificil roubar o nosso continente Africano. Sera que a Inglaterra e Franca irao usar forca militar para poderem explorar e roubar os nossos recursos naturais: petroleo, ouro, uranio, ferro, madeira, agua, peixe, diamante, etc.?
    Eu sou uma pessoa com visao impecavel sobre o futuro baseado em causa e efeito, e factos de pensamento critico e analitico. Entendo perfeitamente as manobras dos injustos e planos diabolicos dos gatunos e exploradores.
    Nos conhecemos a historia dos Europeus, e desgraca que os brancos criaram no nosso continente. Temos que resitir a repiticao dessa exploracao acima mencionada. Temos que reforcar cooperacao militar com a China e Russia. Algumas pessoas defendem Bases Militar de China e Russia no nosso continente se for necessaria, mas eu nao vou a esta distancia. Temos sim que aprender com os Vietnamenses, e os Mulcumanos. Estes dois povos heroicos resistiram o neocolonialismo e exploracao do homem pelo homem promovido pelos brancos. Os dois povos conseguiram manter segura a sua integridade, cultura, e valores tradicionais deles. Os brancos nunca conseguiram dominar esses dois povos. Entretanto, os brancos conseguiram por os pes e controlo no nosso continente e n’America Latina. Africa deve separa-se de neocolonialismo e assumir posicao de um continente que realmente merece respeito de todos! Temos que abrir os olhos porque a pobreza e sobdenvolvimento no nosso continente tem origem muito muito muito triste e chocante! Europa e coruptos Africanos contribuem substancialmente nesse atraso generalizado d’Africa.
    Europa esta arasca. Africa tem que se unir o mais breve possivel! Temos que criar uma unidade militar regional ou continental para defender e proteger o patrimonio e riqueza do nosso continente contra ataques de estrangeiros. Os Mulcumanos e o povo vietnamense (Vietnam) nao disposeram-se de equipamentos militares sofisticados ou modernos, mas derotaram os brancos com tactica e estrategia “Guerra de Gorilas” (Gorilla War) conhecimentos militares nao alheios aos Somalenses (Somalia) que brilhantemente usaram e derrotaram aqueles que tentaram os invadir. Vietnam venceu os brancos do Ocidente—os brancos sairam de Vietnam envergonhados e a chorar… Africa tem que aprender como se proteger contra ocupacao estrangeira e contra o roubo e exploracao neocolonialista. Parece que so temos dois anos para nos organizar com essa estrategia militar de tactica autodefesa! Europa e’ um constante e permanente perigo existente contra o progresso economico d’Africa e desenvolvimento do povo Africano. Muita gente nao esta a par disto porque estao distraidos ou porque nao viajaram pelo mundo fora na pesquisa e investigacao da realidade desse mundo mundano e cinico. Mas, acima de tudo, temos que defender o nosso continente Africano contra neocolonialismo. Nunca iremos esquecer sobre a escravatura e sofrimento do nosso povo de Africa!
    Brancos sao inimigos numero (1) um d’Africa! Don’t foul yourselves! Wake up!

  16. img
    COCO NZUCU Responder

    Os nossos politicos e dirigentes que nao pensem que estao fora dessa mediocridade, mesmo aqueles que teem uma licenciatura, pois mt poucos, por exemplo, quando confrontados pela imprensa conseguem estar a vontade para dizer coisas com pincipio meio e fim. DJABU KA LEVA-INANCE.

  17. img
    mariana salvaterra Responder

    este tema é interessante!.. a vida e a saúde do planeta depende dele, neste ritmo
    com a destruicao das florestas tropcais do tamanho de Portugal anualmente,com o planeta enfermo,com sintomas de seca-ou chuvas-torrencias trovoadas e furacoes e deslizamento de terra etc etc. e os
    apetites cressentes das multinacionais,como o rio tinto da australia,que explora e polui todo terceiro mundo, os seus trilhoes do PNB, é o marcör do suname da exploracao desenfreada do terceiro mundo e a sua pobreza,sem um desenvolvimento sustentável a humanidade irá entrar no livro record-book-da guiné,como dinossauros.

    • img
      Pinto Responder

      Força Mariana Salvaterra!

  18. img
    Pescador Responder

    Nao devemos perder o significado do ponto fundamental deste texto.

    O assunto fundamental nao e’ “Aborígines da população Australiana. Sereis mais atento que nos Estados Unidos de America, no Canada, Mexico, e mesmo no Brazil, e outros paises onde os Europeus ocuparam e dominam totalmente, ve-se que os nativos nao estao a dar bem na vida. A ironia e’ que os nativos sao os verdadeiros donos desses paises–foram violados e maltratados, e consequentemente seus territorios em posse dos ocupantes!

    Ja disse varias vezes que o Banco Mundial e Fundo Monetario Internacional sao mecanismos e tacticas dos Europeus para destruirem os paises em via de desenvolvimento. STP deve se separar dos creditos e obrigacoes provenientes dessas instituicoes! O tema do texto e’ explicito.

    “O relatório aponta educação de baixa qualidade como principal problema sobre o Índice de Desenvolvimento Humano.”

    “De acordo com o relatório, 80,5% dos são-tomenses são pobres e “sofrem privação” em saúde, educação e renda. Destes, o principal item, segundo o relatório, é a educação. “O que mais pesa na pobreza é a educação. O novo IDH mostra que é necessário dar mais importância à educação em São Tomé e Príncipe”, disse Comim.”

    Temos que melhorar o nosso sistema educativo e desenvolver a nossa economia.

  19. img
    Carpinteiro Responder

    “Corrupção significa deterioração, quebra de um estado funcional e organizado.

    Corrupção política – manifesta-se por meio do suborno, intimidação, extorsão, ou abuso de poder.”

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Corrup%C3%A7%C3%A3o

  20. img
    Campones Responder

    Temos que reflectir sobre:
    1)Educação de baixa qualidade como principal problema
    2) São-tomenses são pobres e “sofrem privação” em saúde, educação e renda

  21. img
    eu Responder

    Gente, veja que estamos no nivel de desenvolvimento médio! De acordo com a lista, somos o ultimo no grupo de desenvolvimento medio.Nós temos é que melhorar. E esta é uma luta de todos nós! Não só dos governos, privados, cada um de nós nas nossas casas.

  22. img
    Verónico Neves Responder

    A questão da melhoria da educação em São Tomé e Príncipe passa também, no meu entender,pela aposta na formação de professores santomenses e na sua capacitação para pensarem a hoje a educação num contexto global.

    Pois, se queremos que os estudantes/alunos santomenses adquirem hábito de leitura, de invstigação e, que, estas investigações sirvam São Tomé e Príncipe é necessário que estes alunos e os seus respectivos professores encarem a educação e a investigação como uma mais valia para o seu futuro e para o país.

    Ora, como julgo é de conhecimento geral, existe muito pouco empenho da sociedade santomense na valorização e na promoção da profissão docente (o seu salário já é disso exemplo); as matérias ministradas e a investigação daí decorrente não tem em conta o contexto socioeconómico em que nos situamos (educação para o desenvolvimento local) e, do mesmo modo, não vai ao encontro à realidade mundial (ainterdependencia entre o que é local/nosso e o que é global).

    Não posso deixar de referir de igual modo que, os sucessivos governos pouco ou nada fizeram para melhorar este guadro negro da educação em São Tomé e Príncipe. Aliás, muitos são os exemplos que dispenso aqui citar.

    Claro que as causas também são muitas. Por exemplo dificuldades económica e falta de meios de financiamentos.

    Então:

    1º – Porquê não melhorar aproveitar e aplicar os fundos económicos recebidos dos parceiros internacionais?

    2º – Porquê não aprovar projectos de intervenção educativo das pessoas que pretendem contribuir para melhorar este estado de coisas?

    3º – Porquê não apoiar os estudantes que, ao terminarem os seus cursos no estrangeiro, regressaram ou retendem regressar à sua terra natal?

    4º – Porquê não criar um plano (de entendimento alargado entre todos os partidos políticos) para a educação santomense?

    Enfim, creio eu que, estes são exemplos de passos que precisamos dar para só depois virmos a beneficiar de um melhor IDH – Indice de Desenvolvimento Humano.

Deixe um comentario

*