Sociedade

ABADE ganhou 40 latrinas

Localizada no fundo de uma zona de grande decline na região centro de São Tomé, a Roça Abade (na foto), beneficiou de 40 latrinas. Um contributo para o saneamento de meio numa das comunidades mais insalubres, que no passado pertencia a antiga empresa Milagrosa.

Produção agrícola, com destaque para cacau, banana, e matabala, domina a actividade das mais de 50 famílias que habitam a Roça Abade. Criação de gado, caprino e suíno é outro complemento para o rendimento das famílias da Roça, onde recentemente os habitantes defecavam ao ar livre.

Fezes de animais, como porcos e cabras, juntam-se a de homens e mulheres, transformando a Roça num espaço insalubre. Com apoio internacional, nos últimos anos o estado são-tomense tem construído latrinas nos bairros periféricos da capital, e nas comunidades agrícolas.

A comunidade de Abade foi contemplada com 40 latrinas. A comunidade que já tinha água canalizada, recebeu mais uma ajuda importante para melhoria da condição de vida dos seus habitantes.

Crianças de Abade, percorrem cerca de 3 quilómetros para ter acesso ao ensino primário. A escola primária mais próxima está localizada na Roça Java. Ao contrário de Abade onde o número de habitantes não pára de aumentar, Java é uma roça abandonada. Antiga dependência da ex-empresa Milagrosa, Java foi transformada numa média empresa.

O novo proprietário, não conseguiu segurar, os trabalhadores que acabaram por sair da roça. Java era uma Roça, recheada de árvores de grande porte, com destaque para a famosa Gôgô, muito procurada na construção civil.

A maior parte das árvores, Gôgô de Java tombaram, ao mesmo tempo que o matagal foi consumindo grande parte da Roça que no passado produzia muito cacau.

Roças da zona centro de São Tomé, pedem mais latrinas, energia eléctrica, água potável, e um rumo para o futuro, com menos abate de árvores.

Téla Nón

    17 comentários

17 comentários

  1. J. Maria Cardoso

    24 de Janeiro de 2011 as 20:16

    A nossa pequenez exige pouco dos k “internacionalmente” nos vão afastar das doenças provocadas pelas fezes.
    Umas casas de banho com banheiro, não muito mais cara do k as 40 latrinas não nos permitiam tirar melhores fotografias para a educação das crianças?
    Até quando?

  2. no escuro

    24 de Janeiro de 2011 as 21:22

    se se for a fazer banheiro e nao latrinas, pois o financiamento será de 1000 milhoes de doláres. eheheehheehe. até meio quilometro de estrada já se pede, 500 mil doláres.

    • Catcibo

      27 de Janeiro de 2011 as 20:00

      Ralmente se o senhor não sabe, peça-me um orçamento! ou imforme-se mais sobre o que é uma casa de banho ou banheiro como queira-o chamar porque se o governo não sabe o valor do dinheiro, então demita-se.

  3. Aua ué

    25 de Janeiro de 2011 as 1:08

    Em pleno sec. XXI a inauguração de latrinas ainda é noticia…Para verem em que pé esta o nosso desenvolvimento socio-economico. CREDO, CREDO, CREDO!!!!!!Até quando vamos continuar a brincar de governar?????

  4. pantufas

    25 de Janeiro de 2011 as 10:35

    80000usd=1440bilhoes dbs.
    1440 a dividir por 40 latrinas=36 milhoes.
    Com este valor não se fazia melhor?Simples latrinas cobertas por chapas de zinco e uma pia,por este valor?
    Credo!

  5. Venâncio

    25 de Janeiro de 2011 as 11:35

    Pseudônimo (Pantufas)confirma a fonte deste valor?

    • pantufas

      27 de Janeiro de 2011 as 11:44

      Foi a informação avançada pela TVS.80000usd para 40 latrinas.

  6. Nikols

    25 de Janeiro de 2011 as 12:12

    Sendo uma Roça,a melhor coisa que o estado deveria fazer; e´ contruir banheiros que por sua vez dava para as pessoas fazerem necessidades e tomarem banho!

  7. madalena

    25 de Janeiro de 2011 as 12:52

    faça casa de banho
    da emprego, da educação e cada um faz a sua casa de banho.
    Pobreza mental é mais dificil de se combater.
    Falta o engenho.

  8. jona

    25 de Janeiro de 2011 as 17:35

    esses tipos todos,tÊn suas casas de banho,só fizeram armadilhas,e nao latrinas!!!abrem bem os olhoooooos.

  9. Zovirax

    26 de Janeiro de 2011 as 22:38

    Custa acreditar, mas é verdade! Latrinas para os pobres e desfavorecidos.

  10. Fernando

    27 de Janeiro de 2011 as 10:49

    Infelizmente, estamos a regredir! Não, não vamos estruturar STP com latrinas. Então, onde andam os que pensam e mandam neste país? Na época colonial as roças tinham casa-de-banho e agora são latrinas…e estas tecnicamente mal localizadas? É uma vergonha, temos mais capacidades e menos possibilidades de desenvolvimento.

  11. Catcibo

    27 de Janeiro de 2011 as 19:51

    È mais uma vez a prova de que o cego de um olho na terra dos cegos é ele quem comanda.gente; 80.000 dólares para construção de 40 latrinas?! Só mesmo neste país! A latrina é a forma mais imbecil de saneamento básico em qualquer sociedade. Se me dissessem que constriram casa de banho com simples pia, autoclismo e uma fossa céptica gigante para 40 famílias, aí tinham todo aplauso meu. Por isso, apostem em coisas grandes e deixem de enganar o povo, porque com este dinheiro eu instalava no pais 4000 casas de banho com chuveiro e sanita! Se não sabem falem comigo e deixem de orgulho e maabarismo!

  12. Catcibo

    27 de Janeiro de 2011 as 20:05

    Fiz aquí uns comentários, mas sinceramente eu não acredito que este governo e os seus satélites continuam a apostar em latrinas. Que pouca vergonha e lamiaçal em que o povo se encontra metido! È triste…

  13. roberto

    27 de Janeiro de 2011 as 22:03

    Latrina! O ke é isto? Tristeza.
    S.Tomé graças a Deus ñ tem falta de bem mis precioso do mundo h2o.

  14. jose

    28 de Janeiro de 2011 as 2:38

    Em relação a este artigo, diria que é uma vergonha estar a por questões como estas nos nossos jornais. Com esta quantia, o governo construia 120 casas de banho condignas a 500€ cada e restava ainda dinheiro para transporte de um contentor de 20 pés (2000€). Por pouco dinheiro, esses individuos tiveram a corragem de subtrair.É tão feio e vergonhoso. Quando houver mais casos como estes, agradeço contactar-me porque sei fazer melhor!

  15. Zé da Esquina

    28 de Janeiro de 2011 as 11:13

    que terra é essa onde se rouba publicamente????

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo