Luta contra espíritos na escola secundária de Guadalupe provocou um morto

A escola secundária da cidade de Guadalupe, está encerrada há cerca de 6 meses. Tudo porque os alunos são apossados por espíritos. Os pais criaram uma comissão, que contratou curandeiro, e realizou o D´Jambi. No auge da manifestação o curandeiro morreu.

O caso está cada vez mais sério na escola secundária da cidade de Guadalupe. O fenómeno conhecido em São Tomé e Príncipe, por “SANTO”, que se caracteriza por espíritos que se apossam de crianças e adultos, e se manifestam com uma série de atitudes sobrenaturais, continua a dominar a escola.

Encerrada há cerca de 6 meses por causa do poder dos espíritos, a escola da cidade de Guadalupe, acabou por ser palco no último fim-de-semana de uma cerimónia de “D´Jambi”. Uma manifestação tradicional são-tomense, que representa o ponto alto da força dos espíritos e do combate entre os mesmos.

Neste combate segundo a tradição, o espírito mais forte vence o mais fraco, ou seja, submete o espírito mais fraco sob o seu domínio.

Sem solução a vista para pôr fim ao domínio dos espíritos na escola secundária de Guadalupe, a comissão dos pais, decidiu organizar um D´jambi na escola. Um jovem de 23 anos de idade, pai de 4 filhos e que alegadamente tem-se destacado nos últimos tempos como um dos melhores curandeiros da praça do feiticismo e da bruxaria são-tomense, foi contratado para realizar o D´Jambi.

Segundo relatos divulgados pela Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe, a partir da Cidade de Guadalupe, o jovem curandeiro que trabalha com base no espírito que se apossa dele, começou por fazer um trabalho brilhante, a luz do mundo do feitiço e da bruxaria. Os relatos indicam que ele conseguiu retirar uma caveira que alegadamente se encontrava no quintal da escola secundária de Guadalupe.

Conduzido pelo espírito que o domina, o curandeiro, mostrou toda sua força e poder sobrenatural, trepando um dos postes que conduz energia de alta tensão na cidade de Guadalupe.  Os relatos dos presentes ao D´Jambi, dizem que o curandeiro trepou, trepou o poste até ao cimo onde dançou bastante.

Note-se que toda esta manifestação “D´Jambi”, onde os espíritos vão se manifestando, é marcada por um forte batuque. Normalmente é a Puita ou a Tafua. Ambas as danças foram trazidas ao arquipélago pelos escravos de Angola. As duas manifestações de dança e batuque, eram inicialmente praticadas apenas nas sanzalas das Roças.

No meio do terreiro onde se realiza o D´Jambi, neste caso na Escola Secundária de Guadalupe, tinha que ser criada uma fogueira imensa. Os curandeiros e seus seguidores, dominados pelos espíritos, dançam no fogo, engolem brasas vivas, etc, etc.

Mas em Guadalupe, o curandeiro chefe, decidiu subir o mais alto possível. Talvez empurrado pela força satânica que impera naquele centro de ensino, o curandeiro vulgarmente conhecido por Petche-Petche, dançou em cima do posto de alta tensão, e depois sentou.

Logo a seguir dizem os presentes, deu-se uma explosão no cimo do poste, e o curandeiro caiu estatelando-se sem vida no meio do D´jambi.

O espírito que se manifestava no curandeiro Petche-Petche, terá sido mais fraco que a corrente eléctrica, ou talvez, mais fraco que a corrente dos outros espíritos que há mais de 6 meses dominam a escola secundária de Guadalupe.

Num momento de incertezas, em que as autoridades políticas, parecem incapazes de resolver o problema que nasceu na escola de Guadalupe, fica talvez provado que a acção do feiticismo ou da bruxaria, também é impotente para lidar com aquele que actualmente impera na escola secundária da cidade capital do distrito de Lobata.

O padre Miguel Gomes, sabe o nome daquele que impera em Guadalupe nesta altura. «Não se pode brincar com o mal, com o diabo. Se eles acreditassem que aí realmente está uma força do mal, ou diabo, teriam empregado outro método. Não se pode brincar com o diabo», declarou o sacerdote da igreja católica em declarações a Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe.

O padre recorda uma das palavras de vida, ditas por aquele que venceu todas as coisas, que pisou a cabeça da serpente, e venceu o mal. «Jesus Cristo disse que o diabo não pode estar dividido entre si. Se um lado diabólico combate o outro, não dá certo. Só o bem pode combater o mal. Se é uma coisa má, e vamos buscar uma força maligna para expulsar o mal, não dá», explicou o padre.

Grave também é o facto de os pais das crianças que estudam na referida escola, terem contribuído financeiramente para a realização do D´Jambi. Segundo o padre há informações que apontam para 15 milhões de dobras, mais de 600 euros, o valor exigido pelo curandeiro para realização do D´jambi. A população pobre teve que juntar dinheiro para pagar o acto onde o curandeiro acabou por morrer.

Prossegue a saga do fenómeno “SANTO”, em Guadalupe.

Abel Veiga

  1. img
    Matabala Responder

    Ai esta, o resultado disso vai ser como acontecer com o Hospital Agostinho Neto…Mais um Património do Estado que vai fechar-se e os restos vão acabar no fogo de lenha de cada morador mais próximo…

  2. img
    ovumabissu Responder

    Abel,

    O surrealismo desta notícia é simplesmente aterrador e assustador! Longe de mim julgar as tuas crenças, mas penso que não fica bem ao TN reportar este caso como seria feito na Idade Média!

    Já dei sonoras gargalhadas só de imaginar o malogrado (desgraçado) feiticeiro (ou intrujão) a dançar no poste de alta tensão e outras diatribes. Só posso dizer bem feito!! Foi pena o mesmo não ter acontecido a toda aquela cambada que assistia!!!
    Eu sim estou quase a tomar “santo” de tanta indignação e irritação!!

    Francamente!!! Poupem-nos a estas manifestações de crendice primária próprias da idade média.

    Só de pensar que uma das 1ªs medidas do MLSTP após a independência foi prender todos os curandeiros e feiticeiros… para 35 anos a (má) casta não só ter sobrevivido como goza agora de total impunidade e apoio de pessoas supostamente bem educadas… simplesmente lamentável!!!

    Já agora não venham (os habituais africanistas da treta) com abordagens pseudo antropológicas para estas cenas.

    Meu Deus, é a prova cabal dos 35 anos de atraso da INDEPENDÊNCIA TOTAL!!!

    Como disse o sacerdote não se pode combater o mal com mais mal. Que é feito do sr. Bispo? A Igreja abdicou do seu papel na sociedade?

    • img
      edy Responder

      Amigo, a ki se respeitar a vida humana, e apenas um jovem de 24 ki estava fazendo um trabalho de acordo com o ki ele e os seus acreditavam,porki a fe e como a linguagem ou a maneira de vestir, somos atraido para as praticas em ki fomos educados.E claro ki para ser jornalista nao e so saber ler e escrever, e preciso tambem o codigo da conduta humana, nao se poder reportar uma noticia desta para fazer rir as pessoas ha ki se mostrar um pouco de respeito as pessoas e os familiares da vitima ki acreditam na vida depois da morte.” JA DEI SONORAS GARGALHADAS” esta frase so mostra ki tu es um triste, desperta te para a vida, ovumabissu.

      • img
        ovumabissu Responder

        Sim, há que respeitar a vida humana… mas quando ela se dá ao respeito.
        Não venha com desculpabilizações e racionalizações. Este jovem infeliz teve o que merecia! Que sirva de lição a todos quantos levam STP ao obscurantismo e à selvajaria. Para esse tipo de palhaçadas há que não ter contemplações. Cambada de chulos e aproveitadores da desgraça alheia.
        Sim, dei sonoras gargalhadas (e continuo) e disse 1001 vezes “bem feito, Deçu paga!!!!!” É castigo divino.

        Jovem de 24 anos é para trabalhar e não para estar a viver de esquemas malaicos. Ainda se queixam dos dirigentes! Se a família perdeu, também é bem feita porque devia ter-lhe educado como deve ser.
        Quem boa cama faz nela se deita. Quem má cama faz…
        Baza, que se faz tarde.

        • img
          lobata sa gi non Responder

          apoiado
          palmas ai para o camarada!
          valeu!
          fala e diz, falou e disse!
          viva quem pensa!

  3. img
    Fla von von Responder

    Matérias de jornais e a forma como escrevem, daria um bom livro e filme!
    Porque o enredo já temos, precisamos de roteiristas.

    Bem haja!

  4. img
    ZEME TA Responder

    se o caso e tao grave como relata o Abel unica solucao fechar a escola e construir uma nova no outro determina lugar o valor de 600 euros ja era uma ajuda para construcao .muito mal empregado.Presidente de Lobata deve entrar em accao emediata..

  5. img
    ze cabra Responder

    é uma vergonha qual espirito deixem dessas macacadas entao porque os espiritos nao entram nesses ladroes que roubaram o povo e que nos puseram na miséria ainda a quem acredite nestas palhaçadas

  6. img
    Muriel Responder

    As pessoas precisam conhecer o poder de Jesus Cristo, Ele sim pode libertar essa escola dessa ação do diabo. Somente Ele, não é dinheiro, não é religião, nem pessoas. Mas se todos buscarem em Cristo, Ele fará a obra!

    • img
      edy Responder

      Muriel, nao sera o ki tu acreditas ser a solucao. ele tambem acreditava or melhor tinha fe. Porki sei ki depois o teu Pastor vai tambem comecar a dizer, kem tem 100 libras, kem tem 100 euros kem tem 1milhao de dobras da porki hoje e dia de milagre.acordan e deixam cada um fazer o ki ker.

      • img
        Melhores Dias Virao Responder

        Edy,sabes mesmo do do que estas a falar?!Acredito que nao.Se o que ele acredita funcionasse,resolveria a situaçao. Só Deus pode agir,vamos dar liberdade a poder divino.Que DEUS ABENÇOE SAO TOME E PRINCIPE!!!

    • img
      Cordeiro de Deus Responder

      Podes crer.

  7. img
    Tagarela Responder

    Francamente!!! A “emenda pior que o soneto”.
    Seis meses sem aula? É assim que se investe na educação e na formação do homem do amanhã? O Estado é conivente e complacente com essas actuações que atentam contra a construção de uma sociedade e do próprio individuo?!! Viva STP!!!

  8. img
    Jucilene Responder

    - A escola está fechada há 6 meses.
    - No auge da manifestação o curandeiro morreu.

    HA HA HA – África, não vale a pena…

  9. img
    luisó Responder

    Então o curandeiro subiu ao poste de alta tensão, dançou nele, ouve uma explosão e caiu no chão morto ?
    estavam á espera de quê ?
    que aguentasse os milhares de volts que concerteza passam nesse poste ?
    depois dizem que foi o mal que venceu…
    é de rir….

  10. img
    madalena Responder

    A Caveira era mesmo do curandeiro. Moral da historia é que não há nada nesta escola, apenas a manifestação da incompreensão. Mais altos são o poder de Deus.

  11. img
    madalena Responder

    Mais altos são os poderes de Deus.

  12. img
    observador Responder

    entao um tipo vai para cima de um poste de alta tensao dançar e apanha choque electrico
    e pensao que é alguma novidade? so mesmo em STP que nos postes nao passao energia sempre , so serve para feiteceiro dançar em cima so que este teve azar a energia voltou mesmo no momento que ele dançava e foi a dança electrica dos pes juntos para ele. ATE O OBVIO EM STP TORNA FEITIÇO .

  13. img
    BARAO DE AGUA'-IZE' Responder

    Da para dizer que o feitico voltou contra o feiticeiro.
    Enquanto nao pedirem ajuda a um padre o fenomeno vai continuar.
    O mundo nao e’ apenas aquilo que vemos ou ouvimos, ha outros mundos para alem do nosso e os padres sabem como lidar com a situacao.
    Minha gente, um apelo de fundo de coracao, nao entreguem a vossa vida a bruxaria, pois isso pode ter consequencia muito grave, pois trata-se de comportamento negativo. O ser humano tem necessidade de comportamentos positivos e nao o contrario. Por favor. Obrigado.

  14. img
    António Martins Gomes Responder

    …uma vez que o acto foi realizado numa instituição escolar, quer fazer-se acreditar que a Constituição São-tomense reconhece a existência de feitiçaria…é, portanto, uma actividade legal!!!! Na minha opinião, os membros destes grupos devem no mínimo serem perseguidos e condenados.

    • img
      Pessoa Certa Responder

      Eu diria o seguinte os membros do governos que reconheceram este acto de curanderismo é que devem ser perceguidos e condenados.

      Ouviste bem meu camba António Martins Gomes.

      Fui………..

  15. img
    N.C Responder

    Isso e um caso triste,meditador e mesmo ate de arepiar.Pela forma como foi relatada a ocorencia nao sei se dou risos e gargalhadas ou se entristeco pela morte de alguem que pelo visto e um pai e chefe de familia.Mas tudo na vida tem limete.Existem crencas,tradicoes e mitos.E verdade que tudo que tem nome exite e como africamos que somos devemos respeita-las.Esse jovem foi um curandeiro ou matandeiro?Nao dizem que onde esta localizada a escola,foi nos tempos remotos um cimeterio?Essa e uma materia boa para um filme.Se calhar chegou tambem ao fim as maquiavelhices desse curandeiro.Como dizem mais forte sempre sao os poderes de deus e mais uma vez ficou aprovado.Agora esperemos para ver qual sera o desfecho dessa mini-serie triller, terror-ficcao-comedia.

  16. img
    canukus da casa levo em Coimbra Responder

    pôs é mano, mas serio nao é preciso vc meterem muita sena assim pa a maior parte das senas escritas são so palha e um jornal nao pode cometer esses erros gravíssimo, msm com tanta formaçao ai ainda tamos nisso, assim uma pessoa fica com preguiça de ler toda essa barbaridade muda de sena ccaros compatriotas. ja agora um abraço pro meu amigo cabé em santo antonio.

  17. img
    boca calada Responder

    que novidade… servi de exemplo aos nossos dirigentes,andam a enganar o povo , malandros !!!

  18. img
    Matabala Responder

    Ai esta, o resultado disso vai ser como acontecer com o Hospital Agostinho Neto…Mais um Património do Estado que vai fechar-se e os restos vão acabar no fogo de lenha de cada morador mais próximo…

  19. img
    Jose Agostinho Responder

    Será que os espíritos maus que se alojavam nos nossos dirigentes, ao longo dos 35 anos, estão actualmente desorientados, não tendo para onde ir, visto que os dirigentes actuais têm fé em Deus, encontrando-se bem protegidos, tem procurado refúgio nos inocentes, vítimas de transe na referida Escola? Um fenómeno a estudar!
    Acho que o mal deve ser combatido com o bem, e que só a palavra de Deus e o poder Deus podem derrubar estes espíritos maus que se encontram a solta. Que se organizem Missas na referida escola e a situação ficara rapidamente resolvida e a tranquilidade regressara novamente, para o bem das crianças que têm sido injustamente prejudicadas por fenómenos incompreensíveis.
    Deus é grande e poderoso!

  20. img
    rapaz de riboque Responder

    isso tudo é uma palhaçada a inda a quem perca tempo com isso se existice esses santos fantamas o nosso pais estava melhor caiam em cima dos ditos politicos ou sera que que tomam a posse só dos pobres sao mesmo mauzinhos

  21. img
    Lévé-Léngue Responder

    Ai ai ai, será msm que já se foi a grande esperança dos pais, encarregados de educação, alunos, professores e todos outros que se precoupam efectivamente com a situação reinante nesta escola secundária.
    De todos os solicitados, só este “curandeiro madô” se submeteu ao elevado risco. Pagou com a própria vida ou foi apenas um acidente? Só ele poderia dizer se era por dinheiro ou por heroísmo.
    O que sei é que este jovem teve muita coragem e fez o que nenhum dirigente, geólogo, psicólogo, sociólogo, padre ou líder religioso faria. Tendoa paz regressado à escola, foi logo emitido um mandato de retoma das aulas. Onde andavam esses mandatários enquanto o “Santo” reinava?

  22. img
    Mimi Responder

    Está-se a chamar o diabo para muito perto!
    Quem autorizou a realizaçao do D’jambi numa instituiçao pública? Cadê o estado? O que vem a seguir a este D’jambi fracassado?
    Por outro lado, terá o Ministério da Educaçao feito a colocaçao destas crianças noutras escolas a fim de permitir a continuaçao do ano lectivo? Esta tudo muito confuso?

    • img
      BARAO DE AGUA'-IZE' Responder

      Qual estado? Se por acaso existe o estado, ele esta’ mais preocupado com o assunto petroleo. O povo ainda nao viu um centavo e ha gente a lambuzar-se com o dolar. E’ o estado que temos. Ate’ ja’.

  23. img
    j'aime STP Responder

    c’est dommage de voir que la solution la plus efficace jusqu’à présent a consisté à fermer l’école…

  24. img
    Salgueiro Responder

    Meus senhores, essa crenca sempre existiu e os que melhor entendem disso são os padres e madres. Se xiste o bem tambem existe o mal. Alguem deve ter colocado a tal caveira com outro objectivo e hoje isso esta a trazer males para os alunos. Senão como se explica que os alunos entram em transe na sala de aulas e, não gozem com isso porque nao e brincadeira nenhuma, as autoridades eclisiasticas devem tomar este assunto a peito e resolverem o mais rapidamente possivel porque eles sim podem faze lo e de forma celere!
    Os srs são intelectuais, bem formados, muito finos so que se esquecem de que quer queiram quer nao, somos africanos de origem bantu! Por isso saibamos respeitar as crencas de cada povo.

  25. img
    J. Maria Cardoso Responder

    Francamente!
    A k escuro estamos caminhando?
    A escola sempre funcionou como das maiores, senão, a maior das instituições k abrem os horizontes de uma geração.
    É nela onde formou a geração k nos anos 50/60 derrubou as montanhas espituais da “supremacia” do homem branco k se impunha sobre o africano.
    Tristemente, no meu país, passado mais de meio século dessa glória africana k enterrou esse atraso histórico da mente branca, vejo hoje a escola regredir-se ao obscurantismo jamais imaginado.
    Há k respeitar as tradições, mas deve haver limites para tudo.
    À vista de todos, há outras explicações escondidas por detrás da idade dos adolescentes, dos seus actos e da realidade por que passa a nossa sociedade k justificam a absorção da mente atrafiada.
    O k serão desses adolescentes ao verem um jovem pagar com a própria vida o invisível? O k terão aprendido na casa de conhecimentos encerrada pelo inexplicável?
    Os familiares dessa vítima mortal, deviam exigir responsabilidades ao Estado para k essa condenável situação não se torne numa moda.
    K os espíritos do bem vençam o mal!

  26. img
    VR Responder

    Condordo plenamente com Muriel…
    Jesus Cristo é poder…o sangue de Cristo tem poder e liberta qualquer ser humano do mal!
    “E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias.
    De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam. Atos 19. 11, 12 Bîblia

    LEIAM A BÍBLIA … É O MANUAL DA VIDA!

  27. img
    Melhores Dias Virao Responder

    Situaçao preocupante,isso dá que pensar,temos que procurar ajuda daquele que até a morte venceu,JESUS CRISTO.ISTO É DEUS A MOSTRAR-NOS QUE TEMOS QUE O ADORAR.ESTAS SITUAÇAOES TODAS TERAO FIM,QUANDO DECIDIRMOS ADORAR A DEUS.QUE DEUS ABENÇOE SAO TOMÉ E PRINCIPE!!!

  28. img
    REVOLUCIONÁRIO Responder

    EM SÃO TOMÉ EXISTEM VARIAS RELIGIÕES E OS LIDERES DE CADA UMA DIZ QUE O QUE SE PASSA COM A ESCOLA DE GUADALUPE É OBRA DO MAL, QUE PARA TAL DEVE SER COMBATIDA COM O BEM, MAS NENHUM DELES SE OFERECEM A TENTAR COMBATÊ-LO, COM UMA MISSA OU ALGO DE GENERO…
    SÓ SABEM CRITICAR A FORMA COMO A POPULAÇÃO TENTA SOLUCIONAR O PROBLEMA, FAÇAM ALGUMA COISA GENTE.

  29. img
    gandu Responder

    vamos ter fé em deus unirmos trabalhar para um futuro dos nossos jovens e vamos deixar destas palhaçadas que nao dignifica nada a nossa terra isto de crenças em santos maus pertence ao passado os curandeiros querem é ganhar dinheiro mais nada antigamente falava-se muito em san ponha no sun hnege agora quem sera isso é muito feio

  30. img
    Brasileiro Responder

    A culpa disto é dos portugueses que instalaram postes de alta tensão. Sem eles o curandeiro teria sobrevivido.

  31. img
    Filho de Guadalupe Responder

    Ë uma grande pena ver a unica escola secundaria Basica do meu destrito nata a fechar-se para sempre.
    Aonde esta o Presidente da Camara??? O Ministro da Educaçao??? A escola aonde formou mtos lobatos e nao só…
    Porfavor Director da escola d Gaudalupe…abras as portas da escola k lá nao exista nada…e ha mtas familias k nao ten condicoes para levar os seus filhos ate o centro da cidade…
    Quem acredita no demonio…demonio é…

  32. img
    Pessoa Certa Responder

    So tenho a vos dizer o seguinte:
    Que nunca ouvi dizer que alguem estudou e formou em curandeiro.
    Mas sim estudou e formou-se em padre.
    Por isso minha gente:
    Deixam de besteiras e patetices e entrem num mundo de inteligencia para serem inteligentes e não deixar pessoas a vos enganarem em todos os aspectos.

    Vista aberta gente!…….

  33. img
    Ana Responder

    Não existe demónios isso é tudo invenção da igreja para controlar a vida das pessoas…
    Abram mas é a escola dexem de parvoices…

  34. img
    luciano campos Responder

    Este fenomeno espiritual nao pode ser tratado com levianidade ou com ignorancia.a espiritualidade de cada um deve de estar e ter o seu lugar em nossa sociedade moderna.a entidade que causou ou estar a causar todo este reboliço deseja simplesmente que quem lhe prometeu algo no passado cumpra.por isso esta entidade vem ao local de tempo em tempo cobrar o prometido e seu sofrimento lhe impede de seguir em direçao a luz.qualquer pessoa com o coraçao cheio de amor e compaixao pode se dirigir a escola( neste caso o local onde tudo se passa)e em nome de jesus fazer uma oferta de gratidao pela vida deste antepassado para que ele possa seguir seu caminho e encontrar a paz e a luz que tanto procura e o faz sofrer.deve ser escolido um dia em que o local esteja sossegado e sem a presença de curiosos ser feita uma oferta em valor monetario colocado dentro de um envelope branco.durante a entrega do valor deve ser dito que este valor é para reparar uma falha cometida no passado pela pessoa que fez o acordo com entidade e que supostamente nao foi cumprida.oraçao ao antepassado: “amado Deus,em tua presença me apresento para por meio desta oraçao e deste gesto que tu possas aceitar esta oferta de gratidao pela vida deste antepassado que tanto sofre e que necessita de tua luz,perdoa-lhe,salva-o,encaminha-o e no futuro ressucita-o para que tua gloria seja completa.perdoame pai por minha pequenez diante de tua tao grande graça e amor e que a luz que veio a este mundo por meio de filho amado possa resplandecer sobre a vida deste entidade tao sofrida.eu te agradeço em nome de Jesus Cristo,amem”.
    depois da oraçao,procure um lugar proximo do lugar da manifestaçao da entidade e enterre o valor.antes de se retirar do lugar,agradeça de novo a Deus e retire-se em silencio.

  35. img
    sergio Responder

    Se querem resolver o problema que chamem um exorcista autorizado pela igreja. coisas deste fipo servem para que todos vejam quem tem verdadeira autoridade sobre o mal: a igreja catolica. Digna e fiel esposa de Cristo

  36. img
    minus Responder

    essa abriu o ano em grande,makunbeiros e feiticaria misturada com outras doidices, so mesmo em Africa!WASSALUKA… pelo andar da carruagem ou melhor, da makumba estes petizes nunca mais voltam pra escola e a matumbices ganhara porpocoes ainda piores, lamento muito mas nao queria mesmo estar na vossa pele, por seculos os humanos desejam, cogitam e procuram o misterioso e acabam por dar de caras com problemas gravissimos que nao tem respostas a dar. uma dica BALUMUKA,todo esse flocore so vos esta a roubar a vida, o medo e o pior inimigo do homem…

Deixe um comentario

*