Sociedade

Desespero dos estudantes em Marrocos

Não estão a conseguir pagar a renda, alguns já não têm acesso a água e electricidade. Não têm assistência médica, nem dinheiro para custear o transporte. Situação dramática detalhada na carta enviada ao Ministro da Educação. Para ler a carta Clique…São-tomenses em Marrocos

    20 comentários

20 comentários

  1. Just Me

    22 de Fevereiro de 2011 as 13:12

    é de lamentar a falta de sensibilidade da parte do governo face a esta situação! ja nao é a primeira vez que se houve falar em “casos de desespero” por parte dos estudantes bolseiros afinal de contas sao bolseiros ou pedintes? que vergonha! talvez se fossem filhos vossos tudo fariam para que isso bao acontecesse! por favor façam qualquer coisa em prol destes estudantes (marrocos, brasil, cuba entre outros) cumpram com a vossa palavra. ja chega de tanta desordem neste campo! enquanto uns recebem bolsas rochudas outros passam fome! isso nao podera continuar assim! sao apenas jovens com muita vontade de estudar!

    • Fleckalho

      22 de Fevereiro de 2011 as 21:35

      juntando a situaçao em que se vive em marrocos…

      Essas revoluçoes, certamente fazem subir ainda mais os preços do mercado…
      por favor, ajudem-lhes porque eles realmente precisam do pais, e o pais um dia precisara deles com certeza

  2. Abel Martins

    22 de Fevereiro de 2011 as 14:30

    Regressem para casa porque quem não tem não pode dar.Se STP não produz como ter pra suportar tudo isto.

    • INCOMODADO COM ISTO

      22 de Fevereiro de 2011 as 19:14

      ABEL VC DEVIA TER VERGONHA ANTES DE ESTAR A PROFERIR ESTAS PALAVRAS.
      VC SABE MUITO BEM TEM DINHEIRO NESTE PAÍS PARA ESTAS COISAS É SÓ OS DIRIGENTES DEIXAR DE VIAJAR UM POUCO E POR DE LADO A IDEIA DE NOVO GOVERNO NOVO CARRO PARA OS SEUS MEMBROS….
      OU SE CALHA VC DEVE SER MAIS UM DESSES QUE NÃO ESTUDOU E TEM ENVEIJA DE QUEM ESTUDOU ( FASES PARTE DOS DOUTORES DA MÚSICA DO HAILTON DIAS ” SAPATO PRETO CALSA PRETA CAMISA BRANCA DOUTOR “)

    • fruta-fruta

      23 de Fevereiro de 2011 as 19:22

      Se vc estivesse aqui pra saber como os estudantes vivem vc n deveria falar isto.n preocupes a tua vez vira

    • NOEMY MEDINA

      24 de Fevereiro de 2011 as 22:03

      Triste é ler seu comentário,Sr.Abel.Se o aluno estiver no último ano dos seus estudos,volta para casa sem o diploma, quando nem sequer tem como pagar a passagem de regresso?Aposto que tu não deves ter uma habilitação mínima para te dar o puder de raciocíneo.Se calares, fazes melhor figura.

  3. HugoSantos

    22 de Fevereiro de 2011 as 18:04

    OS santomenses têm que consciencializar que os nossos sucessivos governo, delapidaram totalmente o país e jamais terá concerto ou seja jamais as coisas serão feitas como deve ser, mas sim feitas sempre sobre joelhos. E a deslocação dos bolseiros e a sua manutençaõ podemos considera-lo de cancro Maligno. Portanto ir estudar no extrangeiro a contar com o nosso governo é uma aventura.Não vale a pena chorar é isso ja vem a 36 anos é estudar, passar fome, aquentar. Porque irão fazer o mesmo daqui a mais anos a filhos de outros. Não devia ser mas é o será. Sucessos a todos os estudantes infelismente é a nossa realidade.

  4. Ze Maria

    22 de Fevereiro de 2011 as 18:20

    Sr. Padre Olinto,
    Tenha compaixão desses pobres servos que se encontram fora da sua terra em busca de um diploma.

    O Sr. passou metade da sua vida fora da sua terra natal, sabe como é dificil viver distante dos familiares, sobretudo sem conforto espiritual.

    Envie-lhes a bolsa. Estudantes de Marrocos, Brasil, Cuba, Moçambique vêm sofrendo a décadas e décadas. Entra João, sai Duque, entra Beltrão, sai Francisco, entra Tício sai Mévio, e a coisa continua só piorando.

    Esse dinheiro que os barrigudos influentes da nossa praça ficam desviando, deveria financiar esses pobres estudantes que estão se matando para conseguir um diploma para o país.

    Acuda-lhe, para que Deus lhe acuda também.

  5. visão de domingo

    22 de Fevereiro de 2011 as 18:33

    Triste e assustador. Não é de lamentar é de protstar contra o sistema de estado santomense.
    o vosso colega de turma número 11 12ºano b curso de humanísticas.
    abraços até +

  6. marrocos

    22 de Fevereiro de 2011 as 21:58

    sou estudante em marrocos à 5 anos e cada ano que passa espero para que o desespero et a pobreza acabem mais parece nao ter fin.
    neses ultimos tempos é so tomar chà e dormir , comme é possivel estudar com fome. ao menos em sao tomé tem banana com oleo de palma , qui ja é muito bom comparando com o que comemos aqui , gouverno kidalééééé oooooooooooooooooooooo
    sao tomé té yo gelo mais inen ngué godo so ca belé . tamos a passar mal e como se nao bastasse a revoluçao do mundo arabe ja chegou aqui em marrocos , nao podemos sair de casa , RDSTP o que vamos fazer . piedade dos filhos de terra .

  7. mister STP

    23 de Fevereiro de 2011 as 2:33

    Em STP existe um certo abuso de poder, baseado na forma pacata dos cidadãos São-tomenses que assiste tudo calado.
    Mas logo logo isso vai ter fim.
    Isso é um abuso para com todos os bolseiro São tomenses fora do país. Nos submete numa situação desumana.
    Têm que processar o Estado São Tomense desse mal que ta cometendo. Isso n pode ficar assim.
    Há estudante q só está bebendo água com açucar há dias, outros nem vão as aulas porque não têm o que comer.
    É muito triste isso.

  8. Mimi

    23 de Fevereiro de 2011 as 12:01

    Sinto-me revoltada pq apesar dos vários apelos dos estudantes fora do pais, este assunto parece nao merecer a mínima atençao do Governo. que pelo menos fosse matéria de reflexao no Conselho de Ministros. Assim, dava-nos a entender que algo poderia vir a ser feito. O que é que se passa?

    Em relacao aos estudantes no Reino do Marrocos, o Estado tem ideia de quantos sao, onde exatamente estao? Com o andar das coisas no Norte de Africa, ha algum plano para a proteccao destes santomenses caso a situacao no Marrocos tambem venha a se agravar?

  9. madalena

    23 de Fevereiro de 2011 as 13:03

    Qual é a função do Embaixador??
    Devem abandonar o País mais rapidamente possivel, irem para Portugal. Contactem os colegas de Cabo Verde, são mais ágil, o país deles é sem sombras de dúvidas mais organizado que o nosso.
    Urgente!!!
    Estudantes devem ficar calmos e não sairem para as ruas sem segurança.
    Directamente para Aeroporto

  10. karla

    23 de Fevereiro de 2011 as 13:20

    situaço esta gravissima
    é de lamentar ,o nosso sofrimento é grande
    governo assumem a vossa responsabilidade
    fome é a nossa sina

  11. GORGULHO

    23 de Fevereiro de 2011 as 18:36

    boa noite senhores minitros
    da educasão e finansa
    sabem que não aguentam pedem dimisão
    antes que seja tarde demas
    são tomé ja não é poderos porisso não volto mas

  12. fruta-fruta

    23 de Fevereiro de 2011 as 19:24

    o senhor abel martins é inocênte não sabe de nada. espera pela tua vez ou do teu filho

  13. Alguém que não é de S.T.P

    24 de Fevereiro de 2011 as 2:28

    Peço aos pais que começam a manifestar junto ao governo….
    Com certeza os pais estão por dentro da situação. Como eles conseguem dormi, sabendo que os filhos estão fora, passando por situação critica?

    Me desculpem mas se isso está acontecendo é por causa do povo de stp que está deixando tudo em branco, fazendo de conta que tudo ta correndo as mil maravilhas….

  14. NOEMY MEDINA

    24 de Fevereiro de 2011 as 22:13

    Este assunto devia ter outro tipo de tratamento por parte das entidades competentes na àrea.EStive em S.Tomé e ouvi a entrevista do sr.ministro e achei que não houve nenhum mostrar de sensibilidade por parte das entidades governamentais.Infelizmente estes dramas sociais nem sempre é levado a sério por quem de direito. Também achei triste o sr. dizer q os estudantes de portugal podem trab,quando se sabe que os vistos de estudo não o permite.Enfim, tristeza total.

  15. fabrisio

    25 de Fevereiro de 2011 as 18:02

    sou estudante em marrocos estou ca a 3 anos nesse momento tenho estado gravemente doente uma grippe q esta provocando outros problemas tais cmo o orgao auditivo me amparei no hospital publico n têm meio de resolver , entao me encaminharam ao hospital privado visto q neste momento estou passando mesmo por problemas de habitacao devido o nao pagamento peco as entidades competentes q resolvam este problema mas rapido possivel, “envie nos a bolsa” vejam isso cmo um apelo de alguem q vem passando mtas agonias …Por favor, n estou referindo do contrato q foi feito mas do meu estado psicologico q esta sendo afectado devido noites branca …e espero q essas situacoes n se repetem.

  16. fabrisio

    25 de Fevereiro de 2011 as 18:28

    sou estudante em marrocos estou ca a 3 anos nesse momento tenho estado gravemente doente uma grippe q esta provocando outros problemas tais cmo o orgao auditivo me amparei no hospital publico n têm meio de resolver , entao me encaminharam ao hospital privado sobre um estado urgente visto q neste momento estou passando mesmo por problemas de habitacao devido o nao pagamento peco as entidades competentes q resolvam este problema mas rapido possivel, “envie nos a bolsa” vejam isso cmo um apelo de alguem q vem passando mtas agonias …Por favor venham ao meu socorro , alem da saude esses problemas estao comprometendo os meus estudos, espero q dêem uma grande atencao a esse sujeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo