Manifestação e Transe geral no Ministério da Educação Cultura e Formação

Os alunos da escola secundária da cidade de Guadalupe marcharam 12 quilómetros, até ao Ministério da Educação, Cultura e Formação para pedir ajuda em relação ao fenómeno de transe que tem comprometido o funcionamento da escola. Durante a manifestação pelo menos 3 alunas foram apossadas por espíritos.

O d´Jambi realizado pela comissão dos pais, há cerca de um mês para afugentar os espíritos da escola, não surtiu efeito. Nos últimos dias mais de 30 alunos entraram em transe na escola secundária de Guadalupe.

Sem solução a vista para o problema, os alunos decidiram manifestar diante do Ministério da Educação, Cultura e Formação. Marcharam a pé de Guadalupe até a capital. Uma distância de 12 quilómetros, para pedir ajuda ao Ministro Olinto Daio.

Durante a manifestação diante do Ministério da Educação, Cultura e Formação, alguns alunos foram apossados por espíritos. É o caso de Domingas Malé. «Eu não me apercebo de nada. Perco sentido. Na escola sinto algo a me puxar», declarou a aluna, após libertar-se de uma sessão de transe.

Pouco depois outra colega começou a sentir-se mal. Alguns amigos deram-na água para beber e molharam a cabeça da aluna, que continuava tensa arregalando os olhos.

Por outro lado, nada continha outra aluna que entrou em transe. Esta rebolava diante do Ministério da Educação, Cultura e Formação. Depois levantava e com os olhos arregalados, e as mãos na cintura passeava diante do Ministério com uma atitude altiva e guerreira.

Impotente para lidar com o problema, a polícia interveio apenas para tentar controlar a aluna empossada por espíritos. Mais de 7 agentes da polícia tiveram que concentrar forças para conseguir dominar a aluna de 14 anos. Muita força os polícias tiveram que exercer para conseguir carregar a aluna empossada e coloca-la na viatura. O jeep da polícia conduziu a jovem estudante para a sua residência em Guadalupe.

Na altura da manifestação o Ministro da Educação, Cultura e Formação estava ausente do ministério. No calor da manifestação em que os alunos de Guadalupe gritavam “ queremos uma solução, queremos uma solução”, apareceram os ministros da Justiça Ilísio Texeira e da Defesa e Segurança Pública Carlos Stock.

A comissão dos alunos de Guadalupe, acabou por ser recebida pelo Director do Ensino. «Ele disse que vão enviar polícia para garantir a segurança da escola, e um psicólogo, para atender os alunos quando entram em transe», afirmou a porta-voz Osvalda da Cruz.

Segundo ainda a aluna Osvalda da Cruz, o Director do Ensino, disse que essa intervenção policial acompanhada por psicólogos, vai durar duas semanas. Se não surtir efeito, outra solução será estudada para conter o problema.

Mas os alunos consideram que a melhor solução é fechar a escola secundária de Guadalupe. «É melhor fechar a escola de Guadalupe. Os alunos montam(entrar em transe) de manhã e a tarde. Não dá para contar o número de crianças que já montaram na escola. Algumas montaram aqui também», reforçou Edinaize de Ceita, uma das alunas presente na manifestação.

Edinaize de Ceita, acrescentou que a melhor alternativa é transferir os alunos para o antigo hospital da Roça Agostinho Neto. «O hospital de Agostinho Neto é grande pode albergar-nos. Não tem sentido continuarmos na escola de Guadalupe», referiu.

Há mais de 6 meses que o fenómeno de transe, perturba o funcionamento da principal escola da cidade de Guadalupe com mais de 800 alunos da quinta à nona classes.

A nível político a solução não parece fácil, a nível científico, ainda não há qualquer estudo ou investigação concreta com vista a decifrar o enigma domina a escola de Guadalupe.

O recurso a via sobrenatural, já deu provas de insucesso. O curandeiro contratado para realizar o D´Jambi, morreu no quintal da escola durante a manifestação que tradicionalmente representa a luta entre espíritos, onde o espírito mais forte vence o mais fraco.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    FILHO DA TERRA Responder

    Que pouca vergonha!

  2. img
    ovumabissu Responder

    Pois é Abel. Afinal o Djambi não resultou e levaste quase um mês a reconhecer esse fiasco. E agora?

    Não iremos longe enquanto não matarmos alguns aspectos da nossa “cultura” que só servem para perpetuar o nosso atraso. Incluo nesse lote práticas como Djambi, santos, pagá-dêve, zalma-bluku, pintencha e outras manifestações bárbaras e primitivas.

    Chamem psicólogos, psiquiatras, etc. para resolver o problema e deixem-se de crendices. Estamos no Séc.XXI!!!!

    • img
      uebeto Responder

      Não esqueça que essas manisfestações “barbaras e primitivas”, como dizes, fazem parte da nossa identidade cultural… Temos que recorer ao estudo cientificos do fenomeno sem esquecer as nossas creenças..

      • img
        ovumabissu Responder

        Oh pá, identidade cultural uma pinóia!!!

        Agarram-se a estas porcarias e fazem disso “identidade cultural”. Depois ficam espantados por o país não saiar da cepa torta. Pudera! Tudo para vocês é sobrenatural, é tudo mistério e outras patacuadas!

        Pode ser a vossa identidade, dessa santomensidade “sê plôcêdê”, criada à pressa e sem nexo do pós-independência.

        Eu também sou santomense e não me revejo neste atraso de vida que estão a criar na minha terra. Isto para mim é palhaçada! Não é “identidade cultural”.

        Toda a porcaria agora é “identidade cultural”. Deixem-se destes desnortes de crioulos. Se querem regressar a África têm bom remédio. Peguem numa canoa e zarpem para o continente e deixem STP em paz!

        Djambi não é crença! Djambi não é religião! Djambi não cura! Djambi não é nada! Djambi é uma simples dança que leva ao transe. Nada mais que isso! Metam isso na cabecinha.

        Estamos a falar de jovens na puberdade. Nstas idades há quase um caos hormonal que pode propiciar surgimento destas manifestações. Não sou entendido na matéria, nem pouco mais ou menos. Não procurem é explicações em coisas que só servem para promover o obscurantismo. Ainda dizem que o colono é que pôs o povo no obscurantismo!

        Francamente! Eu sim estou a ficar possuído pela raiva que me invade a ver o meu STP a entrar nesse atraso de vida. 36 anos perdidos!!!!

        Quem não sabe para onde quer ir qualquer caminho serve.

      • img
        Fleckalho Responder

        uebeto, certamente és uma pessoa que nunca viajou…
        cultura e identidade hoje em dia, muda-se e transforma-se…
        Nos temos que escolher as nossas culturas e identidades afim de seleccionar-mos o que nos serve de melhor…
        mano estamos no sec. XXI

    • img
      Vanox Responder

      Sabem.

      Talvez vocês todos tenham razão. Acho que diz que não crê não seria capaz de ir até à escola e passar um dia…muito menos uma noite.

      O que me interessa é que existe um problema. Há que ser identificada uma causa e procurada uma solução. Caso contrário temos maus uma razão para os cidadãos do interior do país continuarem excluidos.

      VN,
      March 8, 2011

  3. img
    António Santos Responder

    É com muita tristeza k tem ocorrido este fenomeno e k ninguem consegue dar uma soluçao final do problema.Ja comentei varias vezes em tom muito critco referindo em termos de catastrofe em k um Pais quando tem dirigente capaz e preocupado com problema do povo.Temos um quartel general onde tem tendas de campanha, em gudalupe tem 5 terraços onde dao festas.Terraço Leonenses,Celeste,Lindo gué,Milita e Socorro.é uma questão de autoridades Central e Regional entrar em sintonia e junto com ministério defesa montar nestes lugares 5 salas de aulas em tendas de campanha improvisada até solução definitivo do problema,fazendo deslocar professores para as referidas tendas de modo k os alunos pudessem ter melhor proveito no ano lectivo.Isto é um problema muito sério em k todos devem dar a mão principalmente a todos os guadalupenses influente no País, nao esperando somente nos momentos das eleições para irem se abrigar em comes e bebes eeeeee.Força povo de Guadalupe

  4. img
    verdade Responder

    Digam-me minha gente, o que custa esse governo instalar na escola, a tempo inteiro (das 7 as 17h) uma equipa de psicólogos, psiquiatras, sociólogos, antropólogo, etc., etc., para de uma vez por todas sanar essa situação!?
    Se fosse filho do ministro qual seria a sua reacção face a esta triste situação dessas adolescentes. E se alguém acabar por morrer!?
    Santa mãe de Deus!

  5. img
    Abel Martins Responder

    Por favor pais e encarregados de educacao em Guadalupe levem os vossos alunos para a Igreja que esta atraz da escola Boa morte no Domingo as 8 horas de manha ou na segunda as 17 horas ou na quinta feira mesmo horario aquele espirito mau sera espulso em nome de Jesus.Porque o ministerio nunca tera solucao para este problema.

    • img
      edy Responder

      tela non isso e publicidade.

  6. img
    Trinta Mil Barris Responder

    Pode ser uso de substancias psicotropicas nas comunidades.

  7. img
    Amem!!!!!!! Responder

    As coisas em STP vai tão mal…nem demonio conseguem aguentar a tamanha maldade existente no meu País….

  8. img
    edy Responder

    aahhaah demonio e padre kem vence.

  9. img
    leitor atento Responder

    Relativamente a questão de transe, as autoridades nacionais deviam solicitar seus homólogos Moçambicanos como é que lidaram com este problema que no passado também ocorreu em várias escolas daquele país.

    • img
      Muzingiwani Responder

      Em Moçambique, em algumas escolas fez se o ritual tradicional «Kuphahla»,como foi o caso da Escola Kissi Mavota onde houve maior incidencia de casos, julgo que é o mesmo que Djambi ai em STP e trabalhou-se com a Comunicaçao Social no sentido de parar com a publicitaçao excessiva dos casos. Os psicologos fizeram também a sua parte e meses depois ninguém mais falava do assunto tirando um e outro caso exporádico.

  10. img
    Desiré Responder

    Que tristeza…….fico chocada ao ler isso…meu STP chegou até esse ponto, quando ouvia meus colegas estrangeiros a falarem que nos seus países isso é frequente nao acreditava, agora vejo que isso também acontece em STP

  11. img
    João Responder

    Isto é sério, meus senhores. É sério demais. Comecei por rir. lembrou-me aquele kuduro angola: PADRE MORREU..MISSA ACABOU. Mas isso é muito sério. Merece uma reflexao. A coisa está para além de brincadeira.
    João

    • img
      ovumabissu Responder

      A única reflexão a fazer é de como pudemos retroceder assim tanto nestes anos.

      Tanto dinheiro gasto a formar doutores, engenheiros e arquitectos e continuamos na idade das trevas, arreigados às nossas crendices.

      Dá mesmo que pensar!

  12. img
    Mak Responder

    Meus Snhores. Levem os vossoss filhos a Igreja Messiamica em frente a Cruz vermelha.

  13. img
    uebeto Responder

    Kei, agora telanom virou publicidade de igreja…

    • img
      MELHORES DIAS VIRAO Responder

      Vamos deixar de criticar igrejas e procurar soluçao para esta obra diabolica!Porque será que quando falamos de Deus,as pessoas sao criticas e ironicas?!Se nao for Deus a soluçao,qual será a soluçao???Igreja sim,quanto mais igrejas sinceras e verdadeiras,mais enfraquecido o inimigo fica,porque diz a biblia QUE A PORTA DO INFERNO NAO PREVALECERÁ CONTRA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO. QUE DEUS ABENÇOE SAO TOMÉ E PRINCIPE!!!!

  14. img
    A. Cardoso Responder

    Esta situação já devia ser resolvida há muito tempo. Mas como disse o outro ”não estão lá a estudar os filhinhos dos ministros” e dos privilegiados. Mas tomem cuidado. Tomem cuidado, porque poderão ter que dar djambi no Parlamento onde não fazem nada. Ou melhor, onde fazem menos que nada.

  15. img
    ovumabissu Responder

    Francamente Abel! Eu vi as imagens da RTP-África e não vi nada de particularmente transcendente nas ditas “possessões”.

    Montem tendas isso sim na própria escola e ponham lá gente 24h/24h. Sejam minimamente racionais. Isso é pedir assim tanto?

    • img
      Luis Responder

      Concordo com o Ovumabissu. E queria dizer mais: segundo o Telanon, 3 estudantes entraram em transe. Isto é suficiente para o título ” Manifestação e transe GERAL no MECF”?

      • img
        Edson Costa Responder

        Isto chama-se “sensacionalismo jornalistico”!

  16. img
    BARAO DE AGUA'-IZE' Responder

    Alguem aqui nestas paginas disse que poderisa ser efeito de electromagnetismo proveniente da corrente de alta tensao que passa perto da escola.
    Olha que faz muito sentido, pelo menos tem logica.

    • img
      victor costa Responder

      Nao vejo a minima possibilidade de relacao entre este fenomeno e o electromagnetismo.

  17. img
    Alguém que não é de S.T.P Responder

    Haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…
    Coisa parva pah

  18. img
    indignqdo Responder

    olha o nosso governo tem que tomar medidas pq isso esta mesmo grave , mas aconselho -vos pai e encarregado de Educaçao rezem , peçam a Deus e ele tera uma solucao , nos tb filho do nosso STP vamos fazer o mesmo,o Futuro e a vida principalmente é que esta em jogo, vamos lutar tdsdando opiniões,,,,

  19. img
    Constantino Will Responder

    É muito doloroso para mim saber,que o nosso País esta a passar por isso,vi muitos comentarios,aqui,e muito deles deixou-me de boca aberto,só de ver como certas pessoas vê as coisas,mas não à nada que possamos fazer,uma vez que é/são opniões,bem,quanto a esse incidente,decerto que não sei,e nem vejo um outra solução para esse problema a não ser transferir os alunos para um outro locar,mas meus amigos,não vamos aqui fazer comparações,dizendo se for filho de X,Y ou Z porque isso não tem nenhum interesse.Não nos deixemos afundar no vale do desespero.Digo mesmo que temos que enfretar as dificuldades de hoje e de amanhã,acredito que isso irá se resolver,juntos podemos encontrar uma solução,termino por ca a minha reflexão,mas deixo um apelo a todos os leitores e a todo o Povo Santomense,quando estamos a fazer comentario sobre certo tema pesso-vos que não facam comparações,dizendo se fosse,se fosse,isso meus amigo é muito feio vamos apenas falar do assunto em causa.Isto suposto,quero deixar ai uma palavra de apresso a toda a população de Guadalupe,e em particular os alunos que têm que passar por esta situação.

  20. img
    Joao Cristovao Responder

    Gostaria de dar a minha opiniao em relacao ao que tem acontecido na Escola de Guadalupe, mas preciso de mais dados. Sera que o Abel ou outra pessoa qualquer pode me dizer, ate ao momento, quantos alunos da referida escola ja entraram em transe? Quantas criancas ja entraram em transe mais do que uma vez e com que intervalo tempo tal se repetiu? Quais sao as praticas outros rituais que estas mesmas crianças têm, em casa ou fora do recinto escolar, organizadas pelos pais ou outros familiares mais proximos? Sera que ate a data o fenomeno tem atingido maioriamente as meninas, ou qual é a percentagem de alunas atingidas comparativamente aos alunos do sexo masculino? Sera que algum adulto da referida escola ja foi vitima deste fenomeno? Gostaria de poder dar a minha humilde contribuicao e seria muito importante ter pelo menos algumas das questoes levantadas respondidas. Fico a espera que alguem me responda.

  21. img
    CREDO Responder

    E’ verdade que a corrente de alta tensao e certas antenas produzem electromagnetismo tao elevado que pode provocar manifestacoes ou doencas estranhas nalgumas pessoas. Tudo depende do grau dessas radiacoes e o tempo de exposicao.
    Cabe ao Governo entrar em contacto com centros mais evoluidos pedindo ajuda para estudar o assunto.
    Esta’ visto que o djambi falhou, partamos para outras solucoes mais logigas e mais racionais.

  22. img
    Abel Martins Responder

    Em nenhum outro ha salvacao so em nome de Jesus, alguns nao gostam que fale sobre igreja nem tao pouco sobre Jesus Cristo outro diz que e’ publicidade enquanto as maes e pais estao aflitos em guadalupe por causa deste fenomeno Santo.Quero dizer vos sinceramente que Deus o Todo poderoso e’ a solucao deste problema.Apenas vem ter com Jesus e tereis a solucao, procura uma igreja viva em STP ha’ em varios distritos obtereis a resposta instantania. Os dirigentes desta terra deveriam comecar a clamar a Deus e ter temor de Deus. Porque isso pode ser uma maldicao por falta do temor de Deus nos dirigentes desta terra.Porque a Biblia diz que a justica esalta uma nacao.Se proprio ministro de Educacao e’ Padre mas nao reconhece que este problema e’ um assunto espiritual e que para combater-lo so’ com oracao dos filhos de Deus.Quero dizer-vos deixem da descrenca se nao ate os deputados na sua sessao vao comecar tambem de tomar SANTO aqui que coisa talvez sera’ considerada seria.Esta a parecer uma praga quando voce ver os Juizes que poderiam ajudar a populacao a ter melhor atencao do governo sao mesmo juizes hoje a contribuir para afundamento da populacao,dinheiro ou arroz que deveria ajudar os filhos da terra na saude,escola, agua e luz estao a julgar mal em detrimento da populacao, depois vem nos dizer que sao orgao da soberania podem decidir ninguem tem direito de chamar atencao e pensam que tudo isso Deus nao esta a ver.Deus e’ vingador dos pobres ninguem saira impune. Basta falar sobre Igreja ou coisa de Deus ha’ pessoa que fica revoltada por mencionar o nome de Deus.Mas essa pessoa esquece que a saude,ar e boas condicaoes que nos podemos ter hoje e’ porque Deus permitiu isso.Qualquer que Deus quer tirar a vida agora Ele tira.Mas como Ele e’ misericordioso, Deus te chama hoje a um arrependimento sincero e deixa Deus transformar esta Nacao STP onde a justica possa reinar. Porque ainda temos uma riqueza que e’ a paz mas tanto falta nos outros paises.Eu vos desafio para uma reflexao sincera:

    • img
      Helton Trindade Responder

      Olha lá, ó Abel!

      Estou a apreciar as tuas ideias mas tens de pôr isto de forma mais legível, ou seja, fazer uso de pontuações. Isto facilitará a compreensão das tuas ideias.

      Sem maldade da minha parte!
      Só uma critica construtiva, ya?

      No fundo…estás coberto de razão.

  23. img
    Mimi Responder

    Pouca Vergonha! Estamos a caminho do Haiti!!!

  24. img
    Edson Costa Responder

    Acho que isso não passa de uma quistão psicològica! O primeiro erro grave, foi a permissão do directo da escola ao curandeiro para praticar actos subnaturais numa instituição pùblica. Isto sim é um erro grave, porque a partir do momento em que o curandeiro morreu na escola as crianças que provavelmente assistiram a isso ficaram psicologicamente afectadas. Não creio que o governo possa fazer muito, se não providenciar especialistas na questão psiquica e comportamental para atenderem os alunos. Ainda insisto na ideia, segundo a qual os responsàveis da escola em causa contribuiram para que este fénomeno ganhasse tal proporção ao permitiram pràticas subnaturais no interior da escola!

    • img
      ovumabissu Responder

      Apoiado!!!
      Andam todos metidos no “curandeirismo”.

      Mimi tem razão. STP já é Haiti.

      • img
        Helton Trindade Responder

        Olha lá!

        Haiti é a tua casa, ya?

        Deixa de ser parvo e retrógrado. O assunto aki é muito sério. Se fosse no tempo dos colonos jamais seria permitida a realização do Djambi no interior da escola e/ou também nas traseiras das casas de cada um.

        Nós(humanos) não temos forças nem poderes para combater as hostes e as potestades deste mundo. Como diz na Biblia o mundo jaz no maligno e a perpetuação de rituais satânicos como estes só levarão a morte e ao afastamento da vida cristã.

        Eu detesto dizer isto mas direi na mesma: A conquista da Independência trouxe mais atrasos do que avanços. Antes todo o preto ia à missa(católica) no domingo agora só assumem o cristianismo por uma questão de tradição.

        Vão buscar a Bíblia e comecem a clamar a Deus, peçam perdão pelos pecados e abandonem esta vida de servidão ao Diabo. Adorem e obedeçam a Deus! The only one.

        Graça e Paz a todos!
        Deus SALVE STP! Deus livrará o povo do mal se este o buscar!

Deixe um comentario

*