A Câmara DISTRITAL DE ÁGUA GRANDE mais equipada para a recolha de resíduos

A passada quinta-feira, dia 12 de Maio de 2011, assinala o dia em que o setor de salubridade da Câmara Distrital de Água Grande (CDAG) reforçou o seu serviço de recolha, beneficiando da doação de um veículo novo para a recolha mecanizada de resíduos. Tratou-se de mais passo no longo caminho que a CDAG tem vindo a percorrer no sentido de melhorar as condições de higiene e limpeza da cidade de São Tomé.

O veículo foi adquirido no âmbito do projeto “Descentralização e participação comunitária na gestão de resíduos sólidos na cidade de São Tomé”, financiado pela União Europeia e IPAD, executado pela UCCLA/CDAG e que se encontra a cerca de meio-termo da sua finalização. Trata-se de uma carrinha adaptada para a recolha mecanizada de resíduos, cuja marca da carroçaria tem representação em São Tomé e Príncipe, oferecendo assim menos dificuldades em cenários de necessidade de reposição de peças e sua rápida substituição, sempre que tal for necessário. Não se trata de um veículo pesado, o que permite um menor consumo de combustível e o sistema de compactação de resíduos associado, possibilita a recolha de cerca de 20 contentores de 1100 litros numa única viagem, o que sendo substancialmente inferior a um camião de compactação não deixa de ser vantajoso, face às limitações relacionadas com a pesada manutenção e necessidades extra que obrigam um veículo pesado “normal”.

A escolha deste novo veículo não foi por isso ligeira, uma vez que beneficiou do contributo de vários técnicos e responsáveis do setor, assim como consultores do projeto, de forma a perceber qual a solução que melhor se adequava aos constrangimentos e necessidades da cidade, nomeadamente, vias de comunicação em mau estado ou de difícil acesso. E esse é um ponto ainda muito descurado no setor, uma vez que a reflexão sobre o tipo de material que se melhor adapta às condições existentes e às necessidades dos trabalhadores é normalmente ignorado.

Face à melhoria e reforço dos equipamentos existentes são agora os responsáveis do setor e restantes funcionários que ficarão com o ónus de saber aproveitar esta oportunidade e continuar com os bons exemplos existentes ao nível da gestão, nomeadamente, através do preenchimento de fichas de quilometragem, verificação mecânica, registo do estado de contentores e especialmente, a informação ao responsável em casos de irregularidades. Só com um trabalho em equipa e altamente profissional será possível melhorar o serviço do setor de salubridade.

Artigo escrito no âmbito do projeto “Consolidação do apoio às Câmaras Distritais para a implementação de um sistema regular de recolha dos resíduos sólidos” executado pelas ONG’s ADAPPA, ALISEI, FCJ e MARAPA com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento.

  1. img
    bangaiêiê Responder

    é mesmo isso ai Kiney!

  2. img
    Anca Responder

    É de louvar o trabalho que se tem vindo a realizar pelas as ONG´s, ADDAPA,ALISEI,FCJ e MARAPA, em parceira com as Câmaras Distritais po País, em em prol da salubridade pública e recolha,dos resíduos sólidos.
    De salientar que também se torna necessário,projectos na área ligada ao escoamento de águas,(esgotos),na área de Ordenamento do Território,com a criação de Planos de Ordenamento de Território,(plano Director Municipal,Plano de Pormenor,criação e manutenção dos espaços de lazer para a população, infantil, Juvenil e Idosa,Criação de infantários e cresces para os recém nascidos por Nº de nascimento e por localidades.

    Lavagem e manutenção de vias públicas,através de carros de bombeiros apropriados para lavagem e aspiração de pavimento.

    Criação de murros de protecção,para zonas onde,a possibilidades de escorrências de lamas de podem danificar e sujar o pavimento, quando chove.Chamada zonas de risco de aluimento de terras e inertes.

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

    Bem Haja a todos

    De notar que esta opinião serve de crítica positiva e construtiva.

    Pratiquemos o Bem
    Pois o Bem
    Fica-nos Bem

  3. img
    M Trindade Responder

    Bom trabalho.
    Continua neste sentido.

  4. img
    odail santos Responder

    muito bem senhor presidente de câmara de agua grande. ta a mostra o povo santomense que os jovens também sabem trabalha.

  5. img
    Mimi Responder

    A compra deste veiculo e de louvar mas nao me parece ter a ver com o Presidente da Camara; é a continuidade de um projecto que aparentemente nao vai durar muito mais. Depois do projecto poder-se-á testar o resto…

Deixe um comentario

*