Sociedade

Estudantes são-tomenses no Brasil estão novamente a passar fome e a dormir na rua

Não pára de chegar a redacção do Téla Nón, cartas de estudantes são-tomenses no Brasil, que clamam por socorro do Governo com destaque para o Ministro da Educação e Formação Olinto Daio. A situação é alarmanete e põe em causa a imagem do país.

Os bolseiros STP em Brasil apelam Governo de viabilizar subsídio em atraso 

05-09-2011 – Carta dos Estudantes S.T.P em Brasil, apelam governo que viabilize o pagamento de subsídio de Bolsa em atraso a aproximadamente 8 meses referente aos meses de Janeiro a Agosto de 2011.

Esta é uma carta que nós os estudantes universitários de S. Tomé e Príncipe em Brasil formando em diferentes áreas de ciências enviamos para todos os órgãos de soberania e para toda a sociedade civil santomense como forma de alertar ao governo e em particular o ministro de educação para viabilizar o pagamento do nosso subsídio de bolsa em atraso referente aos meses de Janeiro a Agosto do ano 2011, porque estamos sem dinheiro para satisfação das nossas necessidades básicas. Estamos a passar pela muita dificuldade, nossos colegas de Estado do Rio Grande de Sul foram despejados em apartamento onde moram, porque não pagaram o aluguel. Nos estudante no exterior estamos a passar fome, e outros morando na rua numa situação desumano e ninguém faz nada nem governo nem ministro da educação. Viemo-nos informar senhor ministro de educação que este semestre muito de nosso colega reprovaram nas disciplinas por falta, porque senhor não cumpriu com seu deveres de mandar bolsa e nos ficamos sem bolsa pra ir na faculdade.

Por hoje terminamos e esperamos obter uma resposta positiva do governo nos próximos dias para a solução do nosso problema. Porque cada dia as coisa tende piorar. 

Desde Brasil;

Atentamente os subscritores

Estudantes de S. Tomé e Príncipe em Brasil

 5 de Setembro de 2011

Por:

Leandro Barreto

Yara Trovoada

Jõao Dias

    25 comentários

25 comentários

  1. Aquaria

    6 de Setembro de 2011 as 19:04

    É impressionante como o minnisterio de educaçao funciona, nao é so os estudantes do brasil que estao a passar fome, os estudantes em portugal estao pior, principalmente os estudantes do curso profissional, sinceramente acho que esse governo brinca com os estudantes. os estudantes do curso profissional em portugal ja nao recebem a 11 meses, o gosto teve a gentilesa de pagar a bolsa aos alunos do curso superior e tao a deixar morrer a fome os de curso profissional, tendo em conta que esses miudos nao podem trabalhar, pelos menos nem que pagassem uma parte da bolsa. bem os alunos do brasil estao a passar fome mas muitos estao de ferias em stome, nao entendo se nao tem dinheiro como é k vao de ferias, sinceramente.
    Ainda falando do nosso ministerio de educaçao, principalmente a comissao de bolsa, o funcionamento desse departamento é um fiasco, nao se admite como é que cortam a bolsa aos alunas k aindam estao e os que estudam ou vao a escola passear a bolsa permanece intacta? sinceramnete, so tenho a dizer que é uma tristeza.

    • Chris Allen

      7 de Setembro de 2011 as 10:13

      Aquaria, vc é parva ou oque? O que tem a ver uma coisa com a outra? A menoria que foi de ferias com certeza são aqueles que felizmente os pais podem ajudar. e se vc prestar atenção a materia n diz todo mundo esta passando fome. Eu sou um dos estudantes no Brasil e se dependesse sò do governo tambem estaria morrendo de fome e morrando na rua. Aconselho-te a pensar antes de fazer uma intervenção. Bom dia.

    • Ate quando nosso São Tomé e Príncipe

      7 de Setembro de 2011 as 10:14

      OlA

    • Desiré

      7 de Setembro de 2011 as 13:57

      Aquaria, tu não deves bater bém da cabeça ou então a falta de dinheiro está a roubar-te a inteligencia, não confunda as coisas, se os estudantes de Brasil estão de férias em STP, também tém muitos estudantes de Portugal do curso profisional em STP de férias, por isso na categoria do estudante que és, seja inteligente.

      • OP Angola/STP

        8 de Setembro de 2011 as 14:59

        Pessoal! Vamos dizer não as ofensas, sejamos intelectuais (verdadeiros acadêmicos), mesmo quando deparamos com criticas não construtivas. Outrossim devemos ter cautela ao efetuarmos comparativos estapafúrdios que não vão de encontro ao tema.

        O fato é que o Governo por intermédio no Ministério competente deixou de assumir as suas responsabilidades e o impacto gerar um desconforto enorme no seio dos acadêmicos independente do status social. Epilogo: Concernente à informação, apelo ao Governo que analise o impacto negativo da nossa situação a nível nacional bem como internacional e adote uma postura merecedora de reconhecimento.

  2. Estamos juntos...!

    6 de Setembro de 2011 as 22:16

    …..que vergonha! De uma parte, do governo que não resolve esse problema….por outro lado, desses estudantes que não sabem escrever. Mas é bom fazerem essa pressão ao governo, quem sabe assim eles saibam da urgência com que precisam de pagar as bolsas!!! Sem vergonha!!!

  3. Ate quando nosso São Tomé e Príncipe

    7 de Setembro de 2011 as 0:12

    Um pouca vergonha a forma como o Governo trata a questão das bolsas.

    Fazer uma propaganda enganosa de pagar bolsa de estudo aos alunos
    para países estrangeiros e levar as coisas deste jeito.

    Manter um valor deste mensal a mais de 5 anos o mesmo valor para bolsa
    quando todo mundo sabe da inflação que vem acontecendo NO MUNDO.

    O atraso constante da bolsa (Minimo de 3 meses) leva qualquer um a fazer
    divida, divida essas que sempre tem juros que fazem quase impagável o valor.

    Todo mundo sabe que fazer divida suja a imagem de qualquer um (no caso esta
    é a unica solução).

    Precisamos refletir sobre isso, ninguém quer ficar reclamando sempre pelo
    dinheiro que é de direito. Só queremos que cumpram com o combinado.

    Perguntas:
    Será que algum dos dirigentes que viajam quase todos os meses conseguem
    passar 2 semana nas suas viagens com 300 dólar?

    Será que vale a pena mesmo mandar alunos para exterior e mandar
    300 dólar por mês (Valor teórico porque com atrasos quase metade este
    valor vai em juros do valor correspondente)?

    Reflitam sobre isso.
    Só posso dizer que isso tudo é muita falta de competência dos responsáveis
    de hoje e de ontem.

  4. Gpc London

    7 de Setembro de 2011 as 3:16

    Meus agradecimentos ao TELA NO por expor esta situacao vivida pelos nossos jovens no brazil.

  5. Bem ni wê mali ni tlachi

    7 de Setembro de 2011 as 8:28

    Porquê isso? Ninguém faz nada.

  6. sulila miranda

    7 de Setembro de 2011 as 9:41

    Infelizmente ninguém esta a sentir o problema desses estudantes, mas muitos dos ministros hoje já foram estudantes ontem. Eu sei que em termos financeiros o país não vai de boa saúde, mas temos que solucionar ou atenuar o problema. O Governo tem que ver esta questão e não deixar que ela seja tradada num jornal. Posto que é um problema que o governo tem que solucionar, misericórdia… deixar futuros dirigentes do país a dormir na rua!

    • Observador

      7 de Setembro de 2011 as 10:11

      Este era o ministro hiperactivo durante a campanha para a segunda volta das presidenciais. Pena que não mantenha o ritmo e resolva o problema dos bolseiros!!

  7. fala mansa

    7 de Setembro de 2011 as 10:37

    Em fim, falar não pode….. so posso dizer que aqui se faz e aqui se paga.
    Homem manda com tempo e Deus manda para sempre.

  8. estudante diz

    7 de Setembro de 2011 as 11:45

    Simplesmente gostaria que o Telan Non enquerisse do Ministerio da Educao, ao departamento de bolsa para nos esclarecer sobre esta triste situacao

    • Jovem Santola

      7 de Setembro de 2011 as 20:23

      Amigo, eu já propus isso ao Tela Non, mas parece que eles não podem fazer isso, pelo menos dá para perceber isso! Mas agradeço tbem ao por publicar as nossas reclamações, já é alguma coisa. Agora, o pessoal da comissão de bolsa são brincalhões e aventureiros.

      Esta situação me deixa a pensar que EXISTE BANDIDAGEM OU ALGUM ESQUEMA FRAUDULENTO NO PAGAMENTO DAS BOLSAS DE ESTUDO! Não estou a acusar ninguém, mas é a ideia que fica, uma vez que as bolsas só são pagas quando os estudantes a reclamam, isso é MUITA MÁ FÉ.

      O PR cessante chamou atenção de que os comentários do Tela Non passam uma imagem má do país. Mas essa é a única imagem que temos de STP. Um ninho de cobras, sem coração. Passaram pelo mesmo que estamos a passar no estrangeiro e nem nos dão satisfação quanto à resolução ou pelo menos a tentativa de resolução do problema…..

  9. Henry

    7 de Setembro de 2011 as 15:30

    Esse programa de Nós aqui nós por lá, deveria estar no Brasil para publicar esse acontecimentos, nossos conterrâneo estão a sofrer, e a sobreviver, é triste para esse Governo que diz tanto apostar na formação dos jovens, mas comportam-se de forma contrário. Apelo ao bom senso do Ministro da Educação visto, que o mesmo fora padre, no sentido de se solucionar essa questão que a nada agrada o governo do qual ele faz parte. Lamento também pelos estudantes ai, os mesmos não podem trabalhar se encontram a Deus dará.

  10. truquim deçu

    7 de Setembro de 2011 as 16:22

    Lamento está situação, o ministro da educação era padre mesmo assim não tem compaxão. se fosse ele nessa situação ficaria feliz? O patrice Trovoada nunca intereçou pelo povo de S.tomé ele gastou tanto dinheiro do povo na campanha contra Pinto só porque não quer aceitar que o Pinto seja seu chefe como foi do seu pai.
    Esses valores gastos de uma forma burtal na campanha na luta contra Pinto, deveria ser o valor para dar cobertura a essas questões.
    “caso dos estudantes no Brasil e no resto do mundo “

  11. Pedro Cassandra

    7 de Setembro de 2011 as 16:51

    Eu sou estudante no Brasil sim, estou passando por muitas necessidades sim, mas convenhamos, nem mesmo no leito da morte eu me aceitaria escrever com tantos erros, isso é lastimável. Só a titulo de conselho.., para proxima procure pedir que outros colegas possam fazer correções na carta, porque isso põe em causa a imagem dos outros, que também estuda aqui.

    Governo kidalêooooooo. Ainda ha sensivelmente duas semanas ouvimos ministro das finanças dizer numa entrevista a VOA que nos pagariam na ainda na primeira quinzena de agosto, Americo Kidaleooooooooooo

  12. JYR

    7 de Setembro de 2011 as 19:10

    os jornalistas em são tomé estão parados . ninguem fala, ninguem faz materia sobre isso!?

  13. Carlos

    8 de Setembro de 2011 as 2:25

    Estudantes universitários escreverem assim?
    Ou estao muito frustrados, ou entao sao burros e burras pra valer, que um racioninio conseguem organizar numa simples carta.

    O que irao escrever esses estudantes em seus trabalhos de final de curso? Nao quero nem pensar.

  14. nucha

    8 de Setembro de 2011 as 3:43

    Pouca Vergonha !
    Todos os anos a mesma coisa e nunca fazem algo pra solucionar o problema .
    Que falta de competência desses membros do governo, principalmente do ministro de educação…
    Que falta de planejamento, meu Deus!
    Que falta de inteligência!
    Esquecem que são os jovens licenciados que irão fazer o futuro do pais ?!

    Se ficarem nessa situação, daqui a uns anos terão um monte de pessoas ignorantes, ai sim, o pais irá afundar !

    • Espirito Santo

      8 de Setembro de 2011 as 4:00

      Galera, fui bolsista da Terra…. Vou vos dizer uma coisa… Vamos morrer!!! Nosso país, nem nós nos aguentamos a nós mesmos!! Eu estive lá não tem 6 meses!! Vi com os meus próprios olhos, e conversei com algumas pessoas importantes, Ministro de Educação inclusive… Repito: Vamos morrer aqui!!! Ali é inferno, inferno sinistro!!!
      Vamos admitir!!!

  15. Valentim Cravid

    8 de Setembro de 2011 as 7:16

    Poxa, estes estudantes maltratam muito a língua portuguesa!

  16. Lihtos

    8 de Setembro de 2011 as 8:57

    Pois, situação complicada essa dos estudantes santomenses no estrangeiro, mudam-se os governos mas a situação prevalece. Espero que seja encontrada uma solução o mais breve possivel.
    Ps: Espero que a proxima vez que ler uma noticia dessa, tenha menos erros. Isso não é o mais importante mas, quem redigiu essa carta, tem urgentemente de fazer mais cópias e mais leituras, tantos erros básicos. Até parece que foi uma carta feita a pressas, sem respeito ortográfico. Pow galera na moral, vamos ser mais responsavel da proxima vez que se relatar uma situação tão séria.

    De resto… força aew glr, boa sorte …

  17. Va

    9 de Setembro de 2011 as 14:39

    Olá,
    também sou estudante bolseira e sei o que é isso embora eu nunca tenha chegado a este ponto.
    querem o vosso problema resolvido?
    Chamem as televisões, principalmente a RTP África e deninciam isto. vão ver que ajudas vão aparecer. são jonevens têm poder de revolução e mudança, então usem esse poder. ficar quietos não vai dar em nada.

  18. Va

    9 de Setembro de 2011 as 14:41

    denunciam, quiz eu dizer.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo