Estudantes são-tomenses no Brasil sofrem ameaças de morte por causa de dívidas

Estudantes bolsistas do Estado no Brasil querem voltar para S.Tomé mesmo sem terminar seus cursos. Garantia dos estudantes, que sentem a vida em risco por causa de dívidas acumuladas. Há mais de 8 meses que o Ministério da Educação não paga a bolsa de estudos. 

Brasil, 3 de Outubro de 2011.

Ao excelentíssimo Ministro da Educação; Ministro da Finança

À Sociedade Civil e Pais Encarregados da Educação

Excelência,

Como é do conhecimento de vossa Exc.ª. , o custo de vida no Brasil é muito alto e a maioria dos estudantes bolsistas do Estado são-tomenses não pode trabalhar por causa de uma das cláusulas do Programa Estudante-Convênio de Graduação, no qual a maioria está inserida. Para grande parte de nós, o subsídio do governo é o único meio de subsistência. A quantia destinada para as bolsas (trezentos dólares) é pouca em relação ao que realmente precisamos mensalmente para cobrir despesas normais como aluguel da moradia, energia eléctrica.

Já vão oito (8) meses sem receber bolsa de estudo e cada dia que passa a situação esta piorando não agüentamos mais esta situação, estamos sem moradia sem dinheiro para pagar transporte pra ir à Universidade não temos o que comer, não temos nada, por isso, queremos voltar pra S.Tomé mesmo sem terminar nossos estudos, estamos a sofrer muito não temos condição de estudar passando fome e nem universidade podemos ir, porque não temos dinheiro para pagar transporte e com isso, este semestre vamos todos reprovar por falta.

Nos estamos com tanta dividas  e se não pagamos essas dividas podemos ser preso ou mesmo ser mortos. Pedimos que nosso Pais faça alguma coisa por favor estamos com muito medo de perder nossa vida ou seja ser morto por não pagar dividas que fizemos durantes esse 8 meses.

bolsistassantolas@hotmail.com

Assinatura:

João de Sousa Gomes

Abdulay Barreto

Maria Bandeira Trovoada

Cristiane dos Anjos Cassandra

  1. img
    Lucileide Lima ( GIBELA) Responder

    Fazem muito bem

    • img
      eloquente de calsas largas Responder

      venham venham estamos de braços abertos a vós conterraneos , nao sofreis mais na terra alheia , vinde vós ao aconhego materno k deu luz por vos e kndo mais precisates fez escuro , vinde meus caros k aki estais em porto seguro.

  2. img
    leu Responder

    Nosso governante esta esperar quando um estudante ser morto primeiro aqui em Brasil depois pra tomar providência e quem vai perder seu filhos são os Pais que estão la em s.tome esperando seu filho pra voltar com vida e formado.

  3. img
    abdel coelho Responder

    O mesmo acontece em Portugal, só que aqui não ameaçam com morte mas a SEF( Serviço Estrangeiro Fronteira) não renova titulo de residência a alunos que reprovam ou perdem ano lectivo por divida de propina. Por outro lado o Ministro da Educação Sr. Olinto Dáio não tendo informação completa da realidade dos alunos em Portugal tem o descaramento de dizer que estudantes em Portugal podem trabalhar. Peço a esse Sr que informe-se junto as autoridades competentes a realidade que vigora em Portugal.
    Segundo ART. 91, Nº 2 DA LEI N. 2007 não permite exercício de actividade profissional. È uma Tristeza ter dirigentes como este que nem conhece a realidade, e quando vêm a Portugal reúne com meia dúzia de pessoas que também não sabem o que dizem. E assim la vamos nos caminhar-mos as escuras esperando que caia do céu outro…

    • img
      Engenheiro Responder

      Tens razão colega! Esse tipo está muito mal informado e de certeza que está no lugar errado. Dava mais jeito,talvez, num ministério de Solidariedade Social e apoio a velhos e meninos de rua.

      Com esse ar de arrogância que tem ele vai sair tão bem como Albertino Brangança!!!

  4. img
    OP/Angola STP Responder

    Saudações

    É de lamentar a nossa situação e para agudizar não temos uma representação diplomática para amparar-nos, o Brasil infelizmente tem muita violência, não representa segurança como podemos observar em muitos países Europeus, creio que nossos dirigentes têm parabólica e vêm notícias da Globo ou no mínimo assistem notícias do mundo como um todo, nos não estamos a fazer drama e sim embasarmos em fatos concretos, informações credíveis, sem uma representação que possa vivenciar o nosso dia muitos acreditam que a vida está fácil e generalizam quando alguns estudantes de STP vão de férias, estamos a tratar de um assunto critico de seres humanos de origem Africana nomeadamente São Tomé e Príncipe, pessoas que procuram um futuro e gostariam de dar o seu contributo para a nossa nação futuros representantes da nossa pátria e não devemos ser tratados desta forma.

    Para reforçar a nossa tese concernente a falta de segurança e da intranquilidade que vivemos segue um trecho da noticia publicada hoje 06/10/2011 pelo Jornal Nacional da Globo em Brasil (Brasil tem o terceiro maior número de homicídios da América do Sul, diz estudo da ONU)

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/10/06/brasil-tem-terceiro-maior-numero-de-homicidios-da-america-do-sul-diz-estudo-da-onu-925524348.asp#ixzz1a1pkZULK
    © 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

  5. img
    HLN Responder

    Nunca estive em Brasil, mas pela noticias que vejo atravéz da Recor, nem de Boleia quero ir ao Brasil deixe me estar onde estou. Matam roubam por tudo e por nada. Espero que governo resolva o vosso problema para que tudo corra bem a todos.

    Coragem irmãos.

  6. img
    Maria Guerra Responder

    enfim sem palavras meu deus!

  7. img
    Engenheiro( LISBOA) Responder

    É lamentável esta situação. Que governação que todo ano lectivo aluno tem problema?
    Eu também sou estudante em Portugal e estou em situação semelhante, com ´divida até ao pescoço, no ano passado dormi quatro dias na rua com fome e frio,tive que ligar a 144( emergência social de Portugal) e eles é que vendo a minha situação calamitosa, alugaram-me uma pensão e fiquei lá até que recebi o troco do governo e tive que sair e estou a caminhar novamente para mesma situação.
    Mesmo que aqui seja possível arranjar qualquer coisa mas há muito que a situação se complicou. Estou há mais de três anos sem conseguir um buscato. Tenho comido na pensão de Santa Casa de miséricórdia de Lisboa juntamente com toda espécie de gente.Já apanhei multa na camioneta( BUS várias vezes por falta de passe para ir á escola. Isto é humilhante!!
    Mas eu não tenho como me livrar dessa pelo menos por enquanto. O senhor Ministro fala tanta arrogância de estudantes que até pensa-se que ele está a fazer favor a nós. NÃO! Este é um direito que nós temos como cidadãos do país.

    Estou na faculdade desde 2008 e todo ano eu tenho que fazer pedido a ao Presidente do conselho directivo para poder me fazer a suspensão da dívida a fim de que o sistema informatico aceite a minha inscrição. Isso é humilhação! Na minha faculdade todos já me conhecem, O POBRE. MAS EU SOU POBRE? OU NÓS ESTUDANTES DE SÃO.TOMÉ E PRINCIPE TEMOS NECESSIDADE PARA ISSO? Receitas de petróleo está onde? No campo de milho? Na bolsa de Nova york e de Londres ou para sustento de vagabundas e carros de luxo?

    Caro colegas vocês não desistam nem arrumam de vir para S.Tomé sem Formação?
    Procurem conhecer onde é emergência social de Brasil, consulado de Portugal, Cabo- Verde ou outro da Lusofonia, Nações Unidas ou qualquer outra próxima de vocês, ESCANDALIZA O PAÍS PARA QUE ESSES DESGRAÇADOS TENHAM VERGONHA.

    O Governo deve envolver o sector privado na resolução de problemas como esses, vocês estão no risco de duas coisas: vossa vida e o curso. O sector privado paga impostos ao estado, então o pagamento antecipado pode ajudar perfeitamente na resolução de emergência como estas.
    UM GRANDE ABRAÇO PARA VOCÊS AÍ NO BRASIL E ORGANIZEM -SE E FAZ OUVIR A VOSSA VOZ.

    • img
      coragem Responder

      meus parentesco santomense, não dezestem luta vai em frente, esse governo de são tomé um dia vai cair no fundo do poço, por isso que não existe estudo obrigatorio em são tomé querem que as pessoas fique analfabeto, lute paga ganhar o que nos pertence, esse Minstro de Educação não vale nada, nunca quer dar oportunidade as pessoas, tenho estado a lutar estudar nunca recebi de estado santomense,amigos e familia que me tem ajudado por isso esse governo não vale para meu ponto de vista, quando todos bolseiro termina curso juntemos todos lutar pelo nosso directo.

  8. img
    Dos Santos Responder

    Meus amigos voces nao vao regressar nada para Sao tome voces ja tinha o tempo de refletir pensar diferente,o nosso mal e sempre contar com papai e mama,quando estamos no estrageiro temos que se virar a todo custo.Criar amizades .Deselvova a mente esquece banana com peixe,e assim seras homem.

    • img
      Helves Santola Responder

      Concordo consigo, é preciso se virar de qualquer forma. Mas olhe, as pessoas que estão a gritar, o fazem poruqe já esgotaram qualquer via amigável, discreta, sei lá o quê, de se ajeitar, a situação é humilhante, irremediável e os problemas crescem exponencialmente…. É preciso que haja regularidade no pagamento das bolsas, ponto final, parágrafo!

    • img
      Helves Santola Responder

      HUMILHAÇÃO! Esta é a palavra que melhor descreve o que passamos aqui. É claro que isso não acontece com todos, há os que têm pais que podem arcar com as despesas….agora, filho de Zé Povinho faz como?

      O PRESIDENTE DA REPÚBLICA CESSANTE FALOU QUALQUER COISA RELACIONADA COM A IMAGEM “FEIA” DO PAÍS QUE OS COMENTÁRIOS DOS JOVENS NO TELA NON PASSAM PARA O MUNDO….ORA, NA ALTURA, EU ENTENDI QUE SERIA UMA “ADVERTÊNCIA” À QUEM FAZ OS COMENTÁRIOS. MAS ACHO QUE NÃO DEVERIA SER ASSIM, DEVERIA SER UMA CRÍTICA AOS GOVERNOS A QUEM ELE NÃO SOUBE EXIGIR UMA CONDUTA ACEITÁVEL. COMO NO CASO DE BOLSAS DE ESTUDO. A CRÍTICA FOI FEITA, O QUE TEM FEITO PARA TENTAR MELHORAR ESTA SITUAÇÃO? SERÁ QUE ESTE TEMA JÁ FOI DISCUTIDO NA ASSEMBLEIA NACIONAL?

      Eu entendo que o problema de STP não é dinheiro ou falta dele. É a má gestão, a má fé, a irresponsabilidade, o egoísmo, a preguiça, enfim, todos os males possíveis…

      Mas eu sei que isso vai melhorar um dia, vamos fazer diferente!!!

  9. img
    Dos Santos Responder

    Ai que saberas quanto custa a vida;Eu estou neste momento na Libia com + 4 san tomenses. Sabes o que aconteceu ai?Se ves a NEWS sabes.Mas estou vivo gracas a deus.Aguenta irmao so deus sabe o que faz.

  10. img
    Uma Vergonha Responder

    …”e por conseguinte,…e por conseguinte” nossos irmãos…filhos desta terra vão sofrendo humilhações e mais humilhações, correndo risco de vida tudo apenas por terem o legitimo desejo de ser formados e contribuir para o bem estar desta terra.
    O Governo apenas suplico em nomes destes jovens “Deixem-os estudar…eles também querem avançar”.
    Que Deus vos proteja caros jovens.

  11. img
    manglolo Responder

    nao desistam do do vosso sonho
    forca

  12. img
    conceituoso Responder

    Essa é a vergonhosa situação que os governantes nos submetem.
    É lamentável essa situação.Como pode todos os momento os estudante o estudante chamar a atenção ao governo para poder efetuar o pagamento de bolsa.
    Esse nosso São Tomé só !

  13. img
    Chiquinho Responder

    Pouca vergonha.. para os nossos diregentes.. onde é que andam metidos??? nem sequer acompanha a vida dos estudantes no estrangeiro.. mandam para estudar e la deixam a Deus dará… É demais..

  14. img
    Portugal diz Responder

    volta pra vossa terra!

  15. img
    Filho das ilhas maravilhosas Responder

    É de lamentar que situações dessas estejam a acontecer com os nossos irmãos. O governo e principalmente o sr. Ministro da Educação o que anda a fazer? Será incompetência ou “má fé”? O governo tem de fazer qualquer coisa pelos estudantes, é para isso que foram eleitos, basta deste estado de coisas.

  16. img
    Saudades Responder

    credo, credo governo de sao tome, sera que os estudantes santomenses teram de sofrer assim pro resto da vida. nao tem estudande santomense fora do pais que nao esteja a passar necessidade devido a negligencia, ma fe e falta de respeito do governo. sao tome recebe varios apois financeiros, o dinheiro desse maldito petroleo ja entra e mesmo assim preferem gastar esse dinheiro a queima roupa desviando para o bolso de cada um ao inves de ajudar e investir num futuro melhor do pais. Para alem de ja estarem distantes de casa estao a passar fome, correr risco de vida e muito mais. Governantes santomences KIDALEOOOOOOOO, ajuda o povo santomente, tenhas VERGONHA NA CARA, DEIXEM DE ROUBAR-NOS

  17. img
    Vane Responder

    São tantas coisas a escrever q n sei por onde começar…
    1. Estudantes bolsistas – entende-se q são estudantes que recebem algum tipo de ajuda financeira dado por alguém ou por alguma organização, mas quando esse alguém n cumpre com o compromisso simplesmente prejudica seriamente o indivíduo estudante. Isso n acontece agora, há muito tempo é assim, pq n houve mudança!?
    2. O governo – tem sua responsabilidade e precisa cumprir com suas obrigações, mais quando isso n acontece a população, ou seja os parentes desses estudantes tem q fazer valer seus direitos e porque n o faz?
    Sugestões 1: Protestos, movimentos, campanhas, associações, centros específicos e reuniões de pais e familiares pode gerar força e conquistar benefícios.
    Sugestão 2: Sei que os estudantes n podem trabalhar, mas quando se trata de necessidade extrema sempre tem uma saída, é importante lembrar que a fiscalização de estrangeiros no Brasil n é muito rigorosa como em outros países de primeiro mundo.
    Portanto vai algumas sugestões: estágios, vendas de jóias, vendas de produtos estéticos como Natura, Hermes, Avon, vendas de plano de saúde, plano de hospedagem, tradução de obras, cartas, artigos, fazer tranças em salão de beleza ou em casa, digitação, concursos de fotografia, sorteios, promoções em rádios, TV e lojas, ajuda de amigos, igrejas sempre tem pessoas prestes a ajudar e aconselhar da melhor forma como viver na sociedade e com valiosas informações.
    Ameaças – Todas vítimas de ameaça deve fazer ocorrência em qualquer delegacia e se for o caso pedir proteção do Estado, só n pode deixar chegar ao extremo de morrer algum estudante p tomar atitudes.
    Bom foi isso, simplesmente procurando soluções para uma situação causada por homens descompromissados com a sociedade santomense.

    • img
      leu Responder

      Sr Vane vc diz pra ir na delegacia dar queixa sim pode fazer isso e dps vc é um estudante africano aqui no Brasil e ainda negro mesmo vc dando queixa de ameaças quem vai dar vc proteção e ainda vc nao é Brasileiro e negro e africano que é menosprezado e subestimado aqui todo os dia em Brasil e com tanto preconceito que tem nesse PAÍS….

      Mesmo com proteção de policia vc é morto, tantos brasileiro que tem proteção de policia mesmo assim é morto assassinado .

    • img
      nucha Responder

      Vane,
      Gostei da tua primeira sugestão!
      Esse povinho não faz nada, nem sequer uma manifestação? Acho que os pais estão gostando de ver os seus filhos a sofrerem na terra dos outros.É impressionante como esse povo aceita tudo de braços cruzados…

    • img
      nucha Responder

      E pq que os estudantes que já voltaram pra terra não se dão conta de ajudar os pais a criarem movimentos e manifestações contra o ministro de educação. Eles mais do que ninguém sabem das severas condições que os estudantes passam no brasil, pois com certeza passaram pelos mesmos problemas…
      Chegaram no pais e já devem estar a roubar tbm né …
      Oh povo Vergonhoso …. é de lamentar mesmo!

  18. img
    psiu! Responder

    epa, isso está mesm omal, se tem chegado a ameacas ao jovens pah.

  19. img
    pagagunu Responder

    Só para lembrar que o estado Santomense não deu bolsas de estudos aos estudantes, que estão no Brazil, mas sim vagas, e que os encarregados de educação responsabilizavan-se, pelo pagamento da estadia dos seus filhos, pelos vistos já todos si esqueceram. Desculpem a sinceridade tambem estou em Portugal a estudar a minha custa.Vamos la ver, quêm paga oquê em STP, ninguem paga nada e todos pedem ao Estado, Que Estado? Este que si esta a cair de Pobre, meus caros o comunismo já era.

    • img
      leu Responder

      oh Sr Pagagunu veja la o que vc escreve pk vc nao sabe de nada tentar ter mais informaçao….VC so escreveu asneira quem disse vc que governo nao deu bolsa pra estudante de Brasil todos alunos que vieram pra Brasil em 2005 veio com bolsa de governo e tem comprovante para mostrar na universidade que governo ia custear a estadia do estudante até terminar curso e com passagem de volta.. veja la o que vc escreve… pk vc esta mal informado

  20. img
    carlos azevedo Responder

    É nessas alturas que me da vergonha de ser santomense,

    mais que política é essa?

  21. img
    Edson Francês Responder

    Mas uma situação vergonhosa que passa sempre despercebida pelo governo atual. Sempre houve problemas de atraso de pagamento de bolsas, mas nunca vi uma situação idêntica como a atual. Nossos irmãos estão a passar necessidades pelo mundo fora, em Portugal, Brasil, Cuba, Russia e os nossos dirigentes não fazem nada. Isto é simplesmente inadmissìvel, uma pura falta de competência, de fé e de sensiblidade. Deixar os nossos irmãos nessa situação critica é uma pura violação dos dieitos humanos!

  22. img
    José do Riboque Responder

    acho que o governo deva fazer algo por estes estudantes para que isto nao termine duma forma dramatica para os pobres jovens… sem contar com a ” linda imagem” que estas incongruencias dão de STP.. felicidades

  23. img
    nós Responder

    já não sei o que fazer, o nosso governo não tem o numero exato de estudantes no estrangeiro, isto é mau, uma delegação de ministério da educação deveria deslocar ao Brasil para acompanhar de perto os alunos.

    • img
      Lu Responder

      Um dos melhores comentário que eu vi até então.Obrigada por sua óptima participação nesse espaço.Concordo contigo, ou que venha uma delegação séria para averiguar e resolver essa situação,sem falar, que já deveriamos ter uma embaixada aqui, e pra fechar..todos os outros países africanos de língua portuguesa tem uma embaixada aqui..e porquê não podemos ter? ou melhor..porque não temos??..embora claro..se for para instalar uma embaixada de STP aqui, que seja para um funcionamento sério, por

    • img
      Lu Responder

      continuação…porque do contrário, é melhor nem se dá ao trabalho de instalar que assim será mais gratificante, ou seja, queremos embaixada de verdade..digamos assim!!

  24. img
    optimista Responder

    meu Deus

  25. img
    Filho da Pátria Responder

    Oiçam com muita atenção, lamento muito o que vocês, estão a passar por este mundo fora, tanto os que estão em Cuba, Brasil, Russia, Portugal, Muçambiqui, Angola, etc, para ser sincero, também passei um pouco de fome, mas sempre tive uma casa para morar, espero que isto vos sirvam de lição, para que um dia quando estejam no lugar, onde está este atual ministro de edução Daio, dentre outro cambardas de compatriotas como ele, possam fazer uma retrospectativa da vida e vê de onde vocês vieram o que passaram e não fassam os outros passarem o mesmo. Mas quero que saibam que estamos convosco por este mundo fora, vendo e ouvindo o que tem acontecido com estudantes santomenses nestes cantos do mundo. Irmãos não desistem, sejam fortes, lutem, se for preciso passem fome, porque um dia vamos brilhar como os lirios dos campos, ou estrelas do céu, fazendo boas obras para o nossa pátria São Tomé e Príncipe. Vamos formar e um dia regressar e criar um movimento jovem rumo a desenvolvimento do São Tomé e Príncipe…
    Olhem, não esqueçam nunca que estão sozinhos nesta guerra, lembrem que estamos do outro canto do mundo ouvindo as vossas lamentações… Precisamos nos reunir e criar esta sigla “M.J.R.M” de São Tomé e Príncipe. Checa de injustiça, chega de corrupção, chega dos maus tratos aos nossos irmãos e irmãs,filhos e filhas, chega de humilhação ao nosso povo, jovem ouvem as vozes, passem palavras a todos jovem, vamos revendicar o que é nosso, por direito, por justiça…
    Deus abençoa São Tomé e Príncipe e toda a África em Geral…

  26. img
    codô closon Responder

    sinceramente

  27. img
    Brasileiro Responder

    Que bobagem é essa de “ameaça de morte”? Cadê as provas? Falam até do risco de serem presos …. PRESOS? Por dívidas? NESTE PAÍS UMA PESSOA SÓ VAI PRESA POR DÍVIDAS QUANDO DEVE PARA O GOVERNO E VÁ LÁ !!!

Deixe um comentario

*