França apetrecha sector de otorrinolaringologia do hospital Ayres de Menezes

A ajuda da França em materiais veio melhorar as condições de trabalho no sector de otorrinolaringologia. Uma ajuda que vai evitar a evacuação de doentes para serem atendidos no estrangeiro, apenas por falta de equipamentos.

Os equipamentos ofertados pelo Governo francês, vão permitir o tratamento de problemas a nível do sistema respiratório, garganta e ouvidos. No lote destacam-se equipamentos para intervenções a nível do estômago e nos pulmões.

S3egundo Jack Couzi, encarregado de negócios da França em São Tomé, a ajuda em materiais está avaliado em 60 mil euros, e inclui laringoscópio flexível e rígido, broncoscopo. «Esta acção de cooperação é o primeiro passo e espero que nos próximos anos, possa melhorara ainda mais», referiu o encarregado de negócios da França.

O Governo representado no acto pela Ministra da Saúde, realçou a importância da ajuda da França que vai contribuir para redução do número de doentes que são enviados para tratamento sobretudo em Portugal. «Tivemos que enviar pacientes para tratamento no exterior por causa da falta destes equipamentos. Temos um especialista com capaz de fazer determinadas intervenções a nível da otorrinolaringologia, mas faltava os materiais», declarou a ministra Ângela Pinheiro.

Numa altura em que os médicos são-tomenses estão em greve, o hospital Ayres de Menezes, recebe importante ajuda da cooperação francesa.

Abel Veiga

  1. img
    MEU DEUS Responder

    BOM SINAL

  2. img
    Edson Francês Responder

    Que essa ajuda seja bem aproveitada!!

  3. img
    Anca Responder

    “França apetrecha sector de otorrinolaringologia do hospital Ayres de Menezes”

    O termo otorrinolaringologia significa;

    “Otorrinolaringologia”

    “A otorrinolaringologia (ORL) é considerada uma das mais completas especialidades médicas do mundo, com características clínicas e cirúrgicas.” “Seu campo (trabalhando) de atuação envolve as doenças do ouvido, do nariz e seios paranasais, faringe ,laringe e cabeça e pescoço.”

    Continuemos a equipa o nossos sistema de saúde, nas especialidades, onde se faz sentir, a falta de equipamentos, infraestruturas e quadros médicos, técnicos e especialistas, para implementação de um sistema de saúde, moderno e desenvolvido, não somente em Água Grande, bem como no país como um todo, a nível, local, distrital, regional, para melhorar-mos a qualidade de diagnostico e investigação da qualidade de saúde e na prestação de cuidados de saúde, à nossas população, ao nosso território.

    Bem haja França

    Que saiba-mos aproveitar da melhor forma, estes equipamentos, na sua durabilidade e performance.

    Mas isto continua a ser uma gota no oceano, para aquilo, que deveria-mos ambicionar, para o nosso sistema de saúde, não deve-mos, somente esperar, por estas ajudas, deve-mos todos trabalhar, mais e melhor, para aumentar-mos a nossa produtividade, de modo a aumentar a riqueza nacional, de modo a exigir, as autoridades competentes, a modernização e desenvolvimento de todos os sectores da nossa economia, com mais, unidade, mais disciplina, e mais e melhor trabalho, mais investigação,mais empreendedorismo e boa governação, mais acção na concretização, dos nossos sonhos pensamentos e comportamentos, conseguimos.

    Bem haja a todos

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

    • img
      Anca Responder

      Quis dizer continuemos a equipar, o nosso
      sistema de saúde
      Bem haja

  4. img
    Nanana Responder

    Uma vergonha!!!
    Tanto quanto sei, a França forneceu um Laringoscópio, uma pinça que suponha que se ja a de Magyl e uma fonte de luz ao Hospital Ayres de menezes.
    Um País pobre que nem isso tem para remover as espinhas das gargantas dos mais desafortunados (num Páis onde a base da alimentação é o peixe, e com espinhas!!!!!!) O Hospital Central não tem uma coisa tão básica como os materiais acima citados???
    E depois vêm me dizer que mandaram comprar um Jeep Toyota de 90.000 dolares, mais um, para a Presidência da Repúplica.
    Isto é um insulto à sanidade mental de todo um Povo.
    Socorro!!!

Deixe um comentario

*