00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Teotónio Torres denuncia tentativa de homicídio na sua residência

Tudo aconteceu na última segunda – feira. Dois homens entraram na casa do economista Teotónio Torres, e tentaram estrangula-lo. Activista cívico que tem denunciado casos de corrupção, Teotónio Torres, disse ao Téla Nón que a polícia concluiu que o ataque de segunda-feira foi uma tentativa de homicídio.

Teotónio Torres descreve os dois atacantes, como sendo jovens. Na manhã do último domingo, ouviu o seu cão a ladrar. Saiu e encontrou dois jovens no portão da sua residência no centro da capital São Tomé, mais concretamente nos arredores do Liceu Nacional. «Eles disseram-me que eram jornalistas e que tinham tomado conhecimento de um assunto publicado por mim na Internet e que por isso, queriam saber mais pormenores. Desconfiei e disse que não tinha publicado nenhum artigo e que não iria falar. Então foram-se embora», explicou Teotónio Torres.

Ao que tudo indica os dois visitantes de domingo, estavam a fazer trabalho de reconhecimento do terreno. Porque na segunda – feira por volta das 10 horas, o economista, que foi ministro da economia na década de 80, foi alvo de um ataque perpetrado por dois homens. «A minha mulher tinha saído. Mas senti que havia pessoas em casa. De repente, um dos homens agarrou-me pelas costas e tapou-me a boca. Resisti e gritei “socorro….acudam-me”. Então a minha empregada, vinha da parte traseira da casa, gritando “o que foi doutor, ….o que foi doutor”. Os dois homens ao ouvirem a voz dela que vinha em meu socorro fugiram», afirmou Teotónio Torres.

Com 80 anos de idade Teotónio Torres, tem deficiência num dos olhos, mas conseguiu ver em que direcção os dois homens seguiram. Um pôs-se em fuga na estrada que dá acesso a Universidade Lusíadas e ao Liceu Nacional, e outro correu no sentido contrário em direcção a biblioteca nacional. «Não levaram nada. Como vê aqui nesta sala tem televisor, computador, impressora, rádio, etc. Não levaram nada. Vieram apenas com o propósito de fazer qualquer coisa contra mim», acrescentou.

Os atacantes, deixaram um boné em cima do sofá da sala. O caso foi entregue a Polícia de Investigação Criminal, que na primeira leitura do caso, confirma que os atacantes pretendiam apenas pôr em causa a integridade física do activista cívico. «A polícia chegou a conclusão que o propósito dessas duas pessoas, era molestar-me fisicamente ou matar-me. Porque se era para apenas bater-me teriam feito. Mas agarraram-me, provavelmente para fazer qualquer coisa comigo. Um deles trazia uma saca», pontuou.

Teotónio Torres, é um dos dirigentes da Associação dos Economistas de São Tomé e Príncipe. Tem organizado várias palestras, onde são denunciados alegados actos de corrupção na gestão do dossier petróleo. Desde finais de 2009, que Teotónio Torres, tem desenvolvido intensa campanha de sensibilização da sociedade civil sobretudo os jovens, no sentido de serem parte activa na defesa do bem público.

Nas palestras e debates públicos não tem poupado os governos. Contesta a forma como o bem público é gerido, e através da Associação dos Economistas, apresenta sugestões e alternativas que podem ser seguidas pelos executivos. Foi assim no anterior governo de Rafael Branco, tem sido assim com o actual governo.

A gestão do dossier petróleo é um dos principais alvos das críticas de Teotónio Torres. «Em relação ao petróleo escrevo e falo de tal maneira que deixa claro que há corrupção generalizada até do próprio governo. E falo disso de forma aberta sem preocupações. Mas chegarem essas pessoas, ao ponto de me querer matar, tenho dúvidas. Mas tudo é possível. Eu sei que aqui em São Tomé, há partidos políticos que dizem que podem até matar pessoas», referiu Teotónio Torres.

A actuação de um dos homens que agarrou Teotónio Torres na sua residência, fala por si. Tapou-lhe a boca. Como quem diz «cala-te». Nos últimos meses, para além das palestras no âmbito da Associação dos Economistas, Teotónio Torres, começou a escrever artigos de opinião no Jornal “O País”. Artigos que denunciam comportamentos e alegadas práticas ilegais de personalidades políticas. Artigos picantes, que têm provocado o esgotamento volátil do jornal “O País” nas bancas. «Eu não tenho inimigos, pelo menos que eu conheça. Agora a minha forma de escrever pode suscitar inimizades. Mas inimizades que possam levar as pessoas a matar-me, acho que não justifica», acrescentou.

A esposa de Teotónio Torres, confirmou que tem sido alvo de alguma pressão, em consequência da acção cívica do marido. «Tentam também minar as pessoas próximas de mim, que por sua vez dizem-me, que tenho uma vida a defender, para não ir atrás das loucuras do meu marido. Um tipo de linguagem, no sentido de o isolar completamente», declarou a esposa.

Teotónio Torres, prosseguiu a conversa com o seguinte relato. «Já vieram até aqui me dizer, que tenho uma linguagem muito azeda contra o poder e que isso poderia me sair muito mal», precisou.

O ataque contra Teotónio Torres na sua residência, é um mau presságio. Desde o advento da democracia pluralista em São Tomé e Príncipe, que a emissão de opiniões ou denúncias de factos, sempre geraram mal-estar no seio de alguns sectores da sociedade. No entanto nunca foi motivo para aqueles que exercem a liberdade de expressão, de opinião e sobretudo o direito de informar, sejam cidadãos ou jornalistas, perdessem o sono. Podiam dormir seguros de que no dia seguinte à publicação do artigo ou da declaração proferida, continuariam vivos, e sem qualquer risco de serem atacados em casa ou na rua. O espírito pacífico são-tomense, tem sido marca registada da vivência na jovem democracia.   

O caso de Teotónio Torres, mostra que a mudança está a acontecer. O caso está a ser investigado pela Polícia. Teotónio Torres, não está amedrontado. «Por mim, podem matar tanto faz. A minha mulher e os meus familiares é que estão preocupados», concluiu.

Abel Veiga

  1. img
    Na roça com os machos Responder

    Só tenho pena é de não haver pelo menos 100 homens como o Sr. Teotonio Torres.
    Quando esta mal deve-se criticar para o bem do povo e do país.
    Malandrecos respeitem a menos a idade do Sr.

    • img
      Nilson Responder

      Demitir o Governo, nos termos do Artigo 117.º!!!

      Demitir o Governo, nos termos do Artigo 117.º!!!

      Demitir o Governo, nos termos do Artigo 117.º!!!

      Esse Governo de Patrice Trovoada deve cair o mais rapido possivel! “Duplicação de verba para viajar mais em 2012!!!???”
      Credo! Credo! Credo!

      Demitir o Governo, nos termos do Artigo 117.º!!!

      Lei Mais Alta da Nação:

      Constituição da República Democrática de S.Tomé e Príncipe diz o seguinte:

      Título II
      Presidente da República

      Artigo 81.º
      Competência quanto a outros órgãos

      i)Demitir o Governo, nos termos do Artigo 117.º;

    • img
      Antonio Nilson Menezes do Rosario Amado Vaz Responder

      Avo Teotónio Torres Deus esta do seu lado. Eu tambem estou consigo 100%. A luta continua! Nos vamos destruir corrupcao em Sao Tome e Principe.

      You may trust me on this! Democratically and peacefully, we will kill all tentative of any type of corrupt dishonest thief governments in Sao Tome and Principe! Until when those opportunists embezzlement of public funds, financial and economic scandals, unnecessary travelling at the expense of public trust and finances, lack of transparency in management of people’s business, debt and deficit no disclosure, inexistence of freedom of information law, and successive governments that conceal the truth about internal and external debts of Sao Tome and Principe, repression, oppression, censorship, political prosecution, violation of human rights, violation of freedom of speech and of the press, disregard to the needs of people of Sao Tome and Principe, and on and on?

      Where is the oil and natural gas money of Sao Tome and Principe (bonus signed, contracts and agreements made)?

      Where money given in donations, loan by the IMF and World Bank, African institutions and governments, money from Taiwan, Japan, and other partners are ending up at? Where is the money that United States Government gives the government of Sao Tome and Principe to keep its (Voz d’America) Voice of America radio station in the islands going? I got a problem with constant corruption, total anarchy, and mismanagement in Sao Tome and Principe!

      Assassination attempt of my grandpa at his residence? Unbelievable! This is not going to be over yet! We got to find who did this and punish him, her, or them through Court proceedings and some prison time!

      Why corrupts continue to economically and financial take advantage, and in the process destroying innocent law-abiding tax-payers honest individuals who just want to live a decent and peaceful lives? We got fight back with tenacity and relentlessness!

      • img
        rochinha Responder

        Desculpa me mas somos Santomenses

  2. img
    J.Rufino Responder

    Assim já tá a começar mal,sínceramente que no nosso país a chegar até este ponto já começa a ser grave para ser verdade,mas…enfim…sei que neste pequeno país sempre foi assim basta ver nos 36 anos de independência para saber,só espero que a polícia possa averiguar e procurar chegar,a o infrator alías,se associar este caso a denuncias de corrupção no dossier petróleo seria bom que a partir destas denuncias possa correr mais rápido possivel para os tribunais conptente para a sua clarificação.Quero com este comentário alertar mais uma vez que as autoridades tomem medidas,procurem por este senhor que diz ter informações certas do dossier petróleo,investiguem em vez de estarem aqui a dormir a sombra da bananeira.Para o bem de todos já era altura de ter tudo isto bem clarificado.Espero que este novo presidente que ao longo da campanha disse combater a corrupção fassa alguma coisa,chama pelo procurador da republica e procurem saber as verdades.Para o bem de todos seria bom que o senhor Teotonio facilita-se aqueles documentos que diz ser importante.

  3. img
    Xavierinho Responder

    Isso é totalmente despreciável. A crítica apenas com argumentos se defesa. Se a coisa é tema de revenja, estamos frente a uma escalada mafiosa ou kê kuá?

  4. img
    OP Angola/ STP Responder

    Saudações

    Este Sr.º é firme nos seus propósitos e não será desta forma que vão amedrontar lhe mas, apelo que garantam a segurança dele e da família, e que efetuem uma investigação seria com o intuito de sabermos quem está por trás desta tentativa.

    Que Deus o proteja Sr.º. Teotónio Torres.

  5. img
    deputado Responder

    sr. teotonio torres desejo-lhe muita força e corangem a emfrentar os maliciosos de são tome, nenhum país do mundo desenvolve com corupição força

  6. img
    Joao Batepa Responder

    Sera que foi o filhote da galinha que mandou matar o velhote?
    Sera que foi o filho do vento?

  7. img
    Jose Santos Responder

    Encenação.

    • img
      Edson Francês Responder

      Encenação??? Deus queira que não aconteça nada idêntico contigo e com a tua familia!!!

    • img
      Edson Francês Responder

      A ser verdade este acto condenàvel, acho preocupante o rumo que as coisas estão a tomar em STP. Este caso deve ser analisado com muita exatidão pela PIC de modo a identificar os culpados e os seus “cérebros”. Força Tiontonio Torres!!

    • img
      Pinto Responder

      Caro amigo
      Creio que o seu comentario e desprepositado e infeliz.Por favor… o senhor Teotonio Torres , jamais iria encenar algo como isso…tenhamos cuidado com o que escrevemos.

  8. img
    Andre Costa Responder

    E preciso arranjar motivos para haver conversa.

  9. img
    MALABOIA Responder

    MEUS SENHORES POR AMOR DE DEUS,NAO FAZ MAL AO HOMEM POR ELE FALAR A VERDADE

  10. img
    Me-Zócheano Responder

    Dr. Teotónio Torres, sinto muito por este acto covardio perpetrado por gente sem escrupolos, a que ponto chegamos. Mas saiba que caso queira incutir nos jovens este espirito combativo e corajoso, eu estarei na primeira fila. Cuide-se, a ti também Abel.

  11. img
    Bartolomeu Lêdesaua Responder

    Mais uma alerta para o bom desempenho dos Tribunais e Polícia

    Aquele/s que tentam eliminar um cidadão porque ele fala a verdade sobre apenas denúncia está muito enganado.

    É preciso lembrar lhe/s o exemplo do massacre do Batepá… e não só, tantos massacres e quantas vidas do povo africano foram perdidas, durante a longa luta da libertação. Mesmo assim conseguiu-se alcançar retumbantes vitórias.

    As ameaças, os massacres ou eliminação física de Dr. Teotónio Torres ou de sua família, não trava o combate a corrupção e nunca silenciarão a denúncia da verdade; porque haverá sempre outros e outros que se chamam ou não Dr. Teotónio Terres, para dizer a verdade e fazer denúncia sobre a corrupção e/ou usurpação dos Bens Público de STP.

    Por isso, o autor moral e/ou material dessas macabras atitudes não impedirá, não silenciará, não ofuscará nem conseguirá destruir a verdade, como também não travará o combate a corrupção e o aproveitamento abusivo do património do povo de STP

    Meu pedido de socorro encerra-se num veemente apelo ao bom senso das autoridades competentes para que providenciem com determinação de modo eficaz contra essa desprezível iniciativa, de forma a evitar sua expansão em STP.

    Coragem, Dr. Teotónio Torres, muita vigilância e sobretudo uma estratégia bem adequada à seu lema.
    Fuii

  12. img
    Padro Cravid Responder

    Assim e que deve ser denunciar esses malandros corruptos,desonesto.O senhor que não tenha medo tudo isto só vem para tentar calar quem quer o bem deste país em vez de ser estes politicos a clarificar todo este processo de petroleo não fazem nada porque ja sabemos estão atras dos seus interesses pessoas.o bom da verdade e que estes politicos são todos a mesma,tenho e pena deste povo desde iniciu deste dossier sempre houve coisas mal feita começando de Miguel Trovoada,Fradique Meneses este já enfim…senhor Rafael,Patrice Trovoada,juntando tambem varios tecnicos corruptos que só andam a ganhar dinheiro de trabalho nada,assim vai o nosso STP,o povo que abre os olhos derrubando estes interesseiros.

  13. img
    Joscon Responder

    O ataque impudico ao Sr. Teotónio Torres

    Repudio com veemência a atitude repugnante dos autores ideológicos e materiais deste acto insólito, inadequado, mesquinho, miserável e abjecto Este arruaceiros tentaram de forma despudorada agredir quem não se defende ou não pode se defender. Ao usar a força ou violência de forma gratuita para prejudicar outros injustamente ou para justificar os seus direitos, demonstram-no através da cobardia.

    Estes desocupados mentais que pululam em São-tomé e Príncipe demonstram a total desorientação em que se encontram confinados. Não dizem directamente o que pensam, actuam sob o signo de anonimatos. São pessoas sem quaisquer forças morais, fracas, sem personalidades, sem sensos de justiça. Agem em bandos, sabendo que as suas atitudes não vão ser repreendidas. Isto porque a autoridade de estado encontra-se ausente, se existe, encontra-se num estado de inanição total.

    Meu caro conterrâneo, Sr. Teotónio Torres, a sociedade civil de São-tomé e Príncipe espera de si, uma atitude firme e de perseverança na luta dos ideais que tem pela frente. Não desista dos seus sonhos, nem se deixe dominar pelo medo, combata com fervor as assimetrias gritantes, a sonegação da corrupção que mina o país e a falta de clareza no que cerne aos bens públicos. Lembre – se meu caro Sr.. Teotónio Torres, “ninguém dá pontapés no cão morto”. Todos fogem quando o vêem, apenas os cães vivos, metem medo e provocam a azia.

  14. img
    Sr Lei Responder

    A não ser que existam provas bem evidentes que fundamentam esta notícia, tratando-se de um caso extremamente grave, que põe em causa a imagem do pais, acho que deveria ser escrita com mais cautela. O único testemunha deste acto me parece ser a “própria vítima”. Ou será que existem outros factos?

    • img
      fada Responder

      Até que ponto chegou o nosso pequeno país…, é de lamentar situações dessa natureza. É pena não usarem essa inteligência para o que realmente é importante, e usarem para coisas que só fazem perder confiança no nosso país.

    • img
      Veronica Responder

      Meus caros, quem não deve não teme.
      O Sr. Dr. Teotónio Torres não deve, por isso é que le não teme.
      Ora, os tubaroes do Petróleo os curruptos, quem muitas vezes dizem que vamos acabar coma corrupção e que não acaba, porque são eles próprios que estão a corromper e alimentar a corrupção, por isso é que temem.
      Digo mais, estão a fazer o serviço de rat, quando está encorralado. E estão encorralados.
      Siga em frente Dr. Teotónio. Os tipos vão se matar. Não fique em casa sozinho. Qunado alguém lhe chamar em casa, mande alguém e não vá. Meta mais cães no quintal.
      Um abraço

    • img
      Bartolomeu Lêdesaua Responder

      Já tive oportunidade de esclarecer que não tenho filiação partidária, agora informo que não sou parente, amigo nem inimigo de Dr. Teotónio Torres (Dr.TT).
      Todavia, devido a gravidade desse problema, eis que ofereço o meu contributo.
      Conheço pessoalmente o Sr. Teotónio Torres, como ex-guarda-livros da antiga empresa “CONGERAL “ mais tarde empresa SHHELL, no antigo regime colonial, o actual “ENCO”.

      Depois de ele deixar STP, foi para Portugal onde licenciou-se em economia. Sem quaisquer motivos nem sombras de dúvida, Trata-se de um cidadão idóneo, sério, honesto, de bom caracter e cheio de escrúpulo.
      Ao menos que o Sr Lei com humildade relê esse texto para saber que há uma Testemunha ocular mencionada, que é a empregada que acudiu Dr. TT.
      O Sr Lei, não argumentou nem referiu motivo aplausível que o levou a levantar suspense de forma a desvirtuar a veracidade dessa denúncia, o que só põe em causa a seriedade e o bom nome do Dr.TT. É de sublinhar que essa atitude, só por si constitui um grande perigo, porque promove a implementação represália e ajustes de conta na nossa sociedade, onde já se experimentou muitas criminalidades, ao invés de incentivar e encorajar as autoridades a actuar eficazmente na investigação, e a tomar medidas de prevenção e/ou mesmo de por cobro ao risco tão grave que ameaça ao povo STP. Senhores Agentes da autoridade nacional, pelo amor de Deus, esse assunto é de grande importância, não embarca no blá-blá-blá, façam tudo o que estiver ao vosso alcance para apuramento da verdade e da responsabilidade.

      Sr Lei, pelo menos há uma testemunha, o Dr.TT tem 80 e poucos anos, ele não acusou fulano nem beltrano, ele denunciou os acontecimentos de que ele foi vítima, se tem dúvidas disso, melhor é deixar que as autoridades cumpram o seu papel de investigação.

      Para esse tipo de ameaças na sociedade Santomense eu você todos nós estamos sujeitos a ser vítima., não é só Dr.TT é que tem telhado de vidro.
      Senhores Agentes da autoridade de STP, pelo amor de Deus! Esse assunto é de elevada importância, não embarque no blá-blá-blá daqueles que simplesmente sabem blá-blá-blá , façam tudo o que estiver ao vosso alcance para apuramento da verdade e da responsabilidade, com vista na correcção de o que está mal e que afectam a nossa sociedade.
      Quem está livre de represália, ajuste de contas ou de sofrer vingança? Que atire a primeira pedra !…

      • img
        Sr Lei Responder

        Caro concidadão, vou tentar repetir por outras palavras o meu ponto de vista. Acho que estar a associar este provável incidente com as denúncias de corrupção que têm sido feitas pela vítima, no meio ponto de vista, é um erro, pelo que a notícia deveria ser escrita com mais cautela. Por outro lado, em nenhum parágrafo da notícia vem referido que existe outra testemunha ocular. O Dr TT disse apenas, que quando a sua empregada ouviu o seu pedido de ajuda, chamou pelo seu nome e os agressores ao ouvirem a voz dela puseram-se em fuga. Não é especificado que a empregada também viu os supostos agressores. É com base nesta afirmação que refiro que só existe uma testemunha.
        Não tenho nada contra o Dr TT, aliás acho que é uma pessoa de coragem, pelas acções que tem vindo a desenvolver.
        Queria apenas acrescentar que esta sua afirmação “É de sublinhar que essa atitude, só por si constitui um grande perigo, porque promove a implementação represália e ajustes de conta na nossa sociedade, onde já se experimentou muitas criminalidades…” é um disparate, pois qualquer um que leia e não viva em São Tomé e Príncipe fica com uma impressão irreal do país.

        • img
          Bartolomeu Lêdesaua Responder

          DIGNO COMPATRIOTA,

          Permita-me que lhe diga com toda sinceridade, sei respeitar o ponto de vista das pessoas, mas não quer dizer com isso é que não posso descordar dele, sobretudo quando põe em causa a dignidade do terceiro, idoso, a que tenho muito respeito e consideração que fez uma denuncia de que foi vítima sem acusar quem quer que fosse.

          Com a sua permissão, só lhe digo que é prematuro achar que essa denúncia foi erro ou que não foi acautelada.

          Espero que respeite a denúncia feita por Dr.TT. tal como se respeita o seu ponto de vista.

          Viver ou não em STP está fora da questão, como também, não assiste a quem quer que seja o direito de duvidar de pessoas, mormente queles que se afigura mérito de credibilidade, como é o caso de DR.TT.

          Por outro lado o que está em causa é a denúncia que merece preocupação de todos os Santomenses ou não e os que vivem ou não em STP.

          A priori, devemos dar ao benefício de dúvida, se é que essa dúvida existe.
          riori, devemos dar ao benefício de dúvida, se é que essa dúvida existe.

          Como tal, impõe-se que as autoridades competentes façam investigação com vista no apuramento de tudo sobre essa denúncia.

          Não vale apena insistir; Dr.TT disse e vc também o afirmou que a empregada ouviu o seu grito de socorro e correu ao seu encontro, perguntando o que é que se passa o que é que se passa Sr. Dr.

          Antes do resultado da investigação, temos que admitir que existe uma testemunha, porque não dizer testemunha ocular Sr. Lei?

          Só a investigação dirá! …

          • img
            Sr Lei

            Compatriota, para mim o testemunha ocular é quem presenciou (viu) a cena. Aconselho a reler o que escrevi, porque esta a raciocinar com o coração em vez da razão. Saudações

        • img
          Bartolomeu Lêdesaua Responder

          Compatriota,

          Sempre defendi, seriedade, honestidade, responsabilidade e sou contra, ALARMISMO, DIFAMAÇÃO, DISSE QUE DISSE e blá-blá-blá:

          Eu quis dizer com essas frases, é que essa denuncia merece tratamento adequado para evitar seu alastramento – (“PROMOVE A IMPLEMENTAÇÃO DE REPRESÁLIA E AJUSTES DE CONTA NA NOSSA SOCIEDADE, ONDE JÁ SE EXPERIMENTOU MUITAS CRIMINALIDADES…”) só causa pavor as pessoas menos informadas. E se acha que é disparate, da minha parte não acho. Porque evidencia um alerta para medidas de prevenção.

          É muito difícil fazer ver aquele que vê e não quer ver.

          De facto vivo na diáspora há cerca de 30 anos, mas tenho sido informado das realidades do dia-a-dia do nosso país. E creio que as pessoas que têm o habito de ler, não ficarão surpreendidos e nem tem ficar de pavor, porque também estão informados para saber que de tudo é possível em STP, aliás como em qualquer sociedade humana.

          QUEM AVISA AMIGO É…

  15. img
    Sr Lei Responder

    O uso de linguagem do condicional em vez de afirmações, é o mais apropriado nestas situaçoes.

  16. img
    Anca Responder

    Alguns acontecimentos e factos, que tem marcado a nossa realidade social,a nossa sociedade(degradação social moral e ética, indisciplina social, corrupção, falta de justiça, miséria e pobreza extrema-mais 70% da população, de recordar que a nossa pirâmide etária a população é essencialmente jovem, crime organizado-assalto a carrinha de transporte de valores em pleno dia, com armas de guerra, justiça com as próprias mãos, caso de tentativa de homicídio), sem falar daqueles, que se desconhecem, inversão da ordem e valores sociais e democráticos da pessoa humana, devem constituir um sinal claro e preocupante de alerta, a sociedade civil, aos comuns cidadãos, ao Presidente da República e à Presidência da República, ao Conselho de Estado, à Assembleia da República, Governo e seus Ministérios, aos Partidos Políticos, com e sem representação na Assembleia, aos particulares, as Instituições de Segurança Pública(Polícia Nacional/ Forças Armadas de STP), nossas Instituições Livres Democráticas, no sentido, do reforço da integridade e segurança territorial(mar terra ar), reforço e garantia de reforço da autoridade de estado, garantia de instituições democráticas fortes e com poder de estado, estado – da qual pertencemos todos – reforço da ordem e segurança pública, reforço da capacidade do sector Justiça – Tribunais -, forte combate a corrupção, que hoje se tornou generalizada a sociedade e nossas instituições democráticas, criação de processos de incentivo ao trabalho e produtividade, controlo das instituições e sociedade civil, de modo a garantir a efectividade, de um estado, (estado este que somos todos) de direito democrático, capaz de defender, deveres, direitos e garantia dos cidadãos mediante o respeito, pelos Direitos do Homem, Direitos Humanos, de forma a criar uma sociedade livre(pensamento e comportamento dentro da ética e moral respeitando sempre o direito dos cidadãos e do estado-que somos todos), justa, transparente, assente nos valores de direito democrático, de estado democrático, sob pena de regredir-mos e reduzir-mos a uma sociedade, instituições de carris, opressora, ditatorial, sociedade de carris esclavagistas, domínio de Homem por Homem, o que por si só, constituiria perda a soberania do povo, do estado, da nossa identidade integridade cultural nacional Santomense,.

    Mais unidade, mais disciplina, mais justiça, mais transparência na gestão dos recursos do estado, da qual pertencemos todos, mais empenho no trabalho, mais honestidade, humildade,verdade e ponderação, mais liberdade e integração social, para invertemos o quadro da corrupção generalizada, pobreza e miséria extrema que assola o país(população/território), de modo a podermos contribuir todos para a estruturação de uma sociedade, livre justa, transparente e democrática, de modo a podermos ajudar, na construção, rumo a desenvolvimento social, político, económico, ambiental e financeiro, sustentável no futuro, da qual todos almejamos, pertencer e usufruir.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

    Bem haja

  17. img
    Anca Responder

    O respeito pela dignidade, valores e direitos do Homem, o respeito pela a liberdade de pensamento, o cumprimento dos deveres, para adquirir-mos, mais respeito pelos direitos no futuro, deve ser transversal a toda a sociedade e cidadãos.

    Todos devemos, mais respeito pela liberdade de pensamento individual e colectivo, mais defesa de deveres e direitos e garantia dos cidadãos, do Estado – ao qual pertencemos todos, pois, desta forma poderemos, delinear caminhos e pensamento rumo à uma sociedade mais livre, mais justa, mais democrática, em direcção a luta contra a miséria e pobreza extrema, que assola mais de 70% da população(não esquecer as crianças e mulheres, idosos), direcção a saída de um Estado e País(território/população), mais pobre do mundo.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  18. img
    Paracetamol 500mg Responder

    Se há pessoas a ameaça-lo, o Sr. Teotónio tem que dizer nome das pessoas que o ameaça. Agora vir aqui e lançar especulações (com devido respeito) não é bom, nem para si nem para quem toma conhecimento desses factos.
    Se há pessoas a ameaça-lo é porque há caras. Denuncia e entrega as ditas figuras…

  19. img
    Anca Responder

    Este factos acontecem na nossa sociedade, quando as nossas instituições são destituídas de efectivo poder(pois são financiadas para o seu funcionamento através de financiamento e imposições exteriores – dividir para reinar – e nós aceleramos o processo de tal forma, que perdemos voz na matéria e controlo nacional, perdemos a dignidade, se é que alguma vez a tivemos, como povo, como país(território/população), mais podemos seguir outro caminho com humildade e trabalho.

  20. img
    Felado Responder

    Caros

    É lamentável a situação. Mas também, não se pode iniciar uma investigação com especulação. Sabemos que estamos numa quadra festiva, em que de certeza irá haver muitas tentativas de assalto, às pessoas e à mãos armadas. Os próprios ladrões podem criar situações, para confundir as suas acções com às de política, de modo a desviar a atenção dos investiogadores.
    Não é a primeira vez, que individuos entram em casas estranhas na tentativa de roubar e muitas vezes os donos das casas são agrdedidas.
    Por isso, devemos ter calma e descontração na análise desta situação. Costumamos a fazer conclusões muito rápida, sem termos argumentos para tal.
    recordo quando houve assalto a carinha do dinheiro do Banco, a especulação logo a seguir, era que eram os nigerianos. No entanto a montanha acabou por parir um ratinho, pois são mesmos os santomenses que o fizeram e até hoje a população não conseguiu ver a cara destes malfeitores pelo menos na televisão.
    Por isso peço calma nas análises e quero desejar Coragem ao Dr. Teotónio, e dizer que sou dauqeles que aprecio a sua luta contra a corupção no nosso país
    FORÇA Dr. Teotónio

    • img
      Fála sétu! Responder

      Reconheço a importancia e o papel de pessoas como o “kota” Teotónio Torres numa sociedade como a nossa, onde os dirigentes são cada vez mais avessos à transparência.
      Contudo, repudio veementemente a forma tendenciosa como o articulista apresenta a notícia abraçando por completo uma tese ( a de tentativa de homicídio por encomenda) e não ignora por completo o que deveria ser a primeira suspeita: Assalto com objectivo de roubar. Ninguem ignora o aumento de assaltos à residências em São Tomé. Os vandalos fazem pesquisas para identificar a proxima vítima; e o “Kota” Torres pode parecer-lhes ser um alvo fácil e bem remunerado. É velho e com problemas de visão: portanto resistência mínima. Ja ocupou altos cargos e viveu muito tempo fora do país: deve ter kumbú em casa (na ideia dos gatunos!)
      Voltanddo para a tese defendida pelo articulista: Mas, acham mesmo que em STP alguem teria a ideia de “silenciar” o kota Torres pelo que ele tem dito???
      Convenhamos.
      Conselho a todos sãotomenses: Tratem de ter em casa no mínimo três cães, dos maus. Se não for mau, deita forra. Aqui na terra cão é para guardar o quintal e não para estar em cima do sofa!!! Punda Dêssu, a na kêcê kuma LADLON SA TÉLA MUNTU, Ê KUMA NATÁ SKA XIGA, NEN NA SKA DUMINI FA!!!

  21. img
    fica Responder

    Resposta ao Sr Lei
    É verdade que a justiça sempre se apoio na testemunha para provar os factos. Mas as testemunhas podem ser compradas, vendidas, cedidas como qualquer bem no mercado da justiça.
    Por outro lado, sei que o Dr Teotone Torres, é ja velho de 85 anos, e conhecendo-o de perto, e sendo uma pessoa que diga sempre que não tem medo de ninguem e que ja está a beira da morte, como poderia ele inventar essa história, para ganhar o quê?É preciso também acreditar que se este senhor tem denunciado a corupção no país, pode ser algo de vitima de represálias, não é preciso ser um cientista para saber disto!
    As noticias devem ser divulgadas sim, e cabe às autoridades competentes de reunirem os meios fisicos, materiais, humanos, tecnicos e financeiros para poderem averiguar os factos e fazer a justiça.
    Será que temos o registo de impressão digital em São Tomé e Principe?Alguma vez as autoridades Santomenses ja pensaram nisto?

    • img
      Sr Lei Responder

      Eu não ponho a minha mão no fogo para ninguém. Hoje em dia o ser humano para ter protagonismo é capaz de tudo e casos de pessoas consideradas credíveis que foram apanhadas a mentir, por razoes que só eles sabem, são fácies encontrar.
      Por isso não tenho motivos nem para duvidar nem para acreditar nas afirmações do Dr Teotonio Torres. Apenas acrescento que, se forem confirmadas as afirmações veiculadas nesta notícia serei das primeiras pessoas a defender que os responsáveis devem ser punidos pela lei.
      Reafirmo que as afirmações nesta notícia (associações de factos) deveriam ser feitas com mais cautela, pois a não ser que existam elementos que não foram divulgados, podemos estar por exemplo perante a hipótese de ter sido, apenas, uma tentativa de assalto (coisa que existe em qualquer parte do mundo).
      Quanto a questão de testemunhas que podem ser compradas, vendidas, cedidas etc isto já é o mundo da ficção.

  22. img
    Mario Moreno Responder

    Esses bandidos só querem boa vida.
    Trabalho com honestidade nada.
    Ladrões,desgraçados e sem caracter….
    Como estão habictuados a pessoas que: veem,ouvem e calam é por isso que querem matar o Dr. teotoneo torres. MALDOSOS, OPORTUNISTAS,LIXOS.

  23. img
    frantz cassandra Responder

    sr.teotonio não sei até que ponto a justiça podera garantir a sua segurança e da sua familia num pais pauperimo como o nosso em que as pessoas podem tirar vida ao outro por uma simples promessa de 10 tampas de bule a corupção ja atingiu as pessoas de tal forma que elas são capazes de cometer qlq crime para subreviverem mas saibamos todos que quem mata com o ferro com o ferro será matado o seus argumentos sobre a corupção mexe com os coruptos dai… O que vos peço é que continue deus é q criou o homem.No país onde resido esta pratica de homissidio é muito frequente até me da medo de quando em vez de dar o meu parecer neste jornal e a francês se diz assim “on va encore faire comment?”desde ja desejo a se e a todo povo de S.T.P felicidas prosperidade e esperança pois ela é a ultima coisa a morrer

  24. img
    fijaltao Responder

    Como é obvio e está na cara que em todos os países onde cheira o ouro negro, alguém ou alguns ou até a população inteira terá que pagar um preço bem alto que é a perseguição e morte dos denunciantes da máfia existente neste negócio,
    ~
    Por isso, sugiro ao governo de S. Tomé e príncipe que coloque guardas a disposição do Sr. Dr. Teotónio Torres por um tempo indeterminado.

    Sugiro também que o chapéu deixado por um dos delinquentes seja material para estudos forenses de ADN em laboratório nacional e estrangeiro para se apurar quem são os indivíduos e quem são os mandantes!

    Posto isto, cabe ao governo actuar de imediato para não ser acusado de comnivência ou pressuposto mandante a respectiva asfixia e morte do dilator de sucessivas corrupções no negócio do petróleo o sr. Dr. Teotóneo Torres.

    Os elementos do nosso país andam a ver muita internet e querem experimentar modas e ações novas de vandalismo e encomendação de crimes tais como o que se está averificar na Ilha do Príncipe no tocante a queima da bandeira nacional.

    É urgente os serviços da polícia judiciário e a polícia de informação do estado começar atrabalhar no assunto para que na terra da paz, haja a paz absoluta com a punição severa dos que querem desestabilização da nossa sociedade.

    Ao Dr. Teotónio Torres, o meu desejo de muita saúde, coragem e um grande abraço embora não o conheça pessoalmente.

    Sempre a considerar,

    Fijaltao.

  25. img
    Vane Responder

    É lamentável este tipo de acontecimento.
    Eu fico a pensar é uma democracia mesmo?
    O povo n tem direito de se expressar!
    De falar e criticar!
    Será que é mesmo República Democrática de São Tomé e Príncipe?

  26. img
    Bartolomeu Lêdesaua Responder

    Compatriota,
    Abaixo assinalo a cópia integral de algumas partes de sua intervenção: -

    Frase (a): “O ÚNICO TESTEMUNHA DESTE ACTO ME PARECE SER A “PRÓPRIA VÍTIMA”.

    Frase (b) : “E COM BASE NESTA AFIRMAÇÃO QUE REFIRO QUE SÓ EXISTE UMA TESTEMUNHA”.

    Ambas são do seu comentário, na frase (a) temos que admitir que o denunciante pode ser denominado qualquer outro nome, mas não testemunha: anunciante, denunciante actor da denúncia, declarante, sei lá? Mas testemunha! … Eu pelo menos descordo.

    Frase (b): Como é uma pessoa íntegra, espero que volta a ler os seus comentários, verificará que afinal acaba de concordar comigo, existe sim, uma testemunha, que tudo leva a admitir capaz de descrever minimamente o que viu.

    Ofereço dizer que há diferença no entendimento da palavra “ ocular “entre nós. Porque eu não disse que a empregada viu o que se passou. Mas sim, que ela é uma testemunha ocular uma vez que tudo leva a crer que Dr.TT foi acudido por ela.

    Para mim, testemunha ocular é alguém que esteve in-loco (a empregada) e foi alertada naquele momento, assim sendo, obviamente, se pressupõe que ela teve a oportunidade de enxergar alguns aspectos que numa visão global, ela apercebesse e/ou entendesse que algo se passou, uma vez que segundo a denúncia, ela foi alertada por grito de socorro do vítima. Pois, poderia estar de perto, mas distraída, ver inadvertidamente e não se aperceber do que passou.

    Daí que repito, só o resultado da investigação se poderá concluir se ela viu ou não viu os meliantes em fuga quando se aproximava em socorro da vítima; e eventualmente poderá acrescentar algo de o que constatou acerca essa denúncia. Daí que urgi o resultado da investigação, a única forma de esclarecer tudo.

    Numa das partes de suas intervenções cito ” PODEMOS ESTAR POR EXEMPLO PERANTE A HIPÓTESE DE TER SIDO, APENAS, UMA TENTATIVA DE ASSALTO.” Não estou preocupado com o que está em causa ou na origem do ataque denunciado; por motivos político ou não, assalto ou não, vandalismo.

    A minha preocupação é que tem-se verificado a prática desse maquiavélico acontecimento em vários países e ao ser denunciado, não pode nem deve ser banalizada, por simples suposição ou pura imaginação de quem quer que seja. Impõe-se uma investigação consequente.

    Em STP costuma-se dizer “ glavi na ká pega-fá, çela fé “ … com fluxo de migração na base de intercâmbio de cultura, tudo é possível; e não acredito que STP é a única excepção a regra? “ Todavia, a experiência nos aconselha “ É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR”.

    Relativamente a invenção ou não, encenação ou nã, ou qualquer, manobra e/ou estratégia tendenciosa para conseguir protagonismo, passa-me ao lado, porque não faz parte do meu abc- diário nem menu.

    Espero que o resultado de investigação venha esclarecer tudo.

    Um bem-haja

    Saudações igual.

    • img
      Bartolomeu Lêdesaua Responder

      Apenas para corrigir substituir o acento agudo por conflexo na palavra ” fê “, faz grande diferença na nossa língua materna.

      Só porque a palavra” fê” com assento agudo poderá ser entendida por palavra FÉ em portugues.

      Corrigir também a frase “essa denúncia “deve-se ler “dessa denúncia”.

Deixe um comentario

*