Greve dos trabalhadores do Grupo Pestana durou 9 horas

Após 4 horas de negociações com a administração do Grupo Pestana em São Tomé, os trabalhadores dos 3 hotéis administrados pelo grupo privado português, decidiram levantar a greve.

Amarildo Ramos, líder do sindicato dos trabalhadores, disse ao Téla Nón, que mesmo na terça-feira após 9 horas de greve, a comissão dos trabalhadores e a administração do grupo Pestana, chegaram a acordo. «Assinamos um acordo em que doravante antes de implementarem a grelha salarial, o sindicato será chamado para discussão e aprovação da mesma. Por outro lado, o sindicato deverá acompanhar os processos disciplinares que são movidos contra os trabalhadores», explicou.

No que concerne ao aumento do salário, que foi a principal reivindicação, Amarildo Ramos, garantiu que pelo menos 21 trabalhadores que não foram contemplados com a actualização salarial feita neste ano, serão agora atendidos. «Para este ano vai-se aumentar o salário de 21 pessoas que não foram contempladas no aumento que se fez este ano. Um aumento de 11% sobre o salário», confirmou, o líder sindical..

Segundo Amarildo Ramos, o acordo com a administração, abriu caminho para a actualização dos salários no próximo ano. «Para o próximo ano o aumento deverá fazer subir o salário de base actualmente fixado em 900 mil dobras, para 1 milhão e 200 mil dobras», concluiu.

Os trabalhadores dos hotéis, Miramar, Pestana São Tomé e o resort ilhéu das Rolas, estão reunidos na UGT-STP / União Geral dos Trabalhadores de São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

  1. img
    freitas Responder

    acho isso uma grande falta de respeito pois os nosso dirigentes ñ querem saber de nada so em capitar investimento é isso mesmo para tudo

  2. img
    S.Fernandes Responder

    Oolha só quem vê este grupo de grandes hoteis, não sabe o que passa os trabalhadores deste mesmo recento. sofrem maustrato em toda consiquencia possivel. isto tem que acabar em STP . porque varios dirigentes deste pais são socios e não fazem nada para melhor destes trabalhadores e pai da familia que são esplorado diariamente, para ganhar uma miseria enqunto que eles ganham uma fortuna…. Que DEUS abençoa STP

  3. img
    ANCA Responder

    Agora é hora de empenho no trabalho árduo.

    Dar no duro….

    Lembrem-se muitos cidadãos SãoTomense, poucas oportunidades destas têm para formar e sustentar sua família.

    Lembrem-se mais de metade da nossa população vive abaixo do limiar da pobreza, muitos encontrando-se sem empregabilidade.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

    Bem Haja

  4. img
    ANCA Responder

    Quis dizer,”formar e sustentar suas famílias”.

    Bem haja

  5. img
    Filipe Samba Responder

    Esta é uma prática democrática, e espero que os trabalhadores contribuam patrioticamente para o processo, construtivo que os ajudem a exercer e cumprir as suas responsabilidades (Deveres e obrigações), com competências, para alcançar maior êxito laboral . Empenhando na promoção e divulgação de valores culturais do pais e dos São-tomenses”.
    Felicito a Direcção do Hotel, da maneira sabia (Jurisconsulto), como solucionaram, o descontentamento.

  6. img
    sum mé chinhô Responder

    Aumento tão baixo? Nacionais a ganharem 1milhão e pico e espatriados a papar 240milhões? cerca 10000€. Só em África…

    • img
      Truki Sun Dêçú Responder

      É impossível um expatriado, Tuga ou de qualquer outra nacionalidade, um simples empregado de hotel, ganhar 10.000 € por mês. Em Portugal o PR ganha menos de 9.000 € mensais, o 1º Ministro ganha à volta de 6.800 €, e os ministro ganham menos que o 1º. Ministro (+/- 6.000€). Só um Administrador de Hotel, poderá eventualmente ter este salário, que só por desconhecimento ou má fé, é atribuído, a simples empregados de Hotel. Já desafiei o srº jornalista Abel Veiga, a confirmar o tal salário de 10.000 €, mas até agora nada foi esclarecio, pelo coordenador do “Téla Non”. Se calhar só existe na imaginação de certas pessoas, que gostam de lançar a confusão. Por outro lado, também gostaria de saber, quanto ganham e que regalias têm, os Santomenses que trabalham nos Hotéis explorados por Empresários Santomenses. Quando tivermos conhecimentos destes salários, então sim critiquem à vontade. Acredito que haverá muitas surpresas. Veremos então quem explora quem. Srº. jornalista Abel Veiga… faça o seu trabalho de investigação para esclarecimento da verdade. Cpts.

      • img
        Maya Responder

        E para ti pagam bem entao troca de funcoes so por uma semana a trabalhar duro sem parar no fim do dia com os pes inchados boca ate fica amarga de cansaso vai la a lavanderia no calor ke e parece fogo e todo a correr aquilo e inferno nos hoteis dos santomenses as pessoas trabalham sim mas tem horario de descanso e para almocar nao a corrida como tropa e muito diferente nao se compara ja que e assim porque nao pagam pelo menos 200 euros malandros

        • img
          Maya Responder

          Digo, 200 euros, cinco milhoes seus malandros.

    • img
      gadhafi Responder

      Realmente, so em Africa.Esta realidade e deveras chocante para pessoas que ja sentiram e sentem na pele o trabalho arduo da europa e o salario minino ao qual todos ou quase todos os africanos sao premiados na Europa.Os europeus nunca tiveram nem tem nenhuma compaixao dos africanos, usa-nos sempre em pro dos seus objectivos, deixando para nos os trabalhos forcado e mal renumerado.Pior e ver esses burgueses ate hoje fazerem dos africanos de seus escravos,uma escravatura moderna, renumerada mais muito mal, pois nao deixa de ser escravatura.

      • img
        Maya Responder

        Uma coisa concordo com sr. ja trabalhei no Pestana,credo trabalhar duro sem parar no principio coitados das pessoas ficavam exaustas as vezes davam un jeito de fugir por uns 5 dez minutos iam se esconder deitar as vezes em sitios nao kero aki citar porque era cansaso ke o corpo doia dia seguinte tinhamos que estar la bem cedo, credo, sob tudo as ke sofrem mais sao as de limpesa lavandaria trabalhos mais pesados credo e com falta de respeito das pessoas serem revistadas e apalpadas a saida. E demais na Europa trabalha se assim mas ganha se que da para comer pelo menos.E os desgracados dos Portugueses na altura diziam ke estavam a pagar mais ke salario minimo nao se compara isto e trabalho escravo, comer era a correr fizeram refeitorio pekeno para caber poucos funcionarios assim cada grupo tinha que comer a correr para dar lugar aos outros, e isto que fazem trabalho escravo para pagarem um, um e tal, milhao de dobras. A casa de banho nao tinha janela e alguem disse ke foi feito a proposito p fazer muito calor e funcionarias nao terem ke fugir e ficar la uns minutos a repousar os pes de tanto cansaco, sei passei por isso e como vi que estava a dar cabo da minha saude sai. Desgracados vieram nos explorar keria ver se lhes pagassem este salario miseria o ke iriam comprar no fim de mes. E na altura havia norma mesmo ke um dia por exemplo alguem de boas condicoes convidarem os funcionarios por exemplo nao se podia ir la jantar, quer dizer se tenho uma irma que pode pagar um jantar ou comemorar um aniversario eu como funcionaria nao podia ir porque e contra as normas tinha que fazer carta a pedir autorizacao. Nao sei se continuam assim isto e para funcionario se sentir inferior so serve para trabalhar la um dia se for convidado para um jantar nao pode racistas.

  7. img
    tete Responder

    SO UMA PERGUNTA?QUANTO É QUE OS S.TOMENSES PAGAM AOS SEUS TRABALHADORES?
    REFIRO-ME TB NAS PENSOES ,HOTEIS ETC.
    PENSEM BEM E A FORMA HUMANA COMO SAO TRATADOS.COMPAREM E DEPOIS DEM AS SUAS OPINIOES.

    • img
      Maya Responder

      ahaahha,sr ou sra tete, vai trabalhar la pelo menos um mes como camareira na lavanderia e noutras areas digo trabalho pesado p veres o que e bom nao e como nos outros hoteis a pessoa la come a correr p dar lugar e depois nem chega a fazer horario de intervalo porque vai sentar aonde foi feito de proposito nao se pode comer rapido e ficar de pe no corredor tem ke ir p area de servico e trabalhar logo. nao tem como e trabalhar ligado muitas vezes para alem dos horarios estou a falar porque sei tas ai a mandar boca porque deves ser un dos que so ficam la a assinar os papeis seu lesma.

  8. img
    Fijaltao Responder

    Eu fico surpreendido em ouvir que os trabalhadores agora vão ganhar 1,2+10^6 dobras, porque este valor em Euros corresponde 60 Euros que nem dá para comprar um bom par de sapatos em Portugal! Digo isto porque o nível de vida em S.Tomé e Príncipe é igual ao que se pratica em Portugal. É um insulto aos trabalhadores nacionais!É triste que o nosso governo não esteja interessado nestas negociações!Há que se pôr cobro a esta situação e valorizar mais a força humana geradora de riquezas de alguns que tiveram oportunidades de montar negócios chorudos enriquece dor de uma classe sem sensibilidade humana colocando acima de tudo os seus lucros!Porquê que em Cabo Verde ou Angola estes senhores não abusam como em S.Tomé? Eu não estou contra quem cria postos de trabalhos; mas que a criam e pratiquem a equidade considerando o factor humano como primordial, porque sem ela nada se faz e nenhuma riqueza se cria!Como diz o Anca: Pratiquemos o bem para que todos possamos viver também…bem .

  9. img
    Vane Responder

    Eu conheço a realidade do Pestana Brasil e o Pestana do Ilhéu da Rolas, do Brasil pelo menos cumpri-se a lei trabalhista CLT e tudo parece correr bem, mais no caso de STP as autoridades precisam fazer cumprir as leis trabalhistas e caso as leis sejam fracas precisam ser melhoradas imediatamente e exigir que os empresários cumpram. É importante salientar que tanto os empresários como os trabalhadores precisam conhecer seus direitos e deveres.
    Pelo que sei os empresários investidores recebem infinitos incentivos como insenção de impostos, terrenos para se instalarem e outros privilégios. O trabalhador precisa ser estimado, treinado, ter o devido fardamento, pagamento digno no prazo correto entre outras particulares decorrente da gestão de pessoas. Enfim se fosse escrever aqui sugestões para melhoria passaria o dia inteiro. Acredito que tudo na vida a solução desde que pessoas inteligentes estejam empenhadas a conversar ou dialogar sobre determinado tema. Felicidades a todos e sucesso!

Deixe um comentario

*